Liga dos Campeões também falha na organização e jornalistas ficam apertados



2013-02-13 20.16.01

Até mesmo a principal competição de clubes do mundo comete suas falhas. Nada do outro mundo e que causasse problemas grandes, mas até a Liga dos Campeões, conhecida por ser um primor de organização, fez das suas durante esta semana, tanto em Valência, quanto em Madri.

O repórter que escreve esse texto teve a oportunidade de fazer a cobertura da partida do Real Madrid contra o Manchester United, no Santiago Bernabéu, e do Valencia contra o Paris Saint-Germain, no Mestalla. Na capital espanhola, acabaram as credenciais para a imprensa, e parte dos jornalistas tiveram que ficar misturados com a torcida.

Esses jornalistas “retardatários” ficaram no último andar do Bernabéu, na primeira fila, aonde tinham pequenas mesas de três palmos por dois, mas sem tomada. Cerca de uma hora antes da bola rolar que alguns técnicos improvisaram um extensor.

E as torcidas, tanto a merengue quanto a inglesa, apenas uma fileira atrás.

No dia anterior, se o jornalista japonês não fosse tranquilo, o problema poderia ter sido mais chato. Eu tomei meu assento assim que o horário foi liberado para entrar no Mestalla, e cerca de meia hora depois, chega o colega Koichi Yamamoto, do Nikkan Sport, do Japão, com rigorosamente o mesmo lugar.

A menina de colete laranja não soube dar uma solução, e o oriental se ofereceu para ficar em um outro lugar, sem mesa, já que ele não precisava mandar um texto para o seu país com urgência.
487812_553181474699990_1909316961_n



  • o proximo jogo q vc cobrir no brasil, a menos q dê muita sorte, vc ñ vai nem se lembra dessa desatenção dos organizadores da liga

MaisRecentes

Pique vira inspiração para empresa de cerveja de Barcelona



Continue Lendo

O lado bom (para o futebol) da saída do Reino Unido da União Europeia



Continue Lendo

Liverpool x Sevilla: algumas curiosidades da final da Liga Europa



Continue Lendo