Hasta la vida, Sorín

por Mauro Beting em 05.nov.2009 às 10:30h

Sorín já havia conseguido a proeza de receber elogios – ou o silêncio elogioso – de atleticanos por tudo de lindo que fez pelo Cruzeiro.

Para os mais de 40 mil que foram à despedida dele do fútbol, assim mesmo, na língua-mãe de Juampi, conseguiu mais uma vez se superar: fez brasileiros e argentinos falarem a mesma língua. Honrarem dos raros que vestiram camisas rivais com o mesmo amor. Como se fosse só uma. Como se ele realmente fosse só um.

Grande Sorín. Como não tenho mais palavras, repito as que escrevi quando você anunciou a aposentadoria:

Em campo, começava o jogo na lateral esquerda. Se a bola fosse do Cruzeiro de 2000 a 2002, ou da grande Argentina de Marcelo Bielsa no mesmo período, em segundos já estava na área rival, como se fosse centroavante, para subir de cabeça como um Yao-Ming de 1m73. Como mágica, no contragolpe rival, lá irrompria Juampi na área celeste para aliviar o perigo, para assumir a bucha, para ganhar as bolas que para ele não eram perdidas.

Prefiro dizer que Sorín atacava e Juampi defendia. Porque, por vezes, tive a impressão de ver no Mineirão ou pela TV uma mesma camisa fazer duas coisas ao mesmo tempo. Quando não fez muito mais. E não só pelo Cruzeiro. Pergunte a algum atleticano se ele respeita e admira alguém pintado de azul. A resposta é “sim”. É Sorín.

Vá além de Minas e pergunte nas gerais do Brasil: tem algum gringo que você gostaria ver não apenas jogando, mas suando por sua camisa? “Sim”. Sorín! Jogador Mercosul. Integração entre brasileiros e argentinos, cruzeirenses e atleticanos. Tão bom dentro quanto fora de campo. Daqueles que só fazem bem ao esporte e à vida. Tanto que, sabedor das más condições clínicas que não o fizeram ainda maior do que foi por estes trópicos, preferiu pendurar as imortais chuteiras a eventualmente prejudicar o Cruzeiro que tão bem defendeu – e atacou, e marcou, e correu.

Não vá embora, Sorín. Ou vá como você ia ao ataque: vá e volte ao mesmo tempo.

Tags:

  • Pedro Ivo Gomes

    “Sorín é Sórin. O resto é jogador de futebol.”

  • Nelson Oliveira

    Valeu Sorin,,

    Estão todos de parabens, tanto o Cruzeiro como o Sorin, pela grande festa de ontem no Mineirão, com 42.000 presentes.

    Outros Clubes também podiam fazer homenagens parecidas como a de ontem aos seus grandes craques, os imortais. Agora é pensar exclusivamente no Brasileiro e a meta é ganhar 04 jogos, senão os 05 que nos restam, para disputarmos a Libertadores 2010.

    Para o título, sinto muitissimo em dizer isso, é com muito pesar, mas pra mim o São Paulo será Campeão infelizmente. “Não matamos a fera, e ela despertou com raiva de todos”, quero acreditar que ainda dá para outro terminar o serviço.

  • Felipe

    Não foram 40.000 pessoas, foram 40000 “pagantes”, com kilos de alimento, no total foram 62.000 pessoas presentes, os outros 22.000 são os socios do futebol, que têm entrada garantida em todo jogo. Resumindo, publico quase total no mineirao que tem como capacidade máxima 64.000

  • Ronaldo Ribeiro

    Vc tá doido… Atleticano gostar do Sorin???? JAMAIS!!!! o único jogador que atuou no cruzeiro que Atleticano respeita é o Tostão, mesmo assim porque o mesmo declarou não ser cruzeirense e sim Americano…. rsrs..

  • Fernando Cambraia

    Adios grande Juan Pablo SORÍN.Você se despede dos gramados para entrar na seleta galeria de ídolos imortais celestes.Você tera a ótima compania de Tostão,Dirceu Lopes,Joãozinho,Piazza,Nelinho,Palhinha,Raul,Evaldo,Jairzinho,Perfumo,Dida,Nonato,Douglas,Alex e outros tantos que vestiram o manto sagrado celeste.A nação azul celeste te agradece por tudo e como diz o slogan da festa de ontem: SORÍN ETERNO.

  • Fábio Vieira – antes de tudo um ATLETICANO!

