MANO A MANO – Uruguai x Gana

por Mauro Beting em 01.jul.2010 às 12:49h

FAVORITO – Uruguai. Na técnica, na raça e no preparo físico superior – além de Gana ter jogado depois, e 30 minutos a mais que os uruguaios, eles já não estavam tão bem fisicamente no segundo tempo dos jogos contra alemães e norte-americanos.

ESQUEMAS TÁTICOS – 4-3-2-1 uruguaio x 4-2-3-1 ganês.

LUIS SUÁREZ X VORSAH + MENSAH – Sem o suspenso Jonathan Mensah, o zagueiro (e também volante) do Hoffenheim Vorsah deve ser o companheiro de zaga de Mensah, do Sunderland. Suárez vive ótimo momento. Também é bom de cabeça. A zaga de Gana é boa. Mas não melhor que o artilheiro do Ajax.

FORLÁN X ANNAN – Sem o lesionado Essien, Gana perde qualidade, vitalidade e experiência. Ponto para o meia-atacante uruguaio, que tem atuado mais recuado desde os 3 x 0 na África do Sul.

CAVANI X KEVIN-PRINCE BOATENG – O meio-irmão do lateral-esquerdo alemão quebrou Ballack. Mais bate que joga, embora saiba chegar à frente, como no belo gol contra os EUA. Mais recuado que o usual, Cavani tem sido o ponto mais frágil do tridente uruguaio. Empate tático e físico.

PÉREZ X SARPEI – O volante pela direita uruguaio mais marca que joga. O lateral-esquerdo africano apoia menos. Vão se marcar num duelo tático.

ÁLVARO FERNÁNDEZ X PAINTSIL – No Porto, o meia pela esquerda uruguaio é mais ofensivo. Na seleção, é muito mais um terceiro volante pela esquerda. Machucado, dá espaço para o xará Fernández, mais franzino, destro, que prefere jogar do outro lado. Tem melhor chegada, mas precisará marcar mais que jogar. Vai fazer um duelo mais direto com o lateral ganês, que não apoia tanto. Álvaro, como Pérez, também terá de ficar esperto na cobertura ao meia aberto pelos cantos, no 4-2-3-1 de Gana.

ARÉVALO RÍOS X ASAMOAH – Nos últimos 2 jogos uruguaios, eles trocaram de função, Pérez e o esforçado volante do Peñarol. Devem fazer o mesmo contra o rápido e forte Asamoah, o meia-atacante centralizado, que muitas vezes encosta em Gyan. Outro duelo tático e físico interessante.

FUCILE X INKOOM – O lateral-esquerdo uruguaio também atua com eficiência na lateral direita. Está muito bem e deve fazer duelo interessante contra Inkoom, boa opção de velocidade pela direita.

MAXI PEREIRA X MUNTARI – Veterano de 2006, campeoníssio pela Internazionale (mesmo como reserva), Muntari não faz boa Copa. Só começa o jogo pela suspensão do melhor ganês, o filho de Abedi Pelé, o meia-atacante Andre Ayew. Mas é por ali que Gana pode fazer a diferença. Maxi é pesado. É melhor como ala que como lateral.

LUGANO + VICTORINO X GYAN – Lugano faz grande Copa. Victorino, não. Gyan poderá cair mais pela direita, explorando o reserva do lesionado Godín. Lugano terá de jogar por dois.

MUSLERA X KINGSON – O goleiro ganês melhor muito. O urugaio, não. Não é um grande duelo. Mas a ligeira vantagem é africana.

Uruguai no 4-3-2-1 contra Gana no 4-2-3-1. Maiores chances sul-americanas