logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

Rodada 31 – Fluminense retoma a ponta, Cruzeiro para, Corinthians volta à tropa de elite | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


Rodada 31 – Fluminense retoma a ponta, Cruzeiro para, Corinthians volta à tropa de elite

por Mauro Beting em 25.out.2010 às 11:56h

 

ATLÉTICO PARANAENSE 1 X 1 FLUMINENSE – Empatar com o Atlético Paranaense na Arena da Baixada não é para qualquer time. E o Fluminense, de volta à ponta, não é um time qualquer, ainda que desfalcado de Deco (por melhor que esteja Marquinho, muito mais do que eu imaginava), de Emerson Sheik (Rodriguinho ainda não é o ideal), de Fred (até porque, nas últimas nove rodadas, Washington só fez um gol – contra) e de Mariano.

O empate no fim, com um pênalti discutível (mas plenamente marcável no Brasil) em Tartá, deixa o Flu animado. Preparado para o bi. Mas ainda precisando acertar algumas coisas defensivas, que Diguinho, por mais que qualifique a saída para o jogo, nem sempre responde a contento.

O Atlético pode discutir o pênalti. Mas com o retorno dos reforços, é time para ainda sonhar com o G-4. Por mais difícil que seja.

ADENDO – Com o uso da tecnologia, e apenas por ela, revejo a opinião a respeito da posição de Wágner Diniz. Estava impedido no segundo gol atleticano. Outro lance complicado, pela posição do tronco e pela velocidade da jogada.

CRUZEIRO 3 X 4 ATLÉTICO MINEIRO – As bolas que batiam nas traves rivais (ou nem chegavam à grande área alheia) resolveram entrar. Foram seis finalizações atleticanas, contra 27 (!)  cruzeirenses. Foi mais uma grande vitória de Obina, que em meia hora matou o clássico em Uberlândia. Jogo estranho, onde a massa alvinegra só se ouviu ao longe contra um Cruzeiro que marcou mal, mas não jogou para levar quatro gols. O 4 a 1 era demais. O 4 a 3 se justifica por mais uma grande atuação de Renan Ribeiro. O primeiro goleiro atleticano digno da camisa de Mazurkiewicz desde Diego Alves.

Mas o mérito não é só do goleiro. É de Rever. É de Serginho. É de Dorival Júnior, que resgatou um espírito e um time mais ofensivo. Mais ousado. Abusado. Mais atleticano. O problema, agora, para o Cruzeiro, é Cuca juntar os cacos e tentar o ainda possível título brasileiro. Com três volantes e Montillo. Ou mesmo com o  argentino e um armador que pode ser Gilberto (que golaço em 20 segundos em campo!) ou mesmo Roger.

Só não precisa desarmar completamente o time e o espírito. Até mesmo a opção de Marquinhos Paraná, mais uma vez na lateral, pode ser viável em algumas circunstâncias.

E o Galo, pela primeira vez em 21 rodadas fora da turma do funil, ganhando o segundo clássico nos últimos 17 disputados, pode pensar, sim, em jogar com a força máxima na Sul-Americana. É possível. Como é mais que provável que permaneça na Série A em 2001.

CORINTHIANS 1 X 0 PALMEIRAS – Enquanto teve pernas, e não foi por tanto tempo, o Corinthians foi melhor. No segundo tempo, o Palmeiras só não empatou na bola parada porque Júlio César espalmou o que parecia ser o oitavo gol de falta de Marcos Assunção em 2010, aos 28 finais. Não deu para o Verdão. E pode dar Timão ao final das contas com o time mais completo.

Tite estreou com dez titulares. Algo que Adilson jamais teve à disposição no Parque São Jorge. Faz diferença ter Ralf para proteger a zaga titular, liberando Elias (mais) e Jucilei (menos) pelos lados (mas não tanto quanto tinham liberdade com Adilson), Bruno César na dele (centralizado, e bem), Iarley zanzando e Ronaldo ronaldando, buscando os cantos. Felipão, do outro lado, iniciou o dérbi sem cinco titulares, e com Valdivia no banco. Manteve o 4-2-3-1 da vitória contra o Sucre, estreando Luís Felipe na lateral direita, com Rivaldo do outro lado… Lincoln fez a de Valdivia. Mas pouco fez o Palmeiras. Também por rifar a bola, deixar Kléber muito isolado, e só chegar, no primeiro tempo, na qualificada bola parada de Marcos Assunção.

No segundo tempo, como esperado, Valdivia veio para o jogo que o Palmeiras optou por não priorizar, pensando na Sul-Americana. Mas, aos 15 minutos, passou a sentir a coxa. E mesmo com o time chegando mais contra um Corinthians que só teve uma chance no segundo tempo, o Verdão não fez o dele. Diferentemente do Timão que fez o necessário para voltar a sonhar com os pés no chão e a cabeça e os corpos no lugar.

GRÊMIO 2 X 2 INTERNACIONAL – O Grêmio empilhou chances, foi melhor, estava mais focado, e abriu o placar em mais uma saída em falso de Renan, ainda há anos-luz do grande goleiro que nasceu no Beira-Rio. Mas a responsa do gol não era apenas dele. Era de um Inter cada vez mais com o GPS em Abu Dhabi.

Veio o empate e a expulsão de Fábio Rochemback, no segundo tempo. Ainda teve Fábio Santos, em grande jornada, para fazer um golaço com um a menos. Mas D’Alessandro, de novo, jogou a bola onde nem Victor conseguiria defender, a definiu o empate ruim para ambos.

Uma vitória e o Grêmio estaria onde acredito que estará ao final das contas e jogos – no G-4. Uma vitória e o Inter, além de atazanar o rival, estaria mais preparado e animado para o Mundial.

SANTOS 2 X 3 GRÊMIO PRUDENTE – Nos 70 anos do Rei Pelé, o time de Presidente Prudente mandou na Vila Belmiro. Uma virada espetacular e inesperada contra um Santos que não menosprezou o rival. “Apenas” destrambelhou-se defensivamente depois do primeiro gol prudentino. Nem com um pênalti a favor (o sexto desperdiçado em 10 chutados) e dois a mais, o time de Marcelo se achou. E perdeu a enorme chance de encostar na ponta e sonhar com a tríplice coroa. Agora, pés no chão, é esperar o acerto com Abelão. Um acerto para todas as partes.

Ainda dá para o Prudente? Dá para fazer fumaça e barulho. Mas parece impossível.

BOTAFOGO 1 X 0 VITÓRIA – O golaçco de Marcelo Cordeiro resgatou parte da confiança alvinegra em dias e jogos melhores. Enfim, eram nove partidas sem vitórias. Agora, porém, são oito jogos sem perder. Ainda que a torcida tenha perdido a réstia de paciência com Lúcio Flávio, já ganhou algo diante de um rubro-negro que só tem sabido perder. Não sei mais se salva. E Antonio Lopes pode entrar negativamente para a história como treinador de duas equipes rebaixadas num mesmo campeonato.

CEARÁ 2 X 0 SÃO PAULO – Das melhores surpresas do BR-10 tem sido o Ceará. Era time para lutar para não cair, para não escrever que cairia mesmo brigando. Terminou o pré-Copa no G-4. Perdeu PC Gusmão para o Vasco, se perdeu com Estevam e Mário Sérgio, e se achou com a solução caseira de Dimas. Casa que bem conhece e foi essencial na bela vitória contra um Sâo Paulo que parou não apenas pelo calor de Fortaleza. De bom, mesmo, no Tricolor, só o gesto de Rogério com o torcedor, antes da partida. Depois, só Ceará, com um golaço definitivo, o segundo, dos mais lindos do BR-10. O Ceará vive e vai jogar a Série A em 2011. O Tricolor, que até poderia delirar com o hepta, agora talvez nem ao G-4 chegue, e não dispute a Libertadores que joga direto desde 2004.

VASCO 1 X 1 FLAMENGO – Não é clássico apenas para disputar as últimas vagas da Sul-Americana-11. Mas foi a isso reduzido no Engenhão. Melhor o Vasco quando premiado com um gol carambolesco, no primeiro tempo. Melhorou um tanto o Flamengo, quando ganhou a expulsão justa do ótimo Dedé, e fe belo gol de cabeça com Renato Abreu. Se PC exagerou nas reclamações no fim, também sobraram muxoxos por mais dois pontos não conquistados pelos gigantes aquém da possibilidade e da história de ambos.

Tags:

  • http://www.flanews.com.br Anderlei – Blogueiro do Flanews

    O resultado mais surpreendente da rodada, foi a derrota do Santos para o Prudente. Essa nem o rei Pelé esperava, um péssimo presente para ele.

