Site da Conmebol divulga ranking de clubes mais importantes do continente cheio de imperfeições



Boca Juniors ficou sendo o clube mais importante do continente

Boca Juniors ficou sendo o clube mais importante do continente

O site Pasión Libertadores, página da Conmebol feita por torcedores e dedicada à principal competição sul-americana , divulgou um ranking dos 30 clubes mais importantes da América do Sul. O primeiro colocado acabou sendo o Boca Juniors. O time argentino é seguido por dois grandes clubes brasileiros: São Paulo e Flamengo. No entanto, a lista consta com inúmeras imperfeições. Uma delas é a não contabilização do título da Libertadores conquistado pelo Atlético-MG no ano passado.

Para formular o ranking, foram utilizados como dados os números de títulos internacionais e o retrospecto na própria Libertadores. Além disso, foi levado em conta o número de torcedores em seus respectivos países e o fato de terem ou não estádios.

No caso do Flamengo, o número de sua torcida pesou bastante. O que acabou compensando o número inferior de títulos internacionais em relação a outros rivais, como o Independiente, e o fato não ter estádio próprio.

Outro dado curioso foi com relação ao Corinthians. A Conmebol considerou a existência da Arena Corinthians e do Pacaembu como casas do Timão. No entanto, o estádio onde será realizada a abertura da Copa foi considerado de “médio porte”. Além disso, o post no site Pasión Libertadores não reconhece o título mundial de 2000.

O mesmo critério de dois estádios não foi aplicado ao Nacional do Uruguai. A equipe possui o Parque Central como estádio próprio, porém eventualmente joga no Centenário.

Por sua vez, Cruzeiro e Atlético-MG não foram considerados como clubes que atuam em “estádios emprestados”. Apesar do Mineirão não ser propriedade de ambos e o Independência, onde o Galo costuma jogar, não ser levado em conta. Já o Palmeiras, embora ainda não tenha terminado a reforma da Arena Palestra, foi considerado como dono de um “estádio grande”.

Outra curiosidade: o Vasco não tem contabilizado o título do sul-americano de 1948. A própria Conmebol, no passado, havia colocado o torneio no mesmo patamar de importância da Libertadores.

Como ficou o ranking:

1) Boca Juniors: 50 pontos. 18 pontos (6 Libertadores e 3 Mundiais) + 4 pontos (4 vice-campeonatos da Libertadores e 9 outros títulos internacionais) + 16 pontos (16 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande)

2) São Paulo: 39 pontos. 12 pontos (3 Libertadores e 3 Mundiais) + 3 pontos (3 vice-campeonatos da Libertadores) +5 pontos (outros torneios internacionais) + 16 pontos (16 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande)

3) Flamengo: 38,5 pontos. 4 pontos (1 Libertadores e 1 Mundial) + 2 pontos (outros torneios internacionais) + 32 pontos (32 milhões de torcedores) + 0,5 pontos (estádio emprestado)

4) Independiente: 29 pontos. 18 pontos (7 Libertadores e 2 Mundiais) + 7 pontos (outros torneios internacionais) + 2 pontos (2 milhões de torcedores) + 2 pontos (estádio médio)

5) Corinthians: 26,5 pontos. 4 pontos (1 Libertadores e 1 Mundial) + 25 pontos (25 milhões de torcedores) + 0,5 ponto (estádio emprestado) + 2 pontos (estádio médio) – 3 pontos (já foi rebaixado)

6) Peñarol: 23,9 pontos. 16 pontos (5 Libertadores e 3 Mundiais) + 5 pontos (5 vice-campeonatos da Libertadores) + 1 ponto (outro torneio internacionai) + 1,4 ponto (1,4 milhão de torcedores) e 0,5 ponto (estádio emprestado)

7) River Plate: 22 pontos. 6 pontos (2 Libertadores e 1 Mundial) + 2 pontos (2 vice-campeonatos da Libertadores) + 2 pontos (outros torneios internacionais) + 12 pontos (12 milhões de torcedores) – 3 pontos (já foi rebaixado) + 3 pontos (estádio grande)

