Grêmio 2 x 2 Cruzeiro – 3 x 5 AGREGADO

por Mauro Beting em 02.jul.2009 às 22:00h

* Um post inteiro foi escrito para responder e acrescentar aos cruzeirenses que – não sem muita razão – acharam este texto pouco emotivo e fiel à grande campanha celeste na Libertadores. Obrigado aos leitores de boa paz e também aos fundamentalistas de costume. Eles não deixam de ter razão mesmo quando a perdem querendo enxergar o que não existe – ou o que não tinha a pretensão de acontecer.

eis o novo post. abaixo, o já tão criticado. Abraços a todos.

Antes de tudo, aos não poucos cruzeirenses que se manifestaram contrários ao meu texto um pouco frio demais aos méritos celestes na indiscutível classificação (como estava escrito) para a decisão sul-americana: vocês estão certos. Como eu também não estava errado ao entender que o time de Adilson se classificaria diante do São Paulo e do Grêmio – confesso que com maior dificuldade do que o ocorrido.

Apenas reitero por aqui meu pedido de desculpas pelo tom. E reafirmo o que tenho dito neste blog e nos meus cantinhos na TV, rádio, internet e revista: o Cruzeiro é favorito. Ou continua sendo. Palavras de um brasileiro paulista palestrino jornalista – a ordem dos fatores não altera o produto.

(E, sim, ajuda a entender o tom ácido das críticas a este que vos tecla. A imprensa do “eixo” erra demais com os clubes de Minas e Rio Grande do Sul – para não dizer dos demais Estados que nem dizemos… Não damos a devida bola – a não ser quando os times paulistas e cariocas as levam nas costas… Estamos pagando pelos erros de tantos anos de descaso, desprezo, desconhecimento. O que também não pode levar a generalizações. E muito menos a reações tão bairristas e clubistas quanto as que levaram a esse estado de espírito).

Errei ao listar os erros e acertos do valoroso derrotado – Grêmio – e, também, ao não devidamente enaltecer os muitos méritos do (mais uma vez) finalista. Algo que venho fazendo desde o ano passado por apreciar bastante Ramires, Kléber (cada vez mais), Marquinhos Paraná (idem), Adilson Baptista, Fábio, e, quem diria (eu não dizia há meses), Leonardo Silva e Jonathan (nos melhores momentos na carreira).

Quem me acompanha sabe que só tenho quase elogiado o Cruzeiro dos últimos tantos anos. O quanto discuti em 2003 quando se duvidava da Tríplice Coroa. A ponto de ser chamado de “não-paulista” (?) por não “defender os interesses do Santos”…

Mas isso não interessa. Apenas reitero que venho apostando no Cruzeiro contra São Paulo e Grêmio. E mantenho a aposta na duríssima decisão contra o Estudiantes que cresce. “Aposta”. Apenas um chute. Algo que não me faz torcer nem a favor e nem contra. Embora, no caso, pelas afinidades e amizades, PESSOALMENTE torço para que dê certo meu palpite PROFISSIONAL. Torço pelo sucesso do Cruzeiro que merece o tri da Libertadores. Como tão bem tem feito até agora.

Até porque quem viu quase toda a campanha de 1976 não pode deixar de ter se apaixonado por aquele time. Como o jornalista também não pode deixar de se emocionar num texto de um finalista. Mil perdões. Falha minha.

Se serve de atenuante, foi uma noite pouco dormida e um dia muito trabalhado. Dias, aliás, por conta de um novo livro que depois divulgo.

Não justifica.

Não explica.

Mas cabe o registro. As desculpas a todos, dos mais virulentos e violentos aos mais cordatos e equilibrados. Não é babação-de-ovo e nem puxação-de-saco – no Jornalismo, quem faz média está muito abaixo dela. É apenas um esclarecimento, para não dizer um arrependimento de quem escreveu um texto simplório demais.

E os agradecimentos a quem entender. E a quem quiser achar que eu sou mesmo é um paulista atleticano preconceituoso, bairrista, clubista, invejoso, peruquento, seboso, idiota, presunçoso, branquelo, analfabeto…

AGORA, O TEXTO ORIGINAL, com um adendo.

* Não foi a melhor partida cruzeirense – como já não havia sido no Mineirão; foi mais uma partida de superação gremista – como acontecera em Minas. E tudo se repetiu: quem levou foi o time mineiro. Incontestável classificação. Discutível futebol. Bastaram 1min52 de gols mineiros para o Cruzeiro decidir a Libertadores com ligeiro favoritismo. Mas é preciso mais.

* Notáveis os gritos gremistas pelos 90 minutos. Eram não sei quantas vuvuzellas nas gargantas por todo o jogo – sem exagero. Mais ou menos como Adilson Baptista na casamata cruzeirense. O treinador berrou e orientou até quando o Grêmio precisava de cinco gols no segundo tempo.

* Autuori repetiu o 4-2-2-2 da derrota por 3 a 1. É o que tem, com Thiego mais zagueirando que outra coisa na lateral direita (e Fábio Santos mal novamente do outro lado); volantes que até ajudaram a empurrar Souza e Tcheco à frente, criando para a dupla argentina. A bola e as chances foram tricolores. O resultado, não.

* Adilson manteve a zaga que vem dando certo, desta vez com Fabinho e Marquinhos Paraná fechando (ou não) a entrada da área, e, por vezes, com um pé de Ramires, com Wágner liberado para articular o contragolpe. Quando quis jogo.

* Na prática, o Grêmio empilhou chances. Não houve time nesta Libertadores que tenha perdido tantas. Fábio fez a sua cota usual de excepcionais defesas e garantiu a meta melhor que sua zaga celeste.

* Com três minutos, falta besta de Tcheco originou o primeiro amarelo. E a primeira das oito faltas sobre Kléber (Fábio Santos sofreria o mesmo absurdo e abusivo número). Atacante que jogou demais (um lance aos 42 foi uma pintura técnica), e também bateu – na primeira falta dura, depois de sofrer 4, em 15 minutos, foi amarelado (e poderia ter sido avermelhado, aos 21).

* Além de gols perdidos, o Grêmio teve lances mal interpretados pelo apito. Uma jogada que parou por impedimento inexistente poderia dar em gol; Leonardo Silva agarrou Herrera aos 28 e não foi marcado o pênalti.

* Fábio Santos também não marcou Kléber, que foi ao fundo e, na técnica e na raça, de carrinho, deu o primeiro gol a Wellington Paulista, aos 34min15s. Na primeira real chegada, um Cruzeiro acuado e que não sabia contra-atacar abriu o placar.

* Antes que se pudesse fazer as contas de quanto precisaria fazer o Grêmio para se classificar, Wellington recebeu de Jonathan e fez de cabeça, aos 36min07s. Em 1min52s, o mundo e a América ruíram para o Grêmio. Ah, sim: era precisa fazer o mesmo 5 a 2 no segundo tempo que o Inter precisou na Copa do Brasil.

* Souza saiu esbofeteando rival sem o árbitro ver, o Grêmio entrou em parafuso no gramado. No Olímpico, o cantochão arrancava o time do chão. Palavras de Tcheco, ao Sportv: “Vamos jogar o segundo tempo pela torcida que não parou de cantar”.

* E assim foi até 9min30s, gol de Rever, de cabeça, depois de escanteio de Tcheco – ADENDO: Escanteio que não foi. A acomodação natural estava ainda mais usual para o Cruzeiro. Não era nem sombra do time que iluminara o Morumbi com sabedoria nos 2 a 0. O Cruzeiro não estava marcando bem e não saía para o jogo. Não fazia o tempo passar. Não era senhor dele.

* Quando tentou, Adilson foi merecidamente expulso, ao pegar feio Wágner (em seu raro bom lance), aos 14. No minuto seguinte, Ramires perdeu chance de ampliar. E o Cruzeiro de se impor, mesmo com um a mais, e ainda três gols de lambuja.

* Souza fez um golaço de folha-seca (aos 30min30s), premiando o melhor gremista na Libertadores. Bomba indefensável, como também era o recuo improdutivo mineiro. Pedindo para levar a virada de um rival inferiorizado em campo – até quando eram 11 x 11. Mas com tantas mil vozes jogando melhor que o time – sem contar as outras tantas que não conseguiram entrar no estádio, em algo a ser devidamente apurado.

Tags:

  • Cristiano

    Adeus Grêmio!!!!!!!!!!!!!!!

    E agor gremistas vaeu mais o títuoda Sul-Americanaou uma vaga na Libertadores para ao ganhar?

    INter campeão em 2008 e 2009 e o Grêmio?

  • http://www.futebolpitacos.blogspot.com Gustavo Román

    Fala Mauro.Sabe o que esses 2 dias de futebol decisivo em Porto Alegre(e as derrotas dos times da casa)me lembraram…
    Do ano de 1987,nas semifinais da Copa União,quando por 2 dias seguidos(também quarta e quinta) jogavam Atlético-mg x Flamengo e Cruzeiro x Inter.Veio esse mesmo papo de que Belo Horizonte era a capital do futebol naqueles 2 dias e se esperava que os 2 mineiros fossem para a final(como muitos esperavam que Inter e Gremio pudessem reverter as vantagens)
    No final das contas,bh não teve o que comemorar pois tanto o fla quanto o colorado eliminaram os times da casa…
    Qualquer semelhança com as 2 últimas noites não é mera coincidencia…
    abraços

  • Roger

    O cruzeiro e um time melhor e soube segurar
    o unico ataque que o Gremio tinha
    cruzar as bolas nas area e cruzar a bola na area
    O Cruzeiro e muito mais estruturado no momento
    e tem no time dois craques Kleber e Ramires
    e o melhor Goleiro do Brasil na atualidade Fabio
    e o Gremio e um fregues antigo
    e a soberba gaucha acabou pagando caro
    CRUZEIRO O REPRESENTANTE DO BRASIL
    TUDO AZUL NA AMERICA DO SUL
    VAMOS DETONAR “LOS HERMANOS ESTUDIANTES”
    A LIBERTADORE SERA NOSSA
    EU ACREDITO E MUITO

  • FILIPE

    Eu estava no jogo e garanto…a torcida do grêmio ficou muda!!!!!Só os cruzeirenses com 500 torcedores incendiando o chiqueirão!!!!!Cruzeiro teve misericordia do grêmio…teve olé e tudo!!!!!Vamo vamo cruzeirôôôôô!!!!

  • edi wilson

    Mauro,apesar de eu ser CORINTHIANISSIMO não tem como deixar de admirar pessoas como vc,
    Parabéns pela sua honestidade em seus comentários,e pra gaúchada 2×2 pra ninguém reclamar de nada.
    Abraços…

  • TWolve

    Já que comentou a arbitragem. Não poderia ter deixado de falar que o escanteio de que saiu o primeiro gol grêmio foi uma invenção da arbitragem assim como a falta que originou o gol do grêmio no primeiro jogo. O jogador do grêmio cabeceou e a bola não desviou em ninguém. Não precisava nem de replay, mas a TV mostrou aproximando a imagem e foi claro que só o gremista toca na bola, logo não deveria ter existido o escanteio.

  • Lets

    Mauro.
    Realmente o Cruzeiro não jogou 50% do que jogou contra o São Paulo, mas não precisava, o adversário era fraquíssimo. O Cruzeiro jogou com inteligencia no primeiro tempo e só, no segundo tempo não jogou, não quis, parece que teve dó, pois ia ao ataque e parava tocando bola, também no intervalo tinha jogador do Grêmio chorando, depois falam que futebol é pra homem. Esse no jogo no segundo tempo me lembrou muito Vasco e Cruzeiro no ano passado, o Cruzeiro ganhava o jogo, e o vasco com 10 e o Edmundo no gol, o Cruzeiro não deu um chute a gol, não quis marcar. Só espero que não tenha essa misericordia contra os argentinos.

  • César

    Caramba… Alguém podia montar um video com os gols incríveis que o Grêmio perdeu nessa Libertadores. Se o Herrera já foi o “quase-gol” hoje todo o ataque do Grêmio é o “quase-gol”. Acho que nem o Souza do Timão perderia os gols que os atacantes do Grêmio perderam!

    Bem…, talvez eu esteja exagerando… o Souza teria perdido uma boa parte daqueles gols. Mas… se tivesse colocado um cone naquele ataque, pelamordeDeus, ia ser o artilheiro dessa Libertadores!

  • http://ericooyama.zip.net Érico Oyama

    O nome do jogo foi Kléber (apesar de Wellington Paulista ter marcado os dois do Cruzeiro), com uma lance que misturou raça e habilidade deu a assistência para o primeiro gol dos cruzeirenses.
    Mas o que achei mais interessante ontem foi o comportamento de Adilson Baptista, que assim como a torcida gremista, não parou de gritar e gesticular sequer um minuto. No início do ano passado vi com desconfiança a contratação de um treinador tão inexperiente para a equipe do Cruzeiro. Um ano e meio depois vejo que foi uma aposta bem sucedida da diretoria celeste, independentemente da conquista da Libertadores ou não.

  • PERDIGAO

    bOM, JEVAMOS:]
    1) EXISTEM COISAS NOMUNDO QUE SÃO ETERNAS:
    * DIA 25/12 É NATAL;
    *EM MAIO É DIA DAS MÃES EM AGOSTO DOS PAIS;
    *SE O CRUZEIRO PEGAR O GAYLO NA FINAL DO MINEIRO FAZ 5;
    *SE PEGAR AS MENINAS DO GRÊMIO EM MATA-MATA ELAS DANÇAM;
    *SE PEGAR O BOTAFOGO EM QUALQUER SITUAÇÃO GOLEIA….

    2) UM ABRAÇO POR MACACOS DO SUL, DE FATO OS ÚNICOS QUE DÃO PRESSÃO…ALÉM DO MAIS DISPUTAM, PELO MENOS CONOSCO DE FORMA SÁDIA, OS CERTAMAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS…PQ O GRÊMIO É FREGUÊS..DESDE QUE O MUNDO É MUNDO É ASSIM…PEGAR A GENTE, JÁ ERA! NO MAIS FICAM ALGUMAS LIÇÕES, PARA TODOS, E FICA OUTRA PERGUNTA:
    E ENTÃO FAMOSOS E IRRETÓCAVEIS COMENTARISTAS, VÃO TORCER PARA O ESTUDIANTES?

  • PERDIGAO

    um abraço do planeta dos macacos! em Minas e no mundo huhu haha!

  • Carlos Eduardo

    Mauro… desculpe mas eu não vi em tua analise um ponto crucial do jogo.

    Aquele pênalti claríssimo encima do Herrera quando o jogo ainda estava 0x0…

    Olha, não sou adivinho, mas certamente o resultado seria outro se ele da esse pênalti.. talvez a classificação também.

    Nem Cruzeiro nem Grêmio tem culhão pra ganhar do Estudiantes… triste, mas vamos ver mais um Argentino campeão da Libertadores…

    CARLOS, desculpe, mas está no texto. E concordo contigo.

  • Mauro

    A diferença é que no elenco do Grêmio não tem nenhum jogador capaz de fazer o que o Kleber fez no primeiro gol do Cruzeiro, e nenhum capaz de fazer o que o Wellington Paulista fez no segundo. Aqueles caras lá podem deixar eles chutando no Fábio a noite inteira, que é capaz de não fazerem nenhum gol. Vão ser ruins assim lá no Chuí.

  • Iwelton

    Bom dia Mauro.
    Quanto ao jogo de ontem, no primeiro tempo o Grêmio pressionou muito, mas apesar da discussão do penalti, não houve lances tão incisivos por parte do Grêmio.
    Realmente, o Cruzeiro não jogou tudo que sabe. Pareceu nervoso no início e depois meio que segurou o ímpeto do Grêmio.
    Se o jogo não foi aquele primor de técnica, foi típico de Libertadores.
    Quanto ao Kléber…. não acho o cara craque, mas uma coisa não se pode negar, o cara procura jogo e parte prá cima dos adversários, sem medo de ser feliz.
    Abraço.

  • http://ferozesfc.blogspot.com João Paulo Tozo

    O Kleber é O CARA! Há tempos não aparecia um jogador com tanta cara de Libertadores como ele.

    Impressiona tbm o quanto o Souza se torna importante e vital por onde passa, seja o time que for.

    A torcida do Grêmio, ao contrário da do Inter que se calou logo no 1º gol do Corinthians, fez uma festa lindíssima, me emocionei em muitos momentos. Mas não precisava uma parte dela ter sujado a festa com o racismo aplicado contra o Elicarlos. Bem no dia em que a Fifa anunciou as novas medidas para coibir o racismo nos estádios. Uma lástima.

    Abração, Mauraço.

  • Felipe Ribeiro

    Ótima análise do Mauro Beting – essa frase é sempre redundante. Realmente o Cruzeiro jogou para o gasto, mas conseguiu segurar a blitz do Grêmio no primeiro tempo mais pela falta de qualidade nas finalizações do que por méritos defensivos. A Raposa também conseguiu ser eficaz nas chances criadas pelo ataque. Em dois chutes dois belos gols em jogadas muito bem articuladas. O segundo tempo foi mais do que morno, sendo que o Cruzeiro jogou com o regulamento debaixo dos dois braços rsrs.
    Concordo com o lance polêmico do penalty sobre Herrera. Mas ao analisar o lance completo, Maxi Lopez agarra o zagueiro cruzeirense Thiago Heleno, derrubando-o, e só depois que Leo Silva se agarra com Herrera. Se for para aplicar a regra, falta de ataque gremista.
    No mais ótima análise.

    Grande abraço e até quarta feira que vem!

  • Roger

    O ceu esta mais azul hoje no mundo inteiro
    e as estrelas brilham mais do que nunca

    e nao adianta
    a Libertadores sera nossa
    eu acredito e muito

    A humildade e o melhor futebol venceu
    e vcs gremistas se deram mal
    e a a derrota comecou na volta de BH quando foram apoiar o
    ato racista da Barbi argentina que nem os hermanos querem

    em Minas a gente come quieto
    e so canta a vitoria quando ela acontece

  • Tânia

    Boa Tarde Mauro,
    Diante dos seus comentários só queria falar 4 coisas:
    1- Ao contrário do jogo do Mineirão, nesse o Gremio atacou, mas nao teve grandes chances não, chances realmente claras foram poucas.

    2- Não acho q o futebol do Cruzeiro foi discutivel. Mostrou saber defender e soube atacar quando necessario. No final teve o luxo de poder se poupar jogando.

    3 – Tbm achei q foi penalti no lance do primeiro tempo, mas quem o cometeu foi o Fabinho, não o Leonardo Silva (peço q corrija, pq o zagueiro citado está fazendo partidas perfeitas, surpreendendo a todos).

    4- O gol do Gremio veio de um escanteio q não existiu, assim como o gol no mineirão veio de uma falta inexistente. Então não a espaço para lamentações de arbitragens, no geral, o Gremio foi mais beneficiado q prejudicado.

  • http://JOUBERTO JOUBERTO

    O CRUZEIRO NÃO JOGOU COMO JOGOU CONTRA O SÃO PAULO É POR QUE O GREMIO É MIL VEZES MELHOR QUE OS PAULISTA, AGORA SE O JUIZ EM BH NÃO TIVESSE DADO UMA FALTA QUE NÃO FOI FALTA O GREMIO IA SAI DE LA COM 3 X 0 ….. PARA OS ARGENTINOS NÃO BRASIL NÃO TEM TIME FORTE COMO O CRUZEIRO EM TODOS OS TEMPOS,, SEGURA NOIS KKKKKKKKKKKKKKKK VAMOS GANHAR A COPA LA DENTRO DA ARGENTINA COM GRIPE OU SEM ELA, NO MINEIRÃO VAI SER A FESTA DO TRI. ZEEEEEEEEEEEEEEEEEIIIROO

  • Proud

    Será que realmente ficar lamentando gols perdidos e torcer contra o Cruzeiro vale a pena? alguém se lembra do que o Cruzeiro fez com esse mesmo estudiantes no mineirão? Eu me lembro do Wagner deixar o tal do Veron deitado no chão.Será que alguem se lembra que o Kleber foi expulso nese jogo e o Cruzeiro jogou boa parte do jogo com um cara a menos? Essa história de ver mais um argentino campeão ´parece mais dor de cotovelo do que análise…
    Espero que o Cruzeiro não tenha que se aquecer dentro no ônibus novamente e que mostre para os invejosos de plantão o que é ganhar uma libertadores com mérito.

  • jtutu

    Inadmissível um lateral esquerdo tomar aquele drible do Kleber, deixar a passagem pela linha de fundo. E ainda por cima não fazer a falta logo após o giro. Sem laterais, e com Tulio de volante, sujando o manto de jogadores como Sandro e Dinho, viris, brutos, mas não tão desleais e covardes como esse ser desprezível que dá pisões e cotoveladas depois que a bola sai do lance, não dava mesmo.
    nunca vou entender por que os sócios elegeram essa direção em detrimento da anterior, vencedora e experiente.

  • Fredd

    Veremos na final.
    Podem torcer para estudiantes o quanto quiserem, mas a raça e competência do Cruzeiro não se abalará para vcs.
    Ei, você aí!
    Avisa o Barcelona que o Cruzeiro vem aí!

