São Paulo 0 x 2 Cruzeiro (1 x 4 no agregado)

por Mauro Beting em 19.jun.2009 às 8:40h

* Por problemas técnicos alheios à minha vontade, só agora posso postar a brilhante classificação cruzeirense, escrita durante a madrugada, na cabine da Rádio Bandeirantes, no gelado Morumbi *

* 2 a 1 no Mineirão, e poderia ter sido mais. 2 a 0 no Morumbi, e deveria ter sido muito mais. O tricolor tricampeão não tem o que contestar. O futebol só pode louvar a vitória irrepreensível da equipe mineira, que não venceu um rival qualquer. Como o vencedor não é um semifinalista qualquer. O Cruzeiro chega não apenas para superar o São Paulo como fez hoje, no gélido Morumbi; chega com potencial para equiparar o número de conquistas da Libertadores. Contra outro brasileiro que pode fazer o mesmo.

* O golaço de Henrique a 20min56s do segundo tempo é de time iluminado – merecidamente. Um gol que o São Paulo não costumava tomar na fase inspirada. Tão bem acostumado estava o Tricolor a vencer – nenhum time soube vencer melhor no período – que não soube perder depois de tomar o gol de pênalti – justamente de Kléber. Até o final do jogo, o São Paulo poderia ter mais que os dois jogadores corretamente expulsos. Renato Silva, Richarlyson e Borges agrediram os cruzeirenses. Perderam feio a compostura. Uma pena.

* O que comentei antes do jogo na Rádio Bandeirantes, o cartola tricolor Marco Aurélio Cunha também disse: “exceção” é ganhar tudo. Uma hora não dá mais. E não deu pro São Paulo. Ou melhor: deu demais para o Cruzeiro. Foi muito mais uma vitória celeste que uma derrota tricolor.

* Mandou bem Zezé Perrella: antes do jogo, ofereceu três anos de contrato para Adilson. É assim que se faz. É assim que se anima.

* O jogo começou como se esperava: com 4 segundos, uma falta tricolor; aos 27, uma falta de Kléber. Uma falta para cada lado, um jogo igual no início. E o velho jogo tricolor: ligação direta para os dois atacantes, tentando correr a bola e o tempo; o Cruzeiro, mineiramente, na dele: segurando o rival e o jogo com inteligência e bom toque de bola.

* Muricy começou com uma formação pouco ofensiva: Renato Silva (desatento), André Dias e Richarlyson na zaga; Zé Luís e Júnior César nas alas, mas muito amarrados; Eduardo Costa apenas marcando e errando passes e fazendo muitas faltas e Jean sem a mesma dinâmica; Marlos caindo pela direita, com Washington e Borges por dentro.

* O Cruzeiro no usual 4-3-1-2, com Jonathan e Gerson Magrão esperando os alas que não vieram, Léo Fortunato e Leonardo Silva (ambos em ótima noite) segurando a dupla ofensiva rival, com o excelente Marquinhos Paraná sobrando à frente deles; Henrique esperou o Jean que veio pouco, Elicarlos (Fabrício estava machucado) ficou com Marlos; Wágner atuou com inteligência cadenciando o jogo com categoria, lançando Wellington Paulista e Kléber. Ramires não fez tanta falta pela necessidade de um simples empate.

* Com Eduardo Costa e Jean criando, ficou difícil pro time paulista. Até pelo momento ruim de Hernanes e Jorge Wágner. Aos 15, a grande torcida celeste no Morumbi já berrava “Zeeeeiro”. E com os passes errados e a pouca criatividade tricolor, aos 19 já tinha gente são-paulina reclamando no Morumbi.

* Wellington Paulista cabeceou mal aos 22. Mas era a terceira chegada do contra-ataque cruzeirense. A zaga tricolor seguia desatenta. O Cruzeiro era mais time. Vendo a equipe produzindo pouco, o São Paulo foi empurrado pelo são-paulino com mais intensidade a 25 minutos.

* Um minuto depois, Kléber bateu de canhota, e Denis fez a grande defesa do grande goleiro que é. Rogério Ceni tem um excelente substituto.

* Também na reposição: com as mãos (fundamento em que consegue ser superior a Rogério), armou belo contragolpe com Marlos, que Júnior César finalizou mal.

* “Dagoberto”. Era o grito de quase todo o Morumbi, aos 32. Fazia sentido: no intervalo, era hora de voltar com Dagoberto no lugar de Eduardo Costa. Mas…

* O Tricolor crescia, chegava mais, finalizava mais, e o Cruzeiro não conseguia sair de seu campo. Até Eduardo Costa derrubar feio Jonathan, que fez mais uma grande jogada. Aos 30, o volante já tinha sido amarelado pelas faltas reiteradas e por mais um entrada dura em Kléber. Aos 43, o segundo amarelo foi justo. O Cruzeiro começava a encaminhar a classificação.

* Muricy mexeu bastante pro segundo tempo. Do 3-4-1-2 passou para um 4-2-2-1. Zé Luís virou lateral, Richarlyson foi para a lateral no lugar de Júnior César, com Renato Silva e André Dias na zaga. Jean ficou na cabeça da área, Hernanes (que substituiu Jr. César) foi articular, com Marlos pela direita, Dagoberto (substituto de Washington) pela esquerda, e Borges mais à frente, no comando de ataque.

* Com quatro segundos, Dagoberto já foi derrubado. A torcida tricolor veio junto. Mas com 5min era difícil manter o entusiasmo. O Cruzeiro fazia o jogo com categoria. Ainda assim, aos 8m, quase tomou um gol em impensável contragolpe tricolor.

* O São Paulo só poderia equilibrar o jogo na bola parada, seu forte. Mas Washington não estava mais… E nem esteve muito quando ficou em campo. Jorge Wágner seria útil para isso a partir dos 20 minutos, para chuveirar a bola. Mas…

* O golaço de Henrique acabou com tudo. Adilson já havia preparado a substituição, com Jancarlos indo para a lateral, e Jonathan no meio, no lugar do amarelado Wágner.

* O São Paulo murchou. A torcida ainda tentou empurrar o time e calar a barulhenta galera celeste. Mas mais sete chances foram criadas pelo Cruzeiro. Um pouco mais de apuro, um pouco menos de Denis, e o natural respeito a um rival inferiorizado (com 9 a partir dos 36) poderiam ter feito um placar ainda pior para o São Paulo. E ainda mais justo pela excelência mineira.

Tags:

  • Luiz

    Esta deve ser a última temporada do Muricy no comando do time… Se sou eu um dirigente desse time eu converso com o elenco e aviso que no fim do ano ele sai, fazendo todo o time tentar ganhar esse título por ele… E contrato o Vagner Mancini pro ano que vem… Sobre o jogo. Era exatamente a substituição que eu imaginava, Dago no lugar no Eduardo, mas ele foi excessivamente infeliz, é assim que se joga fora um planejamento… E pro segundo tempo o Muricy fez as melhores mudanças que poderia ter feito, talvez melhor só se trocasse o Richarlyson pelo Hernanes e deixasse o Júnior César em campo… Mas já tava difícil… Talvez o jeito fosse fechar o time no segundo tempo e nos últimos 15 minutos colocar o Dago pra tentar ganhar no abafa… Mas aquela expulsão dificultou muito… Infelizmente…

  • LMD

    RESUMO MEU COMENTÁRIO SOBRE A ELIMINAÇÃO BAMBISTICA:

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    SDS

  • Jovaneli

    Não é toda hora que se ganha jogando mal. Dessa vez, não funcionou. São Paulo eliminado. Com justiça.
    Vendo Washington jogar (com o nome), vem à mente o que o Fernando Calazans cansa de dizer desse jogador no Linha de Passe, programa da ESPN Brasil: é um caneleiro que não sabe dominar uma bola e ainda perde um caminhão de gols. Por que então ele começou jogando?
    Por que não entrar em campo com o time do Brasileirão, com Jean, Hernanes e Jorge Wagner, no meio, e Dagoberto e Borges no ataque? Daria, ainda, para tirar um zagueiro e usar o menino Marlos. Nesse caso, não sozinho no meio, mas com alguma companhia de qualidade.
    Muricy, que é bom técnico, está em péssima fase. Acontece com todo grande treinador.
    Não é o único culpado. É um dos culpados. Dessa vez, nem Juvenal Juvêncio deve segurar Muricy, que não anda feliz no clube. O desgaste chega para todos. Aconteceu com Telê e agora com Muricy. Ao que tudo indica, a Era Muricy está perto do fim.
    Posso estar errado, mas lembra muito o fim da Era Telê, outro grande técnico com passagem pelo clube.

