logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo e Pedro Scapin

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Pereira e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

Corinthians 1 x 0 Cruzeiro | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo e Pedro Scapin

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Pereira e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


Corinthians 1 x 0 Cruzeiro

por Mauro Beting em 13.nov.2010 às 21:49h

 

São 21h43, aqui no Pacaembu gelado, depois de um clássico quente.

Um baita jogo, de um Cruzeiro que foi melhor, criou mais oportunidades de gol, reclamou de um pênalti que poderia ser marcado em Thiago Ribeiro no 1o.tempo (que eu não marcaria), teve ao menos dois impedimentos mal marcados (e um para o Corinthians na primeira etapa) e, quando o empate parecia o resultado do jogo (ruim para ambos), um cruzamento de Jorge Henrique para Ronaldo virou pênalti para Sandro Ricci (que ganhou meu voto para melhor árbitro do BR-09, e estava ganhando o deste ano…), aos 39 do 2o.tempo.

Gil, até então irrepreensível, não precisava ter pulado do jeito que pulou em Ronaldo – por mais que seja Ronaldo. Ombro nas costas não pode. Não é tranco legal- ombro a ombro. É falta. Está na regra.

Mas a regra precisa ser interpretada. Não existe intenciômetro. Ainda mais neste Brasil que vive de burlá-la e pode matá-la se continuar jogando contra a arbitragem e os princípios do jogo (MAIS A RESPEITO NO PRÓXIMO POST).

Essa dividida de Gil com Ronaldo não era “falta” para ser marcada – na minha interpretação, que não é a dona dos fatos, como não é a de ninguém. É um lance que acontece aos borbotões em todas as áreas. Mas só em algumas é marcado. Em alguns jogos. Em alguns minutos.

O árbitro que estava mais caseiro que de costume no segundo tempo também não precisava ter marcado esse tipo de “pênalti”. No mundo, lance como esse dificilmente seria discutido, o jogo seguiria sem problemas. No Brasil, há como marcar esse pênalti por imprudência de Gil. À moda da casa. Seja qual for.

Há como discutir a jogada. É interpretação. Toda ele merece ser respeitada. Para mim, não foi nada, no estádio. Pela TV, seguiria sem marcar – mas com mais elementos para entender os que acham “pênalti claro”. Mas entendo quem marcaria a infração, por imprudência de Gil. Um pênalti que eu não daria, como também não marcaria o que o mesmo árbitro anotou a favor do Cruzeiro, supostamente cometido por Werley, no clássico contra o Atlético Mineiro, desperdiçado por Montillo. Dois exageros que Sandro tem cometido. E, insisto, perdão pela reiteração, NA MINHA OPINIÃO.

Entendo a raiva e frustração dos atletas mineiros. A afronta de Fabrício de largar o campo. A raiva incontida de Cuca. Até os palavrões de Zezé Perrela. A ira do torcedor cruzeirense. Para não dizer de quase todo torcedor que não é paulista e não é carioca. Para os demais clubes fora do eixo Rio-São Paulo, é preciso ter algo mais para ser campeão.

Algo que o Cruzeiro, com a bola nos pés, pareceu ter. Cuca adotou um 4-2-2-2 que virava 3-4-1-2 com a passagem de Jonathan como ala, e o recuo de Marquinhos Paraná como zagueiro pela esquerda. O Cruzeiro sempre quis mais jogo, se atirou dentro do campo corintiano com a batuta de Montillo – um monstro até sair lesionado, aos 26 finais, e merecia melhor sorte.

Tite ficou mais atrás, plantando o Corinthians em algo próximo a um 4-3-1-2, quando não um 4-2-3-1. Especulou no contragolpe como deu muito certo contra o São Paulo, e não estava dando certo contra um Cruzeiro melhor posicionado, focado. Um time que não precisou de defesa alguma importante de Fábio na segunda etapa. O Corinthians teve duas chances na segunda etapa. Um chute fora de Ronaldo. E o pênalti.

Ah, o pênalti.

Um lance que dificilmente seria lembrado na história do jogo se o árbitro tivesse deixado o jogo seguir. Um lance que será historicamente lembrado pelos anticorintianos e antipaulistas.

Desta vez, na minha opinião de palmeirense e paulista (mas,  aqui, claro, como jornalista), com razão. Ainda que Zezé Perrella a tenha perdido pelo baixo nível de sua indignação.

Uma pena não falar de jogo tão bom e só discutir a mais que discutível arbitragem.

Indiscutível é que o Corinthians segue na cola do Fluminense até a última rodada.

Indiscutível é que o Cruzeiro saiu derrubado do Pacaembu e do BR-10. Mesmo tendo jogado muito.

  • wendell

    Você, apesar de paulista, e não sei se por ser Palmeirense, rsrsrs… sempre mais sensato.
    É claro que o Cruzeiro não venceu porque faltou certa competência na área do adversário (também do juiz), mas é o terceiro ou quarto pênalti inventado contra nós, sem falar dos gols legais anulados. Seja Heber, seja Simon, seja Ricci, seja o árbitro de Uberlândia que eu nem lembro o nome, é difícil.
    Precisamos de Profissionais.
    Não existe esse negócio de campeão moral, e concordo quando diz que será campeão o que mais fugir do rebaixamento. Mas veja, o Cruzeiro de Adilson estava a 12 pontos do Corinthians.
    Somos melhores, e nos veremos na Libertadores.

  • Rogerio Canada

    Chamar o penalty de lance polêmico é coisa de anti-Corinthiano.

    O canal Sportv mostra claramente que o zagueiro vai com as 2 mãos nas costas do ronalto e en seguida joga o corpo em cima dele.

    Se isso não for penalty parem com o futebol!

    O problema é que os anti-Corinthianos tentam encontrar algo para falar mal do Corinthians, uma vez que suas equipes não são de nada!

    Por isso é mais gostoso ser Corinthiano!

    ROGÉRIO, nào achar que o lance não é polêmico é só enxergar um lado do futebol. é querer acabar com ele. E, pior, é não saber viver em democracia.

  • Luis

    Mauro, é indignante… é triste….. Sei que as palavras do Perrella não se justificam… Mas a reação do Fabricio não foi de afronta, foi de um herói, eu no lugar dele faria o mesmo… O que esses caras trabalham a semana.. ralam.. para chegar no fim de um belo espetácuilo,tão bonito que estava sendo disputado. Um jogo de alto nível técnico….. É tristevc ver em um blog de um Juca Kfouri…. Corinthiano descarado, agir com está agindo.. sei que cada um tem a sua opinião e pode fazer o que quiser neste País…. o que quiser….. Brasil é cada dia mais vergonhoso…
    Me diga Mauro Beting, como se dá uma abertura de uma Copa do Mundo, para um time que nem estádi tem?? É revoltante demais….. Nao há palavras para explicar a indignação….O Perrella, apenas soltou para fora tudo o que 8 Milhões de Cruzeirenses estavam sentindo… pós para fora o que o Cuca sentiu, mas ele como umg] gentleman e como medao da punição, preferiu se calar, preferiu dar um soco na mesa na coletiva e encerra a entrevista abruptamente…. Jogadores no vestiário chorado…. trabalhando o ano todo para isso… Teve uma falta clara no Wellington Paulista que ele não deu no segundo tempo, sem falarnos impedimentos que não foram dois.. foram 5 ou 6… Mauro é triste expressar o que eu sinto aqui neste momento..
    A revolta é enorme…Fabrício merece um palca celeste pela atitude que teve… Cuca foi um gentelman…Perrella apenas expurgou o que todos os 8 milhões de Cruzeirenses estavam sentindo…Não concordo com a atitude dele mas na hora da raiva, infelizmente cada pessoa tem uma reação que as vezes pode ser incontrolável….. Acho que para mim não só o Futebol Brasieliro e Mundial, mas o Brasil é vergonhoso.. estamos entregues a ratos, porcos sujos,…a vontade que dá é dedeixar de existir neste mundo, com tanto falta de vergonha na cara e tanta roubalheira que vemos e nada podemos fazer, pois estamos de mãos atadas… Não estou exagerando… mas algo como neste jogo de hoje, prejudica e muito muitas pessoas.. imagina como está agoraacabeça destes jogadores do Cruzeiro?? Se não tiverem cabeça boa (Como o Pato não teve) vidassão destruidas, lares.. casamentos…. isso interfere no dia a dia do cara…
    Não dá mais Mauro.. meu tesão pelo FUTEBOL morreu hoje aqui….
    Apenas agradeço a você.. por ser um cara integro, sensato….e mesmo quando é para o seu time de coração, vc não é parcial…. Aprenda com ele Juca Kfouri…
    Parabéns Mauro…..
    E Parabéns aos guerreiros do Cruzeiro…..
    O Futebol apra mim acaba hoje…

  • Luis

    Mauro, é indignante… é triste….. Sei que as palavras do Perrella não se justificam… Mas a reação do Fabrício não foi de afronta, foi de um herói, eu no lugar dele faria o mesmo… O que esses caras trabalham a semana.. ralam.. para chegar no fim de um belo espetáculo,tão bonito que estava sendo disputado. Um jogo de alto nível técnico….. É triste vc ver em um blog de um Juca Kfouri…. Corinthiano descarado, agir com está agindo.. sei que cada um tem a sua opinião e pode fazer o que quiser neste País…. o que quiser….. Brasil é cada dia mais vergonhoso…
    Me diga Mauro Beting, como se dá uma abertura de uma Copa do Mundo, para um time que nem estádio tem?? É revoltante demais….. Não há palavras para explicar a indignação….O Perrella, apenas soltou para fora tudo o que 8 Milhões de Cruzeirenses estavam sentindo… pós para fora o que o Cuca sentiu, mas ele como um] gentleman e como medo da punição, preferiu se calar, preferiu dar um soco na mesa na coletiva e encerra a entrevista abruptamente…. Jogadores no vestiário chorado…. Trabalhando o ano todo para isso… Teve uma falta clara no Wellington Paulista que ele não deu no segundo tempo, sem falarmos impedimentos que não foram dois.. Foram 5 ou 6… Mauro é triste expressar o que eu sinto aqui neste momento..
    A revolta é enorme… Fabrício merece um placa celeste pela atitude que teve… Cuca foi um gentleman…Perrella apenas expurgou o que todos os 8 milhões de Cruzeirenses estavam sentindo…Não concordo com a atitude dele mas na hora da raiva, infelizmente cada pessoa tem uma reação que as vezes pode ser incontrolável….. Acho que para mim não só o Futebol Brasileiro e Mundial, mas o Brasil é vergonhoso.. estamos entregues a ratos, porcos sujos,…a vontade que dá é de deixar de existir neste mundo, com tanto falta de vergonha na cara e tanta roubalheira que vemos e nada podemos fazer, pois estamos de mãos atadas… Não estou exagerando… mas algo como neste jogo de hoje, prejudica e muito muitas pessoas.. imagina como está agora a cabeça destes jogadores do Cruzeiro?? Se não tiverem cabeça boa (Como o Pato não teve) vidas são destruídas, lares.. casamentos…. isso interfere no dia a dia do cara…
    Não dá mais Mauro.. meu tesão pelo FUTEBOL morreu hoje aqui….
    Apenas agradeço a você.. por ser um cara integro, sensato….e mesmo quando é para o seu time de coração, vc não é parcial…. Aprenda com ele Juca Kfouri…
    Parabéns Mauro…..
    E Parabéns aos guerreiros do Cruzeiro…..
    O Futebol pra mim acaba hoje…

  • Wilton Cavalheiro

    Mauro, vc e o Miltão são o Pink e Cérebro do radio desportivo, mas bicho, eu não entendi o que vc quis dizer na radio hoje, ora, vc primeiro disse que não foi penalty, depois disse que é interpretativo, mas que não daria, pq se não desse ninguém iria lembrar.

    Ora, quer dizer que vc prefere estar tranquilo no ERRO, do que criticado no ACERTO?

    Em última analise, se vc for ver, no final das contas, vc acaba admitindo que foi penalty, apenas acha que não deve dar, pq assim ninguém vai reclamar.

    WILTON, um abraço.
    reitero que não daria o pênalti, mas não acho um escândalo não ter dado, havia como marcá-lo.
    apenas insisto que é o típico lance que poucos reclamariam se não fosse dado, e muitos estão reclamando agora.

  • Marcelo

    Algumas dúvidas………….
    Vamos supor um time………
    Que estava no ano de seu Centenário………..
    Não conseguiu título nenhum……………..(Principalmente o que ele mais queria)
    Tinha um grande técnico e cedeu ele “de graça” a seleção, visto os risos do presidente do time………………………….
    Após várias “histórias” aprova-se um estádio dentro de uma capital em tempo recorde, mesmo o terreno sendo irregular………..
    E alguns lances duvidosos são marcados na RETA FINAL…………………Contra quem? Um dos principais concorrentes………
    ( Esta história é fictícia qualquer coincidencia é fruto de uma mente decepcionada e que assiste cada vez menos Futebol)

  • Tiberius

    Não sou paulista, nem anti-corintiano. Mas afirmo: árbitro picareta. Estava longe do lance, apitou um esbarrão comum, com o Rogordo de costas para o gol, e ainda deu o segundo cartão para o Gil, expulsando-o. Árbitro falso moralista.

  • Renato Faria

    DE NOVO? SIM, DE NOVO.

    O título poderia ser sobre a meneira como os campeonatos que envolvem alguns times acabam.

    Cresci ouvindo que times como Corinthians, Flamengo ou São Paulo eram times de CHEGADA.

    Era uma meia-verdade.

    Verdade porque eles realmente chegam.

    Só não me explicavam porque eles eram tão favoritos nos momentos decisivos.

    Aqui em Minas, antes do jogão de hoje, conversei com aproximadamente 15 pessoas.

    TODOS diziam que seu maior receio era a ARBITRAGEM. E não era arrogância,de não reconhecer a grandeza do Corinthians. Era conhecimento de causa sobre erros de arbitragem nos momentos decisivos.

    E os jornalistas contribuem para imagem de um campeonato íntegro e apenas com erros.

    Parecem ter medo de mostrar que vivem de algo que pode mesmo ser um reality show de cartas marcadas. São covardes e omissos.

    Mantem um discurso cínico e asqueroso de que são apenas “erros”.

    Assim como na final contra o Brasiliense, na final contra o Inter, na “final” contra o Cruzeiro…

    O Cruzeiro, o adversário da vez, teve penalty escandalosamente mau marcado na reta final contra o Botafogo, São Paulo e agora Corinthians.

    É ASQUEROSO! NOJENTO! VERGONHOSO!

    Parabéns ao guerreiro Fabrício, por fazer o que o torcedor Cruzeirense gostaria. De sair de campo. De ter nojo.

    Depois reclamam sobre a violência. O torcedor da vez, desta vez do Cruzeiro, se sente agredido, lesado, ultrajado… mas os hipócritas e pseudo intelectuais da bola, mantem seu equilíbrio, gravata e terno, e repetem: “Erros acontecem, o resto é conspiracionismo…”

    Abraço.

    Renato Faria

  • Rafael

    Foi uma vergonha o que aconteceu com as marias, no quesito arbitragem. Esta bem claro, desde o início do campeonato estão arrumando um jeito desse curinthians “levar” o campeonato, é só ver o Dossiê Gambá. Engraçado o Wendell reclamar acima do jogo de Uberlândia, uma vez que o Galo meteu 4 x 3 e ainda foi muito prejudicado (três impedimentos inexistentes contra o Galo além do pênalti marcado e amarelo para o Werley) por este mesmo juiz que arrumou este placar no jogo de hoje.

    Arbitragem no Brasil sempre foi uma vergonha, e sempre os mesmos beneficiados. É só voltar no tempo. Brasileiro de 74, 80 e Libertadores de 81 por um senhor que agora é comentarista de arbitragem, 99, 2005, etc…

    Ser árbitro hoje em dia tá muito fácil, para não ser criticado e logo, bom árbirto, na dúvida, marque contra mineiros, gaúchos, paranaenses e etc.; e a favor de paulistas e cariocas (Fluminense abra o olho!).

    Sobre a mídia em geral e o Corinthians nem precisa dizer muito, é a abertura da Copa num estádio que não existe e, se a justiça for feita, não existirá, uma vez que o acordo não foi cumprido, é um pênalti inexistente marcado hoje, um existente não marcado a favor do Inter em 2005, além da remarcação de jogos que tal time tenha perdido ou empatado, etc. Em virtude desta (s) situação (ões), a única coisa que me vem na cabeça é o seguinte: manda quem pode, obedece quem tem juízo.

  • Fernando23

    Mauro, te respeito tanto, que “pensei” ter entendido sua opnião logo no 3º paragrafo :
    “Gil, até então irrepreensível, não precisava ter pulado do jeito que pulou em Ronaldo – por mais que seja Ronaldo. Ombro nas costas não pode. É falta. Está na regra.”
    Ué, então é falta?! Ou esta, por ser sobre o Ronaldo, pró-Corinthians e lá pelos 40 do 2º tempo de um jogo tão equilibrado quanto importante; deixou de ser falta?
    “Desentendi” o que havia entendido, meu caro…
    Lamentável, é ter de dar satisfação sobre todas as vitórias do meu time…nunca merecemos, parece que só ganhamos pelo “esquema”. É uma pena, mas não choro…as comemoro!
    Saudações Alvinegras!

    FERNANDO, reiterando: há como interpretar daquele modo, como falta. Mas eu não a marcaria. como explico mais detalhadamente no outro post. só isso.

  • http://BlagdoMauro Fauze

    Parabéns pelos comentários Mauro, sempre inteligente e ponderado, mas todo ano é a mesma coisa, o certo seria a gente que trabalha paga ingresso, tira a renda , que já é pouca de nossa família,pra torcer, pra sofrer, criar vergonha na cara e parar, parar de se iludir , parar de envolver emocionalmente com este esporte, sujo, com comprovadas corrupções espalhadas pelo mundo e simplismente parar, não vale a pena ficar a noite toda como eu tenho certeza que vou passar, remoendo sobre o acontecido, isso é um filme que nós sabemos o final , que lógicamente é sempre o mesmo, fica aqui minha indignação!

  • Eli

    Sou torcedor do Fluminense e fiquei bastante chateado com a sacagem que fizeram com o cruzeiro.

    Cara ta pra nascer um time que seja mais benefiado que o corinthias! VERGONHOSO!

    O problema é que nenhum jornalista tem coragem de falar sobre e colocar na ponta do lápis a montoeira de pontos irregulares conquistados pelo Corinthias.

    Compartilhamos do mesmo sentimento. Para aqueles que se esqueceram o FLU tb foi operado no jogo contra o corinthias no 1 turno.

    O corinthias deveria estar brigando pela Sul Americana.

    Mais como disse o sensato CUCA alguma coisa estranha está no ar….

  • Biguá

    Voce viu bem quando o zagueiro do Cruzeiro esqueceu a bola e tentou “desequilibrar” o Ronaldo com uma “ombrada” nas costas do atacante corinthiano. Depois voce se contradiz ao afirmar que “não daria o penalti”. Falta é falta em qualquer momento do jogo. Seja a5 segundos de iniciada a partida ou as 49 minutos do segundo tempo. Ainda bem que voce não seguiu a carreira de árbitro. Prefiro voce no jornalismo e com toda essa liberdade de expressão que vc utuliza no seu blog.
    Um abraço..

    Biguá
    (São Luís/MA)

    BIGUÁ, não é contradição. é opinião. entendo quem viu Gil dar um tranco de ombro. Mas eu não marco esse tipo de “infração”. isso é um mal para o futebol brasileiro, que cria gerações de mergulhadores em vez de jogadores, como quis fazer Thiago Ribeiro no primeiro tempo

  • José Carlos

    Gil, até então irrepreensível, não precisava ter pulado do jeito que pulou em Ronaldo – por mais que seja Ronaldo. Ombro nas costas não pode. É falta. Está na regra.

    Diz isso e acha que não devia ter sido marcado o pênalti?
    Talvez sim, se fosse o atacante do Palmeiras.
    Seu pai deve ter o livro. Se não leu, leia o Febeapá.
    José Carlos.

