BOTA-TEIMA – Rodada 21

por Mauro Beting em 29.ago.2009 às 19:33h

A intenção deste tira-teima (além de pedir para ser xingado mais que árbitro…) é discutir a arbitragem – sem martirizar ou santificar apitadores.

Esta é apenas uma lista subjetiva de lances em que interpretei DIFERENTE ou IGUAL ao árbitro – e sempre com a ajuda da TV, o que facilita meu trabalho, e a sua crítica.

E, se mesmo assim, eu ainda erro, imagine os mortais que apitam…

O espaço é livre para detonar este que escreve, outros que blogam e, claro, os próprios árbitros.

Não é a primeira, não será a última, e espero que não seja a única palavra a respeito do tema interpretativo. Logo, subjetivo. Logo, passional, clubista, bairrista, etc.

O BOTA-TEIMA é apenas um jeito de tentar evitar chororôs desmedidos, teorias conspiratórias, jogadas ensaiadas, achismos e outros chutes imaturos. Ou maduros até demais.

Ao final das contas e dos supostos erros, faço um saldo dos erros IMPORTANTES que tiraram – ou botaram – pontos dos times. Sempre tentando fazer um saldo de erros e acertos, com o devido – ou indevido – modo de tentar equilibrar as contas e critérios. Isto é: um pênalti marcado indevidamente ou um não marcado “valeria” como um gol, que “poderia” mudar um resultado e uma tabela.

Sempre lembrando que, nessa conta AINDA MAIS SUBJETIVA, uma equipe pode superar até a arbitragem adversa, ganhando o jogo mesmo sendo “prejudicada”. Algo que necessariamente não mudaria a classificação real.

Reiterando que tudo isso sem a pretensão de ser a única fonte a respeito de inesgotável assunto.

P.S: Lances de expulsão “justa ou injusta” não estarão contabilizados no BOTA-TEIMA.

Lances polêmicos em que entendo que a arbitragem “acertou” estão comentados no texto referente a cada partida.

Para critério de “pontuação”, um pênalti não marcado vale o mesmo que um gol anulado.

Boa corneta e bom apito!

Os jogos que estiverem destacados em amarelo significam que tiveram o placar “alterado” por decisões da arbitragem. Isto é, os pontos foram “modificados” por conta de supostos erros de interpretação.

LANCES

Corinthians 3 x 3 Botafogo

Botafogo prejudicado; Corinthians ajudado – Arilson da Anunciação (BA) não marca pênalti de Moradei em Victor Simões, aos 26. Estava 0 x 0.

Botafogo prejudicado? Corinthians ajudado? Arilson da Anunciação (BA) marca falta discutível de Fahel em Jucilei, que parecia ter apenas escorregado. Imagem do Sportv detecta puxão de camisa do botafoguense. Lance difícil. Marcinho bateu e fez um golaço pro Corinthians, aos 6min do 2º. Tempo. Estava 1 x 1.

Corinthians prejudicado; Botafogo ajudado – Assistente 2 Luiz Carlos Teixeira (BA) e Arilson da Anunciação (BA) validam gol irregular de André Lima, que empurrou para dentro com a mão esquerda, aos 14min do 2º. Tempo. Porém, antes de meter a mão na bola, André Lima é seguro pela camisa pelo zagueiro corintiano Jean… Lance difícil. Estava 2 x 1 Corinthians.

Botafogo prejudicado; Corinthians ajudado – Arilson da Anunciação (BA) marca pênalti muito discutível de Tiaguinho em Jorge Henrique. Eu não marcaria, aos 23min do 2º. Tempo. Estava 2 x 2.

Cruzeiro 4 x 2 Náutico

Cruzeiro prejudicado; Náutico ajudado – Pablo Alves (RJ) marca pênalti inexistente de Gil em Gilmar, aos 5min. Estava 1 x 0 Cruzeiro.