  • João Paulo Barbosa da Silva

    CITANDO MAURO CEZAR PEREIRA:

    O Cruzeiro é um belo time, Adílson Batista um técnico emergente e o feito do Cruzeiro superior ao do Corinthians. Sem desvalorizar o título alvinegro, não podemos esquecer que os melhores times da temporada mais recente disputam a Libertadores e não participam da Copa do Brasil.

    Para os fanáticos de plantão que têm dificuldades para aceitar algo tão evidente, vale lembrar que o campeão da Copa do Brasil ganha uma vaga na primeira fase da Libertadores. E o Cruzeiro está na final da mesma. Dá para comparar? Não.

    SINCERAMENTE, SEM FANATISMO, FOI O COMENTÁRIO MAIS LÚCIDO DO DIA…

  • Misael

    A arbitragem decidiu o jogo. O Grêmio estava massacrando no 1° tempo. Teve aquele impedimento mal marcado que resultou no gol anulado. É claro que o Fábio parou no apito do árbitro e nem tentou ir na bola mas o gol era praticamente certo.

    Depois teve o penalti claríssimo no Herrera. Acho que ninguém contesta.

    Só aí seria 2 X 0 pro Grêmio já que o jogo estava 0X0 quando os dois lances ocorreram. Sem contar que várias faltas de ataque foram inventadas quando o Grêmio chegava próximo da área cruzeirense.

    Depois veio o gol do Cruzeiro na 1ª chance que tiveram (aliás, só tiveram duas chances no jogo todo). Aí o Grêmio se desesperou e como conseqüencia tomou o 2º.

    Como dizem no futebol nem sempre o melhor vence. Mas é lamentável que a decisão tenha sido no apito. Se o árbitro não tivesse tido os erros que teve tudo bem, teríamos perdido por incompetência.
    Alguns vão dizer que mesmo com os erros o Grêmio perdeu várias outras chances. Mas e daí? Seriam mais gols além dos dois que nos tiraram. Perdeu gols não é contra a regra do jogo. Favorecer um time é.

    Não sei se esse time do Estudiantes é tão bom como dizem mas acho que não terá problemas para ganhar do Cruzeiro, desde que é claro haja imparcialidade da arbitragem.

  • pereira

    Sabe o que mais me impressiona nestes comentarista é quanto fala dos times de Minas, é sempre assim. Em primeiro lugar o jogo que eu vi não vi o gremio tendo todas estas chances e tambem a unica jogada era lançar bola na área, o lance que vc falou que foi penalti a meu ver não foi, e tem mais o JOGO QUE EU VI realmente não jogou tão bem mas jogou para classificar.. Não podemos esquecer, já que os comentaristas adoram falar dos erros, que o corinthians só é campeão pq garfou um gol do internacional, 1 a 0 é mais fácil do que 2 a 0, se o internacional tivesse perdido de 1 a 0 com certeza ele teria muito mais tranquilidade para virar e viraria,,, mas isto vcs não comentam.

    AZUL, por favor, não generalize… Não seja bairrista e nem clubista. O problema é que você lê com o fígado e com preconceito.
    concordo com tudo que você colocou a respeito do paulistismo e carioquismo de muitos colegas – eu mesmo, eventualmente. mas não venha com mineirismos.

  • Flávio I. de Jesus

    Pelo amor de Deus, do jeito que vc escreveu só falta falar que o Grêmio é que foi péssimo nas duas partidas, não o Cruzeiro que ganhou, que absurdo, acho que não prestou atenção aos jogos, isso se chama competência, inteligência, estudo do adversário, é lógico que sofreríamos pressão, Libertadores é assim….

  • Flávio I. de Jesus

    e tem mais…o Cruzeiro tem um dos melhores grupos de jogadores do Brasil, junto com o São Paulo, Inter e abaixo o Corinthians..rumo a Abu Dhabi…

  • Marcus

    No início do ano, sobre Kleber,

    Luxemburgo achava que ele deixava o ataque LENTO
    A Traffic achava que ele era VELHO
    A diretoria do Palmeiras achava que ele era CARO

    CARO é Luxemburgo e sua comissão técnica.
    VELHO e LENTO é o que melhor define a diretoria do Palmeiras

    Parabéns Cruzeiro!

  • Lucas Salles

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

  • Jonas Rafael

    O Grêmio não tinha como ir além mesmo. Time muito ruim, com atacantes inexistentes e laterais péssimos como Ruy(já foi graças a Deus) e Fábio Santos. Acho o Cruzeiro favorito pra final, tem mais time que o Estudiantes, assim como o Flu tinha mais que a LDU ano passado. Não pode dar bobeira.
    E para o mané que disse aí em cima: “nunca vou entender por que os sócios elegeram essa direção em detrimento da anterior, vencedora e experiente.” – tô cansado de ouvir as viúvas do Paulo Odone repetirem essa bobagem. Vencedora de que? De Gauchão? De Série B? O único presidente realmente vencedor nos últimos 25 anos, que não precisou endividar o clube pra ganhar algo foi Fábio Koff. Se Kroeff é ruim, Odone não era nada melhor.

  • flavio “seixas”

    aahh sr. Mauro…quer dizer que o Kleber merecia ser expulso, mas o marrento Souza que deu um soco no jogador do Cruzeiro…nem mereceu o devido comentario, e mais os lances do Gremio na area do Cruzeiro, a todo momento os gremistas também empurravam os defensores azuis( que estavam de branco). Vamos parar com isso… a arbitragem foi boa, o jogo limpo e o resultado justo, Cruzeiro foi melhor em 180min e é melhor do que o Estudiantes(que merece respeito), está prestes a se tornar Tri das Américas e partir pra Dubai contra o Barcelona, engulam essa, mídia tendenciosa.

  • VITOR RODRIGUES

    CHUPA MAURO BETING O CRUZEIRO JOGOU MAL MAS TA NA FINAL

    E NÃO VENHAM COM ESSE PAPO DE QUE O CRUZEIRO É O BRASIL, PQ VCS SÃO UM BANDO DE BAIRRISTAS FILHOS DA PUTA, RASGEM SEUS C… DE INVEJA O MEU CRUZEIRO ESTRUPOU SEUS TIMINHOS DE M…

    CRUZEIRO É O CRUZEIRO QUE JOGA POR NOSSATORCIDA E PORMAIS NINGUEM

    E TORÇAM PRO ESTUDIANTES PRA VCS SE F… DE NOVO

    CRUZEIRO CONTRA TUDO E TODOS

  • Raposão

    O Choro é livre! meu time está na final, não adianta diminuir o esforço dos jogadores! e meu time vai ser o campeão da america!

  • Carol

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra. [2]

  • Joao Henrique

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

    (2)

  • Thomaz

    Francamente você foi muito infeliz em seu comentário.. apenas demonstrou que vc tem algo contra o cruzeiro, ou é um mais um gremista que chora. Você tirou todo o merecimento do cruzeiro, que lutou muito, aguentou quase 35 minutos de pressão do gremio, e da torcida que francamente fez um belissimo espetaculo, tirando claro a parte do racismo que é intoleravel, sem contar que o cruzeiro eliminou os dois favoritos ao titulo que era são paulo e era o gremio.. Não podemos deixar de evidenciar, que o wagner foi muitissimo importante na partida, ele o kleber, e até mesmo o W. Paulista que não vem rendendo tanto assim quanto se esperava, mas na hora h. faz os gols, sem contar é claro do marquinhos parana que foi uma fera em campo, do fabio, que é o melhor goleiro em atuação no brasil, enfim quase todo o elenco do cruzeiro brilhou.. O gremio jogou com muita raça também e não foi por falta de futebol que do gremio que o cruzeiro classificou para final, foi por puro merito do time CRUZEIRO…

    Acho que a Lance não devia ter vc entre os jornalistas dela.

  • Paulo Lima

    É simplesmente ridículo os comentários do seu post, simplesmente o Cruzeiro jogou no seu critério soube segurar a partida e quando teve as oportunidades concluiu em GOL, o fato que mais mi impressiona é voçês(algumas pessoas da imprensa) tentar achar o motivo do Gremio ter perdido, simplesmente o Cruzeiro tem mais time, táticamente e tecnicamente, o Grêmio nao teve chances reais de gol como voçê disse simplesmente alçava bola na area o tempo todo, Fábio nao fez uma defesa díficil no 1° tempo. ADMITE O CRUZEIRO TEM MAIS TIME E MERECEU SUA CLASSIFICAÇÃO PELOS SEUS MÉRITOS E NAO PELOS ERROS DOS ADVESARIOS!!!!!

  • Paulo Campos

    Chora imprensa FDP, porque não mostrar a força do Cruzeiro fica procurando onde o Grêmio errou, vai se f.. seu b…

    PAULO, dentro do possível, tentei mostrar erros e acertos dos dois lados.
    como fiz em outros jogos. como costumo fazer. e sempre não consigo. não sou um Tostão fora de campo, muito menos dentro.

    mas, pelo visto, vc é um Drummond.

    pq este não é um blog só pra cruzeirenses, nem pra anticruzeirenses. um time ganha, o outro perde. por vezes, um mais perde que o outro ganha.

    o que não foi o caso.

    qualquer coisa, vá ver o post de São Paulo 0 x 2 Cruzeiro.

    mas, pelo seu comentário – que tive de botar algumas reticências em respeito aos demais leitores -, a educação não é o seu ponto forte.
    ainda assim, como tento fazer sempre, procuro enxergar qualidades e defeitos.

    a sua qualidade, por ora, é torcer pelo melhor time da Libertadores.

  • yuri

    Saudações CRUZEIRENSES!

    LIBERTADORES!!!!
    SER CAMPEÃO!!!!!!!!

  • CARLA DE CASTRO

    O QUE IMPORTA É QUE O GRANDIOSO E AMADO CRUZEIRO VAI SER TRI CAMPEÃO DA LIBERTADORES…O QUE A IMPRENSA BRASILEIRA PENSA E ACHA NÃO NOS INTERESSA E NOS FAZ RIR,,,POIS DEPOIS DE CADA JOGO O GLORIOSO CALA A BOCA DE TODOS!!!
    ZEROOOOOOOOOOOOO

  • Uriel

    Primeiro disseram que eram erros tecnicos do time do gremio, agora que o juiz foi compradoo……putz

    Vamo CruzerÔ…..contra tudo e contra todos!

  • eduardo

    quem disse q vc entende de futebol…. bom msm são os do Rio e São paulo, né? Continuem assim nos secando e menosprezando, por q. como diz a sabedoria popular: ‘ a carruagem passa enqto. os cãos ladram”

    obrigado.

