Juan…

por Mauro Beting em 19.maio.2009 às 10:18h

Ele é um bom ala-esquerdo. Por vezes ótimo com a bola nos pés. Foi o melhor do BR-08. Até merecia um chamado para a Seleção se o time de Dunga atuasse com dois zagueiros e dois laterais. Como lateral, apenas, foi bisonho na não menos bisonha partida do Brasil contra a Bolívia, no Engenhão.

Juan sabe jogar. Mas não é Júnior (o Capacete), por mais que tenha atitudes de boleiro infantil.

Mesmo se fosse Nilton Santos, não poderia fazer o que fez quando Maicosuel apenas o driblou, no RJ-09.

Não poderia fazer o que fez com Cuca, querendo ditar o que o treinador do Flamengo planejou, tentando desrespeitar o comando, tentando apenas relaxar.

Não é só Juan, por favor. Mas é toda uma geração (e não apenas esta) tratada a pão-de-ló (coisa de antanho) e que se acha dona da bola, do Flamengo, do mundo.

Cartolas, jornalistas (eu) e torