Rodada 33 – Fluminense! Mas Corinthians encosta

por Mauro Beting em 05.nov.2010 às 10:28h

 

Não poucos tricolores, corintianos e cruzeirenses têm reclamado de seus times. Não sem razão. Não poucos torcedores dos três maiores candidatos (não mais os únicos) já acharam que não daria (mais ou menos) para ser campeão de 2010.

Pela rodada de quarta-feira, o campeonato segue ainda mais aberto. Para ser decidido não apenas na última rodada. Não apenas pelo número de pontos. Nem mesmo no número de vitórias. Se bobear, e como têm bobeado todos, pode ser no saldo que, agora, deixa o Corinthians à frente do Cruzeiro. Timão que goleou sem fazer força e sem jogar para fazer quatro gols nos nove avaianos, que ainda reclamaram de um pênalti mal marcado em Dentinho. Lance ainda menos pênalti que o cavado (fora da área) por Ricardo Oliveira, na grande vitória são-paulina. Outro gigante que não pode ser descartado de qualquer luta em qualquer campeonato. Ainda mais num torneio com arbitragens ruins como as nossas – e como as europeias, africanas…

Até porque o líder Fluminense contou com ao menos um milagre de Berna no Beira-Rio. Empate que deixou o Tricolor na ponta, mesmo com os desfalques, mesmo sem, mais uma vez, ser brilhante. Mas foi um empate fora de casa contra o campeão da América. Um time que pode encarar a Internazionale do jeito que o Tottenham do excelente Bale detonou, em Londres.

O Mundial de Clubes está aberto como está o BR-10. Não há como descartar previamente ninguém. Nem incensar favoritos. Talvez, no máximo, incinerar alguns nomes. O que deixa o futebol ainda mais emocionante. Não necessariamente espetacular.

O que deixa o sentimento de cada torcedor confuso como as contas. Ainda há quem não se imagine campeão. Do tipo “como pode uma equipe com um goleiro desses ser campeã”? “Como pode um time com essa tosqueira de centroavante ganhar título”? “Como pode esse burro de treinador ser campeão”?

Já nos ensinou Gil, na sua célebre Lei de título que o decoro me impede de repetir, mas que todo vencedor precisa decorar. Vale quase tudo para gritar campeão. E, nos pontos corridos, por vezes mais andados que corridos, é possível virar o jogo na penúltima ou até mesmo na última rodada, como pinta este BR-10.

Para não ir longe, o Santos só pintou como campeão de 2004 na penúltima rodada. No ano seguinte, o Corinthians só venceu o conturbado Brasileirão na última rodada. No tri são-paulino, em 2008, só deu para berrar com vigor no final, depois de uma recuperação fabulosa. Espantosa como a arrancada rubro-negra no hexa do Flamengo, em 2009.

Este ano, por mais que cresçam Botafogo e São Paulo, o título está nos pés de quem errar menos entre Fluminense, Corinthians e Cruzeiro.

Aqui neste canto que já decantou o Fluminense favorito, que cravou seco Corinthians depois das vitórias contra Flu e Santos, que apostou no Cruzeiro quando o Timão perdeu para o Atlético-GO, que voltou a apostar no Fluminense depois da derrota celeste para o Grêmio, no Olímpico, só aposto que vou continuar errando e apostando.

E, talvez, lá pela primeira segunda-feira de dezembro, eu acerte quem estará na Libertadores-11, e em que ordem.

Mas como um brasileiro estará decidindo a Sul-Americana em 8 de dezembro, definindo se o G-4 voltará a ser G-3 ou não… Enfim, ainda tenho um mês para errar menos que os favoritos.

Só uma coisa não deve mudar. Os quatro condenados. Por tudo que não têm feito ou deixaram de fazer, Grêmio Prudente, Goiás, Avaí e Guarani são os mais fortes rebaixáveis de 2010.

  • http://alan.asakura@hotmail.com Alan Bezerra

    Dá-lhe Brasileiro!!! E ainda há quem diga que pontos corridos não tenha emoção…

  • Felipe Fernandes

    Prezado Mauro,

    Leio sempre que posso seus comentários aqui no lance e admiro muito sua sinceridade e seu trabalho como jornalista esportivo… poucos comentaristas/jornalistas, tem sua estirpe e categoria nas afirmações e previsões (mesmo que erre muita das vezes, não ter medo de errar já o diferencia de muitos que sempre estão em cima do muro!!!). Sempre pretendi escrever um comentário elogioso sobre seu trabalho porém me faltava tempo e quase sempre não havia o que indagar pois me identificava muito com o conteúdo da escrita, assim sendo, não tendo colocações ou criticas para postar.

    Desta vez, sendo o Botafoguense doente que sou, sinto-me na obrigação de escrever e debater a situação destas 5 rodadas que restam. Sinceramente coloco o Botafogo com uma margem de chance pequena, porém com severas esperanças de título, vide as coincidências (supersticioso eu? que nada, apenas botafoguense!) e os próximos adversários.

    Vejamos as coincidências com a campanha do título de 1995: Na primeira conquista, o Botafogo começou o Brasileiro sem estar entre os favoritos. Se lembrarmos de 1995, a forma de jogar é bem parecida, o time também é um pouco cauteloso, não se entrega, perde pouco, sai no contra-ataque e contava com o artilheiro Túlio Maravilha. Este ano, a referência é Loco Abreu, muitas peças das duas equipes se equivaliam, como a segurança dos goleiros Wagner e Jefferson, os talismãs Iranildo e Caio, e a velocidade dos atacantes Jobson e Donizete. . Porém, para os mais supersticiosos, algumas coincidências entre a campanha do Flamengo, no Campeonato Brasileiro de 2009, e a do Botafogo, neste ano, podem ser sinal de um final de ano feliz e deixar de lado a troca de provocações.