    JOSÉ CARLOS,
    Adoro Stanislaw Ponte Preta. Até pq ele não se levava a sério. Diferente de quem se defende atacando os outros, e se acha perseguido perseguindo.
    Já escrevi aqui e falei no rádio e na TV como jornalista, palmeirense e paulista. Mas isso vc não leu, nem entendeu.
    Se fosse atacante do Palmeiras, também não marcaria pênalti, nem falta. Como vc, pelo visto, nem preciso perguntar.

  • Nélio

    Se os árbitros começarem a dar penalti em lances daquele tipo, a partir de agora teremos partidas de futebol com placar de jogo de basquete.
    Vergonhoso!!

  • Geraldo Prado

    Se é “falta”, com aspas ou sem aspas, fora ou dentro da área, deve ser marcado e ponto. Esse papo de “…foi falta, mas esse tipo de falta eu não marcaria”… é idiotice. O esporte tem regras e, se o juiz (que está lá para isso) marca, fez o certo, ponto! Qta idiotice estão falando para um lance que, de especial tem o fato de ser em um dos jogos decisivos e, no final do jogo. Mas a regra não muda nessas circunstâncias!
    Detalhe, vi o lance e foi falta! Existe uma foto no globo.com que é perfeita: o destrambelhado nas costas do Ronaldo no ar. Chega de tentar desqualificar o fato que o Corinthians está na disputa por méritos!!!

    GERALDO, é um lance discutível, interpretativo. Difícil. O que não pode é a sua opinião ser a definitiva e, como muitos, achar que tudo é também contra o seu time.

  • Nicolas

    O Cruzeiro de Adilson estava a 12 pontos do Corinthians de Mano Menezes, certo?

    O mesmo Adilson que tratou de derrubar o Corinthians, que se tivesse mantido o mesmo aproveitamento alcançado por Mano ou Tite já teria liquidado o campeonato há muito tempo.

    Então não venham com esse papinho de somos melhores e nos vemos na Libertadores, mesmo porque até lá muita água vai rolar por baixo da ponte.

  • Zurykson BH

    O q vimos no Pacaembu foi um roubo escandaloso.
    Nunca vi um trio de arbitragem tão mal intencionado assim. No primeiro tempo ele deu um cartão amarelo pro Gil em um lance q nem falta ele fez no Ronaldo, a orca, q se jogou (o sr. esqueceu disso né, …sei). Deu dois impedimentos inexistentes pro ataque do Cruzeiro, só q foram impedimentos assim de pelo menos uns dois METROS, ou seja daqueles q ninguem q esteja bem intencionado erra, ao contrário do corintiano q foi por centimetros. E ainda teve o penalti no Welington Paulista, q foi empurrado por trás num lance q sairia na cara do gol. Esse lance foi muito mais penalti q o marcado no Ronaldo, a orca. Aliás, “penalidade” q surgiu num contra-ataque do time paulista logo após Thiago Ribeiro ter sofrido falta clara na entrada da área e o soprador de apito nada marcou.
    Pra finalizar, queria q vc, me respondesse sinceramente: se esses lances o do Welington(penalti) e o do Thiago Ribeiro(falta q originou o contra-ataque do “penalti” corintiano) fossem a favor do Corinthians, esse juíze também não marcaria?
    E quanto ao jogo, o Cruzeiro dominou o tempo todo, jogou como se estivesse em casa e o resultado só contibuiu para manchar ainda mais esse campeonato!

  • Eduardo

    Eu achei que foi penalti clarissimo, e também achei que se fosse marcado a favor do Atletico Mineiro, Fluminense, Sao Paulo, Inter ou qualquer outro time do Brasil ou do mundo, ninguem estaria reclamando ou sequer comentando…

    Mas como foi a favor do Corinthians, esse lance vai provocar chororô por décadas…

  • http://espacodojuniao.blogspot.com Antonio Cruz

    Mauro, mesmo sendo corinthiano e paulista, concordo com muitos pontos do seu texto, porém o que me indigna é a visão apocalíptica dos comentários dos leitores anticorinthianos.

    É impressionante como torcedor passional só olha o próprio umbigo: vou tomar como exemplo Zezé Perrella, afinal tenho certeza que ele deve ter criticado mto o árbitro que assinalou o pênalti (inexistente) no Montillo certo?

    Ou tenho outro exemplo: gostaria de ler a mensagem indignada do sr. Horcardes quando anularam dois gols legítimos do Ronaldo contra o Guarani.

    Talvez a TV, rádio ou internet possua algum trecho da coletiva transtornada do Cuca no primeiro turno quando o juiz no parque do Sabiá não marcou penalti em Jorge Henrique…

    Enfim, o que me incomada é essa atitude corriqueira de sempre “colocar um asterisco” nas conquistas corinthianas. Os mesmos “arautos” do título mandrake corinthiano nada comentaram da mudança no STJD do horário do jogo do Vasco (coisa que o São Paulo não conseguiu contra o Ceará), nenhum dos arautos também comentou a decisão questionável de suspender um mando de campo do Corinthians na reta final (por sinal decisão suspensa até nova apreciação).

    Isso tudo me leva a crer que independente dos resultados, toda vez que o corinthians alcançar um título será então pelas mãos da maracutaia, nunca pelas mãos de Julio Cesar ou pelos pés de Ronaldo, Elias, Bruno César, Jucilei, Ralf e cia.

