Palmeiras 0 x 3 Atlético-GO

por Mauro Beting em 27.ago.2010 às 0:15h

Na Série B de 2008, a única derrota corintiana foi no Pacaembu, para a canhota qualificada de Elias, numa falta distante que guardou na gaveta de Felipe.

No BR-10, os três presentes ao aniversariante foram dados por Elias, que marcou o primeiro de pênalti, fez um belo gol ao final da primeira etapa, e fechou o placar no fim, ganhando um presente de Tinga.

Mesmo lanterna, o Atlético marcou direitinho, e com Marcão como pivô, e Diguinho articulando bem com Elias, o Dragão queimou a festa verde. Numa partida patética palmeirense.

Foi espantosa a letargia verde. Como foi pavorosa a partida do lateral-direito Vítor, que errou tudo que tentou (mais uma vez), e a atuação constrangedora do camisa 11 Rivaldo, que não tem honrado o nome e o número do craque palmeirense, de 1994 a 96. Ele não joga em todas: joga mal de meia, jogou mal de volante, e pior de lateral. Também porque as apostas de Felipão (Tadeu e Luan entre elas) foram tão infelizes quanto uma das piores partidas que já vi de um time grande. Palmeiras que pouco teve de Valdivia. E muito do chileno vai precisar.

Tags: , ,