    EDUARDO, não digo que entendo de futebol. apenas que trabalho com ele há 19 anos, em rádio, tv, jornal, revista, internet, blog, livros e cursos. ministrados ou assistidos. só isso.

    “secando”? onde esteve minha torcida? se foi pelo meu palpite, vc está mais uma vez errado.

    tenho apostado no Cruzeiro em todos os confrontos – contra São Paulo e Grêmio, antes do primeiro jogo.

    isso é “secar”? Ou seria um complexo de persguição de sua parte, além de um bairrismo doentio?

  • Willian farnese

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

  • Douglas

    Foi melhor tirar o Grêmio que o São Paulo, por tudo que aconteceu no Mineirão. Teve o que mereceu. E digo que o Paulo Autuori pagou a dívida que ele tinha com o Cruzeiro em 2007.

  • XANDINHO

    Mauro, primeiramente gostaria de deixar minha homenagem a você, por todos os serviços prestados ao futebol e a crônica esportiva brasileira.
    Acompanho seu trabalho e te admiro muito. Parabéns.
    Quanto ao seu texto e o jogo de ontem, tenho algumas observações.
    Quanto a análise técnica e fria e do jogo, você acertou em cheio. O Cruzeiro fez uma péssima partida. Agora, não entendi o porque de você não enaltecer a classificação do Cruzeiro. Que a equipe não jogou bem, isto é fato. Agora, a classificação do Cruzeiro para uma final de Libertadores é muito maior que isso. O Cruzeiro é o Brasil neste momento.
    Enquanto os diretores, torcida e imprensa comemoram a classificação do Corinthians para a Libertadores do ano que vem (vejam só, estão comemorando somente a classificação para o ano que vem), o Cruzeiro está a duas partidas de ser o campeão deste ano, e jogar contra o Barça em dezembro. Isto é que também deveria ser enaltecido. É a hora da imprensa brasileira se juntar a torcida do Cruzeiro, e dar força ao time azul.
    Confesso a minha frustração hoje ao assistir os programas esportivos. Enquanto apenas mostraram os gols do jogo de ontem, falaram de Corinthians o programa inteiro, inclusive, a falta ao treino do Adriano foi mais comentada que a grande classificação de ontem.
    Quanto ao lance do possível penalty pra o Grêmio, também penso que foi. Dá mesma forma que o escanteio que originou o primeiro gol do Grêmio não aconteceu, da mesma forma que a falta que originou o Gol do Souza no Mineirão não aconteceu, o gol que não foi do Palmeiras no jogo contra o Cruzeiro, o gol de mão do Maradona, o não gol que foi gol do Kaká no jogo contra os EUA. O se entra em campo. E se o Maradona não tivesse braço?
    Em um comentário acima, do Sr. Carlos Eduardo, ele diz que o Cruzeiro não tem culhão pra ganhar do Independente, e também ataca a não marcação do penalty. Posteriormente você responde dizendo que concorda com ele. O seu concordar foi em relação ao penalty, ou em relação a falta de “culhão” do Cruzeiro pra ganhar a Libertadores em cima do Estudiantes? Penso que vocês da imprensa deveriam se juntar a nós torcedores do Cruzeiro e impurrar o Cruzeiro pra essa conquista.
    Abraço.

    XANDINHO, muito grato pelas palavras.

    de fato, revendo meu post, ficou um negócio meio frio. um tanto distante para a grande emoção e pelo enorme mérito.

    vou procurar melhorar – ou apenas fazer o que normalmente realizo em momentos como esse.

  • André Fraga

    Piada

    Isso mesmo. Piada esse seu comentário. O Grêmio só tinha jogado com babas até aqui nessa Libertadores. Por pouco não foi eliminado pelo “poderoso” Caracas nas Quartas-de-finais. Não fez um golzinho sequer nesse time no Olímpico.
    E vc vem enaltecer o Grêmio?
    O CRUZEIRO GANHOU O JOGO NA HORA QUE QUIS. TANTO EM BH QUANTO EM POA. Acabou! O CRUZEIRO é muito mais time e pronto e acabou. Se jogarem mais 10 vezes o CRUZEIRO vence 7 e empata 3.
    Podem secar a vontade, mas o CRUZEIRO será TRI-CAMPEÃO da LIBERTADORES esse ano e nada irá impedir isso.

  • eduardo

    quem disse q vc entende de futebol…. bom msm são os do Rio e São paulo, né? Continuem assim nos secando e menosprezando, por q. como diz a sabedoria popular: ‘ a carruagem passa enqto. os cães ladram”

    obrigado.

  • XANDINHO

    Queria deixar uma retificação, no meu comentário acima, na frase “O se entra em campo” eu queria escrever “O se não entra em campo”.

  • Marcus

    kkkkkkkkkkkkkk

    na boa…ou esse comentarista ae morre de fome ou ele e patrocinado pelo gremio…ou entao ele ta falando de um outro jogo e nao o de ontem…

    “Além de gols perdidos, o Grêmio teve lances mal interpretados pelo apito”

    gols perdidos!!!???quais gols perdidos!!!??quais defesas milagrosas do Fabio…eu so vi ele fazendo uma grande defesa qndo o JOGO JA ESTAVA 2 a 0…

    vcs tao chorando um impedimento!!!???so se esquecem q o bandeirinha nao tem a tv pra rever o lance nao neh!!??e mais doq isso o lance nao era tao perigoso assim nao…E SEM CONTAR QUE O GOL Q O GREMIO FEZ NO MINEIRAO FOI NUMA FALTA Q NAO ACONTECEU!!!q o juiz alem de matar o contra-ataque do Cruzeiro invertou a falta pois o jogador gremista entrou com o pe alto no Kleber…

    e esse penalty q vcs tao reclamando no max lopes (la barbie kkkkk) vcs so devem ter esquecido de falar q no mesmo o lance o jogador gremista pucha a camisa do zagueiro cruzeirense antes neh!!??…

    mas enfim o choro e lives…e chora gremistas auhhauhuahuahuuah

  • Marcos

    “Fez curso de arbitragem para aprender a ser xingado”. Então você vai aprender a ser xingado agora. No primeiro jogo a falta que originou o gol de Souza não existiu, como todos a regra de arbitragem que você estudou diz, bola na mão não é falta.
    No jogo de ontem antes de acontecer o pênalti de Leonardo Silva em Herrera (para mim não foi porque ambos se agarravam e o atacante tem tendência a cair dentro da área), Maxi Lopez faz falta em Fabinho. No escanteio que originou o gol gremista quem cabeceou a bola foi o jogador do Grêmio, não Ramires, portanto daquele lance deveria ser dado o tiro de meta e conseqüentemente não aconteceria o primeiro gol. A visão dos bandeiras e do árbitro devem estar como a sua Mauro. Preste atenção nos VT’s oh maravilhoso jornalista!

    MARCOS, como ótimo jornalista que vc é, releia o meu post do primeiro jogo. concordamos quanto a isso.

  • Marcus

    aeeeeeeeeee e sem contar q o escanteio do gol do gremio nao aconteceu….entao a arbitragem errou sim…e somando os dois jogos prejudicou mt mais o Cruzeiro doq o gremio….mas chora gremistasss

  • Marcos

    A propósito, tirando a babação de ovo que as pessoas costumam direcionar a você, não é de se impressionar que nossa profissão esteja tão desvalorizada. A análise feita por você hoje foi digna de Jornalista sem diploma companheiro. Onde está a análise fria, a observação e a imparcialidade nos seus comentários? Jornalista trabalha em prol da informação, não em favor de clubes e emissoras.

    MARCOS, estou escrevendo um outro texto a respeito.
    mais ou menos ele tenta explicar meus erros – que não são tantos. mas são erros, e concordo contigo.
    agora, caro coleguinha, companheiro de redação, não seja ainda mais preconceituoso com quem tem diploma. eu tenho. e daí? você tem. e daí?

    posso não ter sido feliz, mas, colega, você conseguiu ser ainda mais.

    e, além do bairrismo exacerbado, ainda vem dizer que eu trabalho a favor de “clubes e emissoras”… Brilhante. e ainda vem falar em “informação”…

    parabéns pelo denuncismo barato e pela aula de Jornalismo.

  • Cruzeirão campeão

    Pelo amor de Deus, do jeito que vc escreveu só falta falar que o Grêmio é que foi péssimo nas duas partidas, não o Cruzeiro que ganhou, que absurdo, acho que não prestou atenção aos jogos, isso se chama competência, inteligência, estudo do adversário, é lógico que sofreríamos pressão, Libertadores é assim….(2)
    Por favor..É muito fácil replicar uma crítica acusando quem fez a crítica. Ou seja, é muito fácil se safar das críticas de bairrismo da imprensa do Eixo dizendo que nós é que somos bairristas…Auto crítica é bom!!!

  • Paulo

    Todos os comentaristas “agremiados” estão falando desse “suposto” penalti no argentino gremista. Eu não vi penalti nenhum, aquilo ali foi é falta do ataque, o gremista se enroscou no zagueiro e caiu, em nenhum momento o zagueiro cruzeirense “agarrou” o gremista.. Putz…. E outra o cruzeiro jogou muito bem sim, e o grêmio não perdeu tantos gols como estão falando, a única chance “clara” foi a bola que parou em cima das redes… SÓ … em nenhuma outra bola algum cruzeirense temeu o gol adversário… Essas opiniões desses comentaristas “parciais” são apenas pra justificar o “injustificavel”… A verdade é que o o cruzeiro é taticamente muito superior, se não jogou tudo que sabe foi pq o grêmio parava o cruzeiro na falta, e o juiz seguia a regra de “na dúvida favoreça o dono da casa”… O time do grêmio é muito ruim, não cria bem, bate muito, e fica desesperadamente mandando bolas para a área…. Quando paravam as faltas o cruzeiro envolvia o grêmio em seu toque de bola e ameaçava o gol gaúcho… Tem que ser revista é a tolerância em relação a essa violência e as chamadas “faltas táticas”, um verdadeiro absurdo !!

  • edim

    estou triste, tinha uma melhor idéia do filho de um grande jornalista, parece que ele se deixou levar, penso que se fosse o cruzeiro o eliminado o texto seria feito em favor do cruzeiro e desmerecendo o vencedor, penalti, como se o juiz teria parado o lance em uma falta no zagueiro do cruzeiro, observem antes para depois berrar por aí, entao conclui-se, vou menosprezar quem passar, pois eles não sao paulistas(carioca) mesmo, entenderam, mineiros e gauchos, somos nós contra a imprensa rio-são paulo, mauro beting, você é ridiculo bairrista e agora tem que me aceitar, pois de acordo com o STF também sou jornalista, deve ser por isso que o Supremo decidiu assim, cansou de ler, ver e ouvir uma imprensa pré-concebida, vão gritar TIMÃO em suas redações, jornalistas diplomados, ou Não.

  • Marcos

    “querendo enxergar o que não existe” Quem é você pra dizer o que existe e o que não existe?

    Marcos, estou escrevendo para os que acham que eu tenho intenção de fazer algo contra ou torcer contra o Cruzeiro. apenas isso.

    mas, perdão. já percebi que você é aquilo que Ricardo Noblat diz: “médico acha que é Deus; jornalista tem certeza”.

    ah, sim, e leia o texto que vou postar em breve.

    vou tentar me explicar melhor.

    até você merece uma explicação melhor.

  • Rodrigo

    “A arbitragem decidiu o jogo.” Como foi ditoo por um amigo a Cima …
    realidade pura, no primeiro jogo aquele gol do Gremio , em que a bola bate na mão do Kleber , aquilo nunca existiu e o escanteio do Grêmio em que o jogador do Grêmio cabeceia a bola para fora e o Juiz marca escanteio para o Gremio??
    é Realmente a Arbitragem decidiu o jogo!

  • Tiago Zapatista

    O q tenho a dizer é q, o tal penalti no Herrera, se reparar bem na mesma jogada, o zagueiro do Cruzeiro é puxado por outro gremista discaradamente, antes do Herrera sofrer o penalti. O escanteio q resultou no gol gremista, não existiu, foi claro, nem precisava de replay. E o gol dos gremistas no mineirão q deu essa sobrevida pra eles, a falta não existiu, se tivesse q marcar falta, teria q ser o jogo perigoso do Souza q levantou o pé na cabeça do Kleber. Finalizando, so erraram a favor dos fregueses imortais

  • DIEGO ROCHA

    MAURO, sua análise está equivocada.
    Cruzeiro jogou com sabedoria e inteligência de um time que tinha o resultado na mão. Por causa de imprensa bairrista como a do Brasil, não reconhecem a escola de futebol CRUZEIRO ESPORTE CLUBE. Se curvem para LA BESTIA.

  • DIEGO ROCHA

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

  • Douglas

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

    DOUGLAS, obrigado por postar este texto inédito no blog.
    texto, aliás, muito bem escrito, e com muitos fatos também comentados por este blogueiro.

  • alvaro

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

  • Marcos

    Preconceito com quem tem diploma? Estou é mostrando minha revolta com você, que tem diploma e infelizmente não fez o máximo que pode, como um jornalista respeitado que é.

    Obrigado Mauro. Mas denuncismo barato? Qualquer denuncismo que tenha fundamento é válido. Barato é o trabalho que vocês jornalistas paulistas fazem na nossa imprensa. É público e notório que todos vocês da Bandeirantes puxam sardinha para o seu estado e seus clubes. Não me venha fazer de palhaço.

    MARCOS, na boa, você é inteligente e sabe argumentar.
    mas não generalize, um erro crasso de nós, jornalistas.

    todos nós da Bandeirantes? todos?

    este blog é da Bandeirantes ou do LANCE!?

    eu trabalho na rádio Bandeirantes e no Bandsports. e no grupo Lance!, no Yahoo!, na Universidade do Futebol, na TV Esporte Interativo, e estou escrevendo dois livros para duas editoras diferentes.

    imagine se eu puxasse sardinha para todos os meus patrões.

  • Lucas Maia

    Futebol é assim, quem não faz…

    Independentemente do futebol apresentado, NÃO foi sorte do cruzeiro aproveitar a primeira oportunidade de gol. Isso é mérito. Coisa que o grêmio não teve. Chorem comentaristas do Brasil

  • Fabricia

    Engraçado falarem tanto do Cruzeiro jogar fora de casa acuado.
    Quem é que precisava do resultado? Que eu saivba o Cruzeiro saiu na frente e nem tinha que se esforçar! O tão aclamado Grêmio não vencia em casa pela libertadores a tempos e sua deficiencia não é somente nas finalizações, duas ou tres peças ali funcionam, o resto é resto. Realmente o Cruzeiro não apresentou seu MELHOR futebol, porque se assim tivesse feito teria goleado nos dois jogos, sem direito a chororô.
    O importante é bola na rede, libertadores é raça!

    FABRICIA, concordamos em praticamente tudo.

  • Marcos

    Ricardo Noblat diz: “médico acha que é Deus; jornalista tem certeza”.

    Quem está achando que é Deus é você, não respeitando meus comentários e se negando a enxergar os fatos.
    Passar bem.

    MARCOS, Marcos…

    Eu não “respeito” seus comentários ou vc não pode ser contrariado?

    Fui eu quem escreveu que atendo a interesses de clubes e emissoras? ou seria o seu complexo de perseguição e perseguidor?

  • Marcos

    Não generalizo. Mas então use os toques que você me deu para a partir de agora também não generalizar nos seus textos e comentários.

    MARCOS, boa, cara. concordo contigo. erramos muito. todos nós. ao menos é legal este espaço para o debate, até para meter a mãe no meio. isso é maravilhoso em blogs. e não quero perder a chance de debater, sobretudo quando erro. e assumo o erro.

  • Luiz Henrique

    Perdi meu tempo lendo isso e faço questao de perder pra comentar…
    Mauro…como escritor vc é um pessimo comentarista de futebol!

    eu perdi meu tempo…vc perdeu o seu ao escrever essa analise!
    um time q chega na final como o cruzeiro e vc escreve pra da ênfase a derrota do gremio…e nao a vitoria do cruzeiro! que mané q vc eh cara…

    so me responde uma coisa…
    UM TIME ESTA VENCENDO POR 2×0 E SE CLASSIFICANDO PRA FINAL E O ADVERSARIO PRECISA FAZER 5 GOLS…
    ESSE TIME PRECISA SE PREOCUPAR EM MARCAR MAIS PRA SER MERECEDOR DA CLASSIFICAÇÃO??

    VEJA AS CAMPANHAS SEU BABACA…
    O GREMIO EMPATO OS DOIS JOGOS DA QUARTA DE FINAL CONTRA O PIOR TIME DA 1º FASE…

    sabe oq eu acho engraçado?!?!
    você enche o rabo de grana com propagandas nesses blogs…e soh escrevem asneiras pra provocar os torcedores!!
    ai…nós que gostamos de perder tempo…comentamos essas merdas com o intuito de defender a moral do nosso time…que infelizmente é desvalorizada!

    essa jogadas suas realmente da certo…parabens!!
    porem suas palavras podia ser elogiadas por todos…se fosse escritas com as maos agindo junto com a cabeça.

    PARA DE PERDER SUA FAMA ESCREVENDO PROVOCAÇÕES!
    SAIA DA INTERNET E VAI LE UM LIVRO…
    QUEM SABE ASSIM VC PODE SER AMADO POR TODOS…

    soh mais uma coisa que ta engasgado aqui desde que terminei de le sua analise….

    DA-LHE CRUZEIRO NA FINAL…
    e VAI TOMA NO … MAURO!

    obs: soh nao completei pq espero que meu comentario seja aceito para q todos vejam minha opniao…
    se você nao tem medo das criticas…aceite! ,,i,,

    LUIZ HENRIQUE, obrigado por sua atenção e educação.
    tem um texto novo a respeito que tenta justificar algumas pisadas minhas.
    o que, claro, não abre tanto o campo para tudo aquilo que vc escreveu.
    mas faz parte do jogo.
    como também faz parte o que foi escrito por mim e por você. concordamos quanto a quase tudo. a diferença é o tom. eu não fui efusivo como deveria ser, diferentemente de vc.
    mas eu mereço as orelhas puxadas. talvez não arrancadas por você e por não poucos.

    espero que vc tenha lido este meu comentário.

    e juro que não me irrito e nem perco tempo respondendo a isso. o erro é meu. e a reação forte sua é pelos anos de erros do tipo feitos pela imprensa.

    mas, por favor, entenda que não foi premeditado.

  • Marcos

    Quem sou eu para não ser contrariado. No que eu estiver errado no que falei, baixo as orelhas. Não existe complexo nisso, muito menos psicanálise de Jornalista né? Eu disse e repito. Quero ver você contariar o que seus patrões paulistas pensam.

  • Carlos Tiago

    Beting

    Você é toda a imprensa bairrista que adora fingir que entende de futebol, mais sempre fala o óbvio, sempre tenta agradar alguém por algum interesse ou por paixonite, vão ter que ENGOLIR O CRUZEIRO

    Porque ninguém fala a verdade: “Foi só o Gremio enfrentar um time de verdade e que deu adeus a Libertadores”

    Vocês da Band estão tristes pq não tem um paulista na final da Libertadores, principalmente o Corinthians (que eu nunca vi ganhar um titulo sem ajuda do juiz), mais futebol é assim. Talvez se a Libertadores fosse apitado só por juizes brasileiros o São Paulo estaria na final e o Corinthians já teria vencido o torneio

    Volto a dizer, você é bairrista e só repete o que a imprensa do eixo fala e quer ouvir

    E dou uma dica: Sempre que você fala de Cruzeiro e Atletico Mineiro, vc escreve um monte de asneiras. Isso porque só acompanhas os clubes em jogos importantes e em VT das TV. Não tente falar sobre algo que vc não conhece, deixa o futebol de Minas pros mineiros, só senta e aplauda o Cruzeiro

    CARLOS, do mesmo modo que não vou pedir para você só falar dos mineiros, também não peça o mesmo. até porque sou pago para isso.

    (sim… pode falar que sou muito bem pago para fazer tanta porcaria… que devo ser pago pelos clubes do eixo do mal… que estou na ficha da cia, da kgb, do mossad…)

  • Willer Araújo

    Mauro Beting , desculpe mais sua análise foi ridícula.

    No primeiro jogo fomos garfados na falta que gerou o gol do Souza ( um toque de mão sem qualquer intenção). 3×0 não seria um resultado melhor?

    Então o Cruzeiro não tem méritos de participar da final ?

    Deve ser muito triste mesmo um time derrubar Muricy Ramalho (tri brasileiro) e dar uma aula de futebol dentro do própio Morumbi.

    Desculpe se você não está acustumado com Libertadores .

    Rumo ao tricampeonato!

    WILLER, por favor, leia o post “CRUZEIRO FAVORITO”

  • Ricardo freitas

    Mauro te parabenizo pelos teus comentarios na maioria das vezes imparcias, mas hoje não gostei da sua analise do jogo. No mineirão o cruzeiro começou sim muito mal o jogo, o grêmio teve suas chances, na minha opinião mais pela confusão provacada pelas improvisaçõs de ultima hora do A.B, que meritos do grêmio. Tiveram chances e não aproveitaram e o cruzeiro por sua vez chegou e marcou. no segundo tempo, corrigido os problemas o cruzeiro foi muito superior, a ponto de quase “nocautiar” o grêmio em campo. A contusão do arbitro foi a salvação deles. No segundo jogo, o grêmio foi para cima, “cercou” o time do cruzeiro, que na minha maneira de ver, esperava o momento exato para sair e desferir o golpe final. Eles jogavam por 2 gols, nós pela classificação.

    Quanto aos “erros” de arbitragem, no mineirão houve um penal claro no W.paulista, quando faria o quarto gol no segundo tempo, a falta do kleber no gol do souza que não existiu. No olimpico, pra mim penalti no herrera, mas no lance do gol do grêmio não houve escanteio. Até nos erros fomas mais prejudicados, então, vamos parar de tentar justificar a derrota do grêmio e enaltecer este feito do cruzeiro, que apesar de não gozar da preferencia da midia do eixo, está sempre beliscando seus canecos!!

    Parabéns e continue com a sua imparcialidade, não se misture a “gentalha”!!

    RICARDO, obrigado também pelas críticas.
    tem um novo texto a respeito.

  • Marcos

    Fechou então Mauro. Boa sorte na profissão e que continuemos aprendendo com nossos erros, principalmente quando geram repercussão.

    MARCOS, boa, cara. Aprendi muito contigo e com todos os que postaram, dos mais virulentos e violentos aos mais cordatos e equilibrados – o que não significa dizer que os mais virulentos, por exemplo, não tenham equilíbrio.

  • Otávio Lucinda

    Prezado Mauro,
    gostaria que você fizesse um comentário a respeito da absurda atitude da TV Globo que ‘puxou’ o jogo Corinthians x Fluminense para a quarta e NÃO TRANSMITIRÁ A FINAL DE UMA LIBERTADORES QUE CONTA COM UM BRASILEIRO.
    Até quando esse bairrismo repugnante, nojento, imbecil ?
    Abraços.

    OTÁVIO, quem paga QUASE sempre tem razão. é prática odiosa essa. culpa do negócio de mídia EXAGERADAMENTE refém dos índices de audiência – mais dos índices que da audiência. lamentável.

  • ana

    Mauro,imparcialidade é realmente seu forte,não é?E outra coisa,você é jornalista?Pois não parece…Alias,essa COISA que eu li não pode ser chamado de analise…o seu deprimente texto mais parece buscar motivos pela derrota do gremio do que avaliar e parabenizar a vitoria do cruzeiro e sua conquista para a final da libertadores. Isso tem nome(como alguém ja disse),e se chama DOR DE COTOVELO.
    Desmerecer a vitoria do meu time não fará o seu chegar à final de mais uma libertadores,nem fará ele alcançar a vitoria…
    Se você não aceita esse fato,eu só lamento,alias não,te dou um conselho,
    fique de boa ai e ACEITE que o cruzeiro está na final.
    abraço

    ANA, não sei se foi ato falho seu ou ironia, mas tento ser imparcial. tento…
    no mais, tem todo um texto novo – CRUZEIRO FAVORITO – a respeito.
    e, no mais, é o que já comentei.

    boa sorte na decisão. acho que vai ser tri.

    como escrevi, comentei…

  • Leo Costa

    Mauro? A questão é que nós mineiros estamos cansados de ver todo dia…
    São Paulo, Palmeiras, Santos, Corinthians… Todo dia a mesma coisa… Fiquei extremamente chateado quando na hora do meu almoço( do trabalho) que liguei a tv pra acompanhar a grande conquista do Cruzeiro que é chegar em uma final de libertadores contra um time ARGENTINO representando o futebol brasileiro contra nossos maiores rivais e ficam incriveis duas horas mostrando o presidente Lula levantando a taça da copa do brasil ganha pelo Corinthians… Apenas 2 minutos… isso mesmo… 2 minutos pra falar do Cruzeiro na final… Vão mim disculpar tomei uma bronca do chefe por chegar meia hora a mais do almoço…
    Que isso!!! Falta de Respeito Com o torcedor mineiro. Copa do Brasil o Cruzeiro Tem 4. E a muito ja não disputa pois libertadores é para os melhores dos melhores, quem a disputa não esta na copa do Brasil.
    Do fundo do meu Coração quero que times paulistas e cariocas vão pros quinto dos inferno. Corinthians nunca ira ganhar uma libertadores. Libertadores é pra time que tem tradição,respeito,honra e acima de tudo história. Corinthians na américa do sul é igual Caracas, Deportivo quito, defensor esses times sem muita expresão. Não tem um peso e um respeito de River Plate, Estudiantes,Grêmio,São Paulo,Boca Junior e CRUZEIRO.
    Podem contratar quem vcs quizerem vcs não aguentaram uma libertadores da america.
    E finalizando o Cruzeiro é mais time que Estudiantes mas final é final. Toda Minas Gerais acredita na Rapoza. Força,garra,amor e fé Cruzeiro a “Bestia Negra” da América honre o nome do Brasil e cale a imprensa paulista e carioca… E quem achou ruim que cegue…

    LEO,vc tem toda razão. é uma longa discussão que tenho em São Paulo. muitas vezes a perco. mas, nos programas que apresento, a lógica é outra. é só ver o que faço no Bandsports e na TV Esporte Interativo, e mesmo na maioria de meus comentários – menos o anterior…

    para a imprensa paulista, muitas vezes, não é o Cruzeiro que vence no Mineirão; é o Corinthians que perde fora de casa.

    é um entre tantos erros.

    mais falamos do lateral-esquerdo reserva do Palmeiras que do camisa 10 do Cruzeiro.

  • João Zocrato

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

  • Alexandre Rosa

    Boa noite Mauro,
    Não estou aqui para discutir o seu talento jornalistico, isto é fato e não tem discussão. Estou aqui para que você me ajude a entender a forma de pensar da impressa do eixo Rio-SP.
    Definitivamente o Cruzeiro não jogou o seu melhor futebol ontem, mas demonstrou calma e maturidade para se garantir na final do torneio mais importante das Américas. Quando digo que o Cruzeiro não jogou o seu melhor futebol é pq sei do enorme potencial desta equipe. Com o futebol de ontem, creio que seriamos campeões de qualquer competição nacional. Além do mais temos que destacar a vontade dos jogadores do Grêmio que dificultaram as coisa para a equipe celeste.
    Como maior o grande aglomerado poulacional e econômico esta no eixo Rio-SP ate entendo equipe destas localidades terem mais destaque na mídia, vai ver pq vende mais, é a lei do mercado. O que não justifica os comentários distorcidos e bairristas que ouvimos por ai. Um exemplo, (que não envolve o meu Cruzeiro – para não me chamarem de bairrista) Falou-se muito da atitude anti desportiva do DÁlessandro na final da Copa do Brasil. Achei tão anti desportivo o deboche do goleiro Felipe (de falhas homéricas contra Palmeiras e Santos este ano) ao final do jogo, ao chamar o inter de “Chororado”. Pouco foi falado.
    Bom, final de Libertadores é imprevisivel, apesar da campanha do Cruzeiro ser incontestável, tudo pode acontecer. Peço a Grande Nação Azul que apoie o time (outras torcidas de bem são sempre bem vindas), aos jornalistas (pelo menos os mineiros) que não tentem desestruturar o time e apoiem tambem a medida do possível. Avente Bestia Negra.

  • Fernando olivira

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

    FERNANDO, leia o post CRUZEIRO FAVORITO.

  • Henrique Bernardo Correia de Lacerda Aguiar

    É uma lastima ver, um jornalista que em seu blog se diz ser tão informado e entendido na área esportiva, não ser capaz de enaltecer a vitória de um time como o Cruzeiro, quando a mesma fora justa e merecida.
    Falar unicamente dos erros do Grêmio?Da torcida racista(Porque a unica bandeira que eu vi de Adolf Hitler em um estádio de futebol pertence a torcida do Grêmio)?
    Concordo que o Cruzeiro deixou a desejar, porém em um jogo no qual o adversário precisa correr atrás do prejuizo, se esforçar a ponto de ocasionar uma lesão em um elenco que praticamente tem um time no departamento médico seria inrresponsável.O Cruzeiro jogou para manter um resultado favorável, impedir que o placar sofresse um revez para o time mineiro.
    Vale tambem ressaltar que nenhum momento desse seu comentário você disse o que mais marcou esse jogo, que foi o racismo cometido por Maxi Lopes e boa parte da torcida do Grêmio que chegaram ao ponto de imitar ruidos de macacos quando Elicarlos entrou em campo.O clima de revanchismo e de guerra criado pelos gremistas no orkut, o racismo explicito discaradamente em um jogo de futebol no país onde a maioria da população é mestiça, e não lhe chama nenhuma atenção?

    Mas escrevo este comentário para que você e boa parte da imprensa deste país preste bastante atenção no que um time que em muitas vezes foi chamado de cavalo paraguaio, ou um time desacreditado ou desqualificado pode fazer.O Cruzeiro ontem jogou apenas para manter a classificação para o jogo da final, porque uma coisa independente de você torcer para qualquer resultado, ou pertencer a qualquer(como você mesmo disse em um comentário acima em seu blog) do “eixo do mal”: se a situação fosse diferente, e o Cruzeiro estivesse precisando de um resultado ou fosse mais conveniente ampliar a vantagem dando raça e possivelmente sangue, o Cruzeiro iria mostrar o porque da fama de Bestia Negra.

    Possivelmente você deve ter percebido que eu sou cruzeirense.Provavelmente deve achar que escrevo esse comentário reclamando do seu blog e do seu trabalho cegado pelo amor ao meu time?Mas gostaria muito de ressaltar que estou me formando em jornalismo e que a minha tese para a minha monografia é sobre a parcialidade da imprensa brasileira que visa unicamente “vender o seu peixe” e levando a uma alienação total da população do Brasil.
    Gostaria de esclarecer que possivelmente você não escreveria esse comentário em seu blog se não fosse para divulgar as suas idéias e vender o seu tambem.Quem não gostaria dos seus 15 minutos de fama?
    Só torço para que você se torne um pouco mais imparcial, e trate de lembrar que o jogo de ontem foi disputado por duas equipes, e a equipe que se classificou foi a melhor nos dois jogos
    Grato pela sua atenção

    HENRIQUE, valeu pelos toques, educação e inteligência.
    leia meu novo post CRUZEIRO FAVORITO.
    e espero que você possa ter tido acesso ao meu texto no livro FORMAÇÃO E INFORMAÇÃO ESPORTIVA, da editora Summus.

    talvez eu reproduza parte dele neste blog. trata sobre o bairrismo da imprensa.

    coisa que abomino. e, vez por outra, involuntariamente, pratico.

