Argentina 3 x 1 México – AO VIVO

por Mauro Beting em 27.jun.2010 às 15:09h

PRIMEIRO TEMPO

Depois de 3 chances mexicanas e domínio de um time que entrou mudado, e para melhor, com Juárez de lateral-direito, Osorio na zaga, Rafa Márques e Torrado como volantes anti-Messi, mais 3 meias, e Javi Hernández, a Argentina abriu o placar aos 25, em mais uma falha de arbitragem – impedimento de Messi -, que o bandeirinha não viu, mesmo com o telão ABSURDAMENTE mostrando o repeteco. Aos 32, mais um erro, desta vez de Osorio, e o gol dado a Higuaín. México jogava como nunca e…

Argentina não foi bem até o primeiro gol, mantendo o ofensivo 4-1-3-2. México mudou e foi num 4-2-3-1 que se perdeu depois do gol irregular de Tévez

SEGUNDO TEMPO

O belo gol de Tévez, aos 7 minutos, acabou com o jogo. Mesmo com Barrera entrando bem pela esquerda, mesmo com o México criando mais oportunidades – 9 x 6 -, o time mais eficiente, mais feliz e, claro, mais técnico e abusado venceu. E bem. Coisas de uma equipe predestinada: faz gols com Heinze e Demichelis; não joga tudo contra um bom rival e ainda ganha com autoridade, e um go doado pelo apito; e o seu gênio segue jogando demais, mesmo sem ter feito um gol, ou aquela partida desequilibrante.

24 minutos do 2o. tempo, o México praticamente se atirou ao ataque, à base de um 4-2-4. A Argentina respondeu se poupando, com Verón entrando para fechar o meio-campo, num 4-4-2 suficiente para lotar a intermediária e ganhar a grande vitória, que talvez merecesse ser menor, pelo erro de apito, e pelas muitas chances da Tricolor