MENU DO DIA – BR-09, por Belê-Leo

por Mauro Beting em 27.out.2009 às 0:07h

Belê-Leo é torcedor do Washington Generals, o time de basquete que perde todos os jogos para o Harlem Globetrotters. Tem o maior Complexo de Hardy do Cone Sul. Acha que tudo está errado – e vai ficar pior. Ele está detestando o campeonato mais emocionante dos últimos tempos não apenas no Brasil – em todo o mundo.

Ó céus, ó vida… Não tem nenhuma defesa boa no BR-09. A revelação é sérvia é tem 37 anos… A melhor defesa do campeonato é a do tricampeão que toma três gols de cabeça do Santos. O líder não vence há 678 jogos… O Celso Roth deve ser campeão… O Flamengo pode ser campeão com tudo errado fora de campo… O Inter mandou o treinador embora e pode ser campeão… A torcida do Cruzeiro quer detonar o Adilson e ele tem a melhor campanha do returno… Mário Betti, eu acho que você tem razão: ninguém merece ser campeão. É melhor deixar o vago o título de 2009. Acumula para o próximo ano. E eu já falei muitas vezes a palavra “campeão”. Isso não está certo…

Belê-Leo, o nível não é lá essas coisas mesmo. Os times estão sendo gentis com os co-irmãos. Mas vamos pensar positivo. É um baita campeonato pela emoção. Está ótimo. Aliás, é o que clubes e torcedores devem fazer: corrente positiva. O Palmeiras, por exemplo; para se recuperar, antes de tudo, precisa pensar grande, levantar o moral da tropa. Só depende dele. Se ganhar tudo o que perdeu, é penta. Tem de pensar positivo.

Mas estão com ciúmes do Love, alguns salários estão atrasados, alguns não se entendem com o Muricy, o Belluzzo só quer saber de falar de economia, o Diego Souza sentiu a seleção, o aquecimento global, o diretor da bocha que não se entende com o do bar inglês…

Pois é, Belê-Leo… Nós, da imprensa, também exageramos. Quando algo não funciona, ficamos escarafunchando problemas onde não existem. Ou potencializando situações que não são tudo isso. No caso atual do Palmeiras, o ambiente é bom. Não é isso. O time é que parou. Mais por questões técnicas que táticas. Mas, agora, claro, é tempo de mudar. De fechar um pouco mais e explorar o contragolpe. Como dois dos principais candidatos ao título, Flamengo e Atlético Mineiro. Estou escrevendo sobre isso no LANCE! desta terça-feira.

Não sei, seu Mário Betti… Celso Roth… Atlético Mineiro… Flamengo… Adriano… Internacional… Seu amigo Mário Sérgio… Cruzeiro… Adilson…

– Que tem, Belê-Leo? São todos favoritos. O Telê não era ”pé-frio”? Tsc, tsc… Alguém vai acabar tirando uma zica injusta das costas…

Vai, sim. O Washington, enfim, vai ser campeão brasileiro. Pelo São Paulo!

Tags:

  • caio

    mauro o sampa tem vantagem na luta pelo titulo por ter mais experiencia nos pontos corridos que os outros times?abraço mauro ,qual sua opiniao da minha pergunta, ate mais

    CAIO, NÃO tenha dúvida. Camisa e tarimba pesam demais. Tanto que o SPFC segue na luta.

  • http://www.91rock.com.br/blog/futebolecoisaseria/ Cleverson Bravo

    é o único jeito de Washington se dar bem com o Brasil no meio
    porque Obama já rodou com “o cara”
    e parece que o Beto Jamaica já nem canta mais…

  • Rafael

    Mauro, como o campeonato pode ter seu nível técnico considerado baixo? Comparando com os últimos anos, o nível técnico subiu, ainda que pouco e abaixo do que se pode esperar de um Campeonato Brasileiro. Qual foi o último ano que tivemos jogadores do nível ou que jogam como o Pet, Ricardinho, Gilberto, Carini, Fred, Ronaldo, Vágner Love, Adriano, D´Alessandro, entre outros? É verdade que nenhuma das equipes deslanchou, melhor para o campeonato que esteve “sem graça” nos últimos três anos, principalmente.

  • Gustavo Figueiredo

    Não acho que seja nível baixo, ao contrário, percebe-se a evolução na caça aos sistemas “vanguardistas” que estavam deixando o campeonado fatídico nos últimos três anos.

    Acabou o império, os times estão aprendendo a jogar o campeonato num TODO, não estão deixando aqueles da ponta disparar, como numa “co-responsabilidade” ou mesmo “co-dependência”, todo mundo depende de todo mundo em um certo momento do campeonato, pra não deixar aquele disparar ou para não ficar no Z-4.

    Muito mais emocionante, sem sombra de dúvidas, e deveria ser assim mesmo, o Campeonato Brasileiro sendo monopolizado estava virando uma farsa ao estilo Europeu, nesse país não joga um time só ou dois, três, quatro… E sim 20.

  • Marcos Vinícius

    Mauro,o São Paulo segue na luta.Concordo.

