Nacional Paraguai 0 x 2 São Paulo

por Mauro Beting em 12.mar.2010 às 9:12h

 

O primeiro tempo é para esquecer. O Nacional é muito fraco, e o São Paulo não foi muito além. Ricardo Gomes mexeu no time, tirando um cada vez mais decepcionante Marcelinho Paraíba e apostando em Cléber Santana. A partida ficava até mais difícil quando Dagoberto armou belo lance para Washington se livrar do goleiro e abrir o placar, e o Tricolor se livrar de um resultado incômodo. Depois, foi só sair para o abraço. E celebrar mais um gol de W9, desta vez armado por um Fernandinho que merece ser titular.

Se não há um armador confiável (embora Hernanes se esforce para tanto), melhor insistir num 4-3-3: Dagoberto e Fernandinho pelos lados, Washington no comando de ataque. No meio-campo, Jean faz a cabeça da área, Hernanes articula e marca pela direita, e, do outro lado, pode até ser Richarlyson. Com a variante deste ficar alinhado com Jean, para facilitar a cobertura dos laterais ofensivos, e Hernanes mais solto, com liberdade para ser o meia-atacante por dentro, num 4-2-1-3 ofensivo. E possível.

Um jeito de fazer o São Paulo atuar um futebol digno do elenco que tem.

Tags: