A Muralha Amarela mostra que há coisas mais importantes do que o futebol



(Foto: Divulgação/Borussia Dortmund)

(Foto: Divulgação/Borussia Dortmund)

Neste domingo (13), o Borussia Dortmund enfrentou o Mainz 05 no Signal Iduna Park e saiu com uma vitória por 2 a 0 (gols de Marco Reus e Shinji Kagawa). Esse resultado seria um motivo de grande felicidade, pois, graças a isso, o time fica na cola do Bayern e segue vivo na disputa pelo título da Bundesliga. Porém, o que ficará marcado nesta partida é a tragédia nas arquibancadas e o respeito de todos os presentes.

A torcida do Dortmund é conhecida pelas grandes festas nas partidas em casa. Os mosaicos inesquecíveis, a pulsação diferente dos fãs apaixonados. É difícil não se arrepiar com a famosa Muralha Amarela. A alegria contagiante dos aficionados hoje foi transformada em uma tristeza sem tamanho.

No meio da partida, dois torcedores aurinegros infartaram no estádio. Segundo a imprensa alemã, um deles morreu e o outro conseguiu ser reanimado no caminho até o hospital e sua situação é estável. Os demais presentes no Signal Iduna Park acompanharam grande parte do jogo em silêncio, em sinal de respeito. Os mais de 80 mil fãs, quando se manisfestavam, o faziam para prestar homenagens às vítimas.

O clima mudou, dentro e fora de campo. Kagawa, após marcar o segundo gol, mal comemorou e o árbitro terminou o jogo assim que o relógio marcou 45 minutos do segundo tempo. Ao final da partida, os torcedores do Dortmund proporcionaram ao mundo um daqueles momentos difíceis de serem esquecidos. Uma salva de palmas foi feita em homenagem às vítimas e logo depois, os jogadores ficaram lado a lado, abraçados em frente à torcida, que cantava em coro “You’ll Never Walk Alone”. Assista:



MaisRecentes

Pique vira inspiração para empresa de cerveja de Barcelona



Continue Lendo

O lado bom (para o futebol) da saída do Reino Unido da União Europeia



Continue Lendo

Liverpool x Sevilla: algumas curiosidades da final da Liga Europa



Continue Lendo