  • felipe

    o muricy (se ele continuar) deveria revolucionar o time
    e jogar com

    denis; ze luiz, a.dias, aislan e j.cesar; jean, arouca, hernanes e marlos; dagoberto e borges

    muito mais toque de bola e velocidade do q esse timeco horrendo q a cada 2 jogadas levanta 9 bolas na area do adversario nao importa onde esta se encontre chega esse esquiminha do sp jah deu esta comprovado por barca, manchester, gremio, corinthians, inter o melhor esquema eh o pseudo 433/451 com 2 meias atacantes e um centroavante soh e tocando a bola pra chegar no gol

    com essa bolinha do sp eh bem capaz do time birgar pra nao cair nesse brasileiro e ser obrigado a jogar a copa do brasil em vez da libertadores ano q vem

  • Jose Emilio Benassi

    Mauro sou de familia de são paulinos, nem me atrevo a te dizer a quanto tempo, porem está dificil nos ultimos jogos temos um time que não joga, um treinador que ano passado reclamava que não tinha tempo para treinar, este ano temos tempo até demais e o time não joga, não temos umazinha jogada ensaiada, nada além de chuveirinhos para a grande área parace o futebol ingles dos anos 70. Por fim uma diretoria que parace estar só preocupada com que a copa do mundo seja no no murumbi, não se contrata ninguem, um time que já teve como meia esquerda Pedro Rocha, Gersom, Falcão em fim de carreira, além do grande Rai, não pode jogar com Marlos, é uma vergonha, e jogador espulso no primeiro tempo de uma decisão? o que podemos esperar? se o são paulo é um clube sério deve dar exemplo e rescindir contrato com este atleta hoje, sem falta, aproveitar e mandar junto o Murici, Jorge Wagner, Dagoberto, Richarlissom e começar tudo de novo, é o mínimo que a torcida pode esperar, Senhores diretores se a copa não for no morumbi que o governador Serra se vire, nos queremos um bom time, por favor!

  • Elbert Vieira

    Vamoossss Cruzeiro queriiidoooooo…de tradição…Libertadoressss ser campeãoooo!!!!!!!!!

  • Bernardo Dória

    Fala Mauro!!!

    Pois é, hoje estou feliz da vida, não só pela vitória mas pelo excelente jogo do meu time. É o tipo de vitória para dar moral, afinal de contas quarta-feira já teremos outra pedreira com o Mineirão lotado.

    Anote isso: o Cruzeiro tem que fazer o placar quarta-feira no Mineirão. Espero 2 x 0.

    Falou.

  • Felipe

    Ficou faltando vc falar da entrada por trás do mesmo Jonathan no Richarlyson que o juiz apenas deu cartão amarelo, sendo que segundo a regra do jogo.. falta por tras é cartão vermelho… mas tudo bem… é no minimo estranho essas coisas… fazer o que… e olha que o jogo estava zero a zero

  • Olívio

    Senhores, amigos e irmãos tricolores,
    o São Paulo é muito grande, e chegou a hora em definitivo de fazer uma clara avaliação do que acontece, especialmente na Libertadores, afinal são 4 eliminações seguidas. Vejo que o time perdeu a ‘liga’ quando o Hugo saiu do time e o Jorge Wagner da ala esquerda, os zagueiros se machucaram ou estavam suspensos constantemente e aí começou o interminável rodízio no nosso principal setor, a chegada de Júnior César (o forte do Júnior é o apoio no fundo do campo, algum tricolor viu ele chegar até o fundo desde quando entrou?), Whasinthon (atuações bem abaixo de um centro avante de ofício, Borges teve toda a razão em reclamar a reserva) e Arouca (que já não vinha bem no Fluminense mas mais que isso não encontrou o seu real lugar no esquema do time) não deram o resultado esperado e a nossa clara deficiência de meias ofensivos e de um ala direito de ofício contribuiram para o desfecho de ontem frente ao Cruzeiro. Não concordo com a saída de Muricy, apesar de compreender os inúmeros pedidos para tal feito. Desgaste para um técnico, ainda mais vencedor como o Muricy, é muito complicado, mas não há quem possa o substituir no momento. Os nomes propostos pelos irmãos tricolores (Bielsa, Felipão, Autuori, Silas) são inviáveis no momento, até por questões contratuais. Concordo sim que o nosso principal defeito foi tático. Quando Hernanes e Jorge Wagner foram deslocados para funções de meias, o time entrou em colapso. Mas a falta da liderança do Rogério Ceni também não pode ser esquecida. Foi sem dúvida um semestre lamentável, em que penso que alguns jogadores devem ter recindidos seus contratos e que deve haver a chegada de outros. O São Paulo carece urgentemente de um, dois, três jogadores como o Guinazu do Inter (em termos de marcação e pegada) e o Carlos Alberto do Vasco (em relação a liderança dentro de campo e poder de levar a bola com qualidade até o ataque; espero sinceramente que o Marlos consiga ser esse cara, coisa que só o tempo talvez fará). Quando o Boca Juniors foi desclassificado da Libertadores desse ano, a imprensa argentina mencionou um “Boca sem alma”. Enfim, penso que o São Paulo de hoje, e este é o principal problema, também é um Tricolor sem Alma.

