Tentativa de enganar o goleiro termina mal no Campeonato Suíço



Uma tentativa inovadora de enganar o goleiro em uma cobrança de pênalti acabou mal na Suíça. Saint Gallen e Grasshopper disputavam uma partida pelo Campeonato Suíço, na última segunda-feira, quando o Saint Gallen teve um pênalti a seu favor.

O atacante argentino Scarione preparou a bola para fazer a cobrança, e todos no estádio tinham a impressão de que ele chutaria. Porém quem correu em direção à marca do pênalti foi o gambiano Pa Madou.

A manobra chegou a confundir o câmera da TV que transmitia o jogo, mas não enganou o goleiro do Grasshopper, Burki, que fez a defesa.

A partida terminou empatada em 1 a 1. O Saint Gallen lidera o Campeonato Suíço com 24 pontos, um ponto a mais que o Grasshopper, vice-líder.

Veja o vídeo:

 



  • A ideia de enganar o goleiro foi legal, mas o goleiro olhou só pra bola, que é a atitude correta para se defender um pênalti.

    • Marcelo Fontenla

      Na verdade esse lance é ilegal e provavelmente se o jogador tivesse feito o gol o arbitro mandaria bater de novo a penalidade. Acontece que o penalti é o único lance do jogo que tem que ser identificado ao árbitro e ao goleiro quem cobrará a penalidade, se o time deu a entender que o outro jogdor ia cobrar ele que deveria cobrar, já se eles resolveram que ia ser outro batedor, deveria comunicar ao arbitro e depois bater.

  • Sergio

    Legal o lance…
    mas, que peido de véia…..

  • Thanos

    Todo mundo fala que brasileiro gostar de ser malandro… mas já vi várias vezes jogadas de campeonatos estrangeiros com essas artimanhas de tocar para outro jogador (numa cobrança de pênalti. Cadê o fair play nessas atitudes? Pode ser até divertido para o espectador, mas e para os profissionais do outro time?

MaisRecentes

Pique vira inspiração para empresa de cerveja de Barcelona



Continue Lendo

O lado bom (para o futebol) da saída do Reino Unido da União Europeia



Continue Lendo

Liverpool x Sevilla: algumas curiosidades da final da Liga Europa



Continue Lendo