  • Leandro

    Agora o juizão vai tirar uns 15 dias de “gancho” remunerado, sabe-se lá por quem, em alguma praia, curtindo suas férias antecipadas, regiamente pagas, por um servicinho bem feito.
    Parabéns, CBF. Cada dia mais nos encantamos com o futebol. Estou tão encantando que, no próximo ano, vou pegar bons filmes para assistir durante as partidas de futebol.

  • Leandro Vieira

    Mauro,

    fico infeliz pq vc acabou de provar q eh como os outros.

    Nao volto mais a esse blog.

    Brasil mostra sua cara…

    LEANDRO, caramba.. Só por causa de um pênalti? Aliás, qual sua opinião? Já fui chamado de anticorintiano e anticruzeirense

  • Mauricio

    Bom, sou corinthiano e acho que não foi pênalti. mas tb acho que a marcação do pênalti não é um absurdo, um erro grave ou mesmo fruto de conspiração (como muitos acham). durante o jogo o juiz marcou uma falta do próprio Ronaldo ao dividir de ombro uma bola no meio de campo. o lance não daria em nada, mas demonstra que o critério adotado pelo árbitro é o de marcar faltas em lances como esse. critério que na minha opinião está equivocado. enfim, não fosse a importância da partida, o lance passaria sem tanta polêmica.

    em relação a todas estas teorias de conspiração: árbitros são caseiros com times grandes, a favor do Corinthians e a favor do Cuzeiro tb. a favor de qualquer time grande. no primeiro turno o Cuzeiro ganhou do Corinthians por 1 x 0, e o árbitro não marcou pênalti claro a favor do Corinthians. voltem a fita, vejam o jogo e me digam se estou errado. essa conversa de que árbitros conspiram a favor do Corinthians é conversa pra boi dormir. aliás, sou mineiro e cansei de ver times pequenos de MG serem prejudicados pela arbitragem em jogos contra Cruzeiro e Atlético. Dois pesos, duas medidas?

    e segundo,

  • Renato Faria

    Uai, mas a corinthianada não vaicomentar os outros lances???

    O Ronaldo, o intocável Ronaldo, amarelou dois jogadores do Cruzeiro no primeiro tempo em lances de falta normais.

    A falta no WP e no TR indo em direção ao gol, nem se quer foram marcadas…

    Os lances do TR não merecem nem comentários.

    Se o lance no Ronaldo é penalti, deveriam ser marcados cerca de 30 a 35 penaltis por jogo. Como disse um comentário aí em cima, teremos placar de basquete.

    E SE fosse a primeira vez, ainda daria o benefício da dúvida, mas basta ter o Corinthians com chance de títulos, que começa a “operação”, que o diga, Cruzeiro, Inter, Brasiliense, Gremio, etc etc etc…

  • Eli

    Caraca fantástico o dossiê que fizeram

    DOSSIE GAMBÁ – http://www.verdazzo.com.br/dossiegamba2010/

    Eu to reclamando a muito tempo do favorecimento descarado a favor do corinthians. Agora temos um dossiê completo com todos as imagens e acreditem o corinthians já ganhou 18 PONTOS IRREGULARMENTE!!

    É uma vergonha!!!!

    Confiram essa poca vergonha do futebol brasileiro

  • joao carlos padilha

    Sou Cruzeirense e a resposta da nossa torcida pra tudo isso foi que mais de 200 pessoas esperavam o time no aeroporto em BH com gritos de incentivo, porque reconheceram que o Cruzeiro engoliu taticamente os Gambás dentro do Pacaembu…
    Agora porque o Corinthians nunca foi campeão de uma Libertadores? Ah pq todos os árbitros fora do Brasil são melhores, e não estão nem aí pra quem é Corinthians, e assim sem o apoio da arbitragem na Libertadores os gambás nunca conseguiram vencer…
    E tem mais os times que estão fora do RJ e SP quando são campeões brasileiros merecem ser bem mais valorizados porque ganham acima de tudo da mafia do apito e do bairrismo Paulista e Carioca….

  • http://gleisonmendes.blogpost.com Gleison

    O juiz teve influencia no resultado era para o Cruzeiro ser lider ele robou na cara dura, para mim não foi penalti em cima do Thiago Ribeiro mas faultou criterio do juiz pois não foi penalti no Ronaldo o Gil foi imprudente mas aquilo era normal de jogo, e um gordo daquele Ronaldo não cairia tão facio. O juiz robou de má fé pois ele é um bom juiz mas como aquilo era uma decisão deu no que deu, um time mineiro contra um paulista pra quem o arbitro dá os três pontos,logicamente ele daria para o time paulista. Assim como pode qualquer time ser campeão brasileiro ? com arbitros desse jeito. Nem sempre os melhores ganham mas com o juiz roubando para o outro lado ai que não ganha mesmo.Assim como pode qualquer time ser campeão brasileiro ? Tá ai a pergunta Mauro me responda eu te desafio a me responder. O SONHO ACABOU CRUZEIRO, O TRABALHO DE 34 RODADAS ACABOU EM UM JOGO.

