Ipatinga 2 x 3 Atlético Mineiro – Primeira final MG-10

por Mauro Beting em 25.abr.2010 às 19:11h

 

 

* Luxemburgo mudou para ser o mesmo. Desfez de início o esquema com três na zaga, remontou a equipe assim com a bola rolando, e conseguiu grande vitória contra o bom Ipatinga. Resultado que tem tudo para ser confirmado no Mineirão, na volta. Por mais que o time do interior já tenha mostrado contra o Cruzeiro que merece mais do que respeito, o Galo parece pronto para ser campeão estadual. Embora ainda não esteja preparado para as durezas do BR-10.

 

* O caminho, porém, parece pavimentado. Há gente de qualidade e experiência no elenco e no banco. E a velocidade que se preza em qualquer time de Luxemburgo. Qualidade e intensidade garantidas por Muriqui. Se o Ipatinga tem um blo contragolpe, o Galo teve Muriqui. Tem Diego Tardelli. E teve duas atuações convincentes de Ricardinho e Correa para celebrar.

 

* Para que tanta falta desnecessária? Há como discutir se houve a falta cometida por Carlos Alberto, que deu no gol de empate de Luizinho. Mas é indiscutível que havia como o lateral atleticano ter evitado o contato e o choque. Lance que bastava cercar. Mas qual o brasileiro que evita esse tipo de falta desnecessária?

Tags: