logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

Cruzeiro 3 x 1 Grêmio | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


Cruzeiro 3 x 1 Grêmio

por Mauro Beting em 25.jun.2009 às 0:19h

* O Grêmio jogou muito mais do que vinha jogando. O Cruzeiro, muito menos. Tanto que foram seis oportunidades agudas mineiras, e sete gaúchas. Ainda assim, o placar final foi um 3 a 1 incontestável. A classificação poderia estar praticamente definida pelo mandante. No mínimo muito bem encaminhada. Mas é Grêmio. É Olímpico. Dever respeitar. Porém, do outro lado, tem uma equipe com a mesma história, com o mesmo peso atômico e esportivo. E, hoje, com mais time.

* Adilson mais uma vez surpreendeu no 4-3-1-2: Marquinhos Paraná veio para a lateral esquerda, com Jonathan do outro lado; Leo Silva e Thiago Heleno fizeram a zaga, com a sobra mais à frente de Fabinho, na cabeça da área; Henrique marcou Souza pela direita, com Elicarlos seguindo Tcheco; Wagner ganhou muitas de Túlio, e Adilson não desarmou e nem criou; no ataque, Wellington Paulista e Kléber.

* Autuori manteve o 4-2-2-2. Thiego até se virou como lateral improvisado pela direita. Na marcação, na pior das hipóteses, foi melhor que Ruy. Léo e Rever que não foram os de costume, também no jogo aéreo; Túlio e Adilson não foram bem, e Tcheco e Souza foram notados mais na bola parada; ainda assim foram melhores que Alex Mineiro (que fase…). Máxi López brigou como sempre. Mas perdeu um gol que não se perde.

* Na matemática, é mais difícil a tarefa colorada que a gremista: um 2 a 0 leva aos pênaltis no Beira-Rio; um 2 a 0 classica o Tricolor no Olímpico. Porém, na bola, o Cruzeiro me parece mais pronto para passar que o Grêmio. A tarefa do Inter é “menos complicada” que a do Grêmio. Mas, ambas, claro, são difíceis. Muito difíceis.

* Com 5 minutos, Alex Mineiro perdeu o milésimo gol com a camisa tricolor, em lance em que estava impedido – embora não marcado pela fraca arbitragem chilena.

* A primeira resposta mineira veio a 8 minutos. Jonathan só não abriu o placar porque a bola caiu na perna errada, a canhota, depois de bonita jogada de todo o ataque. O Grêmio poderia ter feito o dele aos 14. Bela combinação entre Souza e Thiego que foi ao fundo melhor que Ruy em toda a temporada e deu na cabeça de Alex, que recuou para Fábio. Bobeou toda a zaga mineira.

* O chutaço de Nelinho da quinta-feira dá a Henrique um crédito de décadas. Mas o tiro que deu a 16 minutos era melhor não ter dado…

* Aos 18, Kléber deixou o braço no rosto de Tcheco; aos 30, Túlio pisou na mão direita de Kléber. E segue a luta.

* Aos 21, a bola do jogo, quem sabe do título. Saída errada da zaga azul, Máxi López recuperou e, à frente de Fábio, jogou no pé da trave direita. Um gol que não se pode perder. E que o Grêmio já perdeu demais nesta Libertadores.

* O Cruzeiro melhorava, mas o jogo era igual até Kléber cruzar na cabeça de Wellington Paulista, que se antecipou a Léo e fez 1 a 0, aos 38.

* Souza só não empatou aos 41 em belíssimo tiro de longe porque Fábio fez outra defesa espetacular, para escanteio. Por mais que eu goste de Gomes, Fábio deveria estar na África do Sul, pela Seleção. Isso, claro, se o Cruzeiro não estivesse na Libertadores.

* Com 1min38s, Wágner bateu de fora da área, em lance treinado, a bola bateu na perna esquerda de Tcheco, e começou a definir o segundo tempo. 2 a 0 Cruzeiro.

* Tão rápido estava o time cruzeirense que, por duas vezes, o diretor de TV da transmissão do Sportv foi driblado pela velocidade mineira.

