logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

Goiás 2 x 1 Grêmio | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


Goiás 2 x 1 Grêmio

por Mauro Beting em 27.set.2009 às 14:56h

* Meter 4 a 1 no Corinthians de Ronaldo, no Pacaembu, é pouco? Virar em cima do Grêmio ainda vivo no Serra Dourada é pouco? Assumir a segunda colocação do BR-09 mesmo com o desfalque mais que considerável de Rafael Tolói na zaga é pouco? Ganhar o reforço de Romerito em momento tão delicado e equilibrado é pouco?

Talvez ainda falte ao Goiás um pouco mais para disputar o título. Mas têm faltado a muitas rivais tantas coisas que a disputa segue tão aberta quanto a zaga gremista fora de casa. Caso para divã. Por mais justificável que seja neste BR-09 perder jogos no Serra Dourada.

MELHOR ESCREVE ANDRÉ ROCHA

http://blogs.abril.com.br/futebolearte

* No Serra Dourada, o Goiás mostrou técnica e bravura para reverter o placar contra o Grêmio depois de sofrer um belo gol do de Souza, em tabela sensacional com Jonas. Como de costume, Leo Lima e Júlio César foram os grandes artífices da reação alviverde. Foi do ala esquerdo o centro perfeito para a cabeçada certeira do meia que se encontrou em Goiânia e cresce ainda mais jogando na ligação do meio com o ataque no 3-4-1-2 armado por Hélio dos Anjos.

A vitória veio com o gol de sorte e frieza do artilheiro Felipe que desmontou o time de Autuori, que não cresce pela irregularidade e o desempenho ainda pífio fora de seus domínios. Com a volta de Romerito, o impetuoso treinador esmeraldino ganha ainda mais opções para armar sua equipe e fazer alterações ao longo da partida. Fica faltando acertar a defesa, que poderá crescer com o retorno da seleção sub-20 de um Rafael Tolói mais maduro e seguro.

É possível pensar em título. Se Vítor voltar a jogar o futebol da temporada passada, o Goiás fica ainda mais forte. A grande decisão será na 32ª rodada, no confronto com o Palmeiras no Palestra Itália. Por enquanto, se manter entre os primeiros e não permitir a aproximação de Atlético-MG, Vitória e Flamengo está de ótimo tamanho.

Na reta final, se o outro alviverde despencar do topo e os demais concorrentes permitirem, pode pintar a “zebra” que há tempos merece mais respeito pelo trabalho sério e a estrutura que seduziram Fernandão e surpreendem os que preferem continuar desavisados.

MELHOR ESCREVEU ANDRÉ ROCHA

http://blogs.abril.com.br/futebolearte

Tags:

  • Mário

    Goiás Esporte Clube – campeão brasileiro 2009

    acordaaaaaaaa galera, o verdão da serra ta na brigaaaaaaaaa!!!

  • Diego Stanescon

    Parabéns Mauro, vc faz parte de uma meia duzia de comentaristas do ” eixo ” que valorizam e dão credibilidade ás campanhas dos times sem mídia, tantas vezes injustiçados. Vc com certeza conheçe a estrutura tão falada do Góias, e sabe que a única coisa que não temos é o chamado CEP. Nosso verde não tem CEP. Se nossa sede fosse no Rio, seriamos o maior de lá. E se ao menos estivessemos no interior de São Paulo, com certeza seríamos muito mais acompanhados pela maioria, e consequentemente, valorizados. É um absurdo ver comentaristas dando chances de libertadores pro Santos, dizendo que Flamengo e Corinthians ainda brigam pelo título. E quando falam do Goiás, doam uma simples frase, ou 10 segundos dos programas pra diser que ” olha á surpresa !!”O fato é que nossa brilhante campanha, que já não é novidade, pois desde a era dos pontos corridos, só perdemos para São Paulo, Inter, Cruzeiro e Santos. Só. Somos o 5° no geral, então num é mais surpresa nossas campanhas. Outro fator, temos 66 anos de vida. Com qntos anos de vida os chamados ” grandes ” conquistaram suas vitórias? O corinthinas veio ser campeão brasileiro pra lá dos 80 anos, só pra citar 1. Então Mauro, mais uma vez parabenizo vc por toda sua coerencia. Vc sim sabe fazer jornalismo esportivo com a razão, e não com coração como tantos e tantos por aí…

  • http://www.euacreditonaestreladourada.com Aroldo Arantes

    Como sempre a midia que se parece mais com a média.. não da nem olhos nem ouvidos para o verde do cerrado, sei que o “se” não joga, mas os pontos perdidos em casa para corinthians (2), internacional (3), barueri (2), nautico (2), avai (3), e por fim o coritiba (2)… estão fazendo falta, era para o Goiás tá com 14 pontos a mais, ou seja, 59 rsrsrs mas sem isso, aquela vitória do palmeiras em belo horizonte desequilinbrou o campeonato, Evandro Rogério Roman fez uma alteração de resultados que pode jogar o titulo no colo do Palmeiras… sem aquela vitoria o palmeiras estaria so com 47 há 2 do Goiás e São Paulo. O que foi feito no mineirão foi bem mais que um erro, foi algo criminoso!

  • palestra

    é meu caro aroldo acho que vc tem “memória curta” pois este mesmo juiz que ajudou o palmeiras na quarta-feira, assaltou o palmeiras contra o seu time ou vc se esqueceu do penalti inexistente e o gol impedido do goias contra o palmeiras?? é aquela velha história de puxar a sardinha para o lado que lhe convem

  • http://www.euacreditonaestreladourada.com Aroldo Arantes

    Acho que deixar de marcar 4 penaltis, sendo 2 clarissimos, num jogo em que o cruzeiro estava com muito mais força ofensiva, tem uma grande diferença… em um jogo onde os lances nao foram assim tao escandalosos, e foram de nível muito mais interpretativo, do que o caso de BH. E outra, caro “palestra”, o Goiás nunca participou desses lances de ser “ajudado” pela arbitragem, normalmente somos é prejudicados mesmo, se você olhar o jogo de ontem, aquele careca que apitou Goias e Gremio, estava totalmente tendencioso, ainda bem que os jogadores do goias nao entraram na pilha dele. O jogo com o Internacional em PA, teve um dos maiores casos de força externa para atrapalhar um grupo, pois foi ali que começaram as estórias de ciume no grupo, depois que o Fernandão foi expulso, sem uma falta, sem cartão amarelo e sem agredir ninguem, abrindo caminho para o time de tite meter um acachapante 4×0 no meu verdão. Seu time é bom, tem um otimo treinador, mas sinceramente, não vejo ninguém tão acima de outro neste campeonato. Pra mim se o Goiás continuar com o mesmo padrão de jogo, tendo o retorno de Rafael Toloi, Romerito, Fabio Bahia e Douglas, haverão quatro mini-finais, uma contra o Cruzeiro em BH, outra contra o Atletico-MG aqui em Goiania, a outra contra o seu Palmeiras em SP, e a ultima, as vezes definindo o campeão, Goiás e São Paulo aqui no Serra Dourada. Olhe bem os erros, com certeza na historia o Palmeiras tem bem mais a favor que contra.. já o meu Goiás… tadinho dele!

  • Jonas Rafael

    E mais o Grêmio não vai fazer. Faltam atacantes, lateral direito e um técnico mais ambicioso. Quando ele colocou o Túlio no lugar do Tcheco eu TINHA CERTEZA de que ia se repetir a novela que foi contra o Botafogo, levar um gol no final. Recuou o time e chamou o Goiás pra cima, pediu pra levar.