BOTA-TEIMA – Rodada 31

por Mauro Beting em 28.out.2009 às 18:40h

A intenção deste tira-teima (além de pedir para ser xingado mais que árbitro…) é discutir a arbitragem – sem martirizar ou santificar apitadores.

Esta é apenas uma lista subjetiva de “erros” e “acertos” de lances interpretados por mim – e sempre com a ajuda da TV, o que facilita meu trabalho, e a sua crítica.

E, se mesmo assim, eu ainda erro, imagine os mortais que apitam…

O espaço é livre para detonar este que escreve, outros que blogam e, claro, os próprios árbitros.

Não é a primeira, não será a última, e espero que não seja a única palavra a respeito do tema interpretativo. Logo, subjetivo. Logo, passional, clubista, bairrista, etc.

O BOTA-TEIMA é apenas um jeito de tentar evitar chororôs desmedidos, teorias conspiratórias, jogadas ensaiadas, achismos e outros chutes imaturos. Ou maduros até demais.

Ao final das contas e dos supostos erros, faço um saldo dos erros IMPORTANTES que tiraram – ou botaram – pontos dos times. Sempre tentando fazer um saldo de erros e acertos, com o devido – ou indevido – modo de tentar equilibrar as contas e critérios. Isto é: um pênalti marcado indevidamente ou um não marcado “valeria” como um gol, que “poderia” mudar um resultado e uma tabela.

Sempre lembrando que, nessa conta AINDA MAIS SUBJETIVA, uma equipe pode superar até a arbitragem adversa, ganhando o jogo mesmo sendo “prejudicada”. Algo que necessariamente não mudaria a classificação real. Conta que acaba sendo diluída pela maior ou menor capacidade técnica de uma equipe. Um time melhor poderá acabar sendo menos lesado por supostos “erros” de arbitragem por ter conseguido vencê-los dentro de campo; uma equipe inferior acabará perdendo mais pontos por já os perder naturalmente no gramado.

Reiterando que tudo isso sem a pretensão de ser a única fonte a respeito de inesgotável assunto.

P.S: Lances de expulsão “justa ou injusta” não estarão contabilizados no BOTA-TEIMA.

Lances polêmicos em que entendo que a arbitragem “acertou” estão comentados no texto referente a cada partida.

Para critério de “pontuação”, um pênalti não marcado vale o mesmo que um gol anulado.

Boa corneta e bom apito!

Os jogos que estiverem destacados em amarelo significam que tiveram o placar “alterado” por decisões da arbitragem. Isto é, os pontos foram “modificados” por conta de supostos erros de interpretação.

LANCES

Internacional 1 x 0 Grêmio

Grêmio prejudicado; Internacional ajudado – Wilson Seneme (SP) não marca pênalti de Bolívar que agarrou Rever. Árbitro estava com o rosto virado para o lance. Estava 1 x 0 Internacional.

Botafogo 0 x 1 Flamengo

Flamengo prejudicado; Botafogo ajudado – Luis Antonio Santos (RJ) marca pênalti inexistente de Aírton em André Lima, aos 23min do 2º, tempo. Estava 1 x 0 Flamengo

(Demais lances polêmicos do comentados no post do jogo)

Corinthians 0 x 1 Cruzeiro

Cruzeiro prejudicado; Corinthians ajudado – Assistente 1 Hilton Rodrigues (RJ) e Péricles Cortez (RJ) marcam ao menos dois impedimentos em lances em que cruzeirenses partiriam livres contra a meta corintiana. Estava 1 x 0 Cruzeiro.

SALDO TOTAL – RODADA 31

PREJUDICADOS

13 pontos a menos – Botafogo

4 pontos a menos – Internacional

4 pontos a menos – Barueri

3 pontos a menos – Grêmio

2 pontos a menos – Sport, Santo André, Atlético-PR

1 ponto a menos – Flamengo, São Paulo

BENEFICIADOS

5 pontos a mais – Santos

4 pontos a mais – Atlético Mineiro

3 pontos a mais – Goiás, Vitória, Cruzeiro

2 pontos a mais – Coritiba, Corinthians

1 ponto a mais – Náutico, Avaí, Palmeiras

NÚMERO DE VEZES EM QUE FORAM AJUDADOS OU PREJUDICADOS:

PREJUDICADOS –

Botafogo prejudicado 13 vezes; ajudado 5 vezes

Cruzeiro prejudicado 14 vezes; ajudado 10 vezes

Flamengo prejudicado 11 vezes; ajudado 7 vezes

Atlético Paranaense prejudicado 6 vezes; ajudado 3 vezes

Palmeiras prejudicado 12 vezes; ajudado 10 vezes

Barueri prejudicado 4 vezes; ajudado 3 vezes

Sport prejudicado 2 vezes; ajudado 1 vez

Fluminense prejudicado 2 vezes; ajudado 1 vez

BENEFICIADOS –

Corinthians ajudado 11 vezes; prejudicado 7 vezes

Vitória ajudado 6 vezes; prejudicado 3 vezes

Santos ajudado 6 vezes; prejudicado 3 vezes

São Paulo ajudado 11 vezes; prejudicado 9 vezes

Goiás ajudado 7 vezes; prejudicado 5 vezes

Náutico ajudado 6 vezes; prejudicado 4 vezes

Avaí ajudado 4 vezes; prejudicado 2 vezes

Coritiba ajudado 3 vezes; prejudicado 1 vez

Grêmio ajudado 6 vezes; prejudicado 5 vezes

Santo André ajudado 4 vezes; prejudicado 3 vezes

Atlético Mineiro ajudado 4 vezes; prejudicado 3 vezes

SALDO ZERADO –

Internacional prejudicado 7 vezes; ajudado 7 vezes

PLACAR DOS ERROS (somando todos os lances, quem foi mais beneficiado: o time mandante ou o visitante)

CASA 69 X 50 VISITANTE

Tags:

  • Jonathan

    Boa noite Mauro, e quanto ao Classico Paulista São Paulo x Santos ? A expulsão do Ceni e não expulsão do Germano, não são erros a serem considerados ? Pode-se até considerar o não acrescimo de tempo do Simon no jogo.

  • Luiz SCCP

    Mauro, fanatismo tem limite. O Cruzeiro ganhou do Corinthians com um gol impedido daqueles que nem precisava tira teima e vc vem contabilizar como Corinthians ajudado????

    LUIZ, fanatismo tem limite. Mesmo. O gol foi regularíssimo. Meu Deus, amigo!!!