Atlético-GO 1 x 0 Palmeiras (2 x 1 nos pênaltis)

por Mauro Beting em 05.maio.2010 às 22:25h

 

 

O meu perfil fake no twitter anunciou que vem aí o maior programa esportivo da TV brasileira: A disputa de pênaltis entre Palmeiras x Universitário do Peru. Sexta-feira. E sábado. E domingo. Eeee, Palmeiras…

 

Não perdeu para um time qualquer. O Atlético é bem montado, tem bons e experientes jogadores, e sabe jogar, quando Geninho o libera à frente, com a entrada de Elias. Quando teve a ousadia que faltou no Palestra ao campeão goiano. Coragem necessária que só apareceu no segundo tempo. Quando o Palmeiras murchou, perdeu Pierre, e Marcos não foi santificado no gol de Marcão.

 

Mas quem pode ter a coragem de discutir São Marcos com tanto erro e com tão pouca coragem? Atuar com três na zaga e mais dois volantes para liberar os alas pouco criativos palmeirenses até não foi tão ruim como parecia no primeiro tempo. Mas as trocas na segunda etapa, e mais uma expulsão de Pierre, escancaram as fragilidades do Palmeiras. Explicitadas na bizarra sequência de sete pênaltis perdidos (embora alguns deles muito bem defendidos por Marcos e Márcio).

 

Não fosse Vágner Love para salvar a quarta-feira palmeirense (mas com outra camisa…), seria ainda mais catastrófico do que foi. Embora continue muito preocupante para o BR-10. Até pelo astral negativo. Até pela perda da identidade do Palestra.

 

Se bem que, pela fase, pode ser melhor jogar fora da própria panela de pressão

Tags: