logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

BOTA-TEIMA – RODADA 32 | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


BOTA-TEIMA – RODADA 32

por Mauro Beting em 31.out.2009 às 15:49h

A intenção deste tira-teima (além de pedir para ser xingado mais que árbitro…) é discutir a arbitragem – sem martirizar ou santificar apitadores.

Esta é apenas uma lista subjetiva de “erros” e “acertos” de lances interpretados por mim – e sempre com a ajuda da TV, o que facilita meu trabalho, e a sua crítica.

E, se mesmo assim, eu ainda erro, imagine os mortais que apitam…

O espaço é livre para detonar este que escreve, outros que blogam e, claro, os próprios árbitros.

Não é a primeira, não será a última, e espero que não seja a única palavra a respeito do tema interpretativo. Logo, subjetivo. Logo, passional, clubista, bairrista, etc.

O BOTA-TEIMA é apenas um jeito de tentar evitar chororôs desmedidos, teorias conspiratórias, jogadas ensaiadas, achismos e outros chutes imaturos. Ou maduros até demais.

Ao final das contas e dos supostos erros, faço um saldo dos erros IMPORTANTES que tiraram – ou botaram – pontos dos times. Sempre tentando fazer um saldo de erros e acertos, com o devido – ou indevido – modo de tentar equilibrar as contas e critérios. Isto é: um pênalti marcado indevidamente ou um não marcado “valeria” como um gol, que “poderia” mudar um resultado e uma tabela.

Sempre lembrando que, nessa conta AINDA MAIS SUBJETIVA, uma equipe pode superar até a arbitragem adversa, ganhando o jogo mesmo sendo “prejudicada”. Algo que necessariamente não mudaria a classificação real. Conta que acaba sendo diluída pela maior ou menor capacidade técnica de uma equipe. Um time melhor poderá acabar sendo menos lesado por supostos “erros” de arbitragem por ter conseguido vencê-los dentro de campo; uma equipe inferior acabará perdendo mais pontos por já os perder naturalmente no gramado.

Reiterando que tudo isso sem a pretensão de ser a única fonte a respeito de inesgotável assunto.

P.S: Lances de expulsão “justa ou injusta” não estarão contabilizados no BOTA-TEIMA.

Lances polêmicos em que entendo que a arbitragem “acertou” estão comentados no texto referente a cada partida.

Para critério de “pontuação”, um pênalti não marcado vale o mesmo que um gol anulado.

Boa corneta e bom apito!

Os jogos que estiverem destacados em amarelo significam que tiveram o placar “alterado” por decisões da arbitragem. Isto é, os pontos foram “modificados” por conta de supostos erros de interpretação.

LANCES

Botafogo 1 x 0 Náutico

Náutico prejudicado? Botafogo ajudado? – Assistente 2 Marcelo Barison (RS) – bem colocado – e Leonardo Gaciba marcam impedimento discutível de Tuta, que partia livre para a meta de Jefferson, e finalizou em gol com o goleiro botafoguense parado. Para mim, mesma linha. Lance difícil. Estava 0 x 0.

Náutico prejudicado; Botafogo ajudado – Leonardo Gaciba marca pênalti inexistente de Johnny em Diego, que caiu sobre o volante do Timbu. Estava 0 x 0.

Cruzeiro 3 x 2 Santo André

Santo André prejudicado? Cruzeiro ajudado? – Assistente 1 Carlos Berkenbrock (SC) e Célio Amorim validam gol discutível mineiro: Bernardo pareceu pouco à frente quando recebeu passe de Marquinhos Paraná, aos 46 finais. Depois passou a Jonathan que cruzou para o gol de Thiago Ribeiro. Lance discutível. Estava bem colocado o assistene. Estava 2 x 2.

Barueri 2 x 0 Flamengo

Barueri prejudicado; Flamengo ajudado –Heber Roberto Lopes (PR) não marca pênalti duplo: Aírton agarrou Leandro Castán e Álvaro agarrou Val Baiano na bola cruzada sobre a área rubro-negra.

Flamengo prejudicado; Barueri ajudado – Assistente 1 Gilson Coutinho (PR) e Heber Roberto Lopes gol irregular de Val Baiano. Thiago Humberto estava impedido antes de passar a bola. Estava 0 x 0.

Corinthians 0 x 1 Cruzeiro

Cruzeiro prejudicado; Corinthians ajudado – Assistente 1 Hilton Rodrigues (RJ) e Péricles Cortez (RJ) marcam ao menos dois impedimentos em lances em que cruzeirenses partiriam livres contra a meta corintiana. Estava 1 x 0 Cruzeiro.

SALDO TOTAL – RODADA 32

PREJUDICADOS

COMENTÁRIO – Como tudo é discutível no futebol… Pelos critérios do BOTA-TEIMA, o terceiro clube mais “prejudicado” por “erros” de apito é o Cruzeiro. No saldo entre lances em que teria sido “beneficiado” ou “prejudicado”, só Botafogo e Internacional tiveram mais problemas.

