Independiente coloca Libertadores em segundo plano



Maior vencedor da Libertadores, o Independiente colocou o torneio em segundo plano. Por conta do risco de rebaixamento no Argentino a prioridade será o Clausura.

Hoje diante do Peñarol – no clássico dos maiores vencedores do torneio – jogará com cinco reservas, um deles o meia Defederico, ex-jogador do Corinthians.

A ideia é preservar seus principais titulares para o clássico de domingo contra o River Plate (outro que se encontra em situação delicada quanto ao rebaixamento).

ESTRATÉGIA EQUIVOCADA O Independiente ganhou a vaga à LIbertadores por ter sido o campeão da Copa Sul-Americana (em cima do Goiás). O torneio inclusive é apontado como um dos motivos da má campanha do clube no Apertura. Na ocasião o treinador Antonio Mohammed optou pela estratégia contrária.

Escalou os titulares na Sul-Americana e os reservas no campeonato nacional. O resultado foi a pior campanha do Independiente em sua História, com duas vitórias em 19 rodadas. Somente 14 pontos somados e a última colocação na tabela.

Hoje o Rojo está há 11 rodadas sem vencer em casa, contando só os jogos válidos pelos torneios locais. Agora a Libertadores é um incômodo.

MAIORES CAMPEÕES

O Independiente conquistou a Libertadores em sete oportunidades (64,65,72,73,74,75 e 84), sendo que em duas finais ganhou de equipes brasileiras, o São Paulo em 1974, e o Grêmio em 1984.



MaisRecentes

Pique vira inspiração para empresa de cerveja de Barcelona



Continue Lendo

O lado bom (para o futebol) da saída do Reino Unido da União Europeia



Continue Lendo

Liverpool x Sevilla: algumas curiosidades da final da Liga Europa



Continue Lendo