Atlético-PR 1 x 0 Flamengo

por Mauro Beting em 22.ago.2010 às 20:56h

O Furacão se abriu como normalmente não se abre, com até três atacantes. Rogério Lourenço soltou o Flamengo mais que o habitual, soltando mais os homens pelos lados. Mas o ataque carioca é aquele que, desde a Copa, só fez quatro gols – dois de pênalti.

E vai fazer ainda menos com Leandro Amaral sem ritmo e Val Baiano fora de forma. Ainda assim parecia ser melhor mantê-los a apostar em Borja e Vinícius Pacheco. Não por acaso melhor o Atlético, que foi melhor, e manteve a escrita impressionante de 9 vitórias e dois empates na Arena.

O terceiro gol de Manuel no BR-10 foi reflexo disso. Depois de trocentas bolas cruzadas, algumas a esmo, o Atlético chegou à vitória merecida.

O Flamengo que apresente e estreie anteontem os ótimos Deivid e Diogo. Seja qual for o momento deles, já é melhor que qualquer coisa que o time tenha apresentado nos últimos jogos.

BOTA-TEIMA – Eu não marcaria o pênalti de Correa em Maikon Leite. O bom atacante mais se atira que é derrubado pelo volante carioca. Mas o lance é discutível.

Tags: , ,