Palmeiras 2 x 2 Avaí

por Mauro Beting em 08.out.2009 às 23:02h

* Líder e vice-líder perderam dois pontos em casa. Fora o novo terceiro colocado, que venceu o antepenúltimo como mandante, quarto e quinto perderam fora de casa, e pesado. Dá para dizer que a rodada não mudou muita coisa. Só melhorou um pouco para o Palmeiras, que tem uma rodada a menos para administrar. Pior para o São Paulo, que também apenas empatou em casa; pior para Atlético Mineiro e Goiás, que perderam fora. Só o Inter pode celebrar.

* O Avaí merece mais que elogios pelo que fez no Palestra. Mas fica a sensação de que poderia ter sido muito melhor. Quando estava para golear o Palmeiras, levou um gol num contragolpe do iluminado Robert. Mais um ponto que caiu do céu para Muricy. Jogos que antes o Palmeiras perdia, agora coleciona pontos. Por isso segue com mais chances de penta. Mas precisa jogar muito mais. E superar os tantos desfalques para um elenco com carências.

* Sem quatro titulares, com Marcão na zaga, Jefferson na ala e Jumar no meio, o Palmeiras sofreu ainda mais contra um Avaí com um 3-4-1-2 espelhado, e com os ótimos Martini, Leo Gago, Marquinhos e Muriqui fazendo um belo jogo.

* O Palmeiras sofreu dois gols de bola parada em 31 minutos. Maurício Ramos faz muita falta. Como Diego Souza num gramado molhado. O gol de Love aos 38 caiu do céu. Muricy fez no intervalo o que deveria ter feito de início de jogo (Willians improvisado na ala, Robert no lugar de Obina), e o Verdão cresceu até 20 minutos.


* Muito bem montado e armado por Silas, o Avaí cresceu também fisicamente no fim, aproveitou Marcão mais exposto e as jornadas infelizes de Cleiton Xavier, Edmílson e Souza, e só não goleou porque conseguiu perder cinco chances em três minutos. Fora dois gols bem anulados pelo assistente. E um gol inacreditável de Eltinho no início da partida. E uma escorregada fatal de Muriqui quando ele e dois companheiros partiam livres contra um zagueiro verde. E uma bola que Assis emendou em cima do caído Edmilson…

* Ortigoza se enrolou com a bola e ainda assim armou o gol de empate de Robert. Um 2 x 2 que é ruim na tabela. Mas, pelo modo como foi conquistado, e pelo momento do empate, foi maravilhoso para o Palmeiras. Como a torcida no Palestra foi maravilhosa para o time em quase toda a partida.

Tags:

  • Guilherme

    Mauro, gosto muito de ler seu blog, sempre imparcial e com comentarios precisos…
    O time sente mto a falta do Diego Souza, nao concorda?
    E, apesar da expulsão, jogão do Love né?
    abraço

  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=16398351183736140254&rl=t MICHEL DINATO

    MAURO….

    O PALMEIRAS “GANHOU” UM PONTO, PELAS CIRCUNSTANCIAS DO JOGO, O RESULTADO ACABOU SENDO BOM!!.
    UMA PENA FOI PERDER O V LOVE – 9
    PARA O PROXIMO JOGO,
    MAS, O LÍDER DO CAMPEONATO NÃO PODE JOGAR EM CASA COM 3 VOLANTES, DESDE O INICIO DO JOGO, FICOU MUITO DEPENDENTE DO CLEITON XAVIER, ATE POR QUE O JEFFERSON NÃO AJUDA EM NADA…
    TEM QUE SE DAR O RESPEITO É LÍDER..TUDO BEM O AVAÍ TEM QUE SER RESPEITADO, ETC, ETC…MAS, LÍDER EM CASA,
    OU SACCONY, OU 3 ATACANTES PARA COMEÇAR!!!….

  • Luis

    Mauro…gosto bastante dos seus comentários. Sou avaiano e palmeirense (no meu Estado é assim, muitos torcem por dois times) e fiquei empolgadíssimo com o jogo. No segundo tempo mal consegui ficar parado na cadeira! Os 30, 40 minutos de pressão do Palmeiras foram incríveis. E o show de bola do meu Leão da Ilha quando teve o domínio da partida foi de tirar o fôlego. Agora…se no final do campeonato, se foram compilar os 10 gols mais perdidos do Brasileirão, pelo menos 5 ou 6 vão ser do Avaí. Era prá já estar bem melhor na tabela…brigando pela Libertadores!

  • Fábio Faria

    Concordo contigo Mauro. O Palmeiras ontem lutou como um leão.
    Sem suas principais peças, o time sofreu o caos aéreo pela falta do Maurício Ramos e até mesmo do menino Maurício. Mas a garra e a determinação culminaram em um bom resultado para o time do Palestra Itália.

  • Daniel Varella

    MAURO, VOCÊ JUSTA A EXPULSÃO DO LOVE?

    SE OLHARMOS O HISTÓRICO DA PARTIDA, TEVE UMA JOGADA QUE A BOLA BATEU NO PEITO DO GOLEIRO E QUASE QUE O LOVE COLOCA PRA DENTRO SE DIVIDISSE. PORÉM, ELE PULOU O GOLEIRO PARA NÃO MACHUCÁ-LO.

    TIVERAM FALTAS PIORES PARA AMBOS OS LADOS E SÓ FORAM PUNIDAS COM AMARELO.

    O QUE ACHA?

  • Ivan Pinheiro

    Mauro, você é um estudioso do futebol e aprecio muito as suas análises táticas dos jogos mas acho que alguma coisa passou desapercebida. Várias vezes ouvi você e outros comentaristas dizendo que o Palmeiras sente muito a falta do Diego e que todas as vezes que ele não jogou, o Palmeiras não ganhou. Eu tenho outra versão e gostaria que você confirmasse (eu não tenho arquivo dos jogos), Ontem por exemplo, o Palmeiras jogou com dois laterais, três zagueiros, dois médio-volantes e um médio-volante/armador ou seja, oito defensores. Todas as vezes que o Diego não joga o Muricy coloca um monte de zagueiros no time…vai ganhar como?
    Aliás, todas as vezes que por algum motivo, o Muricy tem que alterar o time que o Jorginho deixou ele faz burrada. A impressão que dá é que no banco do Palmeiras só tem zagueiros e médio-volantes.

  • Fernando

    Mauro, o Palmeiras perdeu assustadoramente o meio de campo depois da saida do Souza. Mesmo com o Souza em dia ruim, era ele que estava dando um pouco de consistencia no meio de campo, pois errava passes, mas estava conseguindo fazer desarmes. Depois da saida dele, foi um Deus nos acuda, o Palmeiras passou a fazer ligacao direta da defesa com o ataque e o Avai passeou em campo, perdeu uma carreta de gols. Nao adianta colocar varios atacantes e perder o meio de campo como aconteceu. Mesmo com o passe do gol saindo do Ortigoza, acho que melhor seria ter colocado o David Sacconi no meio, para fazer a bola chegar em melhor qualidade do que estava chegando. E chega de Obina, Roberto titular!

  • Flávio

    Mauro,

    O Avaí desperdiçou uma grande oportunidade ontem… poderia ter ganho do Palmeiras com relativa folga!

    Já o Palmeiras mostrou o quão o campeonato brasileiro é disputado por equipes limitadas tecnicamente… há times bem montados, organizados taticamente e com apenas alguns bons jogadores… infelizmente, nada além disso…

    Visitem o meu blog:

    http://semfirulaesporteclube.blogspot.com

  • Paulo H.

    Por que o empate do Palmeiras contra o Avaí, em casa, foi maravilhoso e o empate do São Paulo contra o Coritiba foi desastroso? As circunstâncias foram as mesmas, ambos estavam perdendo e fizeram seus gols no fim das partidas.
    Não concordo com essa visão, para mim, os dois resultados foram ruins para as duas equipes. Ambos tinham obrigação de vencer em seus domínios!

  • Carlos

    O Avallone no blog dele meteu o pau no Muricy retranqueiro. http://blogdoavallone.wordpress.com/

  • Gustavo Figueiredo

    Concordo Paulo H, como o Flamengo vai vencer o São Paulo no Maracanã, mesmo sem Adriano, por ter essa mesma obrigação que foi comentada. Por outro lado, no jogo contra o derby, creio que o Mengo leva também, mesmo no palestra, se o time repetir a pífia atuação que teve contra o Leão da Ilha (justificável apenas aos olhos da imprensa torcedora).

    O resultado foi bom pq os concorrentes diretos perderam? E que limitações são essas tantas inerentes a um jogador apenas? Um clube grande não pode depender de um ou dois jogadores.

  • http://blogdosaraivafc.blogspot.com/ Saraiva

    Mauro,

    O Avaí perdeu muitos gols no segundo, e o futebol é cruel, não perdoa… E o Muricy, que coisa, pelo quarto ano consecutivo jogando do mesmo jeito, com o time fechadinho, centrando bola na área, seja com bola rolando ou parada e achando gols… Depois de assumir o placar então, todo mundo para trás do meio de campo explorando contra-ataques. Foi assim contra Santos, Atlético/PR, Avaí e será igual contra o Náutico. Será que nenhum técnico em quase 4 anos consegue assimilar isso?

    Obrigado,

  • EMERSON JASPION

    Mauro, assisti ao melhores momentos do jogo pela sportv, e o que deu p/ perceber é que o Palmeiras joga melhor fora do que em casa, sendo assim
    a turma do Murici q se cuide pq eles pegam o Mengão em ascensão no campeonato no Pque Antarctica e c/ o Imperador de volta.JOGÂO…

  • Márcio

    Simples PH e Gustavo, pois temos uma rodada a menos e cinco pontos a mais.

    Mauro, acredito que o maior desafio do Palmeiras é não cair no já ganhou da torcida, se o Muriçoca conseguir controlar isso seremos PENTA.

  • Ivan Pinheiro

    O que será que o Muricy tem contra o David Saconi? contra o Sandro Silva? contra o Ortigoza? será que vai ter que o time inteiro se machucar para ele dar uma oportunidade para o David? o Figueroa só entrou no time porque o Kleber nos fez o favor de tirar o Wendel, porque se dependesse do Muricy ele nunca daria uma chance ao chileno, mesmo porque só o Muricy não ve que o Wendel não acerta um único passe durante todo o jogo. Será que o Jorginho não pode dar umas dicas para o Muricy?

  • http://www.descurvo.blogspot.com Hugo Albuquerque

    Mauro,

    O que fica mesmo do jogo de ontem é que foi um mau resultado pelo contexto do campeonato – sim, porque o Palmeiras poderia ter dado um passo gigantesco se tivesse vencido -, mas ele acabou sendo bom pelo que aconteceu no jogo.

    Muricy, por sua vez, armou muito mal o time ontem. Por que 3 zagueiros? Se 3 zagueiros, por que Jefferson na ala-esquerda e não Willans por ali? Por que diabos Jumar? Enfim, pelo menos ele se redmiu com as modificações no segundo tempo – e com o pragmatismo e a frieza que ele conseguiu trazer para o time ao longo de sua passagem, o que é fundamental para ganhar um campeonato de pontos corridos, ainda assim, fica a crítica.

  • Gustavo Figueiredo

    Márcio, o contexto do jogo não é limitado, entenda que o jogo era em casa e que a próxima partida será fora com um time desesperado para escapar da segundona e sem Diego Souza. Vantagem empatar?

    E sim, o jogo era crucial, a não ser que você esteja colocando 3 pontos garantidos na partida contra o Flamengo (Imperador de volta) no Palestra logo após o jogo no Arruda em Recife.

    Não sei pq, mas seus 5 pontos de vantagem parecem se esfarelar tão facilmente nas próximas duas rodadas.