MENU DO DIA – Atlético-MG, Cruzeiro, São Paulo, Santo André, Botafogo, Sport, Santos, Corinthians, Coritiba, Goiás

por Mauro Beting em 29.maio.2009 às 19:11h

Idiamin, o atleticano, celebra no boteco do Mendes o novo reforço do Galo

– Mário Betti, meu amigo, agora temos um goleiro. Não é um Joào Leite, não é um Mazurkiewicz, não é um Kafunga. Mas, pelo menos, é um goleiro.

– Idiamin, o Juninho, de fato, é um bom reserva. Mas não é melhor que o Aranha, que demorou a explodir na carreira. Mas há um ano e meio joga bem. E chega num momento bom do Galo. Para mim, favorito contra o Santo André. Time que merece respeito, e é perigoso fora de casa. Mas não a ponto de atrapalhar o bom momento atleticano. Jogo para 1 a 0.

– Mário, o melhor é que não só chegou o Aranha. Saiu o Lopes. O cara não é ruim. Mas por ser quase-bom, ele virou uma porcaria, no bom sentido, né?

Claro… No sentido bíblico… Baita desperdício o Lopes. Uma pena. Ele foi o Lenílson de 2009.

– O Mendes, por favor, traz aquela coxinha da hora. Mas desta hora, viu? A última que você me trouxe tinha sido feito no dia em que o outro time lá da minha terra venceu um jogo fora de casa pelo Brasileirão. Seu Mário, como é que pode vocês encherem a bola deles e os caras não conseguem ganhar desde setembro fora de casa? Aliás, não só ganhar. São seis derrotas seguidas como vistante. Que seleção é essa? Que timaço é esse?

Idiamin, pro elenco do Cruzeiro, de fato é pouco. Mas há como entender. E há como se recuperar em breve. Só não sei, claro, se será contra o São Paulo. O Tricolor precisa de um resultado legal em casa. Sobretudo contra o rival de Libertadores. Meu palpite é para empate.

– Vai ser um jogo de marcação, muito pegado, seu Mário. Não vai ter show. Então, pelo que disse lá em Santos, o presidente do Corinthians não irá precisar levar os filhos para o Morumbi… Eles disse que só irá lá no estádio do Tricolor em shows musicais. E pedindo ingressos pro pessoal do São Paulo. Esses cartolas… Os caras falam um monte um pro outro e depois dão pra trás…

Idiamin, qual a novidade? Os estádios cada vez mais são para quem pode pagar mais. Nada contra ganhar dinheiro com bilheterias mais ricas. Desde que os que não têm tanto dinheiro tenham direito a um espaço decente, com tratamento decente. Os estádios estão mudando. Muitos, para melhor. Não necessariamente o torcedor que o visita segue o nível.

– É o que a torcida do Corinthians gritou para o presidente deles: “Andrés, Timão não é burguês!”. Essa foi ótima. Das melhores rimas já feitas em estádio.

De fato, Idiamin, seu conterrâneo Drummond, que proseou e poetou bem demais sobre futebol, ficaria com os poucos cabelos em pé ao ouvir tantas rimas “ricas” nas arquibancadas…

– Mário Betti, como você disse, arquibancada não é para coisas ricas. É para o povão. Mas, vamos lá, me deixe mais rico: palpite outros jogos da rodada:

Idiamin, no máximo, eu pago o café. Porque com meus palpites, continuaremos do mesmo jeito… Vamos lá, sem falar de todos: falando do Corinthians, com os reservas, na Vila, contra o Santos sedento, e o mais completo possível, dá Peixe. Tipo 2 x 1. No Couto Pereira, o Coritiba dividido com a Copa do Brasil, empata por 2 x 2 com o Goiás.

O Coxa não pode só pensar na Copa do Brasil se não leva fumo no Brasileirão. Olha só o Sport… De tanto só pensar num torneio, caiu fora da Libertadores, e agora perdeu o Nelsinho, o Paulo Baier. Que coisa!

