As 12 da Copa-14

por Mauro Beting em 31.maio.2009 às 15:56h

15h35 – Direto de Bahamas, Sepp Blatter abriu o jogo já bastante aberto por gente ótima da imprensa:

Por ordem alfabética,

Belo Horizonte – Não havia o que discutir, e ainda pode sediar até a partida inaugural. No mínimo, brigar por uma semifinal.

Brasília – A capital poderia ficar de fora? Não e sim. Bonn, na Copa-74, não foi sede do Mundial alemão.

Cuiabá – O Pantanal merecia uma sede. Não sei se é Cuiabá, não sei se seria Campo Grande. Só sei que torço pela que invistam em infra-estrututa o que gastaram na campanha.

Curitiba – Pela bola, pela cidade e pelo Estado, indiscutível.

Fortaleza – O Nordeste merece sempre muitas cidades.

Manaus – Estava uma bola e muitas amizades à frente de Belém, que também seria uma bela cidade para a Copa.

Natal – Belíssima cidade com um belo projeto privado.

Porto Alegre – Situação idêntica a de Belo Horizonte.

Recife – Uma das capitais futebolísticas, com o capitais necessários para uma Copa.

Rio de Janeiro – Capital futebolística do futebol pentacampeão mundial.

Salvador – Jamais poderia ficar de fora.

São Paulo – Merece fazer o jogo inaugural.

Como Florianópolis e Goiânia poderiam fazer parte desta festa.

Só não me pergunte no lugar de quem.

Tags:

  • Ednilson Vidal

    Interessante. Se existe dinheiro e capacidade para construir um Brasil melhor, porque já não o fizeram antes? Era necessário esperar por uma copa do mundo. Se não fosse escolhida sede de mundial, então nada de investimento? Coisas de Brasil…

  • anderson

    Caro Mauro gostaria de saber sobre os jogos em São Paulo serem realizados no morumbi, Isso vai beneficiar somente o SPFC. Sabendo que o estado de São Paulo é o mais rico do pais e que deveriam construir um estádio novo. Concerteza toda a papulação do estado de São Paulo vão concordar com isso!….Caso seja mesmo o morumbi venho eu corinthiano demonstrar meu sincero meu descontentamento como concerteza palmeirense e santistas estaram pensando a mesma coisa que eu!!
    Gostaria de saber oque vc pensa sobre isso Mauro Beting! É melhor comentar sobre isso agora pra não ficar chorando depois….Vamos pessoal comentar sobre isso pra ver se não resolvem contruir um estádio novo em nosso estado….um abraço Mauro eh até mais..

  • Jovaneli

    Melhor seria Florianópolis e Belém (onde historicamente existe futebol) no lugar de Brasília e Manaus (a primeira, conhecida por suas muitas bolas foras e a última por não saber o que é futebol na principal divisão do futebol nacional).
    Mas melhor ainda seria se a Copa do Mundo não fosse disputada no Brasil em 2014. Não que o país não possa organizar. Questão de priorizar aquilo que é de fato prioridade e de respeito ao imposto que eu pago. Aliás, se não bastasse não ter a contrapartida (educação, saúde, segurança e transporte decentes), verei uma dinheirama jogada na lata do lixo ou em lugar pior do que o lixo ou os elefantes bracos.

  • Papini

    O que farão, depois da copa, com os estádios que serão construídos em Manaus e Cuiabá? Foi um grande absurdo deixar Goiânia de fora pois o
    povo goiano adora futebol e Goiás tem um time na série A e dois na B

  • Marcio Vieira

    por que 12?

    8 seriam mais que suficientes.

  • Valdir

    ALGUNS ABSURDOS EVIDENTES:

    – Cidades com futebol semi-amador serão agraciadas com arenas milionárias e super-modernas, que se transformarão em elefantes brancos após a copa, com toda a certeza.

    – São Paulo, que é a maior cidade brasileira, sede do mais estruturado futebol brasileiro, vai ter que se conformar com uma garibada no anacrônico Morumbi, um estádio que é odiado por todos os que já tiveram o desprazer de assistir algum jogo alí (mesmo alguns sãopaulinos).

    – O Rio de Janeiro ser, de novo, o lugar da final é brincadeira de péssimo gosto. Aliás, é brincar com o azar. Pensem o Brasil chegando à final da copa de 2014, todos os fantasmas do Maracanazo de 1950 que serão ressuscitados, e a pressão que vai cair nas costas de nossos jogadores…

    A final, por uma questão de justiça, deveria ser em São Paulo, que é a cidade brasileira mais importante. Ou por outros critérios (turísticos, calor humano, o fato de ter sido a primeira capital brasileira) em Salvador, em um novo estádio construído sobre os escombros da Fonte Nova. Já que a questão do elefante branco pós-copa não foi levada em conta mesmo, então uma opção seria Manaus, porque ficaria bem apresentar para o mundo uma final no meio da Amazônia, para nos mostrarmos como país ecologicamente consciente e preocupado com o desenvolvimento sustentável…

  • Carlos Henrique

    Mauro, a capital futebolística do Brasil hoje é São Paulo, na minha opinião, a Final é que deveria ser realizada lá.

    Algumas considerações:

    – A abertura deve ser em Brasília;
    – Goiânia e Belém não poderiam ficar de fora (no lugar de Cuiabá e Natal, respectivamente).

    No mais, forte abraço

  • Edson luiz

    Realmente e um absurdo os critérios ( DEVE SER MAIS POLÍTICO ) de escolha de algumas sedes para copa de 2014 no Brasil. Sejamos bem racionais: Manaus tem alguma representatividade futebolistica em nosso País? O que falar então de Campo Grande? Três cidades no nordeste não seria muito? E Brasília, também tem futebol? Sinceramente gostaria muito se saber quais foram os critérios adotados para que pudessem ter escolhido essas sub-sedes. Existe alguma explicação lógica para tanta aberração? Se alguém souber a resposta lógica, por favor respondam!
    Abraços …

  • Alessandro

    Mauro,desculpe mas discordo de você,com todo respeito ao Pantanal,mas beleza natural ou posição geografica tem pouco haver com que realmente importa,porque afinal de contas,depois da Copa vamos ter verdadeiros elefantes brancos.Acho que Floripa merecia ser sede,uma porque recebe muitos turistas argentinos(certamente estarão na Copa 2014) outra,o Estado de Santa Catarina possui muitos descendentes de imigrantes alemães(outro que marcará presença),Belem ou Goiania(uma das duas)poderiam fazer parte tambem.Acho que o ideal seria dez sedes,nós temos muitos problemas economicos,saúde,nossa gente sofre em filas de hospitais,não tem um sistema de ensino decente,por isso ficar torrando dinheiro publico com estádios que depois não serão ultilizados é burrice,mas brasileiro tem mania de grandeza,come sardinha e arrota caviar….

  • Alessandro

    Sobre o jogo de abertura,acho que poderia ser Porto Alegre,é uma cidade muito bem estruturada,sem os problemas de violencia de Rio de Janeiro e São Paulo,pra final,é obvio que tem que ser e será aqui no Rio,alias,pelo que eu entendi(desculpe se tiver enganado)só será ultilizado o Maraca,deixando o Engenhão de lado,quer disser o Estado que tem dois dos três melhores estadios do Brasil(o outro é o Arena da Baixada no estado do Parana)só poderá usar um,e não tem nem desculpa porque na Africa do Sul teremos dois estádios numa mesma cidade(se não me engano,Joanesburgo).Preferimos gastar uma fortuna(que com certeza será maior do que o previsto e planejado),só os nossos politicos mesmo pra ter uma idéia dessas,porque será,hein?

  • Augusto Frutuoso

    O que me impressiona é a limitação cerebral de alguns aqui! Quem não conhece não opina! O estado de Mato Grosso, juntamente com a capital, está sendo o estado que mais cresce no país. Mauro, Cuiabá não foi escolhida por causa de propaganda, amizade etc… Para se candidatar a sede, tem que existir projeto. E o projeto de Cuiabá, foi melhor do que o de Campo Grande. Tem gente que nunca saiu da moca e pensa que por aqui só tem jacaré e onça. Não. Aqui tem muito mais. Nosso potencial Turístico é enorme. A nossa produção de grãos e gado é uma das maiores do planeta. A migração de gente de diversos lugares do Brasil pra cá, se dá por causa de que? E a escolha do pantanal como sede, foi uma exigência do Joseph Blatter. Infelizmente, só fora do país e que conseguem entender a importância que o Pantanal e a Amazônia tem para o mundo. Mauro, o Eurico Gaspar Dutra era cuiabano, e teve uma importância ímpar para a realização da copa de 1950 no país. A Copa não é do Brasil… muita calma nessa hora!

  • Augusto Frutuoso

    Errata: A Copa é do Brasil, e não de A, B ou C!

  • Yano Oliveira

    Muito se está falando das cidades que deveriam ser ou não sede da copa 2014, uns criticam Manaus porque não tem time, outros queriam floripa em vez de Natal e etc, mas todo mundo concorda que SP deve ser até sede do jogo de abertura não é, acho que não. SP é a maior cidade, mais rica, tem hj o melhor futebol e tudo isso, mas pensem, SP é um caos em alguns horários, já pensou jogo as 17, 18, ou 19 horas, as seleções terão que sair do hotel as 10 da manhã se não chegarão atrasadas, e no intervalo dos jogos, o turista vai fazer o que em SP? Sem contar que, rezem pra não chover em dia de jogo.

  • Luiz

    Sinceramente: Belém tinha que estar no lugar de Manaus, qualquer estádio lá vai virar um elefante branco. Cuiabá é um absurdo, assim como a ausência de Florianópolis.

  • Orleans

    Imaginem quanto custará um ingresso na copa de 2014, em Manaus quando se tem amistosos com clubes do eixo sul/sudeste o povo paga até mais que R$ 50,00.

    O povo Manauara adora o futebol, o fato de não ter uma equipe na primeira divisão, se dá a desorganização de dirigentes locais a aos altos custos que nossa CBF teria, na manutenção em equipes do Norte do país, agora lembrem-se de uma coisa, quem escolhe as sedes não são brasileiros e sim estrangeiros (FIFA). E o mundo clama pela vida, e vida na amazônia tem de sobra…

  • Ademir

    O duro é aguentar os são-paulino depois dizerem que o Morumbi é o maior estadio particular do mundo, que foi construido com o suor deles, sem ajuda do governo. Aquela conversa que a gente ouve desde 1962.

  • weyllon eduardo

    naoo adianta pessoall doo para de florípa e de goianiaa

    e de beleem ja eraa a copa ee einn manauss

    a oitava maior metropole do brasill

    uma das que mais cresce no país

    belemm e goianiaa naoo chegaa nemm aoss pes de manaus em termos

    de infraestrutura ja floripaa tbm nao sei porque ficou do lado de fora

    acho que deviam tirar alguma da região nordeste

    que teemm sede ate demais

  • weyllon eduardo

    naoo adianta fica magoadoo naoo tamoo na copa pohha

    adeuuss belemm ficaramm foraa

    adeuss goianiaa adeuss floripaa

    a copaa e no amazonass _)_

  • Luiz

    Ao custo de divulgar o Pantanal, muito bonito e importante para o mundo por sinal, vamos ter grandes clássicos como Mixto e Luverdense ou Operario e Sorriso em Cuiabá com média de 1550 pagantes, disputados em estádios que irão custar milhões e milhões. Em Brasilia, vamos ter Gama e Brasiliense com 1663 pagantes em um imenso elefante branco. Já em Manaus, o simpático Nacional jogará contra o São Raimundo em um estádio onde cada torcedor vai ter que enxergar o outro de binóculo… é duro. Pelo menos em Goiania e Florianópolis tem um pouco mais de futebol que isso.

  • ita

    “”‘Capital futebolística do futebol pentacampeão mundial.””

    realmente representa tudo de podre do nosso futebol que seira deca campeao mundial caso a cbf, comissao de arbitragem e stjd nao tivesse seu pezinho lamancento chafurdado ali…Tiumes falidos bancados com dinheiro do estado…As capitais do futebol brasileiro são belo horizonte e Porto Alegre q contra todo marketing,imprensa e cambalachos nao se apequenam ante essas falsas potencias

  • Orleans

    o problema não é fazer a copa, é ter dinheiro para assistir, e isso bairristas, nós Manauaras temos. porque aquí tem emprego…graças à Deus…observem o projeto como um todo, não só o estádio…sds

  • Claudio Sacramento – Salvador/BA

    Acho que duscutir sobre quais deveriam ser sedes é pouco importante. O absurdo é fazer uma Copa num país subdesenvolvido. Nós sabemos que o retorno à população não será suficiente para compensar os gastos com o torneio. E mesmo que fosse, os setores beneficiados não seriam as prioridades. Sem contar a grande possibilidade de superfaturamento das obras. E no Brasil isso é trivial!
    Como imaginar despesas de alguns bilhões de reais POR CADA UMA das 12 cidades-sedes quando boa parte da população é pobre? Se tem verba para isso porque a educação brasileira é tão abandonada? E não venham me dizer que o dinheiro gasto é de empresas privadas que sei que boa parte será das 3 esferas do poder executivo!
    Em se tratando dos Jogos Olímpícos de 2016, são outros quinhentos. O retorno de uma Olimpíada recai em outro ponto. Quem sabe depois de sediar os jogos de 2016, se assim for, começaria o casamento do esporte com a educação?

