Coritiba, 100 anos

por Mauro Beting em 05.out.2009 às 18:29h

O Bangu era o Rio na final do BR-85. Todas as bandeiras cariocas se uniram pelo clube do subúrbio. O rival no Maracanã só defendia as próprias cores. Era zebra. Era a sina do Coritiba. É o fardo de qualquer time de Curitiba. Precisa não só vencer os rivais. Também a desconfiança geral.

São tantas barreiras que até o gol do título teve de superar duas delas; a primeira criada pelo competitivo time do treinador Ênio Andrade: dois coxas ficaram à frente da barragem do Bangu. Quando o centroavante do Coritiba correu para fazer história, cada um foi para um lado, a bola foi no ângulo do goleiro Gilmar. Golaço do time dos alemães Hauer. Labsch. Dietrich. Iwersen. Juchks. Obladen. Kastrup. Maschke. Schlemker. Essenfelder. Sobrenomes alemães do primeiro quadro do Coritiba, há 100 anos. Campeão brasileiro nos pênaltis naquela última noite de julho de 1985. Título que começou a ser ganho naquele gol de Índio – nada mais brasileiro.

Rafael. André. Gomes. Heraldo. Dida. Almir. Marildo. Tobi. Lela. Índio. Édson. Onze nomes curtos. Onze gigantes grafados no Alto da Glória. Do primeiro jogo em Ponta Grossa em 1909 à partida da vida coxa-branca em 1985 no Maracanã tem toda uma história. Toda uma torcida que sabe como foi duro ganhar jogos, campeonatos, respeito e admiração. Como é complicado ganhar manchetes no Sudeste. Como é botar um jogador na seleção em três Copas como um 11 que corria pelos 11 – Dirceu. Como é não ter visto um camisa 10 como Alex jogar um Mundial pelo Brasil. Como foi difícil uma bandeira paranaense defender a verde e amarela do jeito que o Coritiba se superou em 1985.

Aquele tiro longo de Índio pareceu levar um século para entrar. E ainda parece que foi ontem. Vieram dores, desamores, derrubadas. Rebaixamentos no tapetão, puxadas de tapete do Clube dos 13, quedas no campo. Acessos no gramado, acessos de raiva por desatinos e destinos mal traçados e bolados. Barreiras que puderam ser superadas com fé. Com coração. Nas coxas bravas e brancas.

De um clube que vence preconceitos. O time dos alemães que foi

o maior do Brasil com um gol de Índio numa falta sofrida pelo negro Tobi. O meia foi derrubado por um banguense de camisa branca no estádio Mário Filho, jornalista autor de “O Negro no Futebol Brasileiro”, clássico da literatura esportiva que explica um dos tantos motivos do sucesso brasileiro nos campos – a rica aquarela étnica do país de coxas brancas, pés negros, pernas mulatas, cabeças amarelas, sangue vermelho, e coração verde de esperança.

Bangu pioneiro na escalação de negros entre as elites alvas do Rio e do Brasil no início do século passado. Bangu que vestia todas as cores cariocas na decisão do Brasileirão de 1985, no Maracanã. Foi o Rio inteiro contra o primeiro finalista paranaense do Brasileirão. O Coritiba de campanha irregular, de saldo de gols negativo, que tinha de enfrentar o colosso do Maracanã como zebra. Como um time que superara rivais melhores – ou mais “qualificados” nas manchetes, não no gramado. Um time que venceria nos pênaltis mais um “favorito”. Calando mais uma vez os gritos contrários. O “quinta-coluna” dos anos 40 de guerra mundial era o primeiro do Brasil na redemocratização da Nova República em 1985. Nascido no Dia da Padroeira do país, em 1909.

Parece mentira. Como era “mentira” o apelido do craque daquele ano, o ponta-direita Lela. Tinha perna curta. Coxa grossa. E era coxa firme. Como foram de corpo e alma Fedato, Duílio, Krüger, Bequinha, Miltinho, Zé Roberto, Alex, Ivo Rocha, Tostão, Hidalgo, Leocádio, Tonico, Neno, Nilo, Jairo, Pizzatto, Pizzattinho, Rei. Nomes e apelidos estrangeiros e brasileiros. Rima que foi solução. Que virou seleção. Que virou campeão. Com garra, força e tradição.

Parabéns, Coritiba. Parabéns pelos próximos 100 anos. Estes já são história. E quantas histórias.

P.S. E para quem quiser começar uma festa, veja o Green Hell-IV da partida contra o Corinthians:

http://www.coxanautas.com.br/opiniao/cxntv/

Tags:

  • Cláudio Antonio Broliani

    Mauro, simplesmente emocionante as linhas dedicadas ao Centenário Coxa, exatamente como descrito a vida de torcedor Paranaense não é fácil, em um estado onde por força da mídia se torce mais para Paulistas e Gaúchos ter você demonstrado tamanho conhecimento pela história do meu Glorioso e relatar como se tivesse vivido aquele momento da mesma forma como nós Coxas-Brancas demonstra que a crônica esportiva nacional não é feita apenas de colunistas e comentaristas que não enxergam além do eixo Rio / São Paulo (por nos aqui no Sul chamado de Eixo do Mal)mais que o Brasil de Norte a Sul tem bom futebol clubes sérios e merecedores de respeito que são vistos e apreciados por gente que entende de futebol e paixão como você.

    Mauro o que dizer além de Obrigado.

  • Guilherme

    Eu sei que o foco do texto é o Coritiba, que merece a homenagem. Mas eu não consigo deixar de focar no Bangu. O futebol do Rio de Janeiro, cuja decadência me tira o sono – principalmente por eu ser Tricolor – já foi tão bem representado… Veja bem, se sempre houve quatro grandes, outrora houvera ainda dois médios, que eram presença constante na elite brasileira. América e Bangu faziam parte do quadro de times do RJ que disputavam entre os grandes. E foram as duas primeiras vítimas da desorganização e da corrupção que destróem o Rio, não só no futebol, mas em tudo. Agora vemos o Vasco, tetracampeão brasileiro, disputando Série B, o Fluminense com passaporte carimbado pra (mais uma vez!!!) disputar a segundona, o Botafogo ameaçado… E dois times tão tradicionais apenas sonhando em chegar à Série D (aliás, o Mecão adia o sonho, pois disputa a horrorosa segunda divisão estadual!).
    O futebol do RJ pode ter solução. Mas não nos quatro grandes. A solução pode estar, sim, no interior, vide Duque de Caxias, por exemplo. Acredito que a onda que corre no interior paulista (onda no interior? bom, deu pra entender) chegue ao Rio de Janeiro. O Barueri foi fundado ainda agorinha, e por conta de trabalho sério, dedicação e transparência, agora já está na Série A, e incomodando os grandes. No Rio, times regionais e com nomes de suas cidades têm sido fundados, e têm recebido apoio das prefeituras locais. Quem sabe, com um trabalho sério e bem-feito, os futuros times “médios” do Rio (que hoje só tem quatro grandes e vários minúsculos) pode estar nos times do interior, a exemplo de SP…

    É, eu sei que o post era sobre o Coxa, mas como fluminense niterioense indignado, não pude deixar de sentir um aperto ao pensar que o Bangu (!!!) já foi vice-campeão brasileiro e que hoje o Rio tem quatro grandes, dos quais três estão em crise, e nenhum time médio.

  • alexandre

    fala ai mauro
    !queroq vc me EXPLIQUE UM POUCO sobre um jogador q não vi,mas q meu pai diz q jogava muito,fiquei curioso mais não me arrisco a pesquisar nestes sites por ai.por isso quero SUA OPINIÃO:fala um pouco sobre o ex jogador alemão lothar matthaus,suas conquistas,seu jeito de jogar,enfim quero sua PERFEITA e ESCLARECEDORA visão.ESPERO QUE ME AJUDE!abraço……

    ALEX, o Matthaus não era um craque. Mas tecnicamente era ótimo. e, taticamente, impressionante. na final de 86, teve de marcar Maradona; em 1990, foi o homem marcado pelos argentinos. um senhor jogador.

  • Aldori

    Mauro, obrigado, a nação COXA BRANCA agradece. Parabens CORITIBA time do meu coração.

  • Marcelo Lopes

    Lindíssimo Texto, muito bonito mesmo, a nação alviverde, a maior do Paraná, Agradece.

  • Felipe

    Mauro, simplesmente sensacional sua coluna. Como Coxa de coração agradeço muito por suas lindas palavras. Coloquei seu link em nossa comunidade no Orkut.

    OBRIGADO

  • Eduardo Hey

    Lindo texto.. Parabéns.

  • Marco

    QUE ORGULHO LER ESSA HISTORIA TAO BEM ESCRITA POR VC, NOS ENCHEM DE ORGULHO DE SER COXA BRANCA, MORO FORA DO PAIS A 20 ANOS E ENTRAR NESSA COLUNA NIMA NOITE FRIA EM NY LONGE DE TUDO ,MAIS COM O CORACAO ORGULHOSO POR SABER QUE EXISTE ESSE TIME E UM JORNALISTA COMO VC, RESPEITUOSO,COMPETENTE, SEM SE DEIXAR LEVAR POR BAIRRISMO, MUITO OBRIGADOOOOOO

  • BIANCA GUSSO

    não existem palavras para agradecer,
    que lindo texto, para emocionar qualquer torcedor..
    me orgulho em ser coxa branca…

    meu muito obrigada, mas muito obrigada mesmo…

    que Deus e Nossa Senhora da Aparecida continuem a te abençoar e que esse dom MARAVILHOSO te faça crescer mais ainda, na vida pessoal e na vida profissional.

  • Lucas Moss

    Excelente texto. Toda a nação coxa branca só tem a agradecer pelas belas palavras e pelos parabéns, muito obrigado!

    SAV

  • Gu Oliveira

    Parabéns pelo texto Mauro.
    Eu, sendo um apaixonado Coxa-Branca, posso dizer que seu texto mostra exatamente o que é a história do Coritiba Foot Ball Club. Contra tudo e contra todos, jogando junto, somente nossa guerreira torcida.
    Este ano se comemora o Centenário do maior, do mais tradicional e do time de mais bela história do Paraná. E com a torcida mais apaixonada do mundo vestindo suas cores diariamente, no decorrer desses 100 anos e com certeza nos próximos 300.
    Saudações AlviVerdes.

  • Alessandra

    Mauro, belas palavras! Como torcedora coxa-branca, arrepiei lendo seu texto. Gostei muito de ver meu time tendo um destaque no seu blog!

  • Marcel Valeriano

    Sensacional Mauro, um dos melhores textos já escritos por um dos melhores jornalistas (na minha opinião é o melhor ao lado de outro) que eu acompanho.
    Orgulho de ser coxa branca, orgulho da minha torcida, meu clube, dos idolos que já vieram, e que ainda virão. Orgulho de torcer para o maior time do Paraná, um dos maiores do Brasil um clube que está para fazer 100 anos.
    Obrigado pelo belíssimo texto, um forte abraço.

  • Marcelo

    Parabéns Mauro pela aula de conhecimento e historis sobre meu amado Coxa…
    Parabéns pela demonstração de respeito pela tradição e cores alvi-verdes….
    Parabéns pela profissionalismo tão raro hoje no meio jornalistico que é tão bairrista e muitas vezes ” interesseiro “….
    Profissionais, jornalistas como você sempre terão o respeito da torcida paranaense em especial da grande nação alvi-verde….

    Abraços e saudações alvi-verdes,
    Marcelo Neves

  • Sergio Esposito

    Brilhante, como sempre, Mauro.

  • Marcelo

    Parabéns Mauro pela aula de conhecimento e historia sobre meu amado Coxa…
    Parabéns pela demonstração de respeito pela tradição e cores alvi-verdes….
    Parabéns pela profissionalismo tão raro hoje no meio jornalistico que é tão bairrista e muitas vezes ” interesseiro “….
    Profissionais, jornalistas como você sempre terão o respeito da torcida paranaense em especial da grande nação alvi-verde….

    Abraços e saudações alvi-verdes,
    Marcelo Neves

  • Renato Diniz

    Lindo texto!!!!

    Valeu Mauro Beting!

  • Luciano Xavier de Miranda

    Gostaria de te parabenizar por este lindo texto, que com certeza deixará todos os coxas-brancas muito sensibilizados, assim como deixou a mim. É bom ver que ainda temos jornalistas esportivos que conhecem a história do futebol, enquanto outros não sabem nem a escalação de um time antes do jogo.
    Tenho certeza que este meu time ainda terá glórias assim como teve no passado!

  • Daniel

    Belas palavras, linda homenagem, Mauro Beting mostrou que alem de entender muito tatica e tecnicamente o futebol, sabe muito tambem sobre a historia. E sobre esta grande historia do Coritiba F.C. o maior clube do Parana! Obrigado por espalhar esta homenagem para todos os amantes do futebol, antes era apenas um admirador de seus comentarios, hoje ganhou um fa… Saudacoes Coxa-brancas!

  • Márcio da Silva

    Emocionante, extremamente emocionante.
    Eu nunca havia lido algo nem parecido sobre o Coritiba que não fosse daqui de nossa cidade, onde a imprensa faz um trabalho de valorização de nossos clubes. Mas, de um cronista do eixo Rio-SP somente o Milton Neves costuma nos elogiar, mas sempre daquele jeitão dele, que nunca sabemos qdo. é sério e qdo. é brincadeira.
    Parabéns Mauro, vc. honrou o sobrenome que tem. E tenha certeza que vc. será sempre bem vindo a Curitiba e ao CORITIBA, vc. fez por merecer o nosso respeito.
    Muito obrigado.
    COXA ETERNAMENTE !!!!

  • Rafael Zimmermann

    Orgulho de ser Coxa Branca, de ser bicho do Paraná!! O primeiro verde do Brasil faz cem anos e uma nação está em festa!! Parabéns, CORITIBA.

  • Rodrigo

    Emocionante!!Conhece mais do Coritiba do que muitos colunistas do Parana!Parabens pelo texto! Esta torcida que tanto empurra o Coritiba em busca da vitoria merece e tera muito a comemorar..SAV

  • César Caldas

    Que belo texto! Parabéns pela merecida homenagem ao clube de futebol mais vencedor do Paraná.

  • Mayara Piras

    Parabens pelo texto incrivel lendo chega até a arrepiar!

  • http://www.nacaocoxa.com.br Alan Barbosa

    Mauro, os maiores parabéns do mundo… como é bom ver mídia inteligente e que olha para além de seu umbigo na viciada imprensa esportiva nacional. Fico grato e feliz pela matéria, principalmente vindo de alguém com uma posição de destaque dentro da mídia brasileira. Já gostava muito de vc, hoje consolidou meu repeito por toda a vida. Demonstrou conhecimento e respeito, que tenha certeza, a partir de hoje é recíproco por parte de toda uma nação. Grande abraço.

  • MArcelo Tosta Costa

    Sabias palavras. existe vida no futebol além do eixo rio são paulo!!
    Em todos os times de ponta do Rio e Sp, tem bons jogadores que começaram ou se destacaram no futebol ´paranaense.E sem contar a torcida que temos sempre vibrante e inovadora.
    Como grande coxa-branca, agradeço e espaço que nos deu.

  • Gilberto

    Demonstrou grande conhecimento pela história do nosso time. Parabéns pelas palavras. E obrigado por me emocionar mais uma vez. Vamos,vamos meu verdão…………..vamos não para de lutar, vamos em busca da vitória, em busca da vitória eu vim pra te apoiar. Coritba!!!!!!!!!!!

  • Marcos Sergio Galliano Daros

    Prezado Mauro

    Sem pretender estender-me no comentário, quero dizer, como por você próprio reconhecido, que realmente é complicado ganhar espaço no sudeste. Por isso, obrigado por suas serenas considerações a respeito do meu Clube, o Coritiba.
    Sua postura é imparcial, sem dúvida. Isto engrandece o jornalismo, acredite.
    Tenha nesta terra das araucárias, em especial no Alto da Glória, a sua casa. Será sempre lembrado.
    Saudações alvi verdes, de coxas brancas (Obladen), negras (Lela) e amarelas (Kazu). Este é o nosso país.
    Um abraço

  • http://www.astecasilk.com.br Celso Ramos Filho

    Mauro, sempre te admirei pelos comentários sensatos, pertinentes, bem humorados, isentos, e inteligentes. Agora, mais ainda; obrigado pelo texto, massageia o ego ne nossa sofrida torcida. Como é bom saber que existe vida inteligente na mídia do eixo RJ/SP. Como é bom ler de um cronista do sudeste, um texto de conhecimento e, principalmente, reconhecimento. Mais uma vez, muito obrigado…

    Com lágrimas nos olhos, Celso Ramos Filho, 36 anos de amor pelo Coxa !!!

  • http://www.smallvillefuture.zip.net Charles

    Sem palavras para descrever esse seu texto… Parabéns!!

  • IGOR CIRINO

    PARABÉNS MAIÚSCULO MAURO, TINHA Q SER VOCÊ!
    A TORCIDA COXA-BRANCA TE ABRAÇA. COMO É BOM SABER Q AINDA HÁ JORNALISTAS IMPARCIAIS DENTRO DA GRANDE IMPRENSA NACIONAL.
    VOCÊ É UM PROFISSIONAL Q SEMPRE MERECEU TODO NOSSO RESPEITO. SEMPRE DESTACOU AS COISAS DO VERDÃO COXA-BRANCA. QUANDO TIVER OPORTUNIDADE COMENTE POR FAVOR SOBRE A NOSSA TORCIDA QUE SEMPRE COMPARECE EM MASSA E INOVA NAS ARQUIBANCADAS, O QUE VOCÊ ACHOU DA CRIAÇÃO DO GREEN HELL!

    MUITAS FELICIDADES A VOCÊ E AOS SEUS!

  • Alexandre

    Confesso que escorreu uma lagrima no canto do meu olho ao ler esse texto. Obrigado Beting, por ser um dos poucos jornalistas que conhecem a história do Coritiba. Só nós, torcedores sabemos o quão dificil é não ser um clube do “eixo”, sem destaque na mídia. E com toda a certeza seu texto tocou o coração de todo coxa-branca que leu, quem sabe em breve voltaremos a brigar com os times do eixo, quem sabe um dia todos os clubes serão tratados com igualdade.
    Parabéns pelo conhecimento acerca do nosso futebol e muito obrigado pela linda homenagem.

    CORITIBA * ETERNAMENTE.

  • Cleverson Castilho

    O Verdão do Alto da Glória agradece pelas lindas palavras. Obrigado!!!
    Esse time é motivo de orgulho para a maior torcida de nossa cidade. Nessa torcida onde as etnias são muitas, mas que por amor ao COXA, se unem numa só nação… NAÇÃO ALVIVERDE…
    Parabens pelo blog!!!

  • rafael mendes

    coritiba,eu te amo.

    um amor ha um time, uma nacao uma torcida maravilhosa.

    infelizmente jogamos contra a poderosa, cbf, e tantos outros meios que nao reconhecem a grandeza deste time centenario.

    coritiba, do povo, da nacao alviverde. PARABENS.

  • Dinei

    “Que virou campeão. Com garra, força e tradição.”

    Obrigado pelas maravilhosas e verdadeiras palavras…

  • Anderson

    Valeu Mauro…grande homenagem a torcida coxa….
    e eu como coxa-branca fiquei muito contente em ver que ainda existe jornalistas sérios sem puxar a sardinha para a estado onde mora…
    obrigado pelo texto…..

  • Walter Schenkel

    Mauro,
    muito obrigado pelas suas palavras.
    Me fez relembrar de tantas histórias desse maravilhoso time,

  • FTodeschini

    Obrigado pelo respeito e pelo espaço ao Coritiba nesta tribuna.

    Campanha que começou em baixa, mas que todos esquecem, que foi de 4 vitórias, 4 empates e 1 derrota, a partir do 2o turno. os mesmos 66% de aproveitamento exigidos para um campeão da era atual.

    Coritiba – orgulho máximo do futebol do Paraná.

  • Marlon

    OBRIGADO!!!!…………Mauro….apenas OBRIGADO!!!

  • http://www.coxanautas.com.br Marcelo

    Cara, meus parabéns. Que texto sensacional.

  • otavio von der osten sallum

    Sendo filho de quem ele é, não se poderia esperar outras coisa.
    Lindo texto, lindas palavras.
    Deveriamos convidar para nossas festividades do centenário jornalistas assim como o Mauro, como o PVC, como o cronista Neto, que nos respeitam!!!!!!!
    parabens.

  • Fernando Nóbrega

    LINDAS PALAVRAS PRA DESCREVER UM LINDO E APAIXONANTE CLUBE…
    MUITO OBRIGADO POR RECONHECER NOSSOS IDOLOS DO PASSADO E DESTACÁ-LOS COM TAMANHA PAIXÃO.
    ESSE TEXTO REFLETE O TAMANHO DO AMOR DO TORCEDOR COXA
    QUE DEFENDE AS CORES ALVI-VERDES COM TODO O CORAÇÃO…
    GANHOU O MEU RESPEITO POR ENCHEGAR ALÉM DE SUAS FRONTEIRAS, E COM BELAS PALAVRAS DESTACAR AS CONQUISTAS DO TIME DO ALTO DE TANTAS E MUITAS OUTRAS GLÓRIAS…

  • augusto strapasson

    lindo texto a torcida coxa te agradeçe de coraçao, parabens

  • Eduardo Cordeiro

    Obrigado Mauro. Além de saber tudo de futebol vocêé um profissional imparcial que enxerga além do eixo Rio- São Paulo. A torcida Coxa te agradece.

  • Danilton dos Santos

    Sim, nesta terra de geada há corações em brasa por um Amor que não se apaga…Aceso há 100 anos, envolvendo gerações com seus feitos e Glórias.
    Saiba meu velho, que no peito de cada “Piá” ou “Guria” Coxa-Branca, mora um sentimento de Amor verdadeiro, um Amor de familias.

    Famílias de Alemães, Árabes, Italianas, Africanas, Japonesas, Polacos…enfim, um Amor de um clube genuínamente Brasileiro !

    “Piá”, parabéns por sua competência e saiba que em nossa roda de “tragos” e “churrasco” tu não precisas de convite !

    Abraço e que Deus lhe Abençoe !

  • renato scarpin

    Caríssimo Mauro, mais uma vez vc dá provas do seu quilate. SENSACIONAL !!! Tenho certeza que toda a nação COXA-BRANCA se emocionou com seu texto e te agradece de coração a maravilhosa homenagem ao nosso Glorioso Coritiba.

    Fiquei extremamente sensibilizado com sua iniciativa. Tenha certeza que em Curitiba ou em qualquer lugar do planeta que tenha um Coxa-Branca, vc terá sempre o carinho e a gratidão dessa imensa torcida e desse centenário clube.

    Meus cumprimentos e admiração. Saudações alvi-verdes.
    Grande abraço e obrigado
    Renato Scarpin

  • Mick

    Texto incrível, sinta-se aplaudido pela nação Coxa Branca

  • Felipe Sebben

    Muito obrigado Mauro!
    Com lágrima nos olhos parabenizo-o pelo texto.
    É muito bom saber que ainda existem jornalistas como você, imparcial, sensato, inteligente.
    Nós aqui do Paraná não aguentamos mais esta imprensa tendenciosa do eixo! Manipuladora e formadora de opinião… É indignante assistir ao noticiário e só escutar Ronaldo……
    Quando o Coxa ganha do Palmeiras, humilha o Flamengo, derruba o técnico do Inter ou vence o Fluminense no Maracanã, ninguém nos valoriza, ninguém diz que o Coritiba ganhou, mas sim o Palmeiras, Flamengo, São Paulo perderam…
    Mas enfim, muito obrigado por esta alegria que você está nos dando!
    Abraços e saudações alviverdes!

  • Arne Saknussem

    Excelente coluna, Mauro!

    Chego a ficar surpreso por saber que existem profissionais competentes e realmente sérios que fazem parte da crônica esportiva na região sudeste.

    As palavras de honestidade, caráter e carinho que você dispensou a nós Coxas, tenha certeza plena de que é indubitavelmente um dos francos motivos que nos fazem sorrir neste ano difícil.

    Pela demonstração de conhecimento e respeito às nossas cores, não me cabe escrever nada mais do que um MUITO OBRIGADO!

    Parabéns pela sua competência!

    PARABÉNS AO CORITIBA FOOT BALL CLUB! ! !

  • http://www.defreedesign.com Alexandre

    Jà pensei varias vezes que a nossa torcida sofre de mania de perseguiçao, mas a cada rodada, a cada campeonato as coisas se repetem, e ver um texto como o seu que define perfeitamente o que é ser coxa-branca nos enche de orgulho.
    Nao é facil passar cem anos lutando contra tudo e contra todos, tendo que provar sempre que somos e que podemos ser muito mais.
    Isso é até um pouco contraditorio, partindo de uma cidade como Curitiba, o 4° maior PIB do Brasil, referencia mundial, cidade ecologica, de planejamento urbano, isso sem falar o nosso Estado, ter que ficar constantemente provando alguma coisa nacionalmente é frustrante, mas talvez seja isso que nos de força e garra de sempre buscar o que é nosso.

    Mauro, por todos esses motivos sò tenho a agradecer pelo seu texto e pela seu reconhecimento, que nos da força pra continuar e que com certeza nos ajudarà a chegar aonde merecemos.

    Um abraço

    Alexandre

  • Andre Luiz

    Parabens pelo texto, Mauro. A nacao coxa-branca agradece o reconhecimento!

    Saudacoes alviverdes

  • Ricardo

    Simplesmente emocionante,… Parabéns Mauro S.A.V.

    COXA EU TE AMOO

  • Giancarlo Bernasconi

    Parabéns Mauro

    Reportagem digna de um jornalista que enxerga o futebol brasileiro além das divisas de São Paulo e Rio de Janeiro.
    O Estado do Parana agradece sua iniciativa.
    um grande abraço

  • Edvaldo De souza Cruz

    Mauro,

    Você deu uma aula aos cronistas esportivos Paranaenses do que é conhencer sobre a história do Coritiba, minha sincera gratidão pela sua espetacular coluna.

    Abçs,

    Edvaldo de Souza Cruz

  • George

    Mauro.. a nação coxa branca agradece por essa homenagem.. parabéns por sua iniciativa…

  • Julio Cesar

    Belas palavras mesmo, mas meu terceiro olho continua fechado para a mídia do sudeste. Obrigado por lembrar que aqui ainda existe futebol e só para lembrá-los (mídia) que o Coritiba está crescendo e mais cedo ou mais tarde vocês vão nos colocar em destaque e serão obrigados a falar de nós. Obrigado pela homenagem.

  • Fernando

    Obrigado Mauro, Muito emocionante esse texto, como a história centenário do meu Amado VERDÃO COXA BRANCA.

  • Carlos Ferreira

    Obrigado Mauro, belo texto, de quem procurou e pesquisou a história do nosso centenário Coxa-branca!

    Recortado e gravado para guardar junto aos meus escritos.

  • Daniel Scaramella

    Mauro,

    Fiquei arrepiado lendo seu texto. Você conseguiu captar com precisão o que sentimos. Sabemos que somos grandes e, por isso, postulamos por maiores reconhecimentos, os quais, às vezes, ficam escondidos nos umbigos do Sudeste!

    Parabéns!!

    Daniel

  • Fabricio

    Caro Mauro Beting:
    Como Coxa Branca de coração é com esse coração Coxa Branca que agradeço as palavras dessa belíssima coluna. Raras são as vezes que vemos nosso Glorioso ser tão exaltado no eixo Rio-São Paulo.
    Essa é a história do nosso Coritiba. Do Alto de tantas Glórias, a torcida do Coritiba Foot Ball Club lhe agradece.

  • GUILHERME NETO

    Mauro, obrigado pelo carinho e respeito ao Povo COXA-BRANCA.

    SAUDAÇÕES ALVI-VERDES

    GUILHERME

  • Aníbal Tavares

    Excelente texto e principalmente vindo de alguém que não é o Paraná. Poucos lembram que existe futebol fora do eixo Rio-São Paulo.

  • José Augusto

    GRANDE MAURO

    TEXTO DE QUEM ENTENDE, PERCEBE, REVERENCIA. RESPOSTA DE QUEM AGRADECE E SE EMOCIONA. COXA 100 ANOS. MAURO BETING, MUITOS ANOS DE BOM PROFISSIONALISMO PELA FRENTE. VALEU AMIGO.

  • Eduardo a

    Mauro, obrigado por esse lindo texto e essa homenagem mais do que merecida ao Centenário Coritiba Foot Ball Club. O campeoníssimo do Paraná, o Primeiro Campeão Brasileiro do estado, o Campeão do Torneio do Povo em 1973, fita azul, revelador de craques para o Mundo. Suas palavras inteligentes e carinhosas nos fazem acreditar de que a mídia tendenciosa e o protecionismo exagerado aos ditos “clubes grandes”, ainda tem remédio. Obrigado.

    Parabéns Coritiba, Ladrão da minha vida!

  • Diego Santos

    Lindo texto !!! Conquistou o respeito de toda Nação Coxa-Branca !!
    Parabéns !!!!

  • Artur

    Existe vida inteligente no eixo RJ-SP!!! Parabéns Mauro, pelo texto.

  • leonardo firmo alves

    DE ARREPIAR !!! me emocionei, sou paulista e moro em curitiba a 10 anos quando vim para cá descobri um clube pioneiro de torcida inteligente participativa e com um amor que vem de gerações somos o “WEST HAMM” do Brasil (clube Londrino de apaixonados torcedores). Com uma Hegemonia que constrange o rival. QUASE O DORBRO DE TÍTULOS ESTADUAIS, 20 VITÓRIAS A MAIS EM ATLETIBAS, MAIS TÍTULOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS. Parabéns Coritiba você é maior que a História!

  • neide de souza scolari

    valeu… muito obrigado pelo respeito e conhecimento que voce dedicou ao
    meu glorioso e maior da capital… que deus te abeçoe…

  • Elias

    Valeu…………vejo que vc conhece bem o mair do Paraná…………..obrigado pelo carinho com o CORITIBA FOOT BALL CLUB.

  • Paulo Pavlak

    Ainda existe vida inteligente na mídia esportiva. Não falo isso porque o Mauro falou do COXA. Mas sim por que é um cara que estuda e se dedica ao futebol. Não é um alienado, como estamos acostumados a ver.
    Lindo texto. Pra ficar na história também.
    Saudações COXA-BRANCA!!!

  • Marco Aurelio

    Mauro, espetacular o seu texto, tem muitos jornalistas aqui da “terra” que precisam aprender contigo, brilhante exposição sobre o maior do Paraná, realmente para o COXA nada foi e nada é fácil, parabéns, você é a prova que existe vida inteligente na imprensa do eixo do mal.

  • Jeferson

    Sem palavras pra agradecer a homenagem.

    Muito obrigado e parabéns pelo texto.

    Saudações Alviverdes.

  • Thiago Castro Bezerra

    Mauro, parabéns pela matéria publicada, isto demostra a todos que existe pessoas no chamado “eixo Rio-SP” que conhece sobre futebol BRASILEIRO e não apenas o “caseiro”. Muito bem empregadas as tuas palavras sobre a vitória do Coxa em 85, pois o que muitos não sabem realmente que o Bangu estava representando não apenas um clube, mas sim um estado em quanto o verdão apenas o Coritiba. E novamente agradeço por lembrar que o Coritiba foi derrubado no “tapetão”, pois são poucos que acreditão e estou muito feliz que isto tenha “acabado” no futebol brasileiro.

    Thiago Castro Bezerra

  • Filipe Freitas

    Parabéns Mauro….
    Excelente texto, retrata muito bem a Centenária história do Glorioso paranaense….
    Obrigado em nome da Maior e Mais Vibrante do Estado!

  • Anderson

    Realmente emocionante, numa semana onde nossa emoção está a flor das pele, uma homenagem de um jornalista imparcial a um grande clube do futebol brasileiro que não tem o devido respeito pela imprensa do eixo Rio-São Paulo. Como disseram acima, conhece mais o Coritiba que muitos jornalistas daqui. Obrigado!

    Saudações Alvi-verdes!

  • http://www.coxanautas.com.br Jean Felipe Bilobran

    Meus parabéns pelo texto, Mauro! E meus mais sinceros agradecimentos por dedicar este espaço ao nosso amado Coritiba.
    Deu um show de conhecimento em muitos cronistas/comentaristas! Até mesmo alguns paranaenses, que vivem por aqui, comentam o futebol daqui, mas que insistem em defender o futebol praticado em outros centros do país.

    Você conseguiu, com sabias e emocionantes palavras, mostrar que no Paraná também tem futebol, que temos uma história e conseguiu, acima de tudo, mostrar o tamanho da luta que é para aparecermos em mídia nacional ou ao menos ter o reconhecimento por parte desta. É triste, mas é realidade. Para ganhar algo como foi em 85, temos que vencer tudo e todos, com excessão da nossa torcida, que é a única que estará sempre ao nosso lado.

    Espero que em um futuro breve, possamos ser melhor reconhecidona nacionalmente falando, e que as injustiças que existem em nosso futebol (grande favorecimento em pról dos times de Rio/SP) possa acabar ou ao menos diminuir.

    Meu muito obrigado pelo texto e meus parabéns por ter esse conhecimento da nossa história e entender que também somos merecedores deste espaço em seu bolg.

    Valeu Mauro!!!

  • Willian Lobo

    Mauro, quero parabenizar primeiro pelo seu profissionalismo.
    Jornalista é isso! Que fala para todos e sabe reconhecer que futebol não é feito somente de Rio e São Paulo, futebol é Brasil.

    Parabéns COXA !!
    Aqui começam mais 100 anos de glória dobradas !

  • Delbos

    DA-LHE COXA, 100 ANOS D GLÓRIAS

  • oberdan ribas

    valeu,…emocionante…agradecimentos de um coxa branca desde o nascimento…

  • Eli de Abreu Passos

    Mauro Betin,
    Há muito tenho acompanhado seus comentários, você é “o cara”, muito diferente de alguns colegas seus aí de São Paulo, que demonstram em seus comentários um provincianismo muito grande. Um deles tenho que citar o nome, o ex-jogador Neto, quando da vinda do Corintians aqui em Curitiba, teceu comentários de profundo desrespeito e desconhecimento da história gloriosa do Coxa. Obrigado Mauro, você é o cara.

  • Giuliano Zimmermann

    Mauro, Parabéns!
    Você que como analista (porque diferente de alguns você analisa, e não só comenta) já era um dos que mais se respeitavam.
    A homenagem ao Coritiba é mais do que merecida, conseguir um título nacional não sendo um time do eixo (rj-sp) já era uma grande proeza, mas a proeza maior foi colocar o Estado do Paraná na rota de títulos, o Coritiba já tinha sido grande nos anos 60 e 70 quando tinha timaços, inclusive com vários jogadores de seleção, muitos citados por você.
    Parabéns pela pesquisa, e obrigado por mostrar ao Brasil um pouco do maior clube do Estado do Paraná, o com mais títulos, maior e mais vibrante torcida, o maior estádio, e o de maior amor!
    Suas palavras emocionaram uma nação aliviverde, seu texto retumba por todo Estado, numa semana esparada com ansiedade por todo paranaense que conhece suas origens, pois a maior e mais tradicional instituição esportiva do Estado completará seu centenário, o presente que você poderia nos dar já foi dado, e o respeito por você a partir de agora será ainda maior, não porque você tenha “agradado”, mas sim por ter falado a verdade à todo Brasil. Um dos maiores clubes desse país completa 100 anos de Glórias!
    Obs: Podemos até não ser a maior torcida do Brasil ou o time mais vezes campeão, mas tenho certeza que somos a torcida que mais ama um clube, somos chamados abnegados, porque não conhecemos até onde nosso amor pode nos levar, e o Coritiba continua seguindo seu caminho nos braços do povo, e sendo o Campeão do Povo, como diz nosso hino Eterno Campeão!

