Goleiro defende cinco pênaltis em uma única partida: ‘São feelings’



Se a torcida brasileira ficou revoltada com a Seleção na Copa América do ano passado, quando quatro jogadores desperdiçaram seus pênaltis, o que dizer do Covilhã, que perdeu cinco? Mas detalhe: ao invés de serem bolas isoladas, todas as cobranças foram defendidas. O herói chama-se Ricardo, e a equipe vencedora foi a Académica, que se classificou à próxima fase da Taça da Liga de Portugal.

A Académica venceu por 2 a 0 (mas havia sido derrotada pelo mesmo placar na ida, na Serra da Estrela), e dos sete pênaltis cobrados, o goleiro, que não é aquele que brilhou pela seleção portuguesa há alguns anos, só não pegou dois. De qualquer forma, foi difícil fazer o tímido goleiro de 30 anos falar sobre seu ato.

– É bom chegar ao fim do jogo com sensação de dever cumprido, mas gosto mais de destacar o coletivo, a equipe fez um jogo fantástico. É vitória do grupo – disse o jogador, para falar sobre as defesas apenas na terceira pergunta dos jornalistas, e fazer uma revelação:

– Os pênaltis? Se disser que defendi três em toda a minha carreira e agora defendi cinco em um jogo? São feelings, muitas vezes nos jogamos para um lado, e a bola não vai para lá. Especialista? É muito subjetivo.

Detalhe. Um dos tais pênaltis que ele tinha defendido até então foi no jogo anterior, contra o Vitória de Guimarães.



  • BRAZIL F.C.

    É O ROGERIO CENI DE PORTUGAL !!!!!!!

MaisRecentes

Pique vira inspiração para empresa de cerveja de Barcelona



Continue Lendo

O lado bom (para o futebol) da saída do Reino Unido da União Europeia



Continue Lendo

Liverpool x Sevilla: algumas curiosidades da final da Liga Europa



Continue Lendo