logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

Corinthians 2 x 1 Vitória – AO VIVO | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


Corinthians 2 x 1 Vitória – AO VIVO

por Mauro Beting em 29.ago.2010 às 16:08h

++ ESCALADO PELO LANCE! PELA RÁDIO BANDEIRANTES, ESTOU NA CABINE DO PACAEMBU ++

Corinthians no 4-2-2-2, Vitória no 4-3-1-2, mais preocupado com o rival.

10min53s – GOL. 1 X 0. CORINTHIANS. IARLEY. CABEÇA. DENTRO DA ÁREA. Lançamento de um milhão de metros de Roberto Carlos para Iarley que cabeceou como poderia, Viáfara, sempre adiantado, não conseguiu chegar. Um belo e estranho gol. Num jogo igual, com uma grande chance para cada lado.

26min – Timão fez o gol e vai sendo pressionado pelo Vitória, que tem a bola, mas nenhuma grande chance. Renato encosta bem nos 2 da frente, mas os volantres, tímidos. Elias e B.César não brilham tecnicamente, mas ajudam no combate no meio-campo. Ronaldo anda em campo. Mas preocupa demais a zaga baiana apenas pela presença.

36min – Henrique manda um canudo no travessão. Corinthians recuado e lento e errando passes. Melhor momento baiano. Falta só soltar um pouco mais os volantes. Ou voltar com Elkesson na segunda etapa. Iarley vai fazendo seu melhor jogo pelo Timão.

47min07s – GOL. PAULINHO. 2 X 0 CORINTHIANS. PÉ DIREITO, DENTRO DA ÁREA. Numa bola carambolada em belo lance de Elias com Paulinho, um toque infeliz de Gabriel para o volante corintiano ampliou um placar grande demais pelo equilíbrio do primeiro tempo.

INTERVALO – Elkeson é uma ótima para o Vitória. O problema paulista será substituir Ronaldo por Souza. Jogo aberto. Mas o gol no fim deve dar a vitória ao quase aniversariante.

SEGUNDO TEMPO –

Soares x Renato. Mais contundente o Vitória. Bida é adiantado e vira quase um meia num 4-2-2-2 que vira 4-3-3 com Soares mais adiantado. Timão recua um tanto Iarley, passando quase para um 4-2-3-1, isolando Ronaldo.

12min – Ronaldo segue andando em campo. Mas, num só lance, deixou Bruno César e Paulinho com boas chances de gol, bem defendidas pro Viáfara. Vitória melhora com o esquema mais ofensivo. Só que o Timão também chega mais no contragolpe. E impressionante como o menino RC corre, do baixo dos seus 37 anos.

++

26min – Jogo à característica para o contragolpe alvinegro. Vitória mais ofensivo, mas sem chegar com perigo.

++

Toninho abre todo o Vitória. Num 3-3-2-2, com Gabriel na sobra, Eduardo agora na ala direita, Evandro tentando fazer o mesmo pelo outro lado, só um volante, e dois atacantes pelas meias, e dois centroavantes. Mas o Timão ainda mais perigoso, aos 34 minutos.

37min26s – GOL. 1 X 2 VITÓRIA. KLÉBER PEREIRA. Outro gol difícil de saber de quem foi. Só sei que, agora, a partida que era francamente paulista volta a ficar aberta.

FIM DE JOGO – Corinthians mais feliz quando o jogo era mais equilibrado, e Vitória diminuiu quando a partida era corintiana. Vitória justa e apertada, como o esperado.

VISÃO DE JOGO, PUBLICADA NESTA SEGUNDA-FEIRA, NO LANCE!

Qvi Est Un Bando Di Locvs

Em latim ou em português, um bando de quase 40 mil loucos no Pacaembu ajudou o centenário Corinthians a vencer suado o Vitória por 2 a 1, no retorno de Ronaldo por 62 minutos e do bom futebol a Iarley

Corinthians fez 2 a 0 quando jogo era igual, e levou o gol do Vitória quando dominava a partida no Pacaembu

Ronaldo entrou no Pacaembu pesando uma tonelada. Somando os não poucos quilos deles, e os muitos quilos das crianças que o cercavam, ele mais uma vez valia quanto pesava. Quando teve o nome anunciado no placar eletrônico, parecia um gol corintiano. Enquanto andou mais que jogou, por 62 minutos, mereceu todo o respeito fenomenal que inspira até nos rivais. Puxando a marcação que deixou Iarley cabecear sozinho um lançamento quilométrico e centenário de Roberto Carlos, aos 10 minutos, aceito pelo adiantado Viáfara; chamando a atenção da zaga que deixou Gabriel involuntariamente servir Paulinho para ampliar, aos 47 minutos, depois de bela arrancada de Alessandro.

Ronaldo está longe da forma ideal. Até bolada levou numa falta de Bruno César (um que não tem sido o muito que vinha sendo). Mas com um minuto deixou Iarley (em sua melhor exibição corintiana) na cara do gol. Aos 10 do segundo tempo, com o Vitória mais ofensivo com Soares no lugar de Renato, Ronaldo deixou Bruno César e, logo depois, Paulinho livres para ampliarem. Só não fizeram gol porque Viáfara, desta vez, não deixou. E quando o Fenômeno (não há apelido melhor) pediu para sair, aos 17, substituindo quem seria substituído (Iarley era absurdamente o sacado por Adilson para a entrada de William Morais), Ronaldo deixou o Timão ilhado.

Toninho Cecílio ousou mais. Terminou a equilibrada partida com três na zaga, um só volante, Evandro como ala pela esquerda, dois atacantes pelas pontas, e dois centroavantes. Foi Kléber Pereira quem diminuiu, aos 37, às costas do estreante Thiago Heleno. Num momento paradoxal do jogo: quando a partida era igual, o Corinthians abriu 2 a 0; quando o jogo estava a caráter para o Timão, levou o gol.

Mas leva para casa uma vitória justa. A última antes do centenário. A primeira da última volta de um Fenômeno.

Tags: , ,