  • Flavio M.Fº

    Sr. Mauro,

    Gostaria de começar informando da minha admiração por vc e pela sua família de grandes jornalistas e de opiniões sensatas e imparciais demonstrando o caráter profissional que vem de raíz, de berço.
    Mas realmente acredito que vc escorregou no seu comentário sobre o penalti no Ronaldo, saindo do seu perfil imparcial e deixando ser influenciado na linha de ser polêmico e seguir a má índole de um “apresentador” de emissora de rádio e TV.
    Vc deveria seguir a sua brilhante coerência, inteligência, raciocínio e principalmente IMPARCIALIDADE, e dizer que “foi penalti, pois carga (ombro, mão e cabeça utilizadas neste lance) por trás é falta em qualquer lugar do mundo e dentro da área é PENALTI, mas que o juíz devido as suas atitudes em lances anteriores no jogo não deveria dar, mas que foi penalti foi sim.
    Sei que cada um tem um pensamento e deve ser respeitado, por isso quero continuar te respeitando e te admirando mesmo desta sua, vamos dizer assim, infelicidade como a ação do jogador do cruzeiro fazendo falta e jogando a sua irresponsabilidade prá cima do juiz.
    Um abraço
    Flávio M.Fº

    FLÁVIO, muito grato por tudo, e por saber discordar com inteligência e classe.

  • Gilson Donizeti Mendes

    Caro Mauro, alguma coisa está errado, pois estava assistindo na tv aberta o jogo do Palmeiras x Ath. Goiás e contei uma 3 faltas por tráz e o juiz marcou. Se falta por tráz não é para marcar e preciso fazer revisão na regra porque para uns pode e para outros não pode? concordo com você. É interpretação do arbitro, mas acredito que para o bem do futebol deveria ser abolida esta regra. falta só de frente e lateral.

  • Guilherme

    Parabéns aos jogadores do Cruzeiro! Estou muito orgulhoso de tudo que fizeram em campo e nós torcedores devemos entender que honraram nossa camisa sem precisar de nenhum ajuda de juiz. Na bola não perdemos, perdemos para essa maldita arbitragem que, no final das contas, continuará prejudicando o trabalho bem realizado das equipes fora do eixo RJ-SP.

  • http://twitter.com/feijao_Edwin Edwin Felipe

    Caro ELI, tah pra nascer um time mais “benefiado” (beneficiado) que o CORINTHIANS??
    meu time subiu da série C pra A sem nem passar pela B????
    O penalti q o mesmo Sandro Meira Ricci deu para as marias no clássico contra o galo ninguém fala, a invasão que teve no penalti do CORINTHIANS contra o mesmo cruzeiro e assinalado pelo mesmo Sandro Meira Ricci que onde deveria ter sido invalidada e ter batido o penalti novamente ninguém fala também certo??? Foram roubado? Façam um B.O. na delegacia mais próxima, liguem no SAC da CBF pra reclamar ou façam como um torcedor das marias que disse que pegaria o ESTATUTO DO TORCEDOR, BOLETO DO PAY-PER-VIEW e iria no PROCOM mostrar sua indignação!!!!
    Faça me o favor heim!!!!

  • Eduardo

    Também estou orgulhoso com tudo que os jogadores do Corinthians fizeram em campo contra o Cruzeiro no primeiro turno. Foram prejudicados pela arbitragem e nem por isso teve jogador abandonando o jogo, tecnico sendo expulso e dirigente soltando palavroes contra o juiz…

  • Joilson

    Sobre Essa teoria da conspiração desses anticorintianos so quero lembrar que juiz nao a passe nao cabeceia nem erra gol muito menos faz defesas como aquelas do Otimo Julio Cesar nem cabeceia como o Rafael moura mutar um resultado nao e tao simples assim nem se combina com um time so, ou o Thiago Ribeiro combinou com o Julio onde Iria chutar as bolas por todo o jogo nao tem escadalo nenhum muito menos conspiraçao ou tem e o corinthians combinou com os 20 muito bem pra chegar nessa posicao lembra ta nos tres primeiros lugares desde o começo quem merece entao o prudente acho que nao. A cuca reclama de impedimentos como se fossem gols se quando seus atacastes tiveram na cara do mesmo nao fizeram como da como certo estes engraçado nao é.

  • JOÃO PAULO

    Na regra fala ombro nas costa é falta, se o gil quis ou não fazer o penalti é outra coisa, se for aplicar a regra nesse lance, foi penalti!!! mas por ser o corinthias, e com toda essa massa de anti-corinthiano é logico que vão tentar manchar o titulo se vier acontecer, e que merece por apresentar o futebol mais concistente.

  • Josenilson Gomes

    Para quem ama o futebol, é muito triste ver algo deste tipo acontecer nos dias de hoje.

    Para o ser humano moderno(corruptível e obcecado por poder e dinheiro) é algo normal fazer de tudo para que seu time ganhe algo no ano mais importante de sua história até então.

    Sempre prefiro acreditar que os arbitros sao ruins a pensar que sao comprados. Sempre não, pois desta vez não é possivel. Em nome do bem senso. Em nome do futebol alegre.

    Um pena.

