Veja as movimentações do mercado europeu até agora



O mercado de transferências na Europa ainda não ferveu como costuma neste verão no Velho Continente, mas algumas movimentações já são dignas de destaque. O Paris Saint-Germain, cheio de dinheiro, é quem aparece mais nos noticiários, já tirou Ibrahimovic e Thiago Silva do Milan. Outro milionário, o Chelsea, resolveu começar a apostar na garotada. Entre os ricos, o Manchester City que ainda não se mexeu. Os gigantes da Espanha contrataram pouco, apenas Jordi Alba foi para o Barcelona, e o Real deseja o croata Modric.

Confira abaixo o que os principais clubes da Europa já fizeram nesta janela de transferências:

Juventus – Atual campeã italiana, a Juventus é a equipe do país que mais gastou até agora, o equivalente a R$ 109 milhões, mas nenhum nome muito badalado até agora. O jogador mais caro foi Giovinco, que veio do Parma, além da dupla da Udinese formada por Asamoah e Isla. Duas transferência de graça valem atenção, o zagueiro brasileiro Lúcio, e a promessa Pogba, francês que estava no Manchester United. Uma prioridade é o zagueiro português Bruno Alves. Entre as saídas, o destaque é o atacante Del Piero, que ainda está sem clube.

Milan – Já o grande rival Milan está no azul, principalmente por causa das vendas de Thiago Silva e Ibrahimovic. O lucro já ultrapassa a barreira dos R$ 160 milhões. Além da dupla que foi para o Paris Saint-Germain, o Rossonero perdeu alguns veteranos importantes, como Nesta, Inzaghi, Van Bommel, Seedorf, Zambrotta e Gattuso. Os grandes desejos do clube para a próxima temporada são o brasileiro Kaká, o argentino Tevez, e o alemão Khedira. Dinheiro para isso em caixa não será problema.

Internazionale – Depois de uma temporada muito ruim, a Inter precisa se reforçar. Mas ainda não fez isso. As perdas foram poucas, saíram Lúcio, Forlán e Pandev, e entre as contratações, os destaques são Guarín, que já estava lá emprestado pelo Porto, mas agora foi comprado, e o argentino Palacio. O ganês Andre Ayew, do Olympique de Marselha, é dado como certo no clube.

Manchester City – O atual campeão inglês, um dos clubes que mais movimentou nos últimos anos, ainda não fez nada nessa janela de transferências. Nem contratou, nem vendeu ninguém. O grande desejo do técnico Roberto Mancini é o atacante Van Persie, do Arsenal. Outros nomes especulados são os do italiano De Rossi e do uruguaio Ramirez, que está na Olimpíada. O clube pretende se desfazer de alguns jogadores, principalmente atacantes, para se adequar ao fair play financeiro.

Manchester United – Os Red Devils, que ficaram na segunda posição na última Premier League, ainda não se movimentaram muito. Por enquanto foi apenas umcontratação, o atacante japonês Kagawa, que era do Borussia Dortmund. As principais saídas foram de Park e Fábio, ambos para o QPR. Assim como o City, o United quer Van Persie

Arsenal – Apesar da terceira colocação no Campeonato Inglês 2011/12, a temporada do Arsenal não agradou. E a provável saída de Van Persie, artilheiro da competição, deverá ser sentida. Para isso, duas contratações para o ataque: Giroud, goleador do Francês pelo Montpellier, e Podolski, do Colônia, titular da seleção da Alemanha.

Tottenham – Os Spurs demitiram o técnico Harry Redknapp e contrataram o português André Villas-Boas, ex-Chelsea. Mas ele faz lobby por dois jogadores que trabalharam com ele no Porto: Hulk e João Moutinho. Por enquanto, a principal “contratação” do clube foi a renovação com Bale, um dos melhores do time, além das chegadas de verdade, que foram o atacante Sigurdsson, e o zagueiro Vertonghen. Um que deve deve sair a qualquer momento é Modric, que deve ir para o Real Madrid.

Chelsea – O clube levou a Liga dos Campeões, mas começa a fazer uma renovação em seu elenco. Alguns já saíram, como Kalou, Drogba e Bosingwa, e outros podem ser os próximos, e as contratações são todas de jovens promessas. As mais caras e badaladas foram de Oscar, do Internacional, e Hazard, disputado ferrenhamente por vários gigantes europeus. O belga, que levou o Lille ao título francês em 2010/11, ainda carregou o seu irmão, Thorgan, junto. Os Blues ainda levaram Marin, do Werder Bremen, e De Bruyne. Outros jovens como Lukaku e o brasileiro Lucas Piazon devem ganhar chances durante o ano. Hulk, que era dado como certo, não deve ir mais.

Liverpool – Precisando se recuperar de várias temporadas ruins, os Reds ainda não se movimentaram. A única contratação foi Borini, além do retorno de Joe Cole, que estava emprestado ao Lille. O último a ser especulado foi Gaitán, do Benfica. O clube ainda perdeu Kuyt para o Fenerbahçe, e Maxi Rodríguez, para o Newell´s Old Boys.

Real Madrid – Não apenas o Real Madrid, mas o futebol espanhol como um todo ainda está meio parado. José Mourinho já disse inúmeras vezes que está satisfeito com o elenco que tem, e se alguém chegar, vai ser o croata Modric, do Tottenham. Outro que teve seu nome especulado na capital foi o de David Silva, mas as negociações não avançaram. Canales e Gago foram para o Valencia, e Altintop foi para o Galatasaray.

Barcelona – Para a primeira temporada sem Guardiola depois de quatro anos vencedores, apenas uma contratação até agora. Pelo menos, a chegada é promissora. O Barça levou de volta o lateral-esquerdo Jordi Alba, que esteve no clube ainda na adolescência, mas que atuava pelo Valencia, e foi uma das revelações da Espanha na última Eurocopa. A única saída até agora foi Keita, que foi para a China.

Valencia – O clube “Che” perdeu Jordi Alba, mas já fez algumas contratações interessantes. Canales, que já estava por lá emprestado, e Gago chegaram em definitivo do Real Madrid, João Pereira, um dos destaques de Portugal na Euro, veio do Sporting, além do mexicano Guardado, ex-La Coruña.

Borussia Dortmund – Se o atual campeão alemão perdeu Kagawa para o Manchester United, contratou os atacantes Reus, do Borussia Monchengladbach, e Schieber, do Stuttgart. Além do japonês, Barrios também saiu.

Bayern de Munique – Os bávaros ainda não perderam nenhum jogador de muito destaque, e já fizeram algumas contratações. As principais foram Mandzukic, atacante que se destacou na Eurocopa, Shaqiri, ex-Basel, e o zagueiro Dante, que estava na última temporada no Borussia Monchengladbach.

Paris Saint-Germain – Com muito, mas muito dinheiro, o Paris Saint-Germain é quem mais gastou até agora, mais de R$ 200 milhões. Além de Thiago Silva e Ibrahimovic, o argentino Lavezzi já foi para lá. E ainda conta com jogadores como Pastore, Gameiro, Ménez, Sissoko, Alex, Maxwell e Lugano.

Porto – Até agora, a única contratação foi a do colombiano Jackson Martínez, que estava no Jaguares, do México. Desconhecido, mas jogadores assim costumam dar certo no Dragão. Por enquanto, as grandes vitórias do clube são as permanências de Hulk e João Moutinho, desejados por vários clubes da Europa, e essenciais para os tripeiros.

Benfica – Os Encarnados fizeram apenas uma contratação também, o holandês Ola John, que estava no Twente. O grande desejo da diretoria lisboeta é o atacante Jesé, campeão europeu sub-19 pela Espanha, que pertence ao Real Madrid. O clube já conseguiu fazer um dinheiro com vendas de jogadores como Yartey, Éder Luís, Fellipe Bastos e Wass.

Sporting – Os Leoninos já contrataram jogadores de nome sem gastar dinheiro. Chegaram Boulahrouz, que estava no Stuttgart, e Pranjic, ex-Bayern de Munique. Além dos dois, o Sporting pagou por Rojo, ex-Spartak, e Viola, que se destacou no Racing, da Argentina.



  • lucas

    Errata – Giovinco volta para a Juventus, ele estava emprestado.

MaisRecentes

Pique vira inspiração para empresa de cerveja de Barcelona



Continue Lendo

O lado bom (para o futebol) da saída do Reino Unido da União Europeia



Continue Lendo

Liverpool x Sevilla: algumas curiosidades da final da Liga Europa



Continue Lendo