    De fato, mesmo sendo atleticano preto e branco, admiro esse jogador, pela raça, disposição, técnica, ofensividade, jogador de grupo. Mas o que mais me chamou a atenção nele foi a lealdade à agremiação que defendeu. Alguém que vai a público e reconhecendo a grandeza do Galo, diz que jamais jogaria pelo Atlético por dinheiro algum, uma vez que defendeu o Cruzeiro, merece o meu respeito (diferente de tantos outros por aí…).

    R.I.P., hasta la vista…

    Agora dá sossego pq o Galo tá atropelando!

  • Gleyton

    Jogador raro nos dias de hoje. Valeu Sorín.

  • MOACIR ROCHA

    DE REPENTE NÃO MAIS QUE QUE DE REPENTE DO RISO FEZ-SE O PRANTO…
    TIVEMOS GRANDES JOGADORES: Dida, Tostão, Dirceu Lopes, Raul Plasmam, Alex, Nelinho…entre outros…MAS NENHUM SE COMPARA À JUAN PABLO SORÍN!!!
    NÃO SÓ PELO FUTEBOL DE BOA QUALIDADE, MAS PELO CARÁTER, DIGNIDADE QUE VESTIU O MANTO CELESTE.
    Assim como o Marcão do Palmeiras, O Rogério Ceni do São Paulo; Sorín foi, é, e sempre será uma exceção.

    VALEU ETERNO ÍDOLO SORÍN.

    DE REPENTE, NÃO MAIS QUE DE REPENTE.

  • Cayton

    Mauro,acho vc um dos grandes comentaristas do país acho que o são paulo é favorito ao titulo,mas digo isto pois tenho certeza que caso o Flamengo,Atletico ou Inter forem campeão vc vai saber reconhecer o titulo do clube, fiquei muito chateado com alguns comentaríos que falaram de suposto “favorecimento” ao Flamengo e este mesmo comentarísta não fala sobre os penaltis duvidosos que acontecem a favor do São Paulo, mas desde ja apezar que ter achado que foi penalti, o juiz errou como erraria com qualquer jogador ou time na minha opinião é despreparo é uma pena que o campeonato tenha tantos erros de arbitragens ja esta na hora de usar a tecnologia, mas como falei apezar do penalti achei uma boa arbitragem pois errar é humano mas certos comentarístas precisam saber que eles tem uma responsabilidade com a população de serem imparcial criticar quando deve criticar elogiar quando deve ser elogiado. Esta coisa de ibope ser medido em uma cidade so não acho certo mas são coisas da midia, pois vc mora fora de SP quer ver noticias do seu clube acaba sendo privado se não tiver uma tv fechada.

  • Rafael

    Mauro, sobre a despedida da “Maria Betânia” não gostaria de comentar nada, até porque não há vi, preferi voltar da faculdade vendo Grêmio x São Paulo.

    Agora, o que o Flamengo ganha(ria) com a carta do Presidente Márcio Braga enviada ao Aécio Neves sobre um suposta ação violenta por parte da torcida do GALO!? Ele com isso já não cria uma tensão ainda maior para este clássico nacional? Esse indivíduo é babaca mesmo ou é só uma leve impressão errada de minha parte?

  • Jairo

    Pegando carona no que disse mto bem o Fábio Vieira, ele tb tem meu respeito e admiração.São poucos , quase nenhum como Sorín hj em dia.
    Pois com dizem:respeito não se ganha, se conquista, eu rubro-negro, graças a Deus, gosto muito do futebol do Sorín.

  • SANDRA VIEIRA

    Este Rafael, realmente deve ser uma pessoa medíocre, pobre de espirito. Se ele não queria comentar sobre a lenda “Sorín”, que fosse pra outro post, mas ele veio até este, porque provavelmente não se fala do timinho dele, ou ele não tem nenhum ídolo de verdade que honre a comisa de seu time, ou seja, tenho pena de vc Rafael.

    Sorín Eterno

  • http://www.embalosgerais.com.br Embalos Gerais

    Agora São Paulo esta na Frente…
    Acesse o site Embalos Gerais e veja
    fotos de vários eventos:
    http://www.embalosgerais.com.br

    http://www.embalosgerais.com.br/

  • CARLOS JUNIOR

    LAMENTÁVEL VER O PALMEIRAS, QUE ATÉ ENTÃO LÍDER DO BRASILEIRÃO, DEU MOLE AOS ADVERSÁRIOS, E PELO QUE ESTÁ DESENHANDO, PELO JEITO MAIS UM ANO NA ESPERA.
    É TRISTE.