    Me matem os são paulinos,mas duvido que este ano o time consiga ser campeão.E digo mais:Pela tabe que tem,e pela dos seus concorrentes,principalmente Flamengo(Deus que me perdoe por pronunciar esta palavra!) e Inter,acho que nem no G-4 termina.

    Disse isso no blog do André Kfouri,e repito aqui:Na minha opinião,o G-4 será formado por Palmeiras,Galo,Flamengo(Deus que me perdoe por pronunciar esta palavra!) e Inter.

    O São Paulo tem camisa,tradição,elenco,infra estrutura,e tudo o mais que a gente conhece.Mas os outros times também têm,e a tabela os favorece.

    Mauro,faz o seguinte:Pergunta pra “craque” Neto quem vai ser o campeão brasileiro deste ano.
    Duvido que ele não vai dizer que é o Corinthians!E vai dizer isso aos gritos e babando!

    ATENÇÃO!!!
    SE VC É VASCAÍNO,ENTÃO SEU LUGAR,NO DIA 07/11,É NO MARACANÃ!É O JOGO QUE VAI CARIMBAR A VOLTA DO TIME A ELITE DO FUTEBOL,E A NOSSA CHANCE DE BATER O RECORDE DE PÚBLICO NESTE CAMPEONATO,JÁ QUE O RECORDE DE TORCEDORES DO MESMO TIME EM UM JOGO AINDA É NOSSO,POIS NO JOGO CONTRA O IPATINGA ERAMOS MAIS DE 78 MIL VASCAINOS PRESENTE AO MARACANÃ.
    VASCAÍNOS,TEMOS ENCONTRO MARCADO NO MARACANÃ,DIA 07/11,ÀS 16:10HS.

  • Marcos Vinícius

    PS:A princípio,o jogo está marcado para São Januário.Mas será no Maracanã,devido ao grande apelo da partida.
    Saudações Vascainas!

  • claudio

    mauro, sou leitor diario do lance, e lancenet, me explique porque colocou o flamengo como campeão no seu palpite de hoje?

  • Paulo

    Chamo a atenção para o quadro de total equilíbrio entre os cinco ou quatro postulantes ao título deste ano e torço para que os árbitros não estraguem a reta de chegada deste campeonato, a exemplo do que fizeram em 2005, 2007 e 2008, onde na minha humilde opinião (muitos vão dizer Teoria da Conspiração) houve sempre favorecimento para esta ou aquela equipe em função dos sempre banalizados “erros de arbitragem”. As equipes se nivelam nos gramados, com pontos positivos e negativos. Ninguém pode ser subestimado ou considerado precocemente fora da disputa. Mas, sem dúvida alguma existem equipes mais “queridinhas” da mídia, equipes com torcedores ilustres e poderosos, que sempre conhecem alguém lá pros lados da Comissão de Arbitragem da Rua da Alfândega. Outra coisa… Quando o São Paulo reclama que está sendo perseguido (uma hábil estratégia de cortina de fumaça) o que pode estar acontecendo, é exatamente o contrário. Por isso, abre o olho Colorado, para não entrar novamente de bobo nas tramóias dos poderosos bastidores do jogo… Como a tal da máfia do apito de 2005 não foi devidamente punida mesmo, os meios que justificam os fins ainda estão disponíveis para quem tem bastante dinheiro para pagar ou lobby para convencer. E isto não tem nada a ver com a qualidade do futebol apresentado. Apenas uma opinião livre, numa tribuna livre, de um país igualmente livre!

  • Guilherme

    Mauro, parabéns pela iniciativa do “Bota-teima”. Ainda que, naturalmente, sujeita apenas à sua avaliação pessoal dos principais lances duvidosos, contribui no sentido de apontar a magnitude do problema das arbitragens e uma tendência já reconhecida pelos torcedores botafoguenses há anos: não dá pra dizer que estaríamos em 4 lugar se não fossem os erros dos árbitros (já que, se os erros não tivessem acontecido, o desenrolar das partidas teria tomado um caminho imprevisível), mas o fato é que o Botafogo é sistematicamente e desproporcionalmente (estes termos são muito importantes) prejudicado pelas arbitragens.

    Simples caso de incompetência dos árbitros, algum tipo de “perseguição” ao Botafogo ou simplesmente uma incrível e desagradável “coincidência” contra o time da Estrela Solitária?

    Estas perguntas mereceríam discussões seriíssimas a respeito da utilização, antes tarde do que nunca, dos recursos tecnológicos em auxílio aos árbitros, além de aspectos relacionados à sua formação , etc., bem como a razão para o Botafogo ser o time mais prejudicado não só neste campeonato, mas em praticamente todos os campeonatos que disputa, especialmente de 2006 para cá.

    Você merece elogios porque foi o único que se prontificou a fazer um levantamento mínimo sobre esse assunto em vez de simplesmente partir para o deboche a a ironia daqueles que tentar colar nos botafoguenses a pecha de “chorões”, como se os motivos para reclamações não existissem ou como se devêssemos simplesmente ficar calados diante das injustiças que vemos sistematicamente.

    Quem dera a nossa imprensa, inclusive a esportiva, fosse mais investigativa e corajosa. Obrigado e um abraço!

    Guilherme