Presidente do Leeds já foi dono do Chelsea, próximo rival na Copa da Liga



Ken Bates, em frente ao Elland Road, estádio do Leeds (Foto: AFP)

Ken Bates, em frente ao Elland Road, estádio do Leeds (Foto: AFP)


O sorteio das quartas de final da Copa da Liga inglesa opôs Chelsea e Leeds United, dois antigos rivais que voltarão a se encontrar após oito anos sem duelos. A ligação entre os dois clubes, porém, vai além da rivalidade, iniciada durante a sangrenta final da FA Cup de 1970, vencida pelo Chelsea após três jogos.

O atual presidente do Leeds foi o responsável pela máquina de ganhar títulos em que se transformou o Chelsea. Muito mais importante do que Roman Abramovich, atual dono dos Blues, foi a iniciativa de Ken Bates. Em abril de 1982, afundado em dívidas, o empresário, que agora é dono dos Whites, comprou o clube por apenas uma libra (em 2003, ele venderia o Chelsea por 140 milhões de libras – R$ 459 milhões).

Bates é celebrado por torcedores do Chelsea em Stamford Bridge (Foto: AFP)

Bates é celebrado por torcedores do Chelsea em Stamford Bridge (Foto: AFP)

Dentro e fora de campo, Bates batalhou para tirar o Chelsea da Segunda Divisão e colocá-lo de volta aos tempos de glória dos anos 70. Após 21 anos à frente dos Blues, o empresário vendeu o clube para Abramovich em 2003, após levá-lo a dois títulos de FA Cups, uma Recopa Europeia e levando os Blues da Segundona inglesa à Liga dos Campeões, que o time disputava com regularidade antes mesmo da entrada do magnata russo no clube.

Após vender o Chelsea, Bates tentou voltar ao futebol como dono do Sheffield Wednesday, mas acabou no Leeds United. Após uma virada de século mágica, com semifinais da antiga Copa da Uefa e da Liga dos Campeões, os Whites sofreram com empréstimos excessivos para comprar jogadores como Fowler, Ferdinand e Robbie Keane e acabaram rebaixados em 2004. No ano seguinte, Bates assumiu.

Até agora, porém, o empresário inglês não conseguiu recolocar o Leeds nos trilhos e o time segue na Segunda Divisão após breve passagem pela Terceirona. Bates está perto de vender o clube, mas a imprensa inglesa tem especulado que ele vai adiar o negócio especialmente para enfrentar o Chelsea, seu ex-time. O duelo entre “criador e criatura” acontece em dezembro, ainda sem data definida por conta do Mundial de Clubes, que será disputado pelos Blues.



MaisRecentes

Pique vira inspiração para empresa de cerveja de Barcelona



Continue Lendo

O lado bom (para o futebol) da saída do Reino Unido da União Europeia



Continue Lendo

Liverpool x Sevilla: algumas curiosidades da final da Liga Europa



Continue Lendo