Sport 2 x 0 Vitória

Vitória prejudicado; Sport ajudado – Gutemberg Fonseca (RJ) não marcou pênalti de Magrão em Neto Berola, aos 23min do 2º. Tempo. Estava 2 x 0 Sport.

SALDO TOTAL – RODADA 21

PREJUDICADOS

7 pontos a menos – Botafogo

4 pontos a menos – Internacional

3 pontos a menos – Palmeiras

2 pontos a menos – Fluminense, Barueri, Sport, São Paulo, Grêmio

1 ponto a menos – Cruzeiro, Flamengo, Barueri

BENEFICIADOS

4 pontos a mais – Santos

3 pontos a mais – Goiás

2 pontos a mais – Atlético Mineiro, Vitória, Coritiba, Corinthians

1 ponto a mais – Náutico, Avaí

NÚMERO DE VEZES EM QUE FORAM AJUDADOS OU PREJUDICADOS:

PREJUDICADOS –

Cruzeiro prejudicado 10 vezes; ajudado 5 vezes

Botafogo prejudicado 9 vezes; ajudado 4 vezes

Palmeiras prejudicado 11 vezes; ajudado 7 vezes

Flamengo prejudicado 9 vezes; ajudado 7 vezes

Atlético Paranaense prejudicado 5 vezes; ajudado 3 vezes

Sport prejudicado 2 vezes; ajudado 1 vez

Fluminense prejudicado 2 vezes

BENEFICIADOS –

Corinthians ajudado 9 vezes; prejudicado 5 vezes

Avaí ajudado 4 vezes; prejudicado 1 vez

Santos ajudado 5 vezes; prejudicado 3 vezes

Vitória ajudado 5 vezes; prejudicado 3 vezes

Santo André ajudado 4 vezes; prejudicado 2 vezes

Coritiba ajudado 3 vezes; prejudicado 1 vez

São Paulo ajudado 8 vezes; prejudicado 7 vezes

Goiás ajudado 5 vezes; ajudado 4 vezes

Náutico ajudado 5 vezes; prejudicado 4 vezes

Grêmio ajudado 4 vezes; prejudicado 3 vezes

Barueri ajudado 3 vezes; prejudicado 2 vezes

SALDO ZERADO –

Internacional prejudicado 5 vezes; ajudado 5 vezes

Atlético Mineiro prejudicado 3 vezes; ajudado 3 vezes

PLACAR DOS ERROS (somando todos os lances, quem foi mais beneficiado: o time mandante ou o visitante)

CASA 54 X 39 VISITANTE

Tags:

  • Roberto

    Eu acho que os nossos brilhantes jornalistas esportivos deveriam escalar todos os árbitros e se possível apitar alguns jogos. Seria o máximo…
    É muito fácil comentar os lances, depois de ver o tira teima umas 10 vezes!!!

    ROBERTO, quando eu discordar de você, eu digo.

  • Juvenal Trajano

    Anota menos 2 pontos para o botafogo ae…

    9 pontos a menos!!!!!!!!

    A ARBITRAGEM BRASILEIRA É UMA VERGONHA!
    TA DANDO NOJO DE VER FUTEBOL!

  • Alex RJ

    Não são “apenas” 2 pontos a menos para o Botafogo do jogo contra o Grêmio, são 4 pontos a menos. No jogo contra o Cruzeiro o Thiaguinho levou um carrinho pelas costas, dentro da área, em um lance inclusive passível de expulsão. Esse lance aconteceu na cara do Sr. Heber Roberto Lopes e ele, na maior cara de pau, mandou o lance seguir. Com isso, já totalizamos 11 pontos a menos. É muita coisa Mauro. Essa sua pesquisa é muito bacana e poderia ser muito útil se fosse apresentada não apenas para a comissão de arbitragem, como também para todo o público, já que infelizmente, não são todos que lêem o seu blog. Fica aqui a sugestão.

    Um abraço.