MENU DO DIA – Brasil, Uruguai, Corinthians, Coritiba, Palmeiras, Vitória

por Mauro Beting em 05.jun.2009 às 17:43h

Tina é argentina de Ijuí, Rio Grande do Sul. Morena de avó índia casada com espanhol, mãe italiana de olhos azuis e pai croata, é a versão 2.0 de Angelina Jolie. A übermodel Alessandra Ambrósio é o Hugo do “Lost” perto de Tina, que aprendeu a falar espanhol no Instituto Wanderley Luxemburgo:

– Ola, que tal, periodista? Nuestro amigo del boteco Mendes me habló de usted muchissimo. Sin embargo, Uruguay gana de Brassil mañana. Me encanta Forlán. Aunque Cristián Rodríguez e Lugano non juegan, los muchachos charruas ganam. Por supuesto. Sin embargo. Mientras.

– Tina, mais que o time do Dunga, o Uruguai precisa da vitória. Não sei como chega a Seleção. Não treinou muito para não estourar fisicamente os caras que vêe de final de temporada na Europa. A turma do Brasil é reserva. Nunca é fácil ganhar dos caras lá. Em Eliminatórias, nunca vencemos. E acho que continuaremos assim. Empatamos. E está bom demais.

– Como “empatamos”, sin embargo?! Usteds empatam. Para mi, yo quiero que brassileños e uruguajos se mientrem e se explotán! Argentina non está bien, e necessitamos de un empate de usteds, por supuesto. Aunque. Mientras. Todavia…

– Tina, é bom também torcer contra o Chile do seu Marcelo Bielsa. O Loco é ótimo. E a geração chilena é boa. Como o Paraguai não deve perder uma vaga, a briga vai ser mais quente que o esperado.

– Periodista, sin embargo, que equipo usted haria con Brassil? Que alienación?

Aliás, Tina, “alienación” é o melhor termo para “escalação”. Tem cada uma tão distante da realidade… Mas, pelo grupo do Dunga, o time que joga no Uruguai é esse mesmo. Sem cornetar os que não vieram, também começaria com esse time. Porque já há o entrosamento entre Gilberto Silva e Felipe Melo, e o Ramires tem atuado muito mais como meia que como volante.

– Bamos hablar de los juegos do Brassileirón, todavia, sin embargo, mientras: Corinthians gana? Poderia ser la final de la cuepa del Brassil?

– Sim, como não? O Coxa ficou por um gol. O Corinthians também bateu na trave, mas sobreviveu. Agora, é outra realidade. É preciso saber como ficou o astral do Coxa. Pelo modo como atuou, não pode baixar a cabeça. Até porque precisa se recuperar no BR-09. O duro é pegar logo de cara o Corinthians, no Pacaembu. E sem o Carlinhos Paraíba. Mas como não será o Timão completo – o que acho bastante discutível da parte corintiana -, dá para voltar com um bom resultado.

Para mi, és fresscura poupar elenco! Juega solamente dia 17 contra Inter? Para qué? Mientras! Sin embargo!

– Tina. Há condições científicas de evitar algumas lesões musculares. Isso explica algumas situações. Não todas. O Palmeiras, por exemplo, que não jogou no meio de semana, esse precisa ir o mais completo possível contra o Vitória.

Yo creio que sí. Pero los equipos non pueden alienar sus jogadores que están emprestados. Tonteria esso, sin embargo, todavia, mientras!

Fato. Dependendo do atleta que um clube empresta, eu colocaria uma cláusula obrigando ele de atuar contra mim. Se não jogava bem aqui, por que diabos jogaria bem contra mim? Voltou essa bobagem que prejudica Vitória e Palmeiras. Em todo caso, pelos desfalques baianos, deve dar vitória do mandante. Vitória paulista.

– Aproveche no Brassileirón, mi amigo chancho. Por que na Libertadores, los pincha de La Plata irán repetir la história de 1968 contra Palmeiras. “El año que non se cerró”! Los Estudiantes unidos jamás serán vencidos!!!! Sin embargo, que és esto nel menu del señor Mendes: “Manguto cotejado com trakinas de morango sem-glúten no panache de sulfito de sódio bombardeado por confeitos de brioche de carne-louca refogada no aipim dinamarquês com crosta de acelga recheada com pamonha de beluga com polenta sul-setentrional”? Es uma empanada? Usteds brasileños despues nos llaman de maricones…

Tina, por favor. Sem preconceitos. E por que você é argentina se nasceu em Ijuí?

– Por que yo soy Diego, cabrón! Yo soy maradoniana, yo sou xeneize, puerra! Yo soy una lady, PIII!!!!

  • Mario Corá (Santo André – SP)

    Mauro, primeiramente, obrigado por ter respondido (pela milésima vez) a uma zoação das mais chatas possíveis (feita pela milésima vez), num dos posts de ontem.

    Mas, mudando de conversa, e depois de ler a conversa acima, me ocorreu uma coisa: o Chile de Bielsa é considerado a maior ameaça para o Uruguai com relação à quarta vaga direta das eliminatórias sulamericanas, visto que Paraguai, Argentina e Brasil já estão garantidos – quase, pelo menos. Caso o Chile “roube” essa vaga da Celeste Olímpica, os uruguaios terão de enfrentar o quarto colocado das eliminatórias ca Concacaf que, hoje, é o México, tão temido.

    Assim, a pergunta: será que o México, seleção que não consegue (no caso, não conseguirá) uma vaga direta disputando eliminatórias fraquíssimas, tem mesmo cacife, atualmente, para desbancar Uruguai e/ou Chile?

    Yo no lo creo…

    Abraços.

    MARIO, ainda creio no México.
    siempre.

  • bolívar cambará

    bah que ironia…