logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

MENU DO DIA – Libertadores, Copa do Brasil | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


MENU DO DIA – Libertadores, Copa do Brasil

por Mauro Beting em 16.abr.2010 às 13:55h

 

Mendes abre o boteco querendo brigar com o conviva Mário Betti, que, por excesso de afazeres, não apareceu para beber seu chailatte, nem para atualizar o blag:

 

Seu Mário Betti, sei que você está trabalhando demais, fazendo palestra, apresentação de evento, DJ, animador de festinha, tem hoje debate e autógrafo de livro no Universo do Futebol, lá na Bienal do Ibirapuera. Mas poderia ser menos vagabudo e tomar umas boas por aqui, né?

 

– Mendes, meu velho, a semana está cheia. Nunca se deve reclamar do excesso, só da falta de trampo. Mas, de fato, não está fácil. Em todo caso, tem sido um prazer de ofício ver o Barcelona e o Santos jogar e …

 

– Chega, seu Mário! Num guento mais vocês falando disso. Tô com saudade da imprensa metendo o pau em todo mundo. Vocês babam muito ovo pra esses caras. Eles não ganharam nada ainda!

 

– Sim. Até porque nenhum campeonato acabou, né? Mas, para o bem do futebol, vão ganhar, e deixar o exemplo. Se não dá para repetir a técnica admirável, que ao menos se tente clonar o apuro ofensivo. Há como jogar mais à frente, marcar mais no ataque, não deixar o rival respirar. Foi o que fizeram e têm feito. O Guarani é o pior que vi na vida. Mas o Santos pode ser o melhor desde Ele. Aliás, ontem, num evento que fiz da Basf, o Pepe, Canhão da Vila, saiu com uma imagem linda: “Comprei uma TV nova, de 42 polegadas, só para ver esses meninos jogarem ainda melhor e mais bonito”. Se o Pepe, maior artilheiro humano da história do Santos, diz isso, quem vai rebater?

 

– Quem vai rebater é essa goleirada que deixa as bolas escaparem. Vixe! Mas até que o Timão se saiu bem lá no Uruguai. Também, é a pior Libertadores que já vi…

 

– O nível é fraco, o Corinthians ainda não fez uma grande partida. Mas está ganhando. Deve se classificar em primeiro. Sempre irá decidir em casa. Ótimo. Falta só acertar o jogo. E Ronaldo ser o que não me parece pronto para repetir 2009.

 

Pelo menos está melhor que o Flamengo, seu Mário. Que acontece?

 

– Nem falo do Bruno. Meu twitter falso, o mauro_beting, zoa tudo que fala e tem feito o goleiro flamenguista. Mas não sou eu. E não gostaria de estar sendo alguém que precisa defender melhor o clube. O Flamengo tem cometido erros indefensáveis, a partir da defesa, do meio-campo que não se encontra, e de um time carente do maior abandonado Adriano. Ainda vai se classificar. Mas devendo muito, dentro e fora de campo. E nem falo do estadual, cada vez mais aos pés do surpreendente Botafogo.

 

– Ter ficado fora da Copa do Brasil foi bom para o Fogão, né, seu Mário? Ele pode priori, popularizar… Priapismo… Pulverizar a Taça Rio.

 

– Priorizar um torneio menor não é o caso. É ótimo para o ego e para a história devolver o tri rubro-negro. Mas, na boa, e daí? É pouco. Ainda mais para elenco reduzido. E tem outra: o Atlético-GO mostrou que é time interessante ao vencer o Santa Cruz, no Arrudão. Esse Robston é bom jogador. Tem a classificação encaminhada, como o Vitória, que goleou o Goiás de um jeito que não esperava.

 

– Mas eu acho que o Sport ainda consegue vencer o Galo. 1 a 0 foi pouco no Mineirão.

 

– Foi. Foi de fato justo. Mas se ainda é pouco, pode ser suficiente. Não há como dizer. É o mesmo caso do Palmeiras. Se bem que o Furacão vem bem, o Verdão não fez um grande jogo. Paulo Baier fará falta na Arena. E a infelicidade do Danilo pode custar caro ao Verdão.

 

– Caro, seu Mário, é o Inter. Você enche a bola toda hora desse time que só enche meu saco. Toda vez que vou ver a equipe não joga nada. Empatar com o Emelec não dá!

 

– E não fosse o Pato, teria sido pior. Não sei mais o que acontece. Não é só questão tática. Giuliano e D’Alessandro não rendem, os volantes não chegam, os laterais vão e não voltam… Sei lá.

 

– O Cruzeiro também joga uma boa e outra mais ou menos. Sofreu lá no Chile.

 

– Mas pegou o grupo mais complicado. Há como entender a oscilação. O problema ainda é arrumar o sistema defensivo.

 

– O problema, seu Mário, é tanto jogo. Tem mais futebol que emprego seu!

 

Para todos os gostos e desgostos. E com pouco treino, as equipes oscilam mais que o Benazzi, que acabou de ser demitido para, em outubro, voltar ao Canindé. Quando o presidente Manuel da Lupa vai inventar que o treinador de então terá sido abduzido por algum, E.T. e irá demiti-lo de qualquer jeito. O Manuel da Lupa parece o Milton Neves. Ouve qualquer coisa e já sai chutando tudo que vê pela frente.

 

– Essa eu li no seu twitter, seu Mário!

 

– Ele é falso, Mendes. Um fake. Mas oficial.

 

O Fluminense já se classificou, então? Se a Lusa tá desse jeito aí…

 

– Ainda não. Mas vai passar, como o Vasco.

 

– É igual o São Paulo e o Pelotas, no fim de semana?

 

– Não, Mendes. O Pelotas não passa pelo Inter, mesmo que o Inter não se encontre. E o São Paulo, por tudo, e pelo segundo tempo de domingo, pode vencer o Santos por dois gols, na Vila. O problema é este Santos perder por dois gols.

 

O Estadual do Rio acaba domingo?

 

– 51% de dar Botafogo. Desde que não seja nos pênaltis. Mas se der Flamengo, a história pode ser completamente outra nas duas partidas finais. Muda tudo.

 

– Ou não muda nada, né? Como diria o Galvão Bueno, “é treta, é treta, é treta, Mengão”!

 

– É “tetra”, Mendes. O primeiro da história rubro-negra. O primeiro no Rio desde o Botafogo de 1935.

 

– Não, seu Mário. É treta, mesmo! O Flamengo tem sido uma atrás da outra. E, vem cá, o Fla não é hexa? Ou só é penta, segundo a CBF?

 

– Não, Mendes, você está misturando as bolas. O Fla nunca foi tetra estadual. Mas, para mim, de fato, é hexa brasileiro.

 

– Não troco as bolas, seu Mário. São os caras de cartolas que estão trocando as bolinhas. Mas chega que esse assunto é mais chato que eleição do Clube dos 13, Morumbi na Copa, e lançamento de livro seu!

 

Então, Mendes. É hoje, 18h30, lá no Universo do Futebol, na Bienal do Ibrapuera, eu e o Milton Leite vamos autograf…

 

– CHEGA, SEU MÁRIO!!! NEM PRECISA PAGAR O CHAILATTE!