  • RICARDO ALGRECO

    NOTA SE Q O COMENTARISTA É NITIDAMENTE TORCEDOR DO CURINTHIANS… ENTÃO VAMOS LÁ: PENALTY DISCUTIVEL? E O GOL DO AT-PR EM IMPEDIMENTO? E O IMPEDIMENTO MAL MARCADO QND RODRIGUINHO IA FICAR CARA A CARA? AMIGO, TU E ESSA NAÇÃO DE DEBILOIDES DA GAVIÕES, OU GALINHAS, IRÃO CHORAR COMO CHORARAM EM 2008… ST RJ PS.: VC TEM UMA CARA DE BABACA APOSTO Q SEMPRE APANHOU NO COLEGIO E NUNCA SOUBE NEM FAZER EMBAIXADINHAS…

  • Gilberto

    Talvez as reclamações dos vascaínos tenham sido exageradas… Talvez a expulsão tenha sido justa (a do Willians, que também entrou mostrando as travas, também não seria?)… Mas, o fato é que foi uma reação natural de quem já espera vir a ser prejudicado. E, o histórico dos jogos contra o Flamengo, nos últimos anos comprova que é uma expectativa bastante justificada!

  • Rafael

    Galo! x marias foi um jogaço! O time do Galo jogou bem o primeiro tempo, principalmente quando resolveu atacar o Cruzeiro. Ao meu ver, o Dorival errou ao tirar o Renan Oliveira muito cedo, chamando o Cruzeiro pra cima, uma vez que do jeito que eles jogam, se der campo a chance deles ganharem aumenta muito. Nos dois jogos enquanto foram pra cima deles, tomaram sapecada (além de ontem, no jogo contra o Santos, 4 x 1). No segundo tempo ficou claro o péssimo condicionamento físico do Galo, e olha que até pouco tempo atrás tinhamos aquele que é considerado um dos melhores preparadores fisícos do país (Mello). Esse cara também não quer dar uma reciclada como o Luxemburgo???

    Renan Ribeiro é um goleiro de outro nível, tem grandes chances de ser o goleiro titular na Olimpiada e de ir para a Copa do Mundo de 2014. Nesse comentário, só faltou a observação de que, não sei se você concorda, o pênalti não existiu, o Edcarlos se jogou discaradamente (se todo lance como aquele que ocorre na área fosse marcado, em todos os jogos teríamos no mínimo quatro, cinco pênaltis), os dois impedimentos indevidamente marcados contra o Galo, um do Obina, onde o Fábio também teria de ter sido amarelado e outro com o Tardelli, além do fato da jogada do terceiro gol da freguesia ter se iniciado com uma falta a favor do Galo, ignorada pelo “humorista” do juiz.

  • Rafael

    Outra coisa, Serginho agora que parece ter se recuperado e bem de sua contusão, logo logo merece sua chance na seleção.

  • Tiago de São Leopoldo – RS

    Mauro Beting, sobre o grenal, não sei se tu chegou a ver o jogo ou se abasteceu de informações de outros jornalista, já que haviam muitos jogos bons na rodada, mas a partida pra mim não foi bem assim como tu descreveu. No primeiro tempo os 15 primeiros minutos foram de total predomínio do Inter, depois houve um predomínio do grêmio nos outros 30 minutos, mas apenas conseguiu criar uma chance real com o Jonas cabeceando para fora, e aí no final do primeiro tempo marcou o gol num lance que não tinha nada a vez com a partida. Nos 15 minutos iniciais do segundo tempo o grêmio jogou muito melhor, penetrando algumas vezes na área, mas talvez apenas com duas boas chances, mais uma vez do Jonas e outra em chute do Lúcio. Tanto foi desse jeito que o goleiro Renan não fez nenhuma defesa, a partir dos 16 minutos, mesmo com o adversário com 11 em campo, o Inter já tinha começado a dominar, forçando o goleiro Vítor a fazer três grandes defesas, e pode se dizer que pelo duas foram quase milagres, em dois chutes do D’Alessandro, a outra foi num chute do Sóbis que o Alecsandro completou em impedimento. O gol do Inter não surgiu de um lance fortuito ocasional, na verdade o Inter já estava criando chances e parecia ser questão de tempo para o empate, tanto que se o Rochemback não coloca a mão na bola o gol sairia de forma natural. A partir da expulsão não se sabe o que poderia ter acontecido se não ocorresse, pois na minha opinião pela vantagem do número de jogadores em campo o Inter se acomodou e se descuidou, pensando que a virada viria ao natural, tanto que antes do segundo gol do grêmio o Rafael Sóbis quase já tinha marcado o segundo num chute da entrada da área, levando o segundo gol, talvez se não houvesse a expulsão não ocorresse o segundo gol do grêmio. Depois de levar o segundo gol, o Inter tomou conta da partida, com o gol do D’Alessandro e com mais uma chance no final do jogo do Rafael Sóbis, jogador que mudou a partida no segundo tempo, que desferiu um chute que se não desvia no pé do zagueiro teria endereço certo, e mesmo com o desvio quase que ela entra. Então o que eu vi foi um jogo equilibrado, com talvez 55% do jogo o grêmio e 45% o Inter melhor. Foi uma grande partida, e cada vez mais Índio e D’Alessandro se tornam fantasmas que assombram o Estádio Olímpico.

