logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo e Pedro Scapin

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Pereira e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

Fluminense bicampeão brasileiro | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo e Pedro Scapin

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Pereira e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


Fluminense bicampeão brasileiro

por Mauro Beting em 05.dez.2010 às 20:06h

Só é bicampeão do Brasil em 2010 quem teve por 38 jogos o tetracampeão Muricy Ramalho no comando.

Vencedor treinando a base da arrancada final com Ricardo Berna (9 jogos); Mariano (34), Gum (34), Leandro Euzébio (35) e  Carlinhos (27); Valencia (17, veio do Atlético-PR) e Diguinho (21); Conca (38) e Deco (16); Emerson Sheik  (11) e Fred (14).

Mais Marquinho (31 jogos, meia e ala), Rodriguinho (28, atacante), Washington (26, centroavante que veio do São Paulo durante o BR-10), Diogo (25, volante), Júlio César (23, lateral, ala e meia), Fernando Bob (20, volante), André Luiz (19, zagueiro), Fernando Henrique (17, goleiro), Rafael (13, goleiro), Alan (10, atacante que foi para o Red Bull Salzburg), Belletti (8, lateral e volante), Tiaguinho (7, lateral e volante), Everton (7, volante que foi para o Cruzeiro), Tartá (4, atacante que veio do Atlético-PR) André Lima (4, centroavante que foi para o Grêmio), Digão (3, volante), Wellington Silva (2, meia-atacante que foi para o Arsenal, Cássio (2, zagueiro), Willians (2, meia-atacante), Equi González (2, meia), Marquinhos Cruz (1, lateral-direito).   

Só é bicampeão quem foi campeão do Brasil em 1984 como Paulo Vítor (18 jogos); Aldo (11), Duílio (23), Ricardo Gomes (19) e Branco (21); Jandir (15), Delei (22), Romerito (12) e Assis (25); Washington (25) e Tato (22).

Mais Leomir (17), Wilsinho (14), Getúlio (12), Vica (10), Paulinho Carioca (9), Renê (9), Ricardo Lopes (8), Rogério (7), Ronaldo (6), Renato Martins (5), Carlos Eduardo (4), Beto (4), Daíco (3), Edson Souza (2), Paulinho Cascavel (1) e Maurão (1).

Fluminense que teve José Luís Carbone nos primeiros 16 jogos de 1984. Teve José Carlos do Amaral treinando a equipe como interino uma vez. E Carlos Alberto Parreira conquistando o título de 1984 nos últimos 9 jogos.

Parabéns aos bicampeões.

E, também, a Emerson Sheik, que fez 11 jogos pelo Flu em 2010, e 14 pelo Fla-09.

E, por quer não, ao zagueiro Thiago Salles, que esteve no Flamengo até junho de 2009, chegou em agosto de 2010, e deve ter sido o primeiro bicampeão brasileiro sem ter atuado em jogo algum das duas campanhas.

E enormes parabéns aos campeões do Robertão de 1970, conquistadores da Taça de Prata.

Um título do tamanho de todos aqueles conquistados a partir de 1971.

Com o mesmo peso dos Torneios Roberto Gomes Pedrosa, disputados a partir de 1967.

  • http://blogdolucizano.blogspot.com/ eduardo

    Parabéns ao Flu.

    Flu vence o Guarani e é bi brasileiro http://migre.me/2JGdg

  • Milton de Oliveira

    Só isso?

    Ô Mauro, sou flamenguista e você sabe. Flamenguista saudável, porque doente é vascaíno.

    Mas, comparando, por exemplo, com o texto sobre o centenário do Coritiba, rebaixado, você foi bem mais poético e informativo.

    Hoje pela manhã tentei assistir o “Fiel Aberta”, porque de “Jogo Aberto” não tem nada, e fui almoçar com a dúvida se o Fluminense foi mesmo campeão brasileiro, porque só falaram do Corintinhans. O que não ganhou nada. Nada mesmo nesse ano.

    Sabe o que acontece?

    Muricy Ramalho foi bem simpático ao falar do futebol de São Paulo. Pode aguardar que ele ainda vai falar da imprensa. Até porque quem tem que falar da imprensa é leitor. Se time vive de torcida. Jornalista vive de leitor. Alguém contrataria um jornalista que ninguém quer ler?

    Mas a imprensa paulista está bastante satisfeita se o leitor paulista a ler. O resto do Brasil que se morda. Quer notícia sobre o CAMPEÃO BRASILEIRO? Globo Esporte…

    A imprensa paulista parece muito com o time que leva o nome do Estado. Em vários aspectos.

    Acha que porque escolhe as coisas o Brasil tem que acompanhar. As últimas eleições presidenciais deixaram claro que São Paulo não decide mais nada. Aliás, até decide. Tiririca que o diga.

    Como flamenguista quero deixar um abraço fraternal ao ‘papai’ Fluminense, um dos times mais simpáticos do futebol brasileiro, e a Muricy Ramalho, o melhor técnico do século XXI, da primeira década, e a Washington vencedor, Conca craque e Deco, o maior pé-quente do atual futebol moderno, campeão em todas as estréias.

    E lamentar não ser jornalista e muitíssimo lido como você, para poder fazer uma homenagem pública digna ao CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2010.

  • JAVA

    O campeonato desse ano viveu dois extremos. O Flu quase foi rebaixado ano passado e o Fla que lutou para não cair, pois havia vencido em 2009…Mas, a grande realidade q. ficou consolidada esse ano foi a perda de prestigio do campeonato, devido ao q. aconteceu ano passado com o Timão e Gremio e palmeiras e São paulo esse ano…Os amantes do futebol estão cada vez mais tristes com tudo isso. Na minha rede de amigos o q. mais se comentava, era sobre as entregas para prejudicar os rivais…Não sei até onde esse campeonato de pontos corridos é o mais justo… Acredito q. esse tipo coisa (entregar jogo) não vai parar…Até acho q. o Flu até merecia, por ser o unico dos ponteiros a não trocar de tecnico e pela serie de contusões q. o time teve durante a competição…Mas, q. a competição está perdendo prestigio isso é evidente…

  • Alexandre

    A grande ironia do destino é que o Fluminense de 2009, que brigou (muito) para não cair, fez, nas últimas 11 rodadas do Brasileiro, uma campanha melhor que o Fluminense de 2010, campeão brasileiro. 7V,4e,0D contra 5V,4e,2D.

  • Paulo Pinheiro

    Conca jogou TODOS os jogos do campeonato.

    Que tal uma estatistica (desculpe… estou sem acentos) pra ver quantos boleiros atingiram esta marca?

    E uma palavrinha sobre a falta de educacao de Andres Sanchez na festa tambem seria interessante…

  • Camilo

    Mauro, pena vc não ter citado o campeonato de 1970. Não estou pedindo para somar, mas para que ele seja lembrado, para sabermos um pouco de sua história. Espero que com o tempo alguem escreva um livro do tipo: 1959-1970 – Nossa época de ouro e os campeonatos nacionais ignorados. Queria muito saber informações além dos wikipedias. Acho que jornalistas classe A como vc deveriam se acostumar a recordar este grande momento de nosso futebol. Mais importante que somar títulos, é sabermos quem foi artilheiro, quem mandou bem etc.
    Abs