* Aos 13, algo que talvez devesse ter ocorrido desde o início: Herrera por Alex Mineiro.

* Fabinho fez o terceiro de cabeça, aos 21, em belo passe de Marquinhos Paraná, que estava de volta ao meio-campo desde o reinício de jogo. Elicarlos foi fazer a lateral esquerda.

* O Grêmio entrou em parafuso. Túlio, aos 25, entrou horroroso em Kléber. Poderia ter sido expulso. Ou ao menos amarelado.

* Aos 31, uma contusão na perna direita tirou de campo o árbitro chileno Enrique Osses (quem?). Entrou o quarto árbitro Jorge Osorio. Que marcou uma mão na bola que, para mim, foi bola na mão de Kléber. Resultado…

* Golaço de Souza, aos 33. De beleza indiscutível. Mas de origem mais que discutível.

* BATE-PRONTO COM KLÉBER, PELA RÁDIO BANDEIRANTES:

BLOG – Qual a participação do Adilson na grande campanha da Libertadores? Só tenho ouvido elogios para ele?

KLÉBER – É um excelente treinador. Me surpreendi com ele. É um cara muito bacana, sabe lidar com o grupo, sabe muito, arma muito bem taticamente o time, e tem uma parcela enorme na nossa grande campanha.

BLAG – Não é hora de falar disso. Mas a gente sabe que o Napoli quer pagar 14 milhões de euros para levar você depois da Libertadores. E se tudo der certo e o Cruzeiro for campeão sul-americano? Você fica pro Mundial ou vai pra Itália?

KLEBER – Minha intenção não é sair. Quero permanecer, e, se for o caso, gostaria de disputar o Mundial no fim do ano. Mas tenho 26 anos, o Cruzeiro precisa de dinheiro. Vamos ver.

Tags:

  • Jovaneli

    Dois ex-corintianos em campo. Túlio e Fabinho. Dois volantes. Nenhum foi brilhante. Um deles foi muito mal na marcação e não acertou um passe. Já o outro fez talvez o gol da classificação cruzeirense, embora o golaço de Souza tenha deixado os cruzeirenses com a sensação de que poderia ter sido melhor.
    Resta saber que Cruzeiro entrará em campo no Olímpico: aquele que vai muito mal fora de casa, desde o ano passado, ou o time que atropelou o São Paulo no Morumbi.
    O Grêmio também é uma incógnita. Pela primeira vez enfrenta um time forte. Pela primeira vez perdeu na competição. Mas é daqueles times que você não pode bobear. E o Cruzeiro bobeou. Teve todas as chances para matar, sobretudo no segundo tempo, mas não matou. O Grêmio está vivíssimo. Azar do Cruzeiro. Sorte nossa que poderemos acompanhar mais um jogaço de bola na semana que vem.

  • Michel Dinato

    aooooo

    Mauro

    fala p GLADIADOR voltar….

    aew….
    verdão!!!

    abraço!!!

    Michel Dinato

    Araporã – MG

  • Michel Salomão

    Caros Milton e Mauro, por favor não confundam seus ouvintes. O crime supostamente praticado pelo jogador argentino é injuria qualificada pelo preconceito (art. 140 §3º Codigo Penal), e não o crime de racismo (art. 20 lei 7716/89). Isso porque ele xingou uma pessoa, um indivíduo, utilizando-se de elementos relacionados à sua raça, e não ofendeu toda uma coletividade, ou então praticou atos de segregação em face dele. Então, exclareço, não se trata de racismo!! Por favor, as diferenças são significativas: a injuria é crime de ação penal privada, afiançavel e prescritivel, ao contrario do racismo. E alias, sabem o que acabou ocorrendo no caso Grafite x De Sabato? Nada. Exato, pois o grafite não propos a competente queixa crime. Um abraço do seu ouvinte Michel.

  • Gustavo

    Um Grêmio muito menos qualificado que este de 2009 eliminou um São Paulo muito mais qualificado que este Cruzeiro, em 2007 pelo mesmo placar que se faz necessário agora nessa semi-final.

    Nada, nunca, em hipótese alguma, algo foi fácil para o Grêmio.