  • JOSÉ

    2000 – disputam o mundial declubes sem ganhar a copa libertadores.
    2005 – fazem aquela armação juntocom a cbf, conaf, stjd.
    2010 – garfeiam o cruziero num penalte inexistente.
    2010 – estão para ganhar um estádio do governo federal.
    o clube preferido da cbf, conaf, stjd não ganha a copalibertadores pois lánão tem armação, se nãotiver time com garra, raça e futebol não ganha, infelizmente otiminho da cbf não tem isso, só ganham nos bastidores e na mídia.
    O campeonato brasileiro perdeu a vergonha infelizmente,clubes organizados e honestos nao ganham pois o campeonato se decide extra-campo.
    o que adianta ter 30 milhões de torcedores se não tem 5.000 sócios, não constroem um estádio, e só lotam o pacaembu com 25.000 lugares, larguei o brasileiro.

  • Marcelo

    Mauro, acho que não foi penalty. Não me lembro de nenhum lance parecido no Brasil ou fora que foi marcado este tipo de infração.
    04 impedimentos mal marcados contra o Cruzeiro.
    Falta por trás na entrada da área a favor do Cruzeiro não marcadas (duas uma no Welligton P e outra no Montillo) lance para espulsão.
    O Corinthians é o único time do mundo que fala que foi campeão mundial e nunca ganhou um torneio continental(nunca ganhou a libertadores) como isso acontesse?.

  • Rodrigues

    A questão toda é que o corinthiano vê qualquer opinião em contrário como anti corinthiano, mas por que há tantos beneficios históricos para este clube paulista, por que não se ouve falar em beneficios em série, para outros clubes ai de São Paulo seus “titulos”,como descrição abaixo:
    me aí diz nos últimos 40 anos qual clube tem a maioria de seus titulos contestados sempre pelos adversários sejam eles de peso ou não, veja 77 ( Caso Rui Rei), Veja 78 – Mudança da data da final do campeonato para 79, final do paulista 1998 (castrilli), final da copa do Brasil 2001 (Simon x Brasiliense), participação para o mundial 2000 á fórceps (Sem mérito internacional para participar, e ainda se classificar para semifinal com com que a bola nem entrou) , 2005 (1 0 0 do Dualib) agora para corroborar o Roger abriu a boca pra confirmar ( ai cabia até o ministério público investigar novamente), pô se não acha que é muito esqueleto para um único armário não?

  • paulo – MS

    Olá Mauro !

    Sou torcedor do botafogo e , como todos sabem, cansamos de ver arbitros errando contra a gente. Mas li diversas coisas em diversos sites e agora, lendo os comentarios postados pelo pessoal aqui no seu blog, sinto a necessidade de me manifestar. Concordo com o muricy totalmente em uma colocação: se eu acho que está tendo “conspiração” ou “roubo” , não vou querer mais participar da brincadeira ( no nosso caso, torcer). Já encheu o saco esse monte de comentários xingando, falando que o futebol é nojento que tudo é roubo e que existe um esquema para o corinthians. Ora, se eu acreditasse que o Fogo é perseguido , só porque é o time que mais sofre com erros de arbitragem, já teria parado de acompanhar futebol . Então, peço ao pessoal que entra em diversos sites para xingar: PARE DE ASSISTIR FUTEBOL. Se tudo que acontece é para beneficiar Corinthians e Flamengo e tudo de ruim acontece contra o seu time , que é “perseguido”, do que adianta torcer? Vá assistir outros esportes. Eu prefiro acreditar que juiz erra muito e que pressão de time da casa com estádio cheío é complicado. E convenhamos… numa situação adversa desta, que diabos o Gil tinha que pular em cima do ronaldo que nem uma vaca brava? Deu motivo, dançou. Em tempo: ainda bem que o jogo foi contra o cruzeiro e não o botafogo. Senão ia voltar a história do chororô pro nosso lado… Essa vai ficar só para o Cuca… Abraços !

  • Pingback: Corinthians 1 x 0 Cruzeiro | zero7.org » blog()

  • Luciano Costa

    O que me deixa indignado com os erros de arbitragem no Brasil, é que nunca vi, times fora do eixo Rio – São Paulo, serem favorecidos por erros de arbitragem e ganharem títulos em cima dos paulistas e cariocas, mas o contrário vi várias vezes. É estranho só um lado ser favorecido por esses erros humanos. O que parece claro é o medo de errar contra essa implacável e poderosa mídia, o que seria imperdoável, a final, a a grande maioria está no eixo.
    No caso do jogo Corinthians X Cruzeiro, eu assisti ao jogo, e diferente de muitos analistas esportivos, acho que o problema não foi o penalti sofrido pelo Ronaldo e sim o mal apito que prejudicou o time mineiro durante todo o jogo.

  • RENATO BERLLINE

    Faça como o corinthians ligue para o PFC (politicagem fudida e corinthiana ) e compre o brasileirão 2010

  • Carlos Laet

    Sou corintiano, mas sou sensato. Nunca vi tamanho descaramento de um juiz marcar um penalti num lance daquele, poderemos ser campões, mas estes 03 pontos vão manchar nossa conquista, assim como a não marcação daquele penalti em 2005 contra o Internacioanl, que foi outro escândalo.