  • marcelo mendez

    Mauro eu gosto bastante do que vc faz em se tratando de jornalismo. Quero aqui deixar uma sugestão prta vc ver uma forma diferente da sua, de se fazer a mesma a coisa…

    http://www.pastilhascoloridas.com/2010/10/futebol-cerveja-sincretismo-e-outras.html

    leia, curta, opine

    abração!

  • http://lance ricardo

    VC É SIMPLESMENTE RIDÍCULO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! JA Q VC KER FALAR DE ARBITRAGEM, ENTÃO, ANTES DE FALAR DO PÊNALTI CLARO NO TARTÁ… FALA DO SEGUNDO GOL DO ATLÉTICO PR . JA Q O WAGNER DINIZ ESTAVA COMPLETAMENTE IMPEDIDO . É TRISTE LER A COLUNA DE UMA PESSOA Q PARECIA SER SÉRIA, MAS Q DESDE ALGUM TEMPO, COMEÇAMOS A ENXERGAR Q VC, INFELIZMENTE, TBM FAZ PARTE DESSA “IMPRENSA” POdbRE. VC É BAIRRISTA SIM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! NÃO TENTE DESFARÇAR MAIS, POR FAVOR!!! A SUA MÁSCARA CAIU. E EU FUI ENGANADO DURANTE ALGUNS ANOS… MEUS AMIGOS ESTÃO ME ZOANDO, MAS … FAZER O Q NÉ?! “É TUDO FARINHA DO MSMO SACO”. JA Q VC É METIDO A SER ENTENDEDOR DE FUTEBOL, DE ARBITRAGEM, … ENTÃO FAZ UMA PESQUISA SOBRE QTOS PONTOS O FLU GANHOU SENDO BENEFICIADO E QTOS O CORINTHIANS JA GANHOU… ENTÃO PARA DE FALAR MERDA!!!! ” QUEM COM FERRO FERE, COM FERRO SERÁ FERIDO” . VCS SÃO RADICAIS, ENTÃO, NÃO RECLAMEM DO RADICALISMO. NÓS AINDA DESPREZAMOS MTO MAIS, DO Q ATACAMOS. ATÉ PQ NÃO PODEMOS NOS DIMINUIR A ESSA IMUNDICIE. DESCULPA I LINGUAJAR, MAS TEM COISAS Q SÃO REVOLTANTES

  • Érico Oyama

    Incrível como nenhuma equipe conseguiu adquirir um ritmo de linearidade neste campeonato. Acho que depois do São Paulo de 2007 não houve nenhuma equipe com um aproveitamento uniforme durante todo o sertame. É bom ver a ascensão de equipes como Grêmio e os Atléticos no Paraná e de Minas. Me pergunto a todo instante se o Santos não seria campeão caso Dorival tivesse ficado, embora saiba que Neymar esteja rendendo mais após sua saída acho que ontem faltou o dedo de um treinador experiente.

  • nelson

    BOM, SINCERAMENTE ESTE ANOS TEREMOS A VAGA PARA A LIBERTADORES EM G 3 ONDE NÃO TERÁ 1 PAULISTA NESTE GRUPO MAS COM CERTEZA TEREMOS 2 PAULISTAS NA LIBERTADORES….. 1 QUE JÁ ESTÁ QUE FOI CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL, E O 2 VEM DA SULAMERICANA DASTAR VER OS CONFRONTOS….. E OS CAMINHOS DOS PAULISTAS… BASTA VER QUE O PALMEIRAS VAI PRIORIZAR A SULAMERICANA RESULTADO O TIME CENTENÁRIO DE SP VAI PAGAR CARO A ENTREGA DE JOGO PRO FLAMENGO NO ANO PASSADO….. SÓ FAZENDO RESULTADO NO BRASILEIRO PRA NÃO CAIR MESMO……. OU SEJA………. SERÁ O ANO DO 100 NADA PROS 100 TIME DA MARGINAL……..

  • http://rumoatokyo.wordpress.com Alan Bezerra

    O Santos deu a maior paraguaiada do BR 10. O Palmeiras e o Inter se despediram do campeonato. O São Paulo só não saiu ainda porque tem o clássico contra o Corinthians, que voltou à briga.

  • http://twitter.com/lucaspierref Lucas Pierre

    Essa foi a rodada dos sonhos do Corinthians, e pdoeria ter sido a rodada dos sonhos também para o Santos, se não tivessem tomado aquela virada bisonha para o quase rebaixado Grêmio Prudente.

    Isso tudo foi só para apimentar mais o campeonato. Está tudo embolado, não dá pra arriscar quem vai ser o campeão. Eu ainda acredito que o Cruzeiro chegue lá, mas isso é só um chute.

    Em relação ao Z-4, tudo indica que Vitória, Goiás, Avaí e Prudente não se salvarão.

  • Ricardo

    A galera do Flu chora, mas esquece do penalti não marcado para o Atletico-PR, muito mais penalti que o do Flu. A péssima, mais uma, arbitragem do Seneme prejudicou o time curitibano.
    Quanto ao gre-nal, lamento o Inter estar maquiando o jogo, sim, porque só pode estar escondendo o jogo da Inter de Milão…
    não faz uma jogada ensaiada, nenhuma virada de bola, nenhum lançamento e nenhum contra-ataque… Sou colorado, e sei que esse time tinha que ter jogado muito mais… acho que compramos um técnico vencido, que depois de ingerido agora está aparecendo a dor de barriga apostando no Sal de frutas que será o Mundial…

  • Castro

    Resposta ao sr. Gilberto : O Dedé merceu ser expulso , a falta foi violentíssima , e so não quebrou a perna do Willians por sorte….O PC É CHORÃO , ASSIM COMO VC.

  • raul lopes

    MAURO, pelo amor de DEUS!!! NAO EXISTE JOGO DE CORPO PELAS COSTAS.UM JOGADOR NAO PODE SER ATINGIDO POR TRAZ DE QUALQUER MANEIRA.UM JOGADOR NAO PODE EM HIPOTESE ALGUMA PROJETAR SEU CORPO CONTRA UM ADVERSARIO.NAO EXISTE O FAMIGERADO “FUI NA BOLA”,OU E FALTA OU NAO E.NAO EXISTE CHOQUE QUE IMPECA A PROGRESSAO DE UM JOGADOR E NAO SEJA PUNIDO COM FALTA.LOGO SE A SITUACAO E DENTRO DA AREA E PENALTI.Aqui ,na europa ,na africa ate no inferno e FALTA . Daqui a pouco vc vai dizer que o jogador do FLU “tropecou” atraz no jogador do ATLETICO PR.QUE OBVIAMENTE ELE NAO VIA .TA VENDO AGORA O QUE VC. ESCREVEU???? ABRACOS CONTINUO LENDO SEU BLOG APESAR DO ESCORREGAO.

    RAUL, concordo, aliás, a regra é quem diz que o único tranco legal é ombro a ombro, não ombro nas costas. Mas não achei o caso.

  • Edgar Hoepers

    Sou palmeirense e estava analisando a tabela do campeonato Brasileiro 2010 os jogos que restam para o Palmeiras e para minha surpresa (grata surpresa) curiosamente as duas ultimas partidas são contra o Fluminense e Cruzeiro respectivamente. Caso o Palmeiras esteja nas finais da Sul Americana a prioridade será ela. E acreditando que o Corinthians esteja brigando pelo título, como também Fluminense e Cruzeiro o Palmeiras será a noticia das ultimas semanas do campeonato.

  • Gilberto

    Resposta ao Sr. Castro: Releia meu post e veja se, em algum momento eu disse que a expulsão não foi justa… Eu disse – e isso é inquestionável – que o Williams também entrou para rachar (e por azar, foi atingido primeiro). Mas, o meu ponto não é esse… O que disse é que o Vasco vem de uma sequência de jogos contra o Flamento, nos últimos anos, em que foi prejudicado e isso pode explicar o destempero do elenco e do técnico… Acho que não preciso desenhar, né?