Guarani 2 x 1 Flamengo

por Mauro Beting em 29.ago.2010 às 18:35h

Um pênalti de Marcelo Lomba que Arilson Bispo da Anunciação e o assistente erraram ao marcar fora da área – embora o árbitro tenha acertado ao não expulsar o goleiro rubro-negro.
Uma falta em Galhardo que o árbitro inverteu absurdamente e marcou o pênalti que Ricardo Xavier bateu para Marcelo Lomba mandar a escanteio.

Ao final das contas, errando tudo, ao menos nisso ficou tudo igual o jogo no Brinco.

O Flamengo já vencia por 1 a 0. Gol de Jean, de cabeça, no fim de um primeiro tempo marcado. De um Guarani que demorou a acreditar na qualidade da turma da frente – diferentemente da falta de aptidão de ataque dos rubro-negros. Zaga bugrina que demorou a marcar o zagueiro que apareceu sozinho para abrir o placar. Resultado que poderia ser ampliado se Val Baiano não fosse o que meu maldoso fake no twitter comentou:

“Há mais entre o gol e a bola do que pode imaginar nosso Val Baiano”, disse Willians Shakespeare, volante do Flamengo e dramaturgo.

Sem tantas divagações vãs e filosóficas, o Guarani cresceu com as mudanças, o Flamengo foi aceitando, e perdendo gols no contragolpe, até levar a virada aos 45 minutos e 47 minutos. Em 1 minutos e 56 segundos, tudo se esvaiu. E sem Rogério Lourenço para culpar.

Tags: , ,