– Ótima chance para o Botafogo se recuperar na tabela. Muito estranha a saída do Nelsinho. Mais uma, aliás. Como também costumam ser pouco normais as do Paulo Baier. Os dois farão falta nesse momento conturbado do Sport. Mas não acredito em queda acentuada de produção do time, não. Tem tudo para sair dessa. É só apagar o incêndio antes.

– O Mário Betti, você que é da imprensa, não sabe mais coisa dessa história do Nelsinho e do Paulo Baier?

– “Ouvir”, ouvi muito. Ler, também. Mas não gosto de fofoca, mesmo sendo jornalista. Tem um monte de versões. Possivelmente, um monte de razöes, não apenas uma. Algumas verossímeis, outras não. Mas até as que parecem improváveis podem ser as reais. Em todo caso, prefiro ficar com as palavras oficiais, nem sempre as mais reais. Apenas por questão de respeito. Até porque, Idiamin, a imprensa não sabe nem 10% do que se passa num clube de futebol.

Seu Mário, a imprensa não sabe nem 5% do que se passa na própria empresa dela… E fica metendo o bedelho e se fazendo de pentelho na casa dos outros.

Estamos de acordo, Idiamin. Deixa eu ir. E te espero na festa do Simoninha, na terça, em São Paulo. Vou ser DJ de MPB! Agora, eu até pagaria a sua conta, mas o meu cartão de débito não tá passando. O Mendes disse que a maquininha está rejeitando…

É, seu Mário… Agora eu tenhio certeza que jornalista não sabe nem 1% do que se passa na própria conta bancária…

Tags:

  • RENATO ALVES

    meu caro mauro beting sera que ninguem ve ou tem medo de falar mau do muricy ele adora inventar o sao paulo tem dois laterais e ele nao coloca pra jogar porque sera que nenhum lateral direito joga com o muricy o borges e artilheiro e fica no banco o w9 e um morto parece que joga de calca eo hernandes nao joga mais nada porque ele e volante e nao meia sera que o inventor do muricy nao ve

  • Fernando Heleno

    Mauro, você sabe que o grande problema do cruzeiro continua sendo, por incrível que possa parecer, o Adilson Batista. Desde o ano passado, até hoje, o torcedor não consegue confiar na equipe quando atua fora de casa. O Adilson simplesmente não consegue manter o padrão do time. Não sei se por medo (pessoal, dele), mas as alterações que promove na escalação e na maneira de jogar parece influenciar negativamante o elenco, e o time ou não rende absolutamente nada, ou não consegue, mesmo atuando bem, um resultado final satisfatório. Basta ver este ano. A única equipe de qualidade que pegou fora de casa pela Libertadores, o Estudientes, foi aquele vexame, mesmo descontando os acontecimentos extra-campo que tumultaram muito o início da partida. No Brasileirão, mesmo contra um adversário sem grande expressão como o Nautico, o time afundou novamente. Acho que ele, Adilson, e não o time, deveria ter o acompanhamento de um psicólogo para ver se deixa de transmitir essa condição negativa ao time. O jogo de volta contra o São Paulo apavora mais pelo Adilson que pelo adversário, que não assusta ninguém, ainda mais sem o Miranda para garantir a defesa.

  • pinho

    Mauro, vc se inspirou na auto entrevista do Palaia pra fazer este post? Mto. bom…
    Abrs,
    Pinho

  • claudio romanelli

    MAURO BETING VC VIU A LAMBANÇA QUE O FH DO FLU APRONTOU?
    COMO PODE UM JOGADOR APOIAR O SEGURANÇA APROVANDO A SUA ATITUDE…PAGOU PELA FALHA E NEM VIAJA…TA EXPLICADO PORQUE O FUTEBOL CARIOCA ESTA MORRENDO..ANO PASSADO OS TORCEDORES DO FLA JOGOU UMA BOMBA NO TREINO DOS URUBUS..ENFIM A CADA DIA QUE PASSA VOU TENDO A ALEGRIA DE VER ESSES TIMES LONGE DA SERIE A…CRUZEIRO OU GREMIO CAMPEÃO DA LIBERTADORES E TIMÃO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL.

  • laylla

    hoje o galo vai fazer um golasso!
    e vai ser do reenteria