Internacional 2 x 0 Banfield (3 x 3 no agregado, 1 gol fora Inter)

por Mauro Beting em 07.maio.2010 às 13:47h

 

Quando desisto de acreditar no Colorado, o Inter sua como Inter, vibra como Inter, por vezes joga como deveria jogar essa equipe qualificada, e vence um rival de bom nível, que vinha de ótimo placar em casa. Um 3 a 1 que parecia duro de ser revertido, também pela crônica incapacidade do Inter de 2010 de mostrar um futebol consistente, minimamente acoplado ao que o elenco, nominalmente, pode fazer.

 

Mas quero insistir que não é só de Fossati a responsa. D’Alessandro, por mais que tenha feito um jogo elogiável, ainda é pouco. Andrezinho, que não pode ficar de fora, poderia ser um espelho para muita gente que tem mais se achado (e, por tabela, se perdido) no Beira-Rio. Ele corre. Ele joga. Ele tenta. Mais ou menos como Walter. Um que não tem medo de jogar. De arriscar. De chutar. De fazer os gols que levaram o Inter além. Por mais aquém que continua o coletivo – também prejudicado pelas individualidades.

 

O Inter passou. Agora, precisa jogar mais.