Porém, os “erros” a favor do Cruzeiro foram mais determinantes nos placares finais. Por isso o time mineiro aparece sendo um dos mais “beneficiados” pelas discutíveis decisões de arbitragem…

10 pontos a menos – Botafogo

4 pontos a menos – Internacional

4 pontos a menos – Barueri

3 pontos a menos – Grêmio, Santo André

2 pontos a menos – Sport, Atlético-PR, Náutico

1 ponto a menos – Flamengo, São Paulo

BENEFICIADOS

5 pontos a mais – Santos, Cruzeiro

4 pontos a mais – Atlético Mineiro

3 pontos a mais – Goiás, Vitória

2 pontos a mais – Coritiba, Corinthians

1 ponto a mais – Avaí, Palmeiras

NÚMERO DE VEZES EM QUE FORAM AJUDADOS OU PREJUDICADOS:

PREJUDICADOS –

Botafogo prejudicado 13 vezes; ajudado 7 vezes

Flamengo prejudicado 12 vezes; ajudado 8 vezes

Cruzeiro prejudicado 14 vezes; ajudado 11 vezes

Atlético Paranaense prejudicado 6 vezes; ajudado 3 vezes

Palmeiras prejudicado 12 vezes; ajudado 10 vezes

Barueri prejudicado 5 vezes; ajudado 4vezes

Sport prejudicado 2 vezes; ajudado 1 vez

Fluminense prejudicado 2 vezes; ajudado 1 vez

BENEFICIADOS –

Corinthians ajudado 11 vezes; prejudicado 7 vezes

Vitória ajudado 6 vezes; prejudicado 3 vezes

Santos ajudado 6 vezes; prejudicado 3 vezes

São Paulo ajudado 11 vezes; prejudicado 9 vezes

Goiás ajudado 7 vezes; prejudicado 5 vezes

Avaí ajudado 4 vezes; prejudicado 2 vezes

Coritiba ajudado 3 vezes; prejudicado 1 vez

Grêmio ajudado 6 vezes; prejudicado 5 vezes

Atlético Mineiro ajudado 4 vezes; prejudicado 3 vezes

SALDO ZERADO –

Internacional prejudicado 7 vezes; ajudado 7 vezes

Náutico prejudicado 6 vezes; ajudado 6 vezes

Santo André prejudicado 4 vezes; ajudado 4 vezes

PLACAR DOS ERROS (somando todos os lances, quem foi mais beneficiado: o time mandante ou o visitante)

CASA 73 X 51 VISITANTE

Tags:

  • Eduardo

    MALA ROSA?

    http://www.lancenet.com.br/noticias/09-10-30/645073.stm

    Uma decisão estranha coloca, mais uma vez, em suspeita a credibilidade do campeonato brasileiro em seus momentos decisivos:
    Renê e Val Baiano, dois dos destaques da equipe do Barueri, foram afastados pela diretoria do clube do confronto contra o São Paulo, decisivo para a agremiação proprietária do Morumbi.

    Tudo porque os dois atletas reconheceram haver recebido promessa de bicho extra, da parte do Cruzeiro, caso vencessem o Flamengo na última partida.

    Afastar os dois atletas porque foram sinceros, ao falarem sobre a tradicional prática da “mala branca”, e porque cumpriram o seu dever de dar o máximo em campo, é uma decisão questionável, certamente.

    Quando essa decisão enfraquece o poderio do time para o confronto contra outro candidato ao título, o São Paulo, passa a ser indecente.

    Mais uma vez a sombra da imoralidade cai sobre um campeonato.

    Mais uma vez tendo o São Paulo como protagonista.

    O mesmo São Paulo do “Madonnão-2008”.

    O mesmo São Paulo, campeão dos erros da arbitragem a favor.

    O mesmo São Paulo cuja torcida, há alguns anos atrás, passou a perseguir o atacante do seu próprio time, Grafite, por ter feito 2 gols em partida contra o Juventos, sem obedecer aos gritos de “Entrega! Entrega!” vindos da arquibancada. Demorou anos (e muitos gols) para a torcida do São Paulo perdoar o seu atacante não haver feito “corpo mole” (ao contrário de vários de seus companheiros) para ajudar a derrubar o Corinthians para a segunda divisão do campeonato paulista (rebaixamento que só ocorreria em 2007, e no campeonato brasileiro, quando, aí sim, o time do Internacional de Porto Alegre conseguiu satisfazer sua própria torcida, que pediu, e foi atendida, com a derrota do seu time, a qual definiu a queda corinthiana).

  • Alvez

    O grande problema é que o São Paulo foi prejudicado justamente nos jogos de confronto direto com os times que brigam pelo título: dois gols em impedimento do Inter no jodo do Beira-rio; pênalti não marcado no jogo com o Atlético-MG no Morumbi; 3 lances de pênalti (dois no Morumbi e um no Maracanã) nos dois jogos com o Flamengo (você considerou a lambança em voltar a defesa do Rogério, certo? Se não considerou então considere que as defesas do Bruno tinham que ser voltadas também). Aí o prejuízo é dobrado!

  • josé

    como sempre o corinthians no topo da tabela dos beneficiados, esse time sempre ajudado e mesmo assim tá mais perto da zona de rebaixamento que do g4. oh time ruim.
    só foi campeao em 2005 porque foi roubado senao seria o inter e sempre vem torcedor do corinthians chorar.

  • tiago

    eduardo nao fala besteira, deve ser corinthiano chorao.

    ano passado sao paulo foi campeao sendo prejudicado e nao ajudado, disputando titulo com o gremio e perde o jogo pro gremio com um gol do perea a quase 2 metros impedido, esse ano empata com o inter 2 x 2 com 2 gols impedidos do inter(bem impedidos), contra flamengo prejudicado de novo, atletico mg tb etccc

    só porque seu time é ruim e nunca ganha nada vem reclamar que os outros ganham porque sao favorecidos. veja a tabela do blog e verá que o mais beneficiado foi o corinthians.

  • Joel S. Duarte

    Concordo com interpretação dos dois lances do Náutico. Agora, faltou falar do impedimento mal marcado do Reinaldo (1 metro em posição regular). Na sequencia do lance ele é agarrado por tras por outro zagueiro. Panalti e expulsão não marcado. Francamente, considerar um impedimento de mesma linha e não considerar o do Reinaldo? E olha que no do Reinaldo os dois times continuaram o jogo. Placar de erros do comentárista cresceu…