8) Nacional: 20,2 pontos. 12 pontos (3 Libertadores e 3 Mundiais) + 3 pontos (3 vice-campeonatos da Libertadores) + 2 pontos (outros torneios internacionais) + 1,2 ponto (1 milhão e 200 mil torcedores) + 2 pontos (estádio médio)

9) Santos: 20 pontos. 10 pontos (3 Libertadores 2 Mundiais) + 1 ponto (1 vice-campeonato da Libertadores) + 3 pontos (outros torneios internacionais) + 5 pontos (5 milhões de torcedores) + 1 ponto (estádio pequeno)

10) Internacional: 20 pontos. 6 pontos (2 Libertadores e 1 Mundial) + 1 ponto (1 vice-campeonato da Libertadores) + 4 pontos (outros torneios internacionais) + 6 pontos (6 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande)

11) Olimpia: 18,7 pontos. 8 pontos (3 Libertadores e 1 Mundial) + 3 pontos (3 vice-campeonatos da Libertadores) + 4 pontos (outros 4 torneios internacionais) + 2,7 pontos (2,7 milhões de torcedores) e 1 ponto (estádio pequeno)

12) Cruzeiro: 18 pontos. 4 pontos (2 Libertadores) + 2 pontos (2 vice-campeonatos da Libertadores) + 5 pontos (outros 5 torneios internacionais) + 7 pontos (7 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (nunca conquistou Mundial)

13) Grêmio: 17 pontos. 6 pontos (2 Libertadores e 1 Mundial) + 2 pontos (2 vice-campeonatos da Libertadores) + 2 pontos (outros 2 torneios Internacionais) + 7 pontos (7 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (já foi rebaixado)

14) Atlético Nacional: 16 pontos. 2 pontos (1 Libertadores) + 1 ponto (1 vice-campeonato da Libertadores) + 4 pontos (outros 4 torneios internacionais) + 9 pontos (9 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (nunca conquistou Mundial)

15) Palmeiras: 15 pontos. 2 pontos (1 Libertadores) + 3 pontos (3 vice-campeonatos da Libertadores) + 1 ponto (outro torneio internacionai) + 12 pontos (12 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (já foi rebaixado) – 3 pontos (nunca conquistou Mundial)

16) Colo Colo: 11 pontos. 2 pontos (1 Libertadores) + 1 ponto (1 vice-campeonato da Libertadores) + 2 pontos (outros 2 torneios internacionais) + 7 pontos (7 milhões de torcedores) + 2 pontos (estádio mediano) – 3 pontos (nunca conquistou Mundial)

17) Estudiantes: 10,2 pontos. 10 pontos (4 Libertadores e 1 Mundial) + 1 ponto (1 vice-campeonato da Libertadores) + 1 ponto (outro torneio internacional) + 0,7 (700 mil torcedores) + 0,5 (estádio emprestado) – 3 pontos (já foi rebaixado)

18) Vasco: 7,8 pontos. 2 pontos (1 Libertadores) + 1 ponto (outro torneio internacional) + 8,8 (8,8 milhões de torcedores) + 2 pontos (estádio médio) – 3 pontos (já foi rebaixado) – 3 pontos (nunca conquistou mundial)

19) Vélez Sarsfield: 7,4 pontos. 4 pontos (1 Libertadores e 1 Mundial) + 3 pontos (outros torneios internacionais) + 0,4 (400 mil torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (já foi rebaixado)

20) Universitario: 7 pontos. 1 ponto (outro torneio internacional) + 9 pontos (9 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 6 pontos (nunca conquistou a Libertadores e o Mundial)

21) Racing: 6,7 pontos. 4 pontos (1 Libertadores e 1 Mundial) + 1 ponto (outro torneio internacional) + 1,7 pontos (1,7 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (já foi rebaixado)

22) Millonarios: 5 pontos. 1 ponto (outro torneio internacional) + 7 pontos (7 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 6 pontos (nunca conquistou Libertadores e Mundial)