  • Tânia

    “* Além de gols perdidos, o Grêmio teve lances mal interpretados pelo apito. Uma jogada que parou por impedimento inexistente poderia dar em gol; Leonardo Silva agarrou Herrera aos 28 e não foi marcado o pênalti.”

    Por favor, quem estava no lance era o Fabinho!

    Não quero entrar na discussão acima, até pq ela sempre irá existir, geralmente os q pedem imparcialidade só querem ouvir a mesma opiniao q a deles, opinioes contrarias sao automaticamente descartadas…

    Mas entre os erros ai, pq nao citou o lance do primeiro gol do Gremio? Ou vc viu escanteio no lance e acha q não houve erro?

  • Bruno

    Um comentarista que eu admirava ate ter lido esse texto!!

    em vez de falar sobrbe as qualidades do vencedor( qeu é muito melhor time que o Gremio)

    vc acabou desmerecendo a vitoria do cruzeiro!!
    como se fosse um demerito perder para este clube!!

    ASS: UM EX EITOR SEU!

    EX-LEITOR BRUNO, por favor, e sem querer fazer média, dá uma lida no post CRUZEIRO FAVORITO. não sei se ainda vale algo.

    abs, bom fim de semana, e boa sorte no tri que acredito – e torço.

  • Janaína

    Gostei da análise. /ironia

    JANAÍNA, sem ironia, leia meu post CRUZEIRO FAVORITO. Sem ironia. Apenas respeito e um pedido de desculpas pelo tom equivocado da minha parte.

  • Gustavo

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

    GUSTAVO, nao sei pq acho que já li este texto em algum lugar… Mas vale a pena reler. é bem escrito.

    bom fim de semana e ótima decisão.

  • Lucas Salles

    Mauro,

    Postei o texto escrito por mim na comunidade do Cruzeiro no Orkut, como forma de mostrar toda a minha indignação perante os comentários a respeito desse jogo e dá má vontade da imprensa com os times de fora do eixo. Citei seu blog pois acompanho aqui todos os seus posts e ainda o coloquei como um dos jornalistas mais conceituados do país. Porém, a torcida do finalista da Libertadores, quer vocês queiram ou não, concordou em gênero, número e grau com o que foi dito por mim e que fora copiado em tantas outras respostas. Esse bairrismo há de acabar, essa perseguição, por mais que você insista em dizer que não ocorre, é visível e inoportuna diante da fase em que se encontra o maior time de Minas Gerais.
    Agradeço o espaço e faço a ressalva de que não pretendia com isso que pessoas que não acompanhem seu trabalho viessem até aqui lhe escrever tantas baboseiras mas não pude deixar de mostrar minha total insatisfação com um jornalista o qual admiro, mas que se mostra ainda influenciado por essa imprensa nojenta e parcial.

    LUCAS, reiterando, parabéns pelo texto.
    e, repito, faz parte a reação. ainda mais de um trabalho tào público como o meu. e fui eu o causador de tudo isso/
    por favor, não precisa explicar que você não tinha a intenção desta enxurrada. sei que você tem boa intenção. para mim é claro.
    pena que alguns não querem entender que eu também não tive a intenção manifesta no cometário do jogo.

    ah, claro, e se você quiser espalhar minhas desculpas, meu novo texto, também sem problemas.
    abração, e parabéns pelo texto, educação. e, claro, pelo time.

  • Rubens Morais

    Olha, devo admitir que você foi infeliz em algumas partes nesse texto.
    Mas devo admitir também sua humildade em dizer que errou, e que está preparando um novo texto para “explicar” algumas falhas.

    Errar é para muitos, admitir e correr atrás para consertar é para poucos!

    Saudações celestes!

  • Lucas Salles

    Mauro,

    obrigado pelo bem escrito mas não faça ironias quanto a ele. Se foi copiado tantas vezes, fora de contexto não se pode estar.

  • Lucas

    ACORDA SEU MANGOLL !
    AXO Q VC VIU JOGO ERRADO 😉

  • http://do-ouglinhas@hotmail.com Douglas DUARTINA SP

    “AUTUORI & SOUZA”

    Quem tem SOUZA como Craq do TIME. Vai querer oque +?????
    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

    Qdo o P.AUTUORI CHEGOU no SÃO PAULO, TOMOU À seguinte decisão: “NÃO LEVOU o SOUZA p/ o JAPÃO naquela DECISÃO CONTRA o LIVERPOOL”
    Autuori tava CERTO, NÃO LEVOU o SOUZA e FOI CAMPEÃO!!!!
    E agora o SOUZA era o CRAQ do TIME dele.

    OLHA OQUE ACONTECEU!? AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA…

  • Ana

    Acho que a imprensa,no geral,estão confundindo “criador e criatura”,
    se é que aqui cabe essa comparação.Exaltam o título do Corinthians,pois garantem-lhes a disputa da Libertadores do ano que vem,e pouco destacam a final dessa mesma Libertadores.Será que a próxima valerá “dois” títulos?Ah,para os desinformados,é o que parece,Cruzeiro e Grêmio sozinhos tem quase a metade desse torneio(quantidade de disputas)e olhem que disputaram pouquissímas pois estavam na libertadores….

  • Ana

    Ah, me esqueci.Soy loco por “TRI” América!!!!!Dá-lhe CRUZEIRÃO!!!!!
    Apesar de tudo sempre gostei muito do GRÊMIO.

  • edim

    uma vez na final da copa do brasil de 1996, um jornalista o Sr. Orlando Duarte, disse na partida da final, jogo de volta no Palestra Itália: “esse jogo tem um nome, SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS”., sabemos do resultado final do jogo, sim o palmeiras era um timaço, mas o que aprendemos com isso?. Errou quem respondeu que o futebol é imprevisível, acertou quem respondeu o incrível “bairrismo” falta de profissionalismo, e tudo que mostra o desrespeito por um estado inteiro e seu futebol, então o que devo falar do Texto do sr, beting é que nota-se uma incrível inveja do time azul, do time azul ser mineiro, e não depender da midia rio-sao paulo, ficamos indignados com seu texto sim, parece que o Cruzeiro roubou a vaga do Grêmio, sem ter feito nada para merecer, digo mais, seria o mesmo, se a vaga fosse para o Grêmio, ou seja sempre teremos que provar mais e sermos mais, parabéns Corinthians seu campeonato o leva a libertadores, o Cruzeiro já esta na final esse ano, ah, esqueci, da copa do brasil, temos 04 títulos, abraços a todos.

    EDIM, leia o post CRUZEIRO FAVORITO. em, desde já, não foi a intenção que vc depreendeu, tb por considerar que tudo está contra você.

  • Alex

    Caro,

    Você foi infeliz em seus comentários, acho q imparcialidade é etica na tua profissão.

    ALEX, entendido e respeitado.

    leia meu texto CRUZEIRO FAVORITO, por favor.

    bom fim de semana, e ótimo tri.

  • SHeV

    Recalcada imprensa, sinto muito. O Cruzeiro simplesmente destruiu o sonho de vocês. Eliminou todos os times que ousaram atravessar em sua frente. Contra tudo e contra todos vamos em busca do tri. Sinto muito. É de verdade e de coração. Para vocês, imprensa recalcada, é difícil enxergar o obvio?! Desde quando chuveirinho na área é chance de gol? Já foi-se o tempo deste futebol fraco e sem talento. Estás ultrapassado. Recicle a sua visão futebolística e seus comentários. Não Chore por favor! Não me venha falar de arbitragem, pois no jogo de ida foi preciso o juiz (reserva) inventar uma falta para o Souza (Este sim, o único lúcido neste time horrível do Grêmio) fazer um golzinho de honra. No jogo de volta, Cruzeiro jogou com sabedoria, com o regulamento debaixo do braço e em
    nenhum momento foi pressionado pela equipe gremista (este sim, tinha que ir para cima e tentar fazer dois gols). Só ameaçou pelo famoso e ridículo chuveirinho na área. Porém, Heleno e Leo Silva reinaram absolutos. Sem contar a mágia de um gladiador chamado Kleber, que chama o jogo pra si e encanta (as torcidas e os times adversários ficam atordoados, inventando historinhas de que ele é um jogador maldoso. Ele regenerou-se. É verdade, podem acreditar. Veio para um time de estrutura e vencedor, que lhe deu apoio e assistência necessária para que se preocupasse apenas em jogar futebol. É louvável e tem dado certo); as milagrosas defesas do melhor goleiro do Brasil: Fábio; a genialidade de Marquinhos Paraná; a garra de Fabinho; as assistências de Magrão e do melhor lateral direito do Brasil atualmente: Jonatan; o oportunismo de Wellington Paulista. E não menos importante, está a prestatividade, união e obediência de todos os outros jogadores. Um grupo forte e coeso, que tem no comando o excelente Adilson Batista (um estudioso do futebol, que inventa diversas e variadas formas para ganhar o jogo). E desculpe mais uma vez, não foi o Grêmio que perdeu, foi o Cruzeiro que Ganhou, absoluto e sem dificuldades! Semi-final fácil, assim como as quartas e as oitavas. Espero uma final digna, entre os dois melhores times da América (Que por coincidência ou não, saíram do mesmo grupo). E que vença o melhor. Desculpe imprensa recalcada. Desculpe!
    Vamos Vamos Cruzeiro Querido de Tradição. Libertadores.. Ser Campeão!

    THIAGO, leia o post CRUZEIRO FAVORITO

  • Léo Guimarães

    ah tah…é isso ae.. foi o Gremi que perdeu o jogo entao né?
    nao foi o cruzeiro que se classificou….foi o Gremio que perdeu chances!
    ah tah!…entendi!! …vc foi ridículo em seu texto!

  • Andre

    CRUZEIRO REPRESENTANTE DA SUA TORCIDA…NAUM DO BRASIL..!!!

  • Francys Souza dos Santos

    Um dos unicos q defedem o Cruzeiro e q falou q o Cruzeiro ia ser campeão
    da libertadores foi o Neto, só ele é absolvido dessa imprensa paulista e carioca.
    Nunca precisamos e nem precisarenos desses ” imparciais jornalistas” para nos ajudarem.

    Vamo Cruzeiro rumo ao Tri ,calar a boca deses que se dizem “jornalistas”

    FRANCYS, eu também disse

  • Henrique

    Olá, li até os 76 comentários e não aguentei mais, li o texto do Cruzeiro favorito. Não tenho muito que dizer, apenas tenho algumas posições a tomar.
    É a primeira vez que venho no seu blog para ver a notícia, me senti como todos os outros que vieram aqui, Cruzeirense. O texto que você fez para se “desculpar” não foi uma forma convicente de desculpa. Tudo bem, ser humano erra, mas tome mais cuidado ao redigir um trabalho e publicá-lo. Há erros que são toleráveis, outros que até podem nos arruinar. Passar bem.

  • Lucas Fernandes

    parabens… mostrou mais uma vez o tanto q vcs são contra times mineiros… mas ker saber… vcs q se fodam jornalistas torcedores, ou seria torcedores jornalistas?? vamos ser tri e vcs vão ter de engulirem isso… essa imprensa brasileira é ridicula…

  • Bruno Ribeiro

    Laméntável sua análise do confronto entre o melhor time do Brasil na atualidade, contra os gaúchos … esse tipo de análise me faz ter a certeza de que títulos importantes só tem seu devido valor se for ganho pelos times de SP e RJ, como pode ter um “profissional” como vc usando de um canal de mídia tão forte para poder apagar o brilho de uma campanha irretocável como a do time celeste, mas, nossa história fala mais alto, estamos à 12 dias de levantarmos o troféu do torneio mais importante do continente e temos a certeza de que esse título será ganho, mas será ganho para nossa torcida e não estamos afim de escutarmos aquelas mazelas de que o Cruzeiro é o Brasil na final da Libertadores, isso não! O Cruzeiro é sua torcida, sua história, representa uma nação de guerreiros que dentro de campo e nas arquibancadas fizeram e ainda farão a América se curvar mais uma vez a nossa escola de Futebol.
    Mesmo que isso não represente nada para “vcs”, saiba que para mais de 7 milhões de apaixonados celestes, isso vai valer a pena e muito… seremos campeões e vcs terão que fingir que foi só mais uma zebra … e ainda irão fazer campanha pelo “queridinho campeão da copa do brasil 2009” que apenas e somente apenas disputará mais uma edição da sonhada libertadores … continue criticando o Cruzeiro e torcendo descaradamente contra, isso só nos fortalece … e lembre-se, Libertadores é 100000000000000000000000000000000 vezes mais importante que uma copinha do brasil, digo isso com a autoridade de quem já comemorou 4 vezes esse torneio … reflita sobre oq vc escreveu em seu blog, quando pessoas iguais a vc criticam sem ter argumentos, só por dor de cotuvelo, conssegue irritar milhares de pessoas … e aproveita e chora porque quem vai decidir a final da Copa Santander Libertadores 2009 somos nós !!!!

  • Lucas Fernandes

    o cruzeiro naum precisa de vcs naum… a gente faz a nossa historia… e o cruzeiro representa apenas sua nação nessa final… pessam ao corinthians ano q vem pra representar esse país de jornalistas torcedores e manipuladores!!!

  • Sakae

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra. [x]

  • Guilherme Alves

    eh isso aew galera,gremio que perdeu,spfc que perdeu sempre assim!
    MAS O CRUZEIRO VAI E GANHA TUDO MSM,CALA A BOCA DESSA IMPRESSA BAIRRISTA E POR ISSO EH COPEIRO ASSIM!
    FALEM OQUE QUISER,EXALTEM CORINTHIANS,FLAMENGO E CIA…
    DEIXEM O CRUZEIRO DE LADO MSM,VAMOS QUIETINHUS SEMPRE,E GANHAMOS NU FINAL,FALEM OQUE QUISER,O CRUZEIRO EH FODA MSM E SERA TRI!
    NAO ME VENHA QUE AGORA O CRUZEIRO EH O BRASIL NA FINAL!
    SPFC E GREMIO QUE ERAM NEH? ANTES N ERA O CRUZEIRO LEGAL!

    VAMOS CRUZERIO QUERIDO DE TRADIÇÃO!! LIBERTADORESS SER CAMPEÃO!!!

  • Estudiantes tetra

    bOa analise !! gosteii O cruzeiro com um time infinatamente melhor precisou de alguns impurramzinhos da arbitragem e erros toscos dos atacantes gremistas para conceguir essa vaga q o Gremio poderia ter matado tranquilamente em BH !!
    Mas é do jogo !! nem sempre o favorito joga melhor e nem sempre o q joga melhor ganha!!!
    Abraçoo

  • Francys Souza dos Santos

    Mauro Beting, venho agradecer por vc ter respondido ao meu comentário,
    mas vc sabe q vc e a grande maioria dos “jornalistas” não tem olhado pelo
    lado de Minas. Vcs ficam ai fazendo tempestades em copo de água com Palmeiras, São Paulo, Santos, e até o proprio Corinthians q tem 3 Copas do Brasil e nenhuma Libertadores e o Cruzeiro tem 4 Copas e 2 Libertadores. Peço que olhem mais pro lado de Minas e que não se centralizem o futebol no eixo Rio-São Paulo.
    Já vi vc defendendo o Cruzeiro, quando aquele chato do Milton Neves fik falando do “galo mais lindo do mundo” .Vc é jornalista coerente e espero que esse erro não se repita. Obrigado

  • Fael

    Mauro, sou cruzeirense e assíduo frequentador do seu blog. Parabéns pela honestidade. O Cruzeiro evoluiu muito nessa Libertadores e merece levar o TRI para Minas Gerais. Você tem crédito com a imensa torcida celeste espalhada por esse mundão. Abraço!

  • RODOLFO

    HAHAHAHAHAHAHAHA

    Que bombardeio!!!

    Mauro, sabia que a mesma coisa aconteceu com o Ledio carmona?

    É sério! Pergute a ele. Se não me engano, foi após o jogo contra o flamengo, na segunda rodada do Brasileirão do ano passado.

    No dia seguinte ele se desculpou e explicou que o texto havia sido obra do estagiário. Alguns dias depois o blog (jogo aberto) foi fechado.

    Foi ai que o Ledio decidiu pelo novo blog, onde somente ele escreve. A china azul derrubou o estagiário. Mas o texto foi realmente ridículo e revoltante. Muito pior que o seu (desculpa, mas não podia deixar de te alfinetar rsrsrs).

    Sou cruzeirense apaixonado, e da minha parte, seu pedido de desculpas está aceito.

    Se você vai torcer pelo cruzeiro ou não, tanto faz. Acho que esse direito (de escolha) você ainda tem né. Escolha pra quem torcer. Todo mundo pode, porque um jornalista não? So não leve isso pro trabalho. Lá não.

    Não sei porque as pessoas ficam acham ser bairrismo a opinião expressada no blog. Acho que o blog é o espaço onde o jornalista deve expressar a opinião própria. Como fazem em um bate-papo entre amigos no botequim.

    Se eu estiver sentado na meso do bar com 2 gremistas e eles emitirem as mesmas opiniões que você, não me vejo partindo pra cima deles com agressões (fisicas ou verbais). Atacarei sim, mas com argumentos convincentes e espirito esportivo. Não vejo porque ser diferente em um blog.

    Pq as pessoas são mais educadas, mais respeitosas e tolerantes quando estão frente a frente?
    Pra que tantos chingamentos, tanta necessidade de se firmar via internet?

    Me explica ai Mauro, sou um sujeito meio matuto desse mundo virtual.

    RODOLFO, quem é que sabe? eu não sei. e não tenho a menor ideia. abraçao.

  • RODOLFO

    Nãp conhecia e gostei muito do blog. Ja vai pro [favoritos].

  • Leandro Martins

    Mauro, voce no seu primeiro texto so expressou a realidade do jogo, um Gremio sempre pra cima e um Cruzeiro que nao se impunha.
    So que estamos em um jogo de mata mata, o Cruzeiro ja tinha vantagem que ampliou ainda mais durante o jogo, natural que o time tivesse a atuaçao que teve.
    As vezes todos esperam que determinado time chegue em qualquer lugar e se imponha, na fique so se defendendo, e hoje isso e coisa rara no futebol.

  • Diego

    É deprimente e ao mesmo tempo cômico ter que ver a imprensa brasileira, ou melhor(pior), paulista e carioca, ter que se curvar diante da beleza, da técnica e da sabedoria da escola cruzeirense de se jogar futebol. O Cruzeiro eliminou o São Paulo com duas vitórias, uma delas com uma autoridade fora do comum em pleno Morumbi, e o que os jornalistas comentavam?! O que teria levado o São Paulo a perder o confronto, a crise no clube, a demissão do técnico e tudo mais. O Cruzeiro não havia ganho, era o São Paulo que havia perdido. Agora, na semi-final de Libertadores entre dois times claramente desfavorecidos pela imprensa, CBF e autoridades futebolísticas, os comentários a respeito do jogo é que o Cruzeiro jogou mal e que tem que jogar de forma diferente para ser campeão da Libertadores. Jogar diferente por quê?! O Cruzeiro foi 1º lugar do Grupo, que se era considerado fácil por vocês jornalistas, é de onde saiu também o outro finalista da competição; tem a melhor campanha da Libertadores com 12 jogos e impressionantes 9 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota que, diga-se de passagem, foi totalmente atípica, além de ter eliminado dois brasileiros considerados fortes candidatos ao título sem ter nenhuma derrota nessas fase de playoffs. O que me faz mais rir de toda essa situação é que ontem o Corinthians, esse mesmo que seu nome se mistura à CBF, Globo, Bandeirinthians(oops, Bandeirantes)…, ganhou a classificação pra o torneio mais importante do continente em um campeonato que não conta com os atuais 5 melhores clubes do Brasil (vide último campeonato brasileiro) e teve maior destaque que a própria decisão que valhia a classificação para a finalíssima desse torneio tão exaltado na noite de ontem.
    Na verdade, nós cruzeirenses, estamos acostumados a esse bairrismo exacerbado, a esse jornalismo totalmente parcial, e nunca precisamos dele para conquistarmos tantas conquistas e glórias. Estamos próximos de nos tornar ao lado do São Paulo o brasileiro com maior número de conquistas do tão sonhado torneio sul-americano e não será agora que precisaremos do resto do Brasil para nos fortificar. O Cruzeiro não é o representante brasileiro na Libertadores e muito menos o Brasil nessa final (como se gosta de ser dito), o Cruzeiro é o representante de toda essa torcida, de toda essa nação apaixonada e que jamais precisou da ajuda de ninguém para se tornar La Bestia Negra.

    DIEGO, o texto é ótimo, já comentei.
    e vá, por favor, ao post CRUZEIRO FAVORITO.
    e depois, se quiser, faça mais um control c + control v

  • Alexandre

    Parabéns.
    Você é um grande cara.
    Não tem palavras para esta sua atitude, quase nenhum comentarista faria isso.
    Sinceramente tu és o melhor comentarista do Brasil.
    É o que tenho para dizer.
    A propósito sou gremista, a torcida realmente apoiou o tempo inteiro, mas a lamentar pequenas aprtes da torcida que fizeram manifestações racistas.
    Dalhe Grêmio !!!!