  • lampiãoraposa

    Mais uma vez o maior de Minas (tri)lha para uma conquista das Américas. Mais uma vez vence um mata-mata contra o SP: 5 em 6.
    Adílson Batista, como Muricy, também erra, mas é um baita conhecedor de futebol.
    Os árbitros da Conmebol não são corporativistas com os times do eixo RJ/SP como os da CBF, por isso é mais fácil provar na bola quem é o melhor (vide as duas últimas partidas do Cruzeiro em SP, pelo brasileiro: em seis gols sofridos, 3 irregulares e um duvidoso). Seu bota-teima já demonstrou isso, não é, Mauro?
    Um abraço e que venha o Grêmio, e que continue na seca de gols.

  • RAFAEL

    caros tricolores..

    o murici tem culpa sim na eliminação, porem ele não merece ser cornetado desse jeito quem merece e seu woshington que domina de canela, eduardo costa como pode um jogador que ja foi pra seleção ser expulso daquele jeito infantil..
    pois bem acho que o murici deve permanecer, mas revendo alguns conceitos usando melhor a base, parando de improvisar pq o sp não o itumbiara para faltar jogador da posição.
    então vamos la pois não e o fim do mundo o ano que vem se tudo der certo nos voltaremos novamente para libertadores..

  • gustavo

    Só sei que eu não consigo tirar o sorriso hoje do rosto. SPFW, voltando ao normal.

  • Fernando

    Caro Mauro,

    Existem coisas que só os torcedores não profissionais podem analisar, digo isso pois os profissionais precisam aparecer para ter um maior mercado de trabalho, e é exatamente assim que parte da torcida (profissional) do São Paulo agiu ontem depois do chocolate que levamos no morumbi.
    Não discuto aqui a superioridade do time celeste ( que já havia mostrado isso no primeiro duelo), mas não se pega um trabalho de três anos e e o desclassifica como foi o São Paulo e parte de sua torcida tentou fazer com Muryci.
    Tudo bem que foi sua terceira eliminação e três anos de clube no torneio continental, mas é visivel que o problema do São Paulo é extra campo, que existem mais coisas entre o Céu e a Europa do que sonha a vã filosfia de Hernanes, que Washington se sente intocável e não proporciona nada de novo ao TRIHEXA BRASILEIRO, que Júnior César não joga 10% do que jogou no FLU, que o time que era tão contestado ano passado era superior a esse com um Hugo artilheiro e uma dupla de ataque com Borges e Dagoberto querendo e jogando futebol.
    Talvez o erro de Muryci tenha sido o receio de uma sonora goleada dentro do Morumba, mas conhecendo seu trabalho e sabendo como ele o executa, não tenho dúvidas que o time que entro em campo ontem era a melhor formação póssivel para o São Paulo. Quem não entrou no jogo ou foi barrado foi pro suas próprias omissões…