    Sempre tem que ser assim. Ainda mais se for com um time peleador que nem esse mineiro.

    Mas EU ACREDITO no Imortal! Quinta-feira todos os caminhos levam ao Monumental e o GRÊMIO se classifica com aquele gol chorado nos acréscimos do 2º tempo.

    E, um dia antes, o GREMISTA Mano Menezes ganha a copinha!

    P.S.: Herrera entra desde o início do jogo no Olímpico.

  • Marco Soalheiro

    Valeu Mauro, por ter tocado no absurdo que foi a falta que originou o gol do Gremio.

    Fale mais disso, não pode passar batido. É o tipo da coisa que se o Cruzeiro jogar mal no Olimpico, pode definir a classificação.

  • renato

    pois é, 3 x 1, poderia ter sido mas !! se não fosse o juizão q paralizo a partida num momento crucial !!! e ainda marco um toque de mão involuntário …

    o Grêmio precisa de 2 gols, mas esquece q não pode tomar nenhum, como o SP q comemorou o gol fora de ksa e deu como certa a classificação … só não contava q do outro lado tinha um time copetente, e acabo tomando .. huauhauha

  • Jean Frank

    huahuauhauha vantagem mesmo é ter o nosso kaká preto de volta no olímpico…..com ramires e paraná no meio campo dá até pro henrique fazer gol.

  • Ricardo Iaromicz

    Mauro,

    Desculpe-me, mas dizer que o Túlio pisou na mão do Kléber é incorreto, pelo menos pela minha percepção. Eu estava assistindo o jogo pelo Sportv, e na primeira vez que mostraram o lance inteiro ficou bastante óbvio que o Túlio passou perto do Kléber, e esse, notando a possibilidade de criar uma expulsão, esticou deliberadamente o braço para que a mão batesse na chuteira do jogador do Grêmio. O interessante é que, depois de ter mostrado o lance uma vez, o canal passou a repetir o lance somente até um instante antes da tal cena…

    De qualquer maneira, eu tenho a minha opinião formada sobre esse jogador: ele é muito bom como jogador, mas deveria ter mais cabeça. O que ele fez foi simular uma situação, e por isso deveria levar uma punição justa. Não importa se ele não conseguiu a intenção dele, ele tentou, e deveria ser punido.

    Abraços

  • Lets

    Mauro
    Não foi o Adilson que surpreendeu no 4-3-1-2, foi a necessidade, o Cruzeiro não tinha jogador nem para compor o banco, tantos são os desfalques por contusão, só na lateral esquerda são tres(Fernandinho, Athirson e Sorin) mais o improvisado G.Magrão. E mais uma vez disseram que a defesa do Cruzeiro é ruim em bolas aéreas e que o adversário é forte nesse ponto, e o Cruzeiro ganha o jogo na bola aérea, continuam falando que o Cruzeiro é fraco fora de casa, que o Grêmio pense assim, pois já foi o São Paulo, Sucre e Quito. Ah, tomara que vá o Nacional para a final, é outro que o Cruzeiro já ganhou um campeonato dele no início do ano lá em Montivideo(acho que não fica em Minas).

  • Juninho Teixeira

    Cruzeiro teve sorte por não ter tomado os gols no inicio, que complicaria, e o cruzeiro não bobiou não, jogou como time grande que é, soube espera a hora certa pra ataca, agora o gol do grêmio , ta certo, irregular, mas assim é melhor da mais emoção, e galera só não esqueçam que RAMIRES, isso ae RAMIRES, joga o jogo de volta, o grêmio vai te que sai pra atacar, e no contra ataque vamos matar o jogo. CRUZEIRO NA FINAL DA LIBERTADORES, RUMO A DUBAI. – EI VOCÊ AI,AVISA O BARCELONA QUE O CRUZEIRO EM VEM AÍ.

  • Jonas Rafael

    Gustavo, o Grêmio de 2007 era menos qualificado que este? Acho que sua memória te trai. Aquele time tinha William, Lucas, Lúcio, Carlos Eduardo e Diego Souza. E o Tcheco daquele tempo ainda tinha pernas. O Grêmio regrediu nesses dois anos. A diretoria se perdeu. Não quero nem ver o que vai ser o ano que vem. Esse time aí não reverte no Olímpico. Ainda mais que o árbitro vai ser o mesmo Oscar Ruiz que deixou o Boca cozinhar o jogo naquela decisão do Olímpico, com mais de 30 minutos de cera.

