Internacional, vice-campeão do BR-09

por Mauro Beting em 08.dez.2009 às 17:19h

Seis rodadas na liderança – incluindo a que deu o título do turno, o Troféu Osmar Santos. Time 100% nas quatro primeiras rodadas. Em quase todas com a equipe reserva, com os titulares brigando pela Copa do Brasil que escapou. Veio o bode. Vieram contusões. As extemporâneas Recopa Sul-Americana e a inominável Suruga Bank Cup. Dinheiro no banco, time se desmanchando em campo.

Tite foi se perdendo. Nilmar foi perdido na janela de agosto, depois de apenas sete jogos. Tite deixou o clube na quinta posição, com 54% de aproveitamento, no início de outubro. Mário Sérgio assumiu avisando que sairia do clube no apito final da última partida. Chegou na rodada 28. Saiu com 60% de aproveitamento. Mais que os 58% do campeão Flamengo.

Mais uma vez, um favoritismo de véspera se perdeu durante o campeonato. Também pela ausência de Giuliano, servindo a seleção Sub-20 no Mundial. Em sete jogos sem ele, apenas uma vitória. Placares que fizeram falta. Mais uma vez.

Pelos números do Footstats, o melhor aproveitamento das conclusões foi colorado: 44%. Mesmo tendo sido apenas a 13ª. equipe que mais finalizou (no BR-08, foi apenas a 16ª). Foi o segundo melhor ataque, com 65 gols (média de 1,7). E a segunda melhor defesa, ao lado da flamenguista, com 44 gols sofridos (1,1, em média). Teve, juntamente com o Grêmio, o melhor saldo de gols: 21.

Foi o time que mais trocou passes. Mas teve apenas o quinto melhor aproveitamento deles (89%). Foi a quarta equipe que mais tempo ficou com a bola no BR-09.

Foi a quarta equipe que mais cometeu pênaltis: oito.

APROVEITAMENTO: 57% (47% no BR-08)

RODADAS NA LIDERANÇA – 6

RODADAS NO G-4 – 34 (recordista)

RODADAS NO G MENOS 4 – O

BASE: Lauro; Danilo Silva, Índio, Bolívar e Kléber; Sandro e Guiñazú; D’Alessandro e Giuliano; Alecsandro e Taison (4 da base do BR-08)

TREINADORES – Tite (até a rodada 27); Mário Sérgio

OS 33 DO INTER NO BR-09:
GOLEIROS: Lauro (35), Michel Alves
LATERAIS-ALAS-DIREITOS: Danilo Silva (24), Daniel, Arílton
LATERAIS-ALAS-ESQUERDO: Kléber (28), Marcelo Cordeiro
ZAGUEIROS: Bolívar (30), Índio (25), Fabiano Eller, Sorondo, Danny Moraes, Álvaro
VOLANTES: Guiñazú (32), Sandro (27), Glaydson, Magrão, Maycon, Rosinei
MEIAS: Andrezinho (33), Giuliano (27), D’Alessandro (22), Bolaños, Wagner
ATACANTES: Alecsandro (35), Taison (28), Marquinhos, Nilmar, Edu, Leandrão, Talles Cunha, Alan Kardec, Leo

(levando em conta os que jogaram ao menos 20 jogos, pelas contas do Footstats)
O ASSISTENTE – Kléber (11, em 28 jogos – superou Alex, no BR-08)
DESARMES – Guiñazú (6 em média – superou-se)
DRIBLADOR – Giuliano (2,4 por jogo – inferior a Nilmar, no BR-08)
O FALTOSO – Guiñazú (2,5 por jogo – menos que em 2008)
A VÍTIMA – Guiñazú sofreu 2,7 faltas por partida – menos que Nilmar em 2008.
O FINALIZADOR – Alecsandro acertou 50% das conclusões.
PASSE CERTO – Índio acertou 94% dos passes – superou-se.
DONO DA BOLA – Kleber a dominou por 1min51s em média, a cada jogo – superou D’Alessandro no BR-08.

MELHOR DO TIME NO BR-09– Giuliano
REVELAÇÃO – Marquinhos
DECEPÇÃO – Taison

EXPECTATIVA PARA O BR-08 – Título. Decepcionou.

GOLEADORES PRINCIPAIS –

Alecsandro (16 gols; média 0,4);

D’Alessandro (6 gols, média 0,2);

Andrezinho (6, média 0,1).

Tags:

  • giovani

    Mauro, saindo um pouco do tema, vc saba me informar se ouve erros gratescos de arbitragens no jogo do meu Coxa(moro em Campo Grande-ms) contra o Flu que justificasse a reação da torcida pós jogo? Se é que isso justifica mão é mesmo. Que vergonha. Agurado resposta. Abraços.

  • http://bloguedotimao.wordpress.com/ Álvaro

    Quanto ao número de passes certos, fica difícil a comparação, pois o Indio não arrisca muito (pelo Yahoo! ele tem 0 assistências).

    O que eu mais gostaria de ver: qual o ranking de assistências do Brasileirão?

    Por que eu tenho o Cleiton Xavier com 9 em 17 jogos (um número fantástico!) e o Tcheco com 12 em 32 jogos. Já o mídia-amado Hernandez, tem 11 em 33 jogos.

    Puxa aí Mauro! (tipo, os 10 primeiros colocados…)

  • jose

    Se o inter foi mal o que dizer de:
    São Paulo
    Gremio
    Corinthians
    Palmeiras
    Fluminense
    Botafogo
    Vasco
    Cruzeiro
    Atletico Mineiro
    Goias

    O meu Inter foi o time que se perdeu????????????
    É verdade, não foi campeão, mas foi vice da Copa do Brasil e Brão 2009. Foi vice no Brão 3 vezes nos últimos 5 anos. Também neste período foi o ÚLTIMO campeão brasileiro da Libertadores, Mundial, Recopa e o único campeão da Sul Americana.Teve vitórias contra o Inter de Milão e Barcelona. Único time do país com ISO 9001, melhor projeto de estádio para a copa 2014 ( que será construído com recursos próprios, eu disse PRÓPRIOS), mais de 100,000 sócios (sendo que 80.000 votarão na próxima eleição para para presidente e conselho em urnas eletrônicas espalhadas pelo estado e pelo país ) garantindo uma receita maior do que a que o clube recebe da tv, melhor categoria de base do país (ranking http://www.olheiros.net) e planejamento de 10 anos.
    Que porcaria de time e clube, não é Mauro? Quanto fracasso e falta de perspectiva!
    Uma coisa é certa, podemos não ter sido campeões brasileiros este ano, mas uma coisa HOJE eu já tenho certeza, o meu clube nos anos vindouros sempre, eu digo SEMPRE, será FAVORITO à toda competição que participar!
    Orgulho de ser Colorado!
    Sds

  • Vinicius

    Álvaro, tire uma dúvida. Quais os números de desarmes, gols e passes certos do Cleiton, Tcheco, Hernanes?

    Nem sei a resposta, mas não dá pra avaliar um volante/meia “SÓ” pelo número de assistências.

    Ah, eu acho o CX tão bom quanto o Hernanes. O Tcheco não serve pra muita coisa…

    Até

  • Marcelo Pereira

    Internacional o Grande PENTA-VICE hahahahaha…

  • Gabriel

    Mauro, a saída do Giuliano definiu a queda do Inter. Pois no último jogo dele o Inter tinha dado um show contra o Avaí em Floripa, depois veio a derrota contra o Cruzeiro e o time só se reencontrou com a volta do rapaz. No segundo turno, com o Giuliano em campo o Inter não teve sequer uma derrota.