  • Fernando

    Caro Mauro,

    Existem coisas que só os torcedores não profissionais podem analisar, digo isso pois os profissionais precisam aparecer para ter um maior mercado de trabalho, e é exatamente assim que parte da torcida (profissional) do São Paulo agiu ontem depois do chocolate que levamos no morumbi.
    Não discuto aqui a superioridade do time celeste ( que já havia mostrado isso no primeiro duelo), mas não se pega um trabalho de três anos e e o desclassifica como foi o São Paulo e parte de sua torcida tentou fazer com Muryci.
    Tudo bem que foi sua terceira eliminação e três anos de clube no torneio continental, mas é visivel que o problema do São Paulo é extra campo, que existem mais coisas entre o Céu e a Europa do que sonha a vã filosfia de Hernanes, que Washington se sente intocável e não proporciona nada de novo ao TRIHEXA BRASILEIRO, que Júnior César não joga 10% do que jogou no FLU, que o time que era tão contestado ano passado era superior a esse com um Hugo artilheiro e uma dupla de ataque com Borges e Dagoberto querendo e jogando futebol.
    Talvez o erro de Muryci tenha sido o receio de uma sonora goleada dentro do Morumba, mas conhecendo seu trabalho e sabendo como ele o executa, não tenho dúvidas que o time que entro em campo ontem era a melhor formação póssivel para o São Paulo. Quem não entrou no jogo ou foi barrado foi por suas próprias omissões…

  • rafael galvao

    nao tem o q falar o cruzeiro e o melhor time do brasil!!! . e c o sao paulo nao conseguil parar o cruzeiro nenhum time da america consegue.acho q so o barcelona pode parar o cruzeiro.isso vamos ver na final do mundial,ate la!!!

  • ROSSI ALE LE BLEUS

    BELO TEXTO , FIEL AO JOGO E AO BOM EXERCICIO DO JORNALISMO!!, AGORA SEM DIPLOMA TAMBEM ME CANDIDATO, JA QUE FIZ ATE O ULTIMO ANO DE RELAÇOES PUBLICAS !!
    DIRIA QUE FALTOU APENAS UMA COISA NESTE TEXTO, UM ELOGIO EXPLICITO AO TECNICO ADILSON BATISTA. QUANDO O CRUZEIRO PERDEU AQUELE JOGO PELO BRASILEIRO POR 3 X 0 , EU DISSE A ALGUNS AMIGOS DO LANCENET E DO CHAT TERRA QUE O CRUZEIRO, APESAR DE TER SIDO LESADO COM DOIS GOLS IRREGULARES , FORÇOU O MURICY RAMALHO A MOSTRAR SUAS CARTAS PARA O SEGUNDO JOGO DA LIBERTADORES !! DITO E FEITO, AS ARMAS QUE LANÇOU NAQUELE JOGO ELE REPETIU, MAS ENCONTROU UM CRUZEIRO TATICAMENTE PERFEITO, PREPARADO PARA ANULAR O TALENTO DE MARLOS E DAGOBERTO, BEM COMO A GANA DO BORGES E O JOGO AEREO DE WASHINGTON !! SOBROU POUCO AO SAO PAULO, TALVEZ À ESPERA DE QUE A SORTE O BAFEJASSE, ENQUANTO ISSO O CRUZEIRO TRABALHOU ARDUAMENTE COM TALENTO E DEDICAÇAO PELA SUA SEXTA SEMIFINAL DE COPA LIBERTADORES!!

    O DONO DE MELHOR RETROSPECTO DE PONTOS GANHOS DESDE A CRIAÇAO DO TORNEIO ENTRE OS BRASILEIROS, O DONO DA MELHOR CAMPANHA DA HISTORIA DE UM CAMPEAO DE LIBERTADORES (1976) E QUE TEVE SEU ARTILHEIRO EM TODOS OS TEMPOS ( PALHINHA) POR MAIS DE 20 ANOS, CLUBE DO ARTILHEIRO DA COMPETIÇAO DO ANO PASSADO, O UNICO BRASILEIRO TAMBEM BICAMPEAO DA SUPERCOPA LIBERTADORES, SAUDOSA COMPETIÇAO QUE MARCOU O RECORDE MUNDIAL DE MEDIA DE PUBLICO DE UM CLUBE COMO MANDANTE NUMA COMPETIÇAO OFICIAL ( SUPERCOPA 92 – MEDIA DE PUBLICO DE 76.000 PAGANTES ) .

    POR TUDO ISSO E POR ESTA SER A 50a. COPA, O CRUZEIRO NAO PODERIA MESMO ESTAR FORA DE SUAS SEMIFINAIS E AGORA QUEM SABE , PODERÁ REALIZAR A FINAL QUE PODERIA TER OCORRIDO EM 1970 CONTRA O ESTUDIANTES.