  • Robson

    Acho que o gol do Souza mudou completamente o panorama para o segundo jogo.
    O Gremio é um time muito forte dentro do Olimpico. ainda mais depois dessa confusão toda envolvendo o time e o tecnico.. o Gremio vai entrar com sangue no ‘zóio’ la no olimpico.
    Será uma verdadeira guerra.

    Apesar do Cruzeiro tem mais time, acho que pode sucumbir sim no olimpico. em 2007 o Gremio asplicou 2×0 no São Paulo e 2×0 no Santos lá..

    vai ser jogão.. mas por tudo que aconteu durante e depois da partida. eu aposto no Gremio

  • Alvaro G M

    OFF-TOPIC

    Mauro,

    Sei que você não é muito de comentar essas coisas e que prefere se concentrar no futebol dentro das quatro linhas.

    Mesmo assim, não consegui deixar de mandar o link abaixo pra você.

    Como os tradicionais paladinos da ética da imprensa esportiva se calaram, você é minha última esperança! Será que isso não merece um post?

    Prepare o estômago.

    http://noticias.terra.com.br/imprime/0,,OI3841847-EI2018,00.html

    Grande abraço

    Alvaro G M

  • Nick

    (1) Cruzeiro a um passo da final. Ficou difícil para o Grêmio.
    (2) Prezado Michel, tecnicamente, do ponto de vista jurídico, sua explanação está correta. É a linha defendida pelo Luis Flavio Gomes. Contudo, do ponto de vista ético-moral, parece-me que a tese serve para acobertar atitudes de racismo, beneficiando muito mais o agressor do que o ofendido. Afinal, retira-se um tipo penal muito mais grave (inafiançável e de competência do MP), para se aplicar um tipo muito mais leve (injúria). Você realmente acredita que todos os demais negros do Brasil, que acompanharam a partida ou que souberam do fato, não se sentiram atingidos em sua raça? Ao permitirmos uma menor repressão, permitimos também que este tipo de conduta se repita, retirando-se dela a gravidade que a mesma apresenta. Esta postura racista (ou injuriosa?) é típica e reiterada por parte de argentinos e de urugaios que, de forma imbecil, “se orgulham” de não ter a raça negra na formação de seus povos, esquecendo-se que esta ausência os privaram de um Pelé, de um Machado de Assis, de um Pixinguinha e tantos outros gênios da expressão humana que tinham a pele escura. Enquanto a humanidade não esquecer as diferenças de pele e credo, a insensatez, a vilania e a crueldade continuarão a ser as nossas marcas registradas, como acontece há milênios. O que você acha que aconteceria se o Máxi Lopes tivesse gritado: “Seu porco judeu”, em vez de “macaco”? Qual seria a reação das entidades ligadas à preservação da memória do holocausto, a fim de se evitar que a tragédia se repita no futuro? O jogador não seria acusado de anti-semita? A palavra “macaco” utilizada pelo Máxi foi direcionada contra o jogador do Cruzeiro, mas atinge toda a comunidade negra, com a qual a humanidade tem um dívida secular, em decorrência da triste página da história que foi a escravidão. Abs.

  • carlei andre schuh

    o cruzeiro tem um belo time,não restam duvidas,mas neste jogo teve mais sorte do que juizo…e no olimpico o gremio é muito forte e não será fácil p/ninguém…mais respeito em seus comentários fanáticos e cegos torcedores!!!

  • Guilherme Goulart

    Grande croniasta esportivo. Ao contrário de Milton Neves e tantos outros que só falam porcaria, tu é um cara correto. Quanto ao lance do Maxi, macaco é MONO em espanhol. Se Maxi tivesse chamado o Eli Carlos de MONO acho que ele não saberia traduzir, não é?

  • Renato Guarapuava

    Time Rídiculo, A camisa é imortal, mas esse ataque se juntar todos não dá um Marcelinho Paraíba. Aliás, não lembro nos últimos 20 anos de um atacante gringo que jogasse alguma coisa no Grêmio. Pq contratar essas Barbies argentinas, vão procurar atacante no Nordeste, ou estão achando que o Jardel era argentino. A propósito ontem faltou o Cangaceiro Dinho no meio-de-campo. Com ele o Grêmio não perdia o jogo e com certeza não chamaria ninguém de macaco, a resposta era cotovelaço na cara daquela Boneca cruzeirense. Bons tempos aqueles.

  • FJC

    O Cruzeiro tem mais treinador e talvez um elenco mais jovem e motivado.
    Autuori não tem opções no banco de reservas. Um time de jogadores velhos e manjados. No Olímpico, Adilson vai jogar em casa, e a não ser que Tcheco, Fábio Santos, Túlio e Adilson joguem muito mais, o Cruzeiro vai à final. Alex Mineiro nunca deveria ter vestido a camisa do Grêmio e Maxi Lopez foi um investimento muito alto sem dar grande retorno até agora. O Grêmio poderia ter investido melhor em outros setores do elenco.
    O Grêmio foi tudo errado desde o início da competição, só que tivemos sorte de enfrentarmos adversários tecnicamente inferiores.

  • Leo Costa

    Estou preocupado com os comentários de que o Cruzeiro ja tá na final. Acho que a vatagem é boa mas não escelente. 2 a 0 é um resultado completamente normal; ainda mais se o Grêmio conseguir um gol ainda no primeiro tempo. Abra o olho Raposa e vê se consegui logo fazer um gol, ai sim a final tá no papo.

  • Sergio de Andrade

    Respeito sua opinião mas, na minha a tarefa do Grêmio é mais facil que a do Inter, 2×0 classifica direto o Grêmio, e o Inter com este resultado têm que bater penaltes, 3×1 e o Grêmio ainda têm a chance nas cobranças da marca do penalte enquanto, o Inter perde o titulo.E pelo que vêm apresentando o Inter nos ultimos 6 jogos me parece que Grêmio esta mais equilibrado só vendo pelo lado gaucho.

  • Marlon

    O Grêmio é mais time que o Cruzeiro, porém o Cruzeiro é mais entrosado, organizado e mais bem treinado. Autuori tem mais curriculo que Adilson, porém vacila ao querer inventar, o Grêmio nesse 4-2-2-2 como disse Mauro, complica os zagueiros pela falta de um libero, prende o apoio dos laterais e sobrecarrega os volantes. o Cruzeiro de chances claras só os gols, porém no segundo tempo dominou a partida, mas foi super eficaz, em três chances claras, resultado de três gols. o Grêmio perdeu muitos gols, algo não muito normal para Alex Mineiro no futebol (porém muito normal em sua passagem pelo tricolor, eita má fase!), Adilson anulou o espaço que o Grêmio encontrou no primeiro tempo e a contusão no árbitro foi bom para o clube gaúcho, a equipe se reorganizou em campo e souza colocou como se tivesse colocado com as mãos a bola no gol. Os mineiros contam vitória, mas quem tem juizo sabe que Grêmio é Grêmio.

  • Ronei Reitel

    fala ai mauro!
    dia 02 de Julho não haverão 11 jogadores de
    cada lado, mas sim 45 MIL GREMISTAS contra 11 cordeirinhos
    assustados, que vão terminar implorando por piedade da massa gremista
     graças ao sr.Elicarlos que dia 02/07 o Cruzeiro e sua torcida
    (se ‚ que alguem vai ter coragem de ir) vão experimentar o INFERNO!.

  • tbag

    sou gremista mais admito cruzeiro ja ta na final infelizmente mas sorte e estou torcendo pro cruzeiro ser campeao abraços…. 😀

  • ubiratan carvalho

    fala mais da torcida do grêmio sou gremista e acho q estao desmoralisando os gauchos principalmente o seu chico lang que disse que é pra c cuida por q eles c não ganha na bola vão ganha no pau

  • http://amo lucas

    amo cruzeiro queria uma bola oficil mora em vrb