  • http://fabiomayer.blogspot.com Fábio Mayer

    O que se poderia esperar do filho de um jornalista brilhante como Joelmir Beting?

    Claro, mais brilhantismo ainda, sem contar o texto perfeito e emocionante.

    Obrigado, Mauro, pela homenagem a todos os Coxas.

    Eu lembro das imagens do Maracanã como se o jogo tivesse ocorrido ontem. E da narração do Vinicius Coelho (no Paraná não foi o Galvão Bueno) na TV e do Lombardi Junior na Rádio Clube.

    E dos segundos que viraram horas a cada lance sensacional, daquela que foi uma das partidas de futebol mais emocionantes da história do futebol brasileiro, basta dizer que foi por centímetros que o Bangu não virou o jogo, numa bola que passou rente à linha de gol e acabou saindo raspando a trave.

    E também lembro como se fosse hoje da festa que fizemos aqui na minha cidade, que foi despertada por carreata em plena madrugada gelada. E mesmo da tristeza estampada no rosto dos milhares de cariocas que estavam no Maracanã, numa festa linda, onde Banguenses, Flamenguistas, Vascaínos, Botafoguenses e Tricolores se uniram pelo seu estado.

    Obrigado mais uma vez, Mauro.

  • José Pedro

    Parabéns Mauro por este texto que arrepiou a toda torcida coxa branca….

    Bom saber que existem jornalistas do eixo RJ-SP que sabem da nossa história…

  • josiane liz

    Parabéns Mauro pelo brilhante texto que expressa o verdadeira raça de um time que não desiste nunca……

  • Valêncio

    Texto de arrepiar. Muito obrigado Mauro pelos parabéns!!! Nosso querido Coxa tem que matar um leão por jogo. Não é fácil, mas vale muito a pena, pois ainda temos aquele lado do futebol que é gratificante, apesar de tanta desgraça que tem nesse meio, vemos que tem muita gente que ainda é imparcial na mídia. Um grande abraço à você e belas palavras! Prometemos continuar com a festa nas arquibancadas para ganhar mais respeito do restante da mídia e calar a boca de quem só acha que futebol é só Rio/Sp!
    Grande abraço Coxa!
    Valêncio.

  • http://www.coxanautas.com.br Percy Goralewski – COXAnautas

    Caríssimo Mauro,

    Você merece todos os elogios possíveis pela alta qualidade do texto, pela justa homenagem ao mais tradicional clube do futebol paranaense, sobretudo, por duas qualidades: profissionalismo e respeito ao seu leitor.
    Saiba que a credibilidade que possui advém destes dois fatores.

    É de conhecimento nacional que o Coritiba é sim um grande clube deste país – com uma história recheada de lutas, conquistas e um profundo amor de sua torcida que nunca abandona.

    O que entristece os coritibanos é a constante mania dos jornalistas ditos ‘entendidos da bola’ menosprezarem e tentarem ignorar esta centenária história – e não me refiro somente aos cronistas nacionais, os paranaenses, salvo raríssimas exceções, também o fazem!

    Você, ao contrário da maioria, escreveu uma bela síntese de nossa gênese!

    Tenha a certeza de que seu nome será sempre visto com credibilidade por todos os torcedores Coxas-Brancas.

    Por fim, agradeço em nome da equipe do site COXAnautas, a menção final que fez ao nosso portal – idealizado e administrado voluntariamente por torcedores do Coritiba, que, entre erros e acertos, tenta elevar o nome desta inigualável instituição mundo afora.

    Obrigado pelas lindas palavras e pela lição de profissionalismo e respeito.

    Muita saúde, amigo!

  • Tom Isfer

    Mauro, estou sem palavras…

    Como eu amo esse meu time!!!!!!!!!!!

    Obrigado por fazer valer a pena todo o meu dia com essas palavras logo de manhã…

    Parabéns

  • Alexandre Marty

    Simplesmente perfeito!!! A história, as emoções.
    Como disse Lombardi Júnior naquela noite de 1985: “…contra tudo e contra todos!!!!!
    Parabéns Mauro, precisamos de colunistas como vc no esporte nacional!!!
    Fora este bairrismo no futebol Brasileiro.

  • Carlos Elias El Haj

    Prezado Mauro:

    À mim nunca faltaram palavras para expressar meus sentimentos,mas hoje vc me pegou.Não consigo encontrá-las para agradecer sua isenção e sua homenagem neste brilhante texto.Além do reconhecimento mostrou o conhecimento de nosso amado Coritiba.Obrigado mesmo.Vc conseguiu tocar o coração de uma imensa nação.Grande abraço,fique com DEUS.

  • http://www.vozdocoxa.com.br ANTONIO ANNUNZIATO – Anunciatto

    Mais um ponto ao renomado Jornalista Mauro Beting,primeiro por lembrar de nosso VERDÃO COXA BRANCA e depois por pintar com cores brilhantes
    e VERDE e BRANCA,cada palavra,frase,enfim toda Coluna em um brilhantismo impar e de fazer inveja.
    PARABÉNS grande Beting,que Deus te ilumine a trilhar este seu caminho de vitórias.
    FORTE ABRAÇO – ANUNCIATTO

  • Almir Lass Junior

    Mauro, dizer obrigado pelas suas palavras talvez soe como “pouco”, mas saiba que é um muito obrigado que reflete uma face com lágrimas, pois um relato desta forma sobre o nosso Glorioso Verdão por Cronista de renome nacional muito nos engrandece e emociona todos os verdadeiros Coxas-Brancas, “Nascer, crescer, viver sou CORITIBA até morrer”

    grande abraço

    Almir Lass Jr.

  • Cézar

    Pra quem não tem idéia do que é o Green Hell, veja este vídeo feito do gramado contra o Corinthians. Essa torcida é show de bola…
    http://www.coxanautas.com.br/noticias/torcida/conteudo.phtml?id=27781&t=Confira-o-novo-video-do-Green-Hell-IV

  • Cézar

    E Mauro, você soube falar do Coritiba com propriedade. Parabéns pela coluna…

  • Rodrigo Schneider

    Esse é O CARA! Que grata surpresa esse texto. Saudações da Torcida do primeiro Alviverde do Brasil, time de nome de origem indigena, fundado por alemães e eternizado por negros como o campeão brasileiro Lela! abraço!

  • Jaime Ribas

    Parabéns Mauro.Seus comentários demonstram toda a sua competência e cultura futebolistica.Por isso, hoje você é um dos maiores cronistas esportivos do Brasil.No mundo, conta-se nos dedos empresas que possuem mais de 100 anos.Imagine o que é completar 100 anos em um clube de futebol, em um país com a instabilidade histórica da América do Sul?Parabéns ao grande Coritiba, e aos seus 4 milhões de torcedores em todo o Brasil.Viva o Alto da Glória e toda a Nação Coxa Branca!!!!!!!Time da alma guerreira!!!!!

  • Marcelo

    Mauro, parabéns pelo texto sensacional!
    Nos orgulhamos muito de ser Coxas-Brancas! Nos orgulhamos muito de torcer por um clube que merece este respeito demonstrado no seu texto!
    Saudações Alvi-Verdes!

  • Krystopher

    Obrigado, obrigado! Grande Texto Mauro, e que venham mais 100 anos para o maior campeão do paraná! Saudações Alviverdes!

  • Valéria Cristina de Oliveira

    Parabéns pelo belo e emocionante texto Mauro!!!
    Com certeza ganhou o meu respeito de todos os Coxas.
    Coritiba ontem, hoje e sempre!!!!
    Saudações alvi-verdes!!!

  • rafael

    Mauro, OBRIGADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Nada q vc tenha dito foi exagero, apenas reconhecimento a um clube q é tão grande como qquer outro grande do Brasil. Um clube q tem grande torcida e q deveria ter mais espaço na Midia Nacional pela sua importância.Caras como vc, o Neto, Juca Kfouri, PVC, merecem nosso respeito e admiração.
    Venha participar da comemoração do nosso centenário, vc é sangue bom!

  • Zimmermann

    Beting, já tenho grande respeito pelo seu pai por seus cométarios sempre lúcidos e coesos, agora estendo a você. Obrigado por homenagear o time de maior torcida dos paranaenses, texto aliás muito bem redigido parecendo até de um coxa-branca de coração e de um profundo conhecedor das tradições alvi-verdes do alto de tantas glórias. Só esqueceste de dizer que é o time que mais venceu o CAP “ventania” na história deles e consequentemente eles os “Poodles”, é o time que mais perdeu para o coxa em nossa bonita história de 100 anos, são 129 vitórias contra 108 derrotas, isso sem computar o proxímo jogo da 31ª rodada no alto da glória que são 3 pontos certos, e que temos 33 títulos estaduais contra 22 do time da baixada. No mais seu texto foi irretocavel, um abraço e fica bem.

  • Alexandre de Lara

    Ai está um jornalista profissional ,não tem como fazer nenhuma correção no texto.
    Parabens e obrigado Mauro
    Te admiro
    Saudações alvi-verdes

  • Felipe Scuissiatto

    Parabéns Mauro, poucas vezes li de um jornalista do eixo rj-sp um texto tão bem escrito e mostrando conhecimento das coisas de fora!

    Como coxa-branca fico imensamente feliz e emocionado com o que você escreveu. Gostaria que todos os ditos “jornalistas” pudessem ter o conhecimento e a imparcialidade que você demonstrou com estas linhas.

    Porque muitos não conseguem elogiar um time de fora só por elogiar, ou arrumam alguma coisa para criticar tb, ou dizem que não é tão bom como outro time. Como aconteceu nesse último green hell, quando a globo ao invés de enaltecer a nossa festa, resolveu dizer que “as duas torcidas estavão lindas!”.

    Novamente, meus parabéns e são coisas como essa que mostram que ainda existem pessoas competentes nesse ramo!

    SAV

  • Alessandro Riccio

    Parabéns Mauro pela aula de conhecimento e historias sobre meu amado Coxa…
    Parabéns pela demonstração de respeito pela tradição e cores alvi-verdes….
    Parabéns pela profissionalismo tão raro hoje no meio jornalistico que é tão bairrista e muitas vezes ” interesseiro “….
    Profissionais, jornalistas como você sempre terão o respeito da torcida paranaense em especial da grande nação alvi-verde….

    Abraços e saudações alvi-verdes,
    Alessandro Riccio

    Coritiba Eternamente

  • Douglas Klimak

    Maravilhoso texto…!!!…Obrigado!!!

    Coritiba Eternamente…!!!

  • Fernando

    Belíssimo texto Mauro! Muito obrigado por respeitar as coisas do nosso amado Coritiba Foot Ball Club. A torcida que nunca abandona lhe parabeniza e agradece pelo espaço.

  • http://www.coxanautas.com.br/opiniao/confabolando/ Gibran Mendes

    Mauro, parabéns pelo texto.

    Que bela homenagem tu prestou aos torcedores do Coxa.

    Se ainda hoje é difícil ganhar as manchestes do eixo rio-sp, temos a oportunidades de ler textos brilhantes como este seu.

    Forte abraço e Saudações Alviverdes!

    Gibran

  • Murilo

    Mauro,
    Gostei demais do texto escrito. É de arrepiar. Só nós Coxas sabemos o que é ter que jogar contra os adversários no campo e fora dele. A mídia sempre menosprezando e excluindo. Mas nosso amor pelo Coritiba é imenso e eterno e nossa esperança não se acaba.
    O Cori ainda há de ser reconhecido como grande que é por todo esse Brasil.
    Muito obrigado pelas suas palavras. O futebol precisa de conhecedores como você, que vê não apenas o que é imposto, mas sim o que é real.
    Um abraço

  • Mazza

    Como é bom ler um texto de alguém que conhece o assunto. Eu sempre falo que quando quer tratar bem de um assunto, conheça a fundo a história de quem vai falar. Isso se chama RESPEITO.

    O mesmo respeito que nós, Coxas Brancas, temos por profissionais como Mauro Beting.

    Obrigado pelas palavras e porque não dizer, pelo presente de aniversário.

  • Driguez

    Mauro, muito obrigado pela homenagem ao maior time do Paraná. Justa, sincera e verdadeira. Obrigado. SAV!

  • Eduardo

    Mauro, belo texto. E impressionante o seu conhecimento sobre a história do clube, considerando que não é paranaense. A atenção dedicada ao clube mostra que há vida inteligente na crônica esportiva de SP-RJ.
    Abraço,
    Eduardo

  • JULIANO

    É raro!!! mas existe vida inteligente na crônica esportiva do eixo do mal, e Mauro Beting é a prova disso! Parabéns pelo belo texto sobre o maior do estado

  • Mauricio Borges

    Caro Mauro, PARABENS!!! São poucos os cronistas que respeitam os clubes paranaenses, e que realmente sabem a dificuldade que isso representa. Somos grande sim, pois fazemos futebol com pouca força da midia e com uma receita “global” muito menor que os chamados grandes, que alias na sua grande maioria mesmo com todos os beneficios que tem sobre os parananenses não possuem a metade do patrimonio que temos.
    Nós aqui estamos muito unidos e projetando um futuro proximo muito pomissor onde a diferença de faturamente já estara totalmente superada pelo nosso profissionalismo, afinal ate quando times que devem as calças continuaram a ser recompensados financeiramente por isso, são os maiores devedores e ainda são patrocinados por seus credores…
    Saudações COXA

  • Scheilinha

    Emocionante!!!

    Parabéns pela matéria…

  • Luiz Américo

    Mauro… Obrigado pelas palavras. Salve salve nosso eterno Coritiba.

  • Roberto Araujo

    Prezado Mauro Beting,
    Muito obrigado pela belíssima homenagem ao nosso querido clube do bairro do Alto da Glória. E que venham aí mais 100 anos de alegrias para o nosso gigante do Paraná!
    Abs

  • Thais Lazarotto

    Parabéns pelo belo texto .. Sensacional mesmo, a nação alviverde agradeçe .. Felicidades e saude . SAV

  • Fabian

    Muito obrigado e parabens pelo texto, sensacional.
    É dificil o pessoal do sudeste deixar de olhar para o proprio umbigo e entender que existe vida e futebol fora do eixo.
    Esse reconhecimento é mais do que necessário para a existencia de um futebol forte no pais.
    Abraço
    Fabian
    Coritiba Eternamente

  • Gustavo

    Parabéns Mauro Beting!!! Sensacional esse texto…além da belíssima e emocionante redação, o que o torna mais atraente é o fato de ter sido feito por um representante do eixo Rio-SP, mas que se mostrou um jornalista esportivo do Brasil e conhecedor da história do futebol brasileiro como um todo…Parabéns…A imensa Nação Alvi-verde agradece!!!

  • http://www.vovogalo.com Gabriel

    Parabéns pelo texto, Mauro. Como já disseram, é fenomenal ver um jornalista conhecer tão bem a história do Coritiba enquanto os profissionais locais desconhecem ou fingem desconhecer.

    Parabéns pelo profissionalismo.

    Abraços
    Gabriel

  • http://www.coxanautas.com.br Julio Burko Jr.

    Saudações Mauro Beting, alviverdes é claro, sua coluna chegou até nos bares de esquina de todo estado do Paraná, ficou genial e com colocações sensacionais, todos comentam por aqui até mesmo os nossos rivais e com muita inveja é claro. Parabéns e muito obrigado com o carinho pelo Coritiba Foot Ball Club, grande abraço!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Desiree

    É necessário que um excelente jornalista de fora do Paraná reconheça a grandiosidade do Coritiba, coisa que os auto-fagistas curitibanos e paranaenses não fazem. Parabéns, Beting e obrigada!

  • danielklock

    Lindo texto.
    Parabéns Mauro.

  • Luiz Fernando Guerra

    O que comentar sobre uma coluna tão bem escrita por um profissional de tanta competência como é o caso de Mauro Beting. Li e reli várias vezes a matéria, pois, sou um Coxa Branca de coração e mais uma vez me emocionei ao relembrar tão grande feito, a conquista do Brasileiro de 85.
    Como Paranaense e torcedor do Coritiba, agradeço a você Mauro Beting pelas tão bem traçadas linhas, pois é público e notório que o nosso Paraná muitas vezes é esquecido pelo eixo Rio-São Paulo, e, comentários como o seu engrandece o nosso Estado.
    Tenho fé que esses 100 anos serviram de aprendizado, mas tenho certeza que os próximos serão de conquistas ainda maiores.
    Abraços a toda nação Coxa Branca. Parabéns!!!

  • http://www.futebolparanaense.net Rafael Augusto Ivanoski Glir

    Parabéns pela coluna, já respeitava sua visão jornalística, respeito correspondido com este brilhante texto.

    (SAV)Saudações Alvi-Verdes !!!

  • Roney Guerreiro Magaldi

    Parabéns!!!
    Texto escrito com sapiência, conhecimento de causa e emoção!
    Obrigado pelo respeito e continue dando espaço ao glorioso Coritiba e aos times foram do eixo do mal que tbém. merecem destaque.
    Seja bem vindo às nossas comemorações do centenário. A programação é extensa e diferente. Vale à pena conferir!.
    100 anos não é prá qualquer um!!!
    Dá-lhe COXA!!!!

  • Dalmo

    Valeu mesmo Mauro! Belíssima homenagem ao amado Coritiba!
    História de um Time que como muitos, lutam muito mais que, alguns poucos para conseguir o que tem.
    Salve Salve o Coritiba o Eterno Campeão!
    Abs

  • Letícia Mansur

    Sensacional o texto e as palavras do meu amado Coxa!!!
    A nação agradece!!

    Saudações alviverdes!!

  • Dalton

    Maravilhoso, emocionante, sensacional…, qualquer palavra que use na tentativa de qualificar o seu artigo não seria o suficiente.

    Obrigado Mauro,
    vindo de um cara tão qualificado como tí, tais palavras são realmente de levantar a alma de qualquer Coxa. Palavras de um cronista diferenciado, honesto e humilde. Bem diferente de outros que utilizam de seu poder da escrita a ser sempre favorável ao eixo Rio-SP.
    Não estou pedindo que os cronistas sejam contra os timas do eixo RJ-SP, apenas que escrevam refletindo a realidade. Afinal, somos torcedores, e quando os nossos times fora de tal eixo forem mal, nós saberemos que somos merecedores de críticas.

    Novamente, agradeço o destaque que tú destes ao centenário do verdão.

  • Assis Washington

    Belo texto? Certo … o campeonato de 1985 está na lista dos “campeonatos que queremos esquecer” … o coxinha desde 85 nao é nada !!! NADA !!! ou seja , de 100 anos sao 29 no vazio… só existe pra propria torcida!!!

    A unica graça que o coxa tem de existir é quando tem ATLE-tiba pois sao nos ATLE-tibas que o coxa se sente odiado e realmente vivo por ter um rival, ou vcs podem me listar algum clube no brasil que realmente seja rival o coxa ???

    Coxa já era !!! Pertence ao passado com seu estadio caindo aos pedaços !!!

  • André

    Parabéns pelo texto amigo Mauro, isso admira qualquer torcedor de qualquer time, mas principalmente nós COXAS BRANCAS…
    A Nação Alviverde merece este respeito que você dá a gente Mauro Betting.
    Obrigado pelo carinho conosco…
    Este Centenário jah começou….
    Parabéns a Nação Alviverde, afinal nós merecemos…100 Anos de Histórias
    e Conquistas…
    O Green Hell jah começou…. = )
    grande abraço….e SAUDAÇÕES ALVIVERDES.

  • Diogo

    Parabéns pelo texto Mauro, vem se mostrando ímpar dentro de uma classe com representantes medíocres que muitas vezes são colocados no mesmo patamar que pessoas sérias e profissionais habilidosos como o senhor,pvc,lédio carmona…

  • Cristiano Ronchi Varella

    Caro Mauro, são poucas as coisas que me levam ao choro nessa vida, agradeço pelos “momentos gratificantes” que suas palavras me trouxeram.Te saúdo pela coragem e pela iniciativa de elevar o espirito valente que esse clube teve, tem e sempre terá, contra tudo e todos na maioria das vezes.Obrigado pelo reconhecimeto e parabéns pela exelente matéria.

  • Rafael Ceschim

    Mauro,

    Parabens. Podemos perceber que voce é uma pessoa com muito conhecimento e dedicação a sua profissão. Simplesmente sensacional o texto. Dá até pra achar que voce é COXA-BRANCA!

    Sensacional, de arrepiar mesmo.

    Parabens

    Rafael (Coxa-branca)

  • mateus

    Legal saber que existe comentaristas que realmente entendem de futebol,e ainda reconhecem o quanto é difícil mater um clube e conquistar titulos tento poucas verbas(na verdade muita pouca verba em vista do eixo).Ganhou meu respeito!

  • Xandaum

    Excelente texto, sensacional…
    explica em poucas palavras exatamente o que é ser coxa branca, como é esse nosso sentimento!!!
    AMOR é maior do que paixão… Coxa, ladrão do meu coração

    Saudações do Maior do Paraná!

  • Eduardo Pereira

    Este texto merece um quadro.
    Emocionante!
    Muito obrigado pela homenagem, Mauro Betting.

  • Acyr Junior

    Mauro,
    Estou em Belém/PA, longe do meu verdão coxa-branca. Seu texto me emocionou. Como vários outros coxas, só posso agradecer profundamente pelo seu excelente texto. Forte abraço e mais uma vez, obrigado!

  • http://coxanautas Marco Blum

    Uma bela síntese, de uma bela História.
    Obrigado por abrilhantar nosso centenário

  • http://www.flickr.com/ma-teus mateus

    cara, duas palavras bastam… OBRIGADO e PARABÉNS!!

  • http://www.coxanautas.com.br Gustavo Javorski

    Beting,

    Só podemos agradecer por este belo texto. Se por um acaso fizerem um
    livro sobre o centenário do Coxa DEVERIAM citar esta sua narração.

    Abraço, gustavo

  • http://www.futeboltatica.blogspot.com/ Lucas

    Olá Mauro.
    Peço para que visite o blog e critique, porque tenho um grande interesse em fazer jornalismo esportivo e divulgar o blog seria uma boa forma de ajudar.
    Muito obrigado, parabéns pelo trabalho e por ser um dos melhores comentaristas do Brasil.

  • Joel Karatchuk

    Mauro, escreveu o que é a mais pura verdade, a mais pura tradição paranaense. Ser coxa branca é sofrer e sorrir, muito mais sorrir… Legado do meu velho Pai, que ajudou a construir o Belfort Duarte, nos tempos daqueles timaços de 60 e 70, herdei meu coração metade verde e metade branco.
    Obrigado pelo texto e parabéns pelo que escreveu.

  • Lucas
  • http://GLOBOESPORTE DUDA

    MAURO FICA AQUI MEUS PARABÉNS. VC SABE QUE É MUITO DIFICIL A IMPRENSA DO EIXO RJ/SP CITAR TIMES DE FORA. O COXA FOI CAMPEÃO COM MÉRITOS POIS CHEGAMOS A FINAL NUM GRUPO MUITO MAIS DIFICIL DO QUE O BANGU. PASSAMOS POR FLAMENGO NO MARACANÃ, SÃO PAULO NO MORUMBI, CORINTHIANS, SANTOS, ATLETICO/MG ENTRE OUTROS. O BANGU VEIO DE UMA 2ª DIVISÃO, ISTO NINGUEM MENCIONA MAIS TUDO BEM. PARABÉNS AO MEU CLUBE CENTENÁRIO E OBRIGADO POR FALAR DELE. SDS DUDA.

  • Felipe Silva

    fala ai mauro,parabens ao coxa branca!cara mas quero DISCORDAR DE VC:vc disse ali num comentário q o lothar matthaus não era craque?então o kaka,o gerrrad ,o ronaldinho gaucho tb não são.pois o alemão jogou mais q eles.VEJA BEM:em seu livro YO SOY DIEGO um certo maradona disse q matthaus foi o MELHOR E MAIS DIFICIL advesário q ele já enfrentou!é pouco?lembrando dos duelos pelas seleções e pelos clubes.O alemão ganhou titulos de rodo,copa do mundo(1990),eurocoa(1980),vice de duas copas(1982 e 1986),hepta campeão alemão,campeão italiano,bi da copa da uefa,duas vezes vice da liga dos campeoes,melhor jogador do mundo(1991)bola de ouro(1990),e mais o cara marcou MAIS DE 200 GOLS NA CARREIRA!e ele nunca foi um jogador ofensivo,já q até a copa de 1986 era volante,depois até 1992 jogou de meia e depois foi libero.se chamam kaka e gerrard de craques,matthaus não só foi craque,foi CRACASSOOOOOOOOOOOOOOOO.e ai,vc mantén sua opinião?RESPONDE AI SEU MAURO.abraço.

  • Rene

    Nascido e criado no interior do Mato Grosso, seria normal torcer para algum clube, gaúcho, paulista ou carioca, mas a final de 1985 fez de mim um apaixonado incondicional pelo Coritiba.
    Aqui em Rodonópolis assisti ao jogo Coritiba x Corinthians, bem como o espetáculo do Green Hell IV, isso sim que é torcida.
    Saudações Mauro.

  • Rene

    Estou de acordo com todos os comentarios, meus Parabens pelo texto Mauro!!
    Com certeza ficara marcado no nosso centenario.
    Na hora de criticar somos bons, mas na hora elogiar somos melhores ainda.
    Sou Coxa Eternamente!!
    Grande abraco.

  • Zé Meneghette

    Olá Mauro,

    Gostaria de parabenizá-lo pela matéria sobre os 100 anos do Coritiba. Em um País que olha só pra RJ, SP, MG e RS, é bom ver alguém olhando além disso.

    Bom ver um texto bem escrito, uma história bem contada.

    Parabéns, que outros jornalistas olhem também para outros centros que não os chamados “grandes”. Não só pelo fato de ser um torcedor Coxa, mas por eu querer ver um futebol igual em todas as regiões, com tantos times que merecem a nossa atenção.

    Parabéns novamente

  • Fábio

    Parabéns Mauro, lindo texto, emocionante, relato verdadeiro sobre a historia do nosso verdão. Eu estava no Maracanã em 85 e vi uma das festas mais linda proporcionada pela torcida carioca, quase 100 mil torcedores, que vibraram durante todo o jogo. Inesquecivel foi durante o intervalo, quando todo o estadio cantou o samba enredo da Moc.Ind. de Padre Miguel, Bangu, que tinha sido a campeã do carnaval Carioca naquele ano e que ao final do jogo aplaudiu a conquista coxa-branca. Parabéns Mauro Beting e obrigado pelo respeito para com a instituição e seus torcedores.

  • Gerson Goulart

    Caro Signore
    Mauro Beting

    Somos de um time que derruba a lagrima verde e geralmente de alegria.
    Um Verde special. O verde q. a mais bela smeralda produziu.
    Representamos também c/ Nome uma Cidade q. tanto nos honra. Cidade ecológica q. nunca teve outra cor.
    A nossa bela bandeira raiada e a camisa Ùnika nel Mondo nos agasalha de Orgoglio e Paixão.

    Auguri Coxa Branca

    Gerson Goulart

  • Welysson

    Mauro, que belas palavras para homenagear o coritiba, a voce o respeito de um torcedor coxa branca. obrigado

  • Thiago Back

    Mauro, obrigado pelas palavras. Um texto muito bonito e emocionante para a torcida Coxa-Branca. Parece até que foi escrita por um Coxa-Branca de coração. Pode ter certeza que você ganhou muito respeito e admiração da nação alviverde…
    Saldações Coxa!

  • Guilherme Mickosz

    Gostaria de dar os parabéns por esse texto tão bem escrito, retratando um pedaço da história do maior e mais glorioso time do estado do Paraná. Eu ainda nao era nascido na conquista desse titulo, mas sempre que assisto aos videos da conquista com meu pai [ já da pra imaginar daonde vem tão boa influência.] ele comenta sobre os jogadores, o titulo, como foi pra ele. Simplesmente emocionante ler seu texto. A Nação COXA BRANCA está em festa. Parabéns.

  • Edivan Oliveira

    Obrigado Mauro por essa linda homenagem ao meu querido Coxa. São pessoas como você que ainda me fazem assistir programas de esportes em rede nacional.

    Um grande abraço.

  • Digo

    Sensacional.

    Parabéns pelo texto.
    E Parabéns Meu Verdão por esses 100 anos de glórias!

  • Polacchini

    Mauro,

    com esse sobrenome, só poderia ser jornalista de visão, imparcial, competente e coerente.
    Suas palavras fazem os olhos de qualquer coxa-branca se encherem de lágrimas. Belíssimo texto. Parabéns.
    Pode ter certeza que orgulha à toda essa nação alviverde, e em especial, ao seu avô, que lhe empresta o nome.
    Abraços

  • Ivaldo Silva

    Parabéns e obrigado pelo belo texto, Mauro.
    Se não tinha essas informações, soube pesquisar.
    Mesmo sem procuração, agradeço em nome da nação coxa.

  • Luciano

    Existe ainda gente com conteúdo no eixo maior. Parabéns pelo texto, nós Coxas, agradecemos o tempo dedicado a explicar para muitos, o que é o maior clube do Paraná. E passem a observar o nosso Green Hell, porque já estão copiando por ai, mas o nosso é o original. Alerte-se para que depois os inferiores e desqualificados poodles do eterno meio estádio, não venham dizer que fazem isso antes, coitados, hehehe.

    Parabéns Mauro

  • Cesar Felipe

    Obrigado…

  • Carlos Pereira

    Sr.Mauro
    Com olhos cheio de lágrimas e com peito cheio de emoção,quero te dizer simplesmente, MUITO OBRIGADO.

    Um grande abraço e saudações ALVI VERDE

  • Cauê Serur

    Mauro, você foi bem demais nesse texto, parabéns, tocou mesmo a nossa enorme torcida, chegamos a chorar aqui lendo a homenagem, emocionante!

  • Oswaldinho de Antonina

    Nem te conhecia, desculpe por favor minha ignorancia por tamanha qualidade de Jornalista que mostrou ser. Estou com lagrimas nos olhos tal foi sua enorme sensibilidade em idenficar-se com a nação coxa-branca. Serei eternamente teu fã. DEUS TE ABENÇOE DUPLAMENTE. Muito, mas muito obrigado mesmo. OBRIGADUUUUUUUUUU!!!

  • Oliver

    Excelente.

  • http://www.parana-online.com.br Andre Caron

    Lindas palavras, Mauro. Pela inteligência do texto, você não deve ser do Rio ou de São Paulo.

  • Rafael

    Lindas palavras! Tamanha admiração que você ganha de um torcedor coxa branca… mostrando que futebol não é somente do eixo!! Parabéns!! Quem dera se a imprensa brasileira fosse feita de caras como você… Obrigado pelo texto!!

  • Valdecir LIma

    Mauro, obrigado, eu aqui em Salvador longe de Curitiba, fiquei extremamente feliz com as suas linhas que resume muito bem, uma nação, a nação verde branca.

  • Alexandre

    Mauro, teu emocionante texto merece como resposta outro texto, tão maravilhoso quanto o seu, e que carrega o mérito de ter nascido da emoção de um torcedor do nosso maior rival:

    Uma Declaração Alviverde
    (por um poeta atleticano)

    Hoje, quinta-feira, 1 de agosto, em Curitiba, o céu amanheceu branco e verde. Os passarinhos só diziam: Lela,Lela, Rafael,Rafael. E no ar pairava um forte cheiro de pólvora de foguete e pó-de-arroz. Nada mais me restava a não ser filosofar: “Não se pode ganhar sempre”.

    E, guiado por meu atrapalhado coração atleticano, fui até o mastro no meu jardim onde tremula o pavilhão rubro-negro e fiz descer a bandeira de meus sonhos. E foi com um misto de pesar e jubilo que pus em seu lugar e hasteei as campeoníssimas cores do nosso arquiadversário, hoje, aqui e agora, para sempre Campeão Brasileiro de 1985.

    Um demônio (ou um anjo?) vestido de preto e vermelho (um Exu?) me sussurrava, brabo com o Tobi na grande area do Bangu: “Teu time é tua pátria, traidor. Vendeste a alma por um escanteio, Vira-Casaca. Então, foi para isso que te demos tantas alegrias?”.

    Nesse momento, recebi um passe do Índio e, vendo que eu estava em campo livre pela esquerda, o demônio rubro-negro preferiu a falta, mas, antes que me atingisse, toquei a bola na perna dele, e foi para lateral a meu favor. Foi isso, tudo isso. E muito mais.

    Foi ver uma equipe coesa, coerente, bem orquestada, enfrentar os faixas pretas do futebol brasileiro (cariocas), e sair na frente. Foi ver um time de um Estado de poucas glórias atlético-esportivas explodir no Templo máximo do futebol brasileiro. Foi muito bom saber que futebol não é só de cairocas, paulistas, mineiros e gaúchos. E, se o título foi nosso, pode bem ser de pernambucanos, bainos, catarinenses , capixabas de goianos e matogrossenses, brancos, negros e mulatos queridos de meu Brasil, que escrevem com os pés a arte maior do meu país.

    O futebol é o termômetro, a radiografia do Estado do Brasil. Seria por acaso que, nestes tempos de insuportável dívida externa, nossos grandes craques estejam lá fora, na Europa, como os números que selam nossa dependência aos bancos estrangeiros?

    Não, com mel, pênaltis, não. No Brasil, se o futebol vai bem é sinal de que as coisas estão indo bem. Se o futebol vai mal, algo vai mal na terra de Pelé, Sócrates, Zico, Falcão, Cerezo e daquele reserva ponta esquerda do Náutico do Recife, do Ferroviário de Teresina, dos Nenecas, Tatas, Paquitos, Muçuns e Evaristos, que fazem as alegrias dos nossos domingos.

    Este Título do Coritiba, de um time de tradição, mas interiorano, é um Título da democracia, um Título da Nova República, um Título para todo mundo que só senta nas arquibancadas do Maracanã como crianças pobres em volta de uma grande fogueira esperando gritar “gol”, como quem espera que lhe joguem a alegria de um pedaço de pão.

    Obrigado Coritiba, por essa alegria. Você esteve à altura do teu destino.

    Paulo Leminski
    1985

  • carlos

    Obrigado Mauro pela atenção dispensada pelo glorioso

    S.A.V.

  • João Guilherme Fowler – Curitiba-PR

    Simplesmente ESPETACULAR o texto.

    Muitíssimo obrigado, Mauro, pelo reconhecimento.

    A nação Coxa te agradece pela homenagem.

    CORITIBA 100 ANOS
    ONTEM*HOJE*ETERNAMENTE

  • takayasujr

    Excelente. Parabéns! Pela propriedade e respeito demonstrado.

  • Ricardo von Linsingen

    Muito legal, principalmente vindo de um jornalista de fora de Curitiba.
    Muito obrigado !

  • Patrick de Miranda Assad

    Caráter se trás de casa tal pai tal filho,pode ter certeza Sr Mauro Betting que terá uma grande legião de torcedores do Coritiba a partir de agora s lhe respeitando e admirando profissionalmente a partir deste transparente blog, a torcida do Coritiba lhe agradece pelo reconhecimento, Consulado Coritiba Bal Camboriu

  • guilherme

    parabéns pelo texto. finalmente a imprensa de fora do PR reconhece a história de um dos maiores clubes do futebol brasileiro.

  • http://www.vozdocoxa.com.br Vinicius Alfredo Simões de Lima

    Olá Mauro

    Sendo COXA BRANCA só tenho que agradecer e enaltecer o seu texto em relação ao CORITIBA FOOT BALL CLUB.
    Entendo que sou mais um COXA BRANCA feliz em ter a oportunidade de ler este texto, e principalmente entender que assim é que se deve fazer o verdadeiro jornalismo: sem parcialidade.
    Muitas homenagens vão aparecer para o CORITIBA nos próximos dias, mas esta com certeza ficará marcada, não só pela lembrança, mas principalmente pela inteligência do texto e conhecimento da história COXA BRANCA.
    Obrigado.

  • Paulo Andrade

    Perda de tempo.
    Quem é Coritiba no futebol brasileiro?

  • http://www.naocoxa.com.br Ricardo Fuzetto (Site Nação Coxa)

    Parabéns Mauro

    Texto sensacional e emocionante, digno de um verdadeiro Coxabranca.

  • claudio borrelli

    Lindo texto, Mauro. Como Coxa-roxo, te agradeço pelo presente.
    Saudações Coxas!!!

  • Johny

    Sem palavras com suas palavras, apenas lágrimas de alegria. Parabéns e obrigado pelo respeito.

  • Eduardo

    Texto sensacional.
    Parabéns Mauro!

    E muito bem observado sobre as “manchetes no Sudeste”.
    A grande maioria dos jornalistas do RJ/SP não percebem (ou pouco conhecem) a angústia e a injustiça cíclica que é cometida com os times de fora do “grande eixo”.

    SAV

  • Eder A. P. Domingues

    Mauro, não acompanhava seu trabalho, na verdade nunca me interessei por trabalhos de jornalistas voltados ao esporte, principalmente do Eixo Rio-SP (como já citado aqui, conhecido pelo eixo do mal por esses lados do país), por causa de todas as criticas e colocações tendenciosas a respeito de tudo que não vá de encontro a ele, mas confesso que me arrepiei ao ler seu bem elaborado e vívido texto tratando com respeito o maior e mais tradicional clube do futebol paranaense.
    Parabéns, com os mais sinceros agradecimentos de uma torcida tão vibrante – e ultimamente mais inovadora do futebol brasileiro – como a do Centenário CORITIBA FOOT BALL CLUB.
    Assim, incluirei seu blog em meus favoritos (isso que eu não tinha nenhum até hoje) para acompanhar seu trabalho.

    Ah, só gostaria de incluir em sua lista de ídolos do Coritiba o Keirrison, nosso matador K-9.

    Abraços

  • Rodolfo Kobus

    Perfeito! Parabens!

    A nação coxa agradesce este justa homenagem.

  • Enrique

    Vale lembrar, entretanto, que, no jogo de volta da semifinal, naquele ano, o Galo foi prejudicado pela arbitragem, que não deu gol, em uma bola que passou da linha, mas que foi rapidamente “puxada de volta” pelo goleiro Rafael. Aquele jogo terminou 0x0 es caso o Galo vencesse, disputaria a final com o Bangu.

  • André Mansur

    Li de cabo a rabo, e só tenho a dizer: BELÍSSIMAS PALAVRAS!

  • Luiz Coraiola

    Mauro…

    Obrigado por presentear a nação coxa-branca com este lindo texto… Realmente deu gosto de ler!

    Coxa Eternamente!

  • http://www.terra.com.br Ernani Medeiros Motter

    Mauro,
    Eu que estive aquela noite no Maracanã, em que 10.000 coxas brancas
    tivemos de enfrentar mais de 90.000 cariocas, fiquei estremamente
    emocionado pelo seu texto.
    Parabéns a todos os coxas brancas e um agrdecimento especial
    a você!
    Abraço
    Ernani

  • George Gobetti

    Meus sinceros protestos de estima, consideração e respeito a você Mauro, pela obra de arte que publicou sobre meu time do coração, coração verde e branco, coração que criou nas arquibancadas do Alto do Glória os gritos de “COXA EU TE AMO”.
    Aproveito para responder a dois dos leitores que deixaram seus comentários:
    1. Guilherme, realmente é uma pena que o futebol Carioca esteja cavando sua própria cova. Os quatro grandes ainda sobrevivem graças ao valor pago pela TV, que os privilegia em detrimentos à alguns times do Sul e do Nordeste.
    2. Sr. Assis Washington, por favor, reveja as estaticas de nossos clubes em termos gerais e nos atle-TIBAS!

    Forte abraço…

  • Rogério

    Parabéns a Nação Coxa-Branca pelo centenário, parabéns ao Mauro pelo belo texto, sem dúvidas o melhor comentarista do futebol brasileiro.

    Infelizmente naquele campeonato o Coritiba eliminou meu amado GALO da final, mas nada que diminua o respeito que tenho pelo Coxa e sua apaixonada torcida.

    No mais Saudações Alvinegras – GALO 1971-2009 – YES WE C.A.M

  • Murilo

    Que texto, que palavras. Toda a nação Alviverde só tem a agradecer pela belíssima dedicatória, e é claro se emocionar. Tudo isso que foi colocado no texto, traduz muito do que cada torcedor pensa. Belas palavras.

  • Roberto Longo

    Parabéns pelo texto Mauro !!!! mistura de poema, pesquisa e história, muita história…..mostra perfeitamente que vc além de ótimo colunista, estuda antes o que pensa em escrever…emocionante o texto, muito bom mesmo…..em poucas linhas, conseguiu descrever 100 anos de raça, de paixão, de amor !!!!
    abraços.

  • Rodrigo Vascão

    Mauro, parabéns pelo texto!!! Torcida Coxa-Branca, parabéns pelo Centenário e Sejam Bem-Vindos ao grupo dos clubes centenários do futebol Brasileirol!!!

  • Leandro Kubitzky

    Parabéns Mauro Beting!! lindo texto…emocionamente mesmo…Valeu!!

  • Djanir Brunetti

    Lindas palavras e so tenho que agradecer escrevo tenho pois o coritiba faz parte de mim
    PARABENS

  • Rafael Carbonar

    Grande coluna! Tinha 100 mil pessoas no Maraca contra o Bangu, só isso demonstra o tamanho da conquista. Com relação à tradição, quantos clubes da primeira divisão têm 100 anos? Além disso, o COXA sempre foi Coritiba, ao contrário de outros times que são resultado de fusão, tais como os nossos rivais (paraná clube e a. paranaense). Obrigado Mauro por destacar o centenário do maior do Estado do Paraná, a nação alviverde agradece e retribui o respeito! Abraço.

  • Rafael Siciliano

    Muito bom! Lindas palavras!!

  • Leandro Requena

    Parabéns pelo belíssimo texto. Com certeza todos os Coxas Brancas ficaram emocionados.

  • Allan Beckmann

    Parabéns pelo texto.
    Conseguiu exprimir o sentimento Coxa-Branca.

    Teira ficado ainda mais feliz se você tivesse comentado sobre algumas outras conquistas do Coritiba.

    Mas ficou muito bacana.

  • Irineu Costa

    Caro Mauro
    Poderia simplesmente te dar os parabens pelo texto , mas e preciso te falar da alegria de ler que jornalista da cronica paulista tem a nitida visão da dificuldade que e para um clube fora do eixo Rio/São Paulo , principalmente de Curitiba em ser campeao brasileiro e nao e so por nao ter um time competente , alem disso e preciso derrotar a vontade da principal rede de TV desse pais que quer ver campeão brasileiro os times do Rio / São Paulo.
    Mas uma vez Parabens pelo texto .

  • Eduardo Pereira

    Volto a me manifestar fazendo uma sugestão a algum eventual membro da Diretoria ou do Conselho do Coxa que estiver lendo este blog: que providenciem uma bela moldura para este texto e coloquem o quadro num dos locais mais nobres do Museu do Coxa.

    P.S.: um recado para o Alexandre: muito legal o resgate da crônica do nosso grande poeta Paulo Leminski, publicado originalmente na revista Placar.

    Eduardo Pereira, 52, de Curitiba

  • DIEGO NEGRÃO CHIURATTO

    Mauro Beting. Inteligência que passa de pai para filho! existe vida inteligente no eixo Rio-SP! Toda a Nação Coxa-Branca, o primeiro Verdão do Brasil, agradece esta linda coluna, expressada com tão singelas porém magníficas palavras, sintetizando um centenário amor e orgulhoso sentimento de ser COXA-BRANCA!!!!! MUITO OBRIGADO EM NOME DE TODA A NAÇÃO ALVIVERDE DO ALTO DA GLÓRIA, DA REGIÃO METROPOLITANA, DE PONTA GROSSA, DA LAPA, DE PARANAGUÁ, DE CAMPO MOURÃO, DE FOZ DO IGUAÇÚ, DE MANAUS, DO NORDESTE, ENFIM DE TODO O BRASIL!!!
    SAV!!!

  • Edenir Ramos Carvalho

    Parabéns e muito obrigado Mauro. Foi como reviver aquele momento emocionante e extraordinário de 31 de Julho de 2009 e, nas suas palavras, tão bem escritas, sentir o peso de 100 anos de uma grande e vitoriosa caminhada.
    Sempre o considerei um dos melhores por ser um dos poucos inteligentes da mídia esportiva nacional.
    Valorizo quem valoriza o que é nosso.
    Um abraço.

  • Guilherme Moletta

    Obrigado Mauro, pelo seu lindo texto, emocionante!!!

  • Bandeira

    Mauro, é a primeira vez em que me emociono de verdade com um texto escrito por alguém que não veste nossas cores (em termos, né? Hehe!). Parabéns e obrigado!

  • Marcelo Oliveira

    Nosso COXA de tantas glórias merece as belas palavras que foram utilizads no texto que descreve em parte a história do futebol Brasileiro e Paranaense.

  • Emerson

    Muito bom. Parabéns ao Coxa e obrigado!

  • Felipe Pereira

    Nós coxas-brancas agradecemos pelo carinho e respeito, demonstrado pelas belas palavras escrito nesse texto.

    Carinho pelo nosso verdão é importante. Mas, para quem não é coxa branca o mais importante é respeito.

    Obrigado.
    SAV

  • Sandro Vasconcelos

    Nossa, lindo texto! Parabéns Mauro!

  • Larissa Oliveira

    Muito obrigada Mauro…
    A nação Alviverde fica muito feliz de saber que alguém que sabe tanto de futebol como você, sabe tanto da história do nosso verdão.Agradecemos as suas palavras de apoio ao Coritiba, e sua imparcialidae em colocar essas palavras em seu blog, que de direito e merecimento ao Coritiba, que tanto contribuiu ao futebol brasileiro, e que hoje, é surrupiado pela arbitragem em geral em jogos contra os times do eixo Rio São Paulo, e também contra os times do RS e de MG.

  • http://hotmail anderson

    mauro a naçao alviverde agradece pelo sew comentario
    enfim uma pessoa que respeita o futebol paranaense
    agradecimentos de toda naçao coxa branca

  • Marcos Nascimento

    Mauro Beting, não sei se voce le todos os comentarios de suas colunas, mas se o fizer vai notar que 100% das respostas são de agradecimento vai aqui mais um, vai notar que a maioria das respostas as pessoas se dizem emocionadas, tambem eu estou aqui chorando lendo sua coluna com o peito apertado, e vc vai pensar… , tudo isso por causa de uma coluna… uma coluna diga-se de passagem com muito conteudo e historia verdadeiramente retratada… vou te explicar o porque de tantas lagrimas… nós fora do eixo do mal, não temos a ~minima atenção do pessoal de fora, tanto que a maioria de nos nem ve programas esportivos nacionais pois so falam de flam/corint..etc. quando temos um colunista profissional que nos de apenas uma coluna já é motivo de agradecimento. muito obrigado.

  • Eduardo Alves

    Não estou surpreendido como muitos!

    Já conheço o trabalho do Mauro há tempos!

    Ele sempre foi assim!

    Obrigado Mauro!

  • Ewerton Santana

    Mauro, como Torcedor Coxa-Branca só tenho a agradecer esta linda Homenagem que você ao nosso Glorioso Verdão!! Parabéns pelo Emocionante Texto!! OBRIGADO!!
    Sucesso na sua carreira!!

  • paulo cesar s santos

    mauro muito obrigado .hoje voce ganhou o respeito de toda a naçâo coxa o coritiba te agradece pela homenagem.

  • Eduardo W.

    Mauro, parabéns pela coluna, suas belas palavras enchem de orgulho os corações alvi-verdes que têm sido duramente castigados pela incompetência de dirigentes comprometidos apenas com seus interesses. O texto além de muito bem redigido demonstra todo o seu conhecimento e respeito pelas cores do nosso glorioso e centenário Coritiba. Infelizmente grande parte dos cronistas paranaenses desconhece ou simplesmente não valoriza nossa rica história de pioneirismo e conquista.

  • guile

    Excelente texto, muito emocionante!
    Moro em São Paulo há muitos anos, mas meu amor por esse clube só aumenta.
    Torcer pelo coxa é também fazer parte desta história.
    Obrigado pela homenagem

  • NETO – Manoel Augusto da Silva Neto

    Caro amigo:
    Eu , paranaense e coxa, morava em Petrópolis-RJ e ouvi o dia inteiro as rádios clamarem a todas as torcidas para irem torcer pelo Rio de Janeiro… foi uma propaganda apelativa… pois o Bangu não tinha torcida……e fui ao Maracanã com colegas catarinenses torcer pelo Coritiba… e continuei a saga… hoje tenho a Revista Placar daquele mês… capa Rio chorando a derrota do Bangu e a paranaense com o orgulho de ser o primeiro time paranaense campeão brasileiro… e o primeiro fora do “famoso eixo” a ser campeão… hoje moro em São Paulo, e meu filho é Coxa e nos emocionamos juntos com sua coluna…
    Gosto de livros bem escritos e histórias bem contadas….
    Parabéns…
    Um grande abraço
    Neto

  • Carlos Eduardo de Macedo Ramos

    Prezado Mauro,
    Muito obrigado pelo texto, surpreendeu-me positivamente um jornalista do eixo com tanto conhecimento de um time fora dele. Como já dito acima, o seu conhecimento da nossa história é maior do que muito pseudo-jornalista do Paraná.
    Nós Coxas seremos eternamente gratos.

  • Lucas

    Parabéns, belo texto!! Não é que existe vida inteligente no eixo do mal!

  • Joel S. Duarte

    Parabéns pela matéria e parabéns ao Coxa. Faltou sitar apenas, o gol mal anulado de Marinho que teria dado o título ao Bangu

  • http://maurobeting@lancenet.com.br Silvio Nogaroto

    Bom dia Mauro.
    É com grande satisfação que escrevo, pois nos paranaenses sofremos muito com que a midia do eixo tenta nos empurrar goela abaixo.
    Fico extremamente grato pelas palavras de um conhecedor de futebol que você é, demonstrando saber o que fala e passando em breves palavras um pouco da historia do nosso AMADO CORITIBA FOOT BALL CLUB.
    Obrigado pela singela homenagem e quem dera mais pessoas tratassem o futebol paranaense com imparcialidade.
    Abraços e fica com Deus

  • antonio carlos

    Salve, Mauro Beting!
    O Paraná é terra de todas as gentes – tema da inauguração do Teatro Guaira na década de 70 – pelas características geográficas, climáticas, etc., etc. Esta diversidade de povos, em especial no sul do estado, incrementou as sociedades representativas de grupos étnicos.
    A quantidade mundial de povos formatou uma política antropófaga famosa no Brasil – quando um se destaca leva pau de todos os lados.
    O Coxa uniu, une e unirá sempre estas gentes por seu caráter agregador e campeão – ou você acha que um clube que passou a aragem pós 85 ainda existiria não fosse à miscigenação destes povos?!
    É uma grande alegria ver, sentir e ler que Você conseguiu absorver estes valores e transformar num lindo e histórico texto.
    Saudações!

  • Treat Serpa

    Texto emocionante, maravilhoso. meus olhos verteram lágrimas de alegria diante do seu texto e das lembranças dessa noite fria aqui em Curitiba onde o Coritiba foi o primeiro time do Brasil fora São Paulo, Rio, Minas e Rio grande do sul foi campeão do nacional. Como você escreveu bem lutamos contra tudo e todos.

    Só para lembrar o Senhor Joel:
    Pena que você não colocou no texto que o jogo foi disputado em uma partida só e que a CBF levou esse jogo para o Maracanã.

  • Paulo Cesar

    Mauro, parabens pelo texto, o Coritiba é e sempre será o maior do estado, e vc merece o muito obrigado da nação coxa-branca!!!

  • http://www.coxanautas.com.br Jean Felipe Bilobran

    Como é engraçado né.
    O Mauro acaba de falar em seu texto que para um time paranaense ganhar algo é muito difícil, visto que precisa vencer além da bola, comentários desrespeitosos, “erros” de arbitragem, condições desfavoráveis, etc….
    E mesmo assim existem pessoas que vêm aqui somente para comentar sobre algum gl que everia ser marcado contro o Coxa em 85, ou simplismente pra dizer que o Coxa não é nada a nível de futebol nacional…

    Prepotencia e preconceito são coisas despresíveis e só no campo poderemos mostrar que não é bem assim! São Paulo já apanhou esse ano, Inter já apanhou, Palmeiras, Flamengo (5×0), Flu… Parem e pensesm que aqui também existe futebol e o nível talvez não seja o mesmo, pois os poderosos da mídia assim não querem. Nem clube dos 13, nem ninguem. Não é interessante financeiramente. O futebol hoje mostra que títulos não são vencidos mais na raça, o jogador não dá mais o sangue, o árbitro e a imprensa não são mais imparciais… Hoje quem manda são os interesses da imprensa e o dinheiro! Por isso estamos ocupando essa posção de coadjuvante no cenário nacinal.

    E para quem não sabe, no nosso centenário, estamos comemorando 33 títulos paranaenses, 1 campeonato brasileiro , fita azul, torneio do povo e muitas outras glórias que tivemos a oportunidade de vivenciar. Coxa ontem, hoje e eternamente!

    SAV!

  • Sidnei Pilatti

    Mauro,
    Acompanho meu Coritiba há mais de 45 anos e viví e presenciei grande parte desta história do clube que amo. Suas palavras foram magnifícas e me senti ainda mais orgulhoso por torcer por este time. Parabéns a toda nação coxa-branca.

  • Paíque

    Parabéns Mauro pelo brilhante texto, escrever com tamanha propriedade sobre um time “extra-eixo” não é pra qualquer um. Obrigado pela homenagem e respondendo ao Joel acima, Marinho estava em posição de off-side na hora do passe meu amigo…

  • João Huzar

    Obrigado Mauro pela homenagem,
    pode ter certeza que vc ganhou muitos créditos não só em Curitiba, mas com todos os adoradores de futebol fora do eixo Rio-São Paulo demonstrando que conhece a história do futebol brasileiro, infelizmente não só o Coritiba mas muitos outros clubes não tem o respeito que merecem. É lamentável, mas grande parte da mídia acha que o Brasil é somente Rio e São Paulo, um grande abraço Mauro, sucesso!! CORITIBA 100 ANOS
    ONTEM * HOJE * ETERNAMENTE

  • Gustavo Barbosa

    Mauro Beting, vc acaba de ganhar cerca de 2 milhões de fãs. E mais do que isto: 2 milhões de amigos, que estarão sempre ao seu lado para o que precisar. A torcida do Coritiba é conhecida por ser extremamente crítica com meios de comunicação. Mas ao mesmo tempo em que sabemos esculhambar com os pseudo-jornalistas, tb sabemos elogiar e agradecer aos que nos tratam com respeito, como vc já deve ter percebido pelos comentários anteriores. A partir de hj, onde quer que vc esteja, saiba que terá sempre um amigo por perto, pois nós estamos espalhados pelos quatro cantos do mundo e não nos esqueceremos de suas palavras para o nosso amado Coritiba. Muito obrigado por fazer o nosso dia mais feliz. Esteja certo de que vc provocou lágrimas em milhares de pessoas, que tão sensibilizadas estão neste momento ímpar na vida de nosso clube. Sei que torce para o Palmeiras, e vc bem sabe que temos as nossas rusgas com este clube. No entanto, para homenageá-lo, venceremos o São Paulo esta noite, colocaremos o título nas mãos do alviverde paulista e dedicaremos a vitória a vc. Acredito que seja uma retribuição a altura. Mais uma vez obrigado, um grande abraço e saudações alviverdes.

  • Fernanda

    Lindo texto!!! Emocionante!!!
    Nesses 100 anos nada foi muito fácil na história do Coxa. Mas com garra e luta é mais gostoso!
    Parabéns pelas belas palavras e pela demonstração de conhecimento.
    E salve o primeiro verde do Brasil!!!
    Que no alto de tantas glórias, venham mais outras tantas!!!

  • http://blog-br.com/sportrecife/ Thales Valença

    Parabéns Coritiba ! Pelo Sport Tudo !!!

  • Flávio

    Mauro,

    Belo texto sobre o Coritiba…

    O título de 1.995 foi importantíssimo para o clube e mostrou as grandes mídias que o futebol brasileiro tinha vida fora dos centros mais tradicionais!

    Visitem o meu blog:

    http://semfirulaesporteclube.blogspot.com

  • Oswaldinho de Antonina

    Em nome da U.N.A de Antonina venho te parabenizar. Receba 2085 obrigados dos coxas antoninenses.

  • http://bvb.de Borusso

    Excelente texto! Parabéns ao Côxa!

  • Marcelo Lopes

    EXCELENTE texto !!! Parabéns COXA !!! 100 anos de GLÓRIAS ao MAIOR DO ESTADO DO PR !!!

  • Neto

    Parabés Mauro,
    parabéns pelas palavras,
    pela atitude, pela educação e coerência.
    Respeito e postura….
    Sensibilidade pelo momento ímpar que a
    Nação Coxa-Branca gloriosamente e
    com muito orgulho atinge…
    momento de maturidade,
    e planejamento para outros centenários de glória!
    Parabéns Mauro,
    Parabéns a nação alvi-verde,
    alvi-verde de muitos tons,
    de muitas caras,
    muitos sotaques!!!!
    Mauro,
    seja homenageado pela Família Coxa,
    família centenária que atravessou histórias
    para poder escrever esta história…
    Parabéns Coxas-Brancas de todos os mundos!!!
    Neto

  • Jurandir Junior

    Parabens Mauro Beting, um dos melhores jornalistas esportivos do pais que traduziu em palavras 100 anos historia linda e suada do Coxa… A nação alviverde agradece…

  • Joel S. Duarte

    Caro Treat Serpa, sobre o seu questionamento do porque do jogo final ser no maraca, naquele ano tínhamos mais um regulamento absurdo que previa a final em apenas um jogo. O Maracanã foi escolhido porque o Bangu vinha de duas vitórias na semifinal enquanto o Coritiba vinha de uma vitória e um empate. A campanha do Bangu era infinitamente superior ao do Coritiba. O Bangu tinha 17 pontos ganhos a mais que o Coxa, tinha 8 vitórias a mais que o Coxa e tinha um saldo positivo de 32 gols, contra um saldo negativo de 2 gols do Coritiba. Nada mais justo de fazer a final no Maraca. Aliás a final devia ser em dois jogos, mas se o regulamento previa um único jogo, acho que ficou claro onde deveria ser. Independente disso, parabéns a torcida do Coritiba pelos seus 100 anos de estórias. O Coxa é um time que tem uma tradição enorme e é um dos principais clubes do país.

  • sergio Stori

    Obrigado Mauro Betting. A nação COXA-BRANCA agradece e reconhece o grande jornalista que vc é!
    Grande abç!

  • Guilherme Pereira

    Grande Mauro
    Ficar falando aqui o que todo mundo já disse, seria chover no molhado.
    Mais mesmo assim Parabéns pela sua atitude de “fugir” do Eixo do mau.
    Você e Lédio Carmona depois do que escreveram ganhar a nossa torcida. O Couto Pereira está de portas abertas a vocês. Grato pelo texto.

    PARABÉNS A NOSSA TORCIDA, 100 ANOS DE TRADIÇÃO

  • Paulo Roberto Olszewski

    O coxa foi o primeiro time a provar que existe futebol no Brasil inteiro e não somente no rj-sp-mg-rs.
    Valeu Mario pelo belo texto. Sim, o coxa merece!!!