    APENAS PARA LEMBRAR, EM FUNÇAO DA COPA DO MUNDO DE 70 E DE LITIGIO DA SULAMERICANA COM A CBD, O BRASIL , QUE TERIA COMO REPRESENTANTES NAQUELA LIBERTADORES CRUZEIRO E PALMEIRAS , IMPEDIU A PARTICIPAÇAO DOS CLUBES POIS A PREPARAÇAO PARA A COPA TOMOU LONGOS 4 MESES, DESTA FORMA O BRASIL FICOU SEM REPRESENTANTES COMO HAVIA ACONTECIDO EM 69 POR IGUAL MOTIVO (ELIMINATORIAS DA COPA), E O ESTUDIANTES TEVE SEU CAMINHO FACILITADO PELA AUSENCIA DOS BRASILEIROS TORNANDO-SE TRICAMPEAO DO TORNEIO.
    A COPA SANTANDER LIBERTADORES MERECIA UMA SEMI FINAL ASSIM, DOIS BICAMPEOES E DOIS TRICAMPEOES VAO AGORA FECHAR COM CHAVE DE OURO UMA COMPETIÇAO QUE CHEGOU A SER AMEAÇADA PELA GRIPE MEXICANA!! FALANDO NISSO, IMAGINO QUE NUESTROS HERMANOS MEXICANOS DE GUADALARARA ESTEJAM CONTENTOS CON EL TRIUNFO DE CRUZEIRO !!!

    LA BESTIA ESTA DE VOLTA !!!

  • rafael galvao

    acho q para a copa do mundo de 2010 o tecnico dunga deve chamar o time do cruzeiro inteiro para jogar.por que assim temos bem mais chance de sr campeao do mundo pela sexta vez. vamos cruzeiro querido de tradicao libertadores ser campeao!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Rogério

    Mauro

    Não concordo quando você fala que foi uma vitória do Cruzeiro e não uma derrota do SPFW.

    Faz muito tempo que o SPFW vem enganando na Libertadores, foi uma derrota e das grandes, daquelas de derrubar treinador.

    Até quando teremos a condecendencia da imprensa com o time da modinha??

    ROGÉRIO, quando escrevo isso, é só para deixar claro que o Cruzeiro teve muito mais méritos que os deméritos do São Paulo. Até para estabelecer uma ordem lógica; estamos falando do Cruzeiro, não do Bambala. E quando se enaltece o Cruzeiro, não se deixa de criticar o São Paulo.

  • miguel tait

    Mauro Beting, permita que eu diga o seguinte a respeito de dois treinadores que voces jornalistas dizem ser os top line do futebol brasileiro. Então, vamos lá: WANDERLEY LUXEMBURGO E MURICI > Os dois estão totalmente ultrapassados com suas táticas e estratégias futebolísticas. O que eles fazem hoje deu resultado alguns anos atrás. O futebol moderno que é veloz, viril e muito mais inteligente do que antes, necessita via de consequência de treinadores inteligentes e velozes de raciocínio para pôr em campo estratégias condizentes com o perfil dos jogadores da atualidade. Não há mais lugar para os monológos dos treinadores. Jogador moderno quer ser tratado com respeito, expor suas opiniões, e não ser interpelados publicamente com xingamentos o tempo todo. Essa prática nos dias de hoje coloca todo um elenco na defensiva que acaba “torrando” esse tipo de treinador. Tome por exemplo treinadores refinados na educação como Tite, Wagner Mancini e tantos outros!. Eles se dão muito bem com seus jogadores razão da quase inexistência de indisciplina por parte deles que oss conduzem ao sucesso. Você já imaginou o Luxemburgo xingando a mãe do GORDONALDO ( gostaria que o GORDONALDO estivesse no meu Palmeiras!) e outros jogadores muito educados como o Kaka, Juan, Lucio, etc.etc.? Eles não admitiriam isso de forma alguma. Mas, é como o MURICI e o LUXEMBURGO dirigem seus times. Por isto, prá mim, são dois treinadores que na ordem das coisas do futebol praticado atualmente, não têm mais nada prá oferecerem ao futebol brasileiro.

    Um abraço palmerense bem respeitoso

    Miguel Tait – Presidente Prudente-SP.

  • Douglas

    Chupa bambis kkkkkkkkk
    time mediocre, levou um baile do Cruzeiro
    se tivesse jogado as oitavas teria caído fora pro Chivas, com esse futebolzinho não poderia chegar longe nunca.