  • http://juinamt carina

    obrigada por dar uma

    chance p/ mato grosso

    só q esperamos,

    q não seja apenas dessa vez.

  • andre

    NESSA ESCOLHA TEVE DE TUDO MENOS ESCOLHA TECNICA COMO SEMPRE FOI DEFENDIDA PELA CBF ( CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL) TEVE ESCOLHA GEOGRAFICA, FLORIPA FICOU DE FORA POR CAUSA DE PORTO ALEGRE E CURITIBA – GOIANIA FICOU DE FORA POR ESCOLHA GEOGRAFICA EM DETRIMENTO DO PANTANAL, BELEM E RIO BRANCO FICARAM DE FORA EM DETRIMENTO A MANAUS CONHECIDA NO MUNDO INTEIRO POR SER A CAPITAL DA AMAZONIA,AGORA A GRANDE FRUSTRAÇÃO FOI A ESCOLHA DE CUIABA,,, ESSA FOI LITERALMENTE POLITICA ISSO NAO SOU EU QUEM ESTOU DIZENDO A IMPRENSA NACIONAL JA HAVIA CITADO ESSA REGRA PARA AS DUAS CIDADES,,, COMO UMA CIDADE COM TOTAL MELHOR ESTRUTURA POSSA PERDER,,, NAO HA RESPOSTA,,,Goiânia, VOCE não foi escolhida pela FIFA nem pela CBF, mas para mim o vencedor não é o sempre o escolhido mas sim aquele que tem MERITOS!

  • http://www.eliseogallery.com/Home-Insurance.html Abalos

    homeowners insurance [url=”http://www.eliseogallery.com/Home-Insurance.html”]cheap home insurance[/url] http://www.eliseogallery.com/Home-Insurance.html =-(

  • http://blogs.lancenet.com.br antonio

    Campo Grande apesar de atualmente estar longe do cenário futebolistico nacional,graças as armações dos grandes clubes eixo-sudeste e sul,já teve mais história no futebol nacional com as grandes jornadas do time Operário Futebol Clube de Campo Grande, nos anos de 1970 à 1988 que a cidade de Cuiabá,quem é um pouco mais velho na faixa dos 50 anos de idade sabe disso,inclusive com uma terceira colocação no nacional de 1977 depois de dar um sufoco no Grande São Paulo Futebol clube,venecendo o primeiro jogo aqui em Campo Grande e depois perdendo lá na capital Paulista,o Operário de Campo Grande ainda têm o titulo do módulo amarelo que equivalia à segunda divisão do Campeonato brasileiro em 1988 dentre tantas boas colocações no brasileirão da primeirona,o operário seria no minimo ou pouco mais o que o clube do Goiás representa para o centro-oeste do país,por isso e outras qualidades da capital de MS,Campo Grande merecia sim ser uma sede da copa do Mundo de futebol,agora peguem o futebol de Cuiabá,quando conseguiram algo de representativo no futebol do Brasil? que grandes equipes o Mixto por ex,de Cuiabá já venceu? o operário teve em seus tempos gloriosos um dos melhores púlblicos por jogo nos campeonatos nacionais m´pedia de 30 mil por partida e venceu muitos grandes clubes em jogos como vasco,São Paulo,Palmeiras etc..dentre outros e em termos de tamnho Campo Grande sozinha tem praticamente a mesma população de Cuiabá e a vizinha Várzea Grande conurbada com Cuiabá,mais ai são duas cidades enquanto nós somos uma cidade apenas.Hoje todos sabem que Cuiabá principalmente foi escolhida devido à negócios do ex-presidente da CBF,Ricardo teixeira com o ex governador de Cuiabá Sr Blairo Maggi.Nada contra Cuiabá ou cuiabanos,mas Campo Grande merecia sim ser sede da Copa,ai estão os argumentos quem duvida é só pesquisar.