    Agora com a campanha do Campeão de 2009: Antes de começar a citar o que de comum ocorreu uma pequena observação: Ser comparado com o maior rival não costuma ser muito interessante para o torcedor do Glorioso!!! Porém o legítimo penta campeão brasileiro, o framengo, Campeão Brasileiro no ano passado, tinha 54 pontos, na 4ª colocação, exatamente o mesmo número de pontos e posição do Botafogo neste campeonato. A distância do Flamengo para o líder era de quatro pontos, mesmo número que atualmente separa o Fluminense do time comandado pelo técnico Joel Santana. Até o treinador da equipe que liderava o Brasileirão em 2009 é o mesmo de agora. Muricy Ramalho, que era técnico do Palmeiras, e agora está no Fluminense. Outro fato que se repete nas duas campanhas é o adversário da última rodada, mas com o mando de campo invertido. Enquanto em 2009, o Framengo enfrentou o Grêmio no Maracanã, neste ano, no dia 5 de dezembro, o Botafogo terá que atuar no estádio Olímpico, em Porto Alegre. Além disso, em 2009 o Framengo havia sido Campeão Carioca, assim como o Botafogo em 2010.

    Para a coincidência ser completa, falta apenas o atual elenco levantar o caneco. Restam cinco rodadas para repetir essa história gloriosa. “Tu és o glorioso, não podes perder, perder pra ninguém!!!”

    Um grande abraço,

    Felipe Fernandes.

  • Milton de Oliveira

    Já que você citou…

    Você acha que a intrigante (?) atuação de Maicon e Lúcio diante daquele menino de topete lá na inglaterra pode comprometer futuras convocações para a seleção? O cara parecia estar passando por duas velhas aposentadas…

    Se acabasse hoje, na sua opinião, quem seria o melhor técnico do Brasileirão?

    O meu seria, sem sombra de dúvida, o Dorival Junior, que deixou o Santos bem e recuperou o Galo. Seguido de perto por Renato Gaúcho.

  • Gustavo

    Mas que o corinthians é o favorito, isto é. Vai ficar assim:

    corinthians – Campeão
    Botafogo – Vice
    Flu – terceiro
    Grêmio – quarto
    Cruzeiro – Quinto
    Bambi – sexto

  • Milton de Oliveira

    Voltando ao BR-10…

    Fluminense pega o Vasco e é favorito.
    Cruzeiro pega o Vitória e é favorito.
    Timão pega o SPFC embalado e em casa…

    Na pior das hipóteses, o resultado menos provável é a vitória do Vitória (?).

    Em baixa, o Vasco não deve dar problemas ao pressionado Fluminense, que é mais time.

    Na rodada seguinte o jogo de seis pontos, Raposa X Timão, em SP.
    Para esse jogo o time do santo é favorito.

    Mas aí o Fluminense pega o Goiás em casa…

    Enquanto isso, Botafogo pegou Avaí e Ceará fora. E pode ganhar dos dois.

    Pode, tranquilamente, ficar a um ou dois pontos de 2º e 3º colocados.

    Na 36º Corintinhans pega o Vitória fora, mas deve ganhar.

    Assim como o Cruzeiro idem, contra o Vasco, só que em casa.

    E aí o Flu vai ao Morumbi jogar com o SPFC.

    Dependendo do resultado, Muricy vai de 4-6-1, relaxado.

    E o Botafogo pega o Inter no Engenhão, este último interessado em não ver o Grêmio na Libertadores…

    Aqui todo mundo encostou e a diferença entre 1º e 4º é de, no máximo dois pontos.

    Na penúltima rodada, o Timão pega um enfraquecido Vasco, em casa, e deve ganhar o jogo.

    Cruzeiro vai ao Rio jogar com o Flamengo e pode, no máximo, sair de lá com um empate.

    E o Botafogo? Sim, pega o Prudente em casa. Que se não é garantia de vitória, mas é 90 por cento dela…

    E o Fluminense vai ter seu jogo mais importante e difícil na reta final: Palmeiras, fora.

    Será?

    Será que o Palmeiras vai facilitar para o Corintinhans ser campeão?

    Com Valdívia e Felipão por lá?

    Nem você acredita nisso, né?

    Na última rodada, um empate no Olímpico com o Grêmio pode dar a vaga da Libertadores ao Botafogo, sim senhor!

    O Goiás, já rebaixado, é massacrado pelo Corintinhans no Serra Dourada, mesmo com toda mala preta que vão mandar para lá.

    O Cruzeiro bate o Palmeiras, já satisfeito com a Sulamericana, e doido para atrapalhar o Timão, em MG.

    E o Fluminense garante os últimos três pontos contra o Guarani em casa.

    Piada porca: O Palmeiras enfrenta dois candidatos diretos ao título (Fluminense e Cruzeiro).

    Por isso acho que Fluminense e Cruzeiro decidem.

    E Botafogo, se não perder para o Grêmio na última rodada, joga a Libertadores.

    O que ia ser ótimo, ver dois times do Rio classificados.

    Segue a vida.

  • maio

    fluminense favorito contra o VASCO DA GAMA???? JAMAIS!

    nem com o time de são januário escalado com 11 pernetas!

    freguês absoluto nos últimos 20 anos. o time de são januário é o seu principal CARRASCO.

    o eterno timinho das laranjeiras será vice do brasileiro e novamente vice da libertadores. HAHAHA.