  • http://www.cox.net Mauricio Lizardo (USA)

    Otima partida, arbitragem impecavel! Fica bem claro que quando o juiz nao interfere no jogo, o SP tem dificuldade de ganhar, eh sempre assim, esses juizes da CBF estao sempre ajudando a turma do eixo do mal, agora, quando vem um juiz de outro pais( que nao faz o servico), ai realmente vc ve quem tem mais lenha pra queimar, vc ve quem eh que joga mais… Simples assim!
    Vamo q Vamo meu Cruzeiro!!!!!!!!!!!!!

  • Carlos Machado

    É isso aí Mauro, falou tudo sobre o jogo.
    Com respeito ao Grêmio, grande time, vamos com fúria pra cima deles no Mineirão na quarta-feira. Vai ser o recorde da Libertadores e vamos vencer por 3 a 0.

  • Jovaneli

    O desgaste que um dia chegou para Telê chega agora para Muricy. Infelizmente, no Brasil é impossível que o treinador fique mais de três anos no clube. Por isso Muricy teve de deixar o São Paulo.
    Muito curioso esse futebol brasileiro. No fim do ano passado, o São Paulo terminou em festa com o tri-campeonato nacional. Muricy, uma vez mais, consagrado como o melhor treinador do país e até cogitado para o lugar de Dunga.
    Início de ano e o São Paulo, que já tinha um time bem acertado, fez contratações que a maioria considerou como reforços. Com razão. Porém, todavia, contudo, havia um grande problema: como administrar a vaidade no elenco? Muricy é bom treinador, mas, nesse aspecto, não foi capaz de manter o grupo unido.
    Começou uma briga por titularidade e logo começaram a pipocar na imprensa declarações de jogadores descontentes com a reserva. Muricy não sou administrar esse problema. Ficou sozinho. Não recebeu apoio da diretoria, que passou a mão na cabeça dos rebeldes. deu no que deu.
    Os jogadores brasileiros, especialmente aqueles que estão em um bom momento, elogiados pela mídia, não entendem que ao ser contratado, terão como qualquer mortal que brigar para ser titular. Não aceitam.
    Num primeiro momento, as declarações na imprensa são de companheirismo e de respeito ao colega. Depois, começam a pressionar para serem escalados. Quando não conseguem, começam a se rebelar.
    O São Paulo F.C., que se gaba de ser um clube diferente, na verdade é igualzinho aos demais. Lava as mãos nessa situação e, ao invés de apoiar o comandante, passam a elogiar e passar panos quentes nos irritadinhos.
    Muricy não merece trabalhar em um ambiente assim. Por isso deixa o clube. Só que seja qual for seu próximo clube, terá de conviver com o mesmo tipo de gente. A falta de profissionalismo existe em TODOS os clubes brasileiros. Sem exceção.

  • Fábio Chamusca

    Comecei a ler mas nem terminei, confesso. Tu passou muita vaselina, assim digamos… (risos) Ficou justificando um futebol ridículo com as temporadas anteriores… Aí deu preguiça… (risos)
    Assisti o primeiro tempo do jogo apenas. Vi o time paulista jogar um futebol(?) de pelada. Como um time pequeno da Inglaterra (naquele lugar até onde os grandes muitas vezes jogam como se fosse uma pelada…). Era um tal de levantar balão na área pro Washington seguir empurrando zagueiros e (ou) o Borges ficar se atirando no chão e reclamando de faltas…
    Dagoberto parece uma mosca de padaria. Tem súbitos ataques de possessão “Nilmárica”, mas na maioria do tempo é apenas Dagoberto mesmo…
    A defesa, como sempre fez, só distribui pancada. André Dias se mostra cada vez mais risível, e Richarlyson há muito não joga coisa alguma. E o pior, faz falta demais. Todo jogo ele merece ser expulso. (Pelo menos em todos os que vi…)
    Resumindo, esse time tricolor não tem nada! Contra um Corinthians mais focado no Brasileirão seria uma surra no domingo. Mas eles dão essa sorte agora, e creio que poderão vencer o time alvinegro, que tem olhos apenas para o Inter (por enquanto…)
    Demitiram o Muricy, mas não vejo porque se preocupar. Se renovarem com o “auxiliares técnicos”, aqueles que vestem preto e usam um apito na boca ou uma bandeira na mão, tudo estará garantido.