23) Barcelona de Guayaquil: 5 pontos. 2 pontos (2 vice-campeonatos da Libertadores) + 6 pontos (6 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 6 pontos (nunca conquistou Libertadores e Mundial)

24) América de Cali: 4 pontos. 1 ponto (outro torneio internacional) + 4 pontos (4 vice-campeonatos da Libertadores) + 5 pontos (5 milhões de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 6 pontos (nunca conquistou Libertadores e Mundial)

25) Alianza Lima: 4 pontos. 12 pontos (12 milhões de torcedores) + 1 ponto (estádio pequeno) – 3 pontos (já foi rebaixado) – 6 pontos (nunca conquistou Libertadores e Mundial)

26) LDU: 3,5 pontos. 2 pontos (1 Libertadores) + 3 pontos (outros 3 torneios internacionais) + 1,5 ponto (1,5 milhão de torcedores) + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (já foi rebaixado) – 3 pontos (nunca conquistou Mundial)

27) Atlético Mineiro: 1 ponto. 2 pontos (2 outros torneios internacionais) + 5 pontos (5 milhões de torcedores + 3 pontos (estádio grande) – 3 pontos (já foi rebaixado) – 6 pontos (nunca conquistou Libertadores e Mundial)

28) Sporting Cristal: 0 ponto. 1 ponto (1 vice-campeonato da Libertadores) + 4 pontos (4 milhões de torcedores) +1 ponto (estádio pequeno) – 6 pontos (nunca conquistou Libertadores e Mundial)

29) Cerro Porteño: -1,3 ponto. 2,7 pontos (2,7 milhões de torcedores) + 2 pontos (estádio médio) – 6 pontos (nunca conquistou Libertadores e Mundial)

30) Universidad de Chile: – 3 pontos. 1 ponto (outro torneio internacional) + 4,5 (4,5 milhões de torcedores) + 0,5 ponto (estádio emprestado) – 3 pontos (já foi rebaixado) – 6 pontos (nunca conquistou Libertadores e Mundial)



  • Luiz Henrique

    Cadê a Libertadores Atlético Mineiro? Pode-se levar a sério um ranking desses? Ah, e mais, o Atlético tem a 6º maior torcida do país com 7,2 milhões de torcedores. Ranking pífio!!!

  • Gustavo Antonio

    KKKKKKK morro de rir de um ranking desse piada so pode o Flamengo terceiro com uma libertadores essa foi mais piada que o levantamento da taça de isopor e outra mais 0.5 por ter estadio emprestado vergonhoso isso foi feito por quem não entende de futebol

  • Paulo Sergio Hinorato

    kkkkkkkkkkkk rachei o bico dos caras colocando o flamengo com 32 milhões de torcedores e o sp com 16 kkk e o vasco que tem milhões de torcedores espalhados pelo país com 8 milhões kkk devem ser dados do tal data folha kkkk.. fora que o boca não é mais importante que o independiente com 7 libertadores. isso ai no mínimo foi estatística feita por algum brasileiro para colocar o sp com 3 mundiais sendo que o mundial começou em 2000. com toda certeza foi um brasileiro quem fez uma merda dessas kkkkkk

  • Paulo Sergio Hinorato

    colocaram o corinthians só com um mundial. lista sem credibilidade nenhuma. se na fifa o corinthians tem dois mundiais e quem organiza mundial é a fifa.. no mínimo nem foi feita pela comembol nada. essa lista foi feita por algum estagiário do lancenet pq não tem nem link para confirmar a página da comembol

  • Dos Santos

    Internacional nunca foi rebaixado? Acho que não ta atualizado !

MaisRecentes

Pique vira inspiração para empresa de cerveja de Barcelona



Continue Lendo

O lado bom (para o futebol) da saída do Reino Unido da União Europeia



Continue Lendo

Liverpool x Sevilla: algumas curiosidades da final da Liga Europa



Continue Lendo