    FABIO, não acho que eu tenha sido vaselina. mas, de fato, não sou dos que jogam querosena na fogueira, que pedem cabeça, que o diabo. Não gosto disso. CVomo também não gostaria que ficassem me derrubando no jornal, na revista, na internet, no blog, na tv e no rádio. acho uma questão de respeito pessoal, mais até que profissional. e, também, parece que o São Paulo perdeu – e feio – para o Bambala. Não foi. Foi para o Cruzeiro. Que pode repetir na América do Sul o que o próprio SPFC fez em 92,93 e 2005. se o Grêmio, outro que pode ser tri, deixar.

  • LELO STANCIOLI

    amigo Beting,

    Se o jogo fosse apitado por um juiz brasileiro, o SPFC teria levado a vitoria.
    Mas como o juiz foi de fora, ele nao permitiu que o SP batesse a vontade.
    Eu ja vi de tudo dessa arbitragem nacional, indecente por sinal.
    Em 2007 eu estava no mineirão. O Sp iniciava sua arrancada naquela partida contra meu Cruzeiro. No final da partida, o Breno esticou a mão e cortou um cruzamento. O Juiz nem mencionou a ideia de dar penalty.
    Ja vi o time do SP, do palmeiras, do Inter baterem muito.

    não, longe de mim dizer que esses times vencem batendo…mas que ele batem e a arbitragem deixa…ah deixa!

    abraços

  • CLAUDIO

    DIZEM QUE O KLEBER É VIOLENTO. ASSISTAM AOS 3 JOGOS ENTRE BAMBI E CRUZEIRO. VIOLENTOS E MALDOSOS SÃO MIRANDA, ANDRÉ DIAS, RICKY, DAGOBERTO, EDUARDO COSTA, RENATO SILVA E BORGES. O BAMBI PERDEU PORQUE ESTAVA CANSADO DE TANTO DESFILAR NA PARADA GAY. OSVALDO DE OLIVEIRA NO BAMBI.

  • carlos heitor

    A prepotencia do Murici nos ultimos 2 anos,levou o Säo a esta situaçäo,sem tirar o merito do Cruzeiro que é uma das 3 grandes equipes do Brasil nos ultimos anos.
    Abraçooooooo a naçäo azuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuul.

  • Laura

    Comentário postado por Victor no blog do André Khfouri
    Engraçado como todo mundo adora colocar um “mas” nas vitórias do Cruzeiro, como que querendo desmerecer….Futebol é resultado: 2×1 no Mineirão e 2×0 no Morumbi. Isso é FATO. [2] (add: 18 finalizações celestes x 8 do SP e inumeros escanteios a mais.)

    Engraçado também como ninguém falou mal do SÃO PAULO no jogo em que o CRUZEIRO perdeu por 3×0. Mais engraçado ainda é ver toda essa confiança depositada no time do SÃO PAULO se perder nos 2×0 tomados em pleno Morumbi (com a casa cheia de confiantes torcedores São Paulinos e Cruzeirenses que também fizeram bonito). Agora eles perderam não porque a Raposa jogou bem, mas porque o São Paulo não jogou nada. Bonito hein! Isso é ser São Paulino..

    Digo isso como desabafo pelos inúmeros comentários lidos em blogs esportivos sobre a vitória incontestável do Cruzeiro.
    MAURO, PARABÉNS PELOS COMENTÁRIOS.

  • Geraldo

    Mauro! Parabéns pelo seu comentário, pois a imprensa paulista não faz o mesmo com execeção do Flavio Prado, mas o São Paulo é time e tem time para ganhar o brasileirão. “SOU CRUZEIRENSE”

  • http://afamiliamata.es.tl/ Carlos Marti Hernández

    … “no agregado”???!!!!… curiosa expressão!

  • Renato Faria

    O São Paulo conversou demais… bateram no Kléber nos três jogos que acontederam nos últimos dias… time violento, zagueiros violentos… E a imprensa deveria falar da deslealdade de alguns destes jogadores. Os caras só sabem ganhar, P@#$%¨, perderam na bola e a cabeça.

    O Cruzeiro vai comendo pelas beiradas, como bom mineirinho… e tomara Deus, vamos chegar ao TRI este ano. Somos o carrasco do Sampa em jogos de mata-mata… 5 classificações em 6 confrontos!!!

    Saudações Celestes

  • Diego

    Perfeito Post Mauro!

    Nota 10, pra vc, pro Muricy e boa sorte ao RG.

    Abraços!

  • http://www.blablabla.com.br Gaby

    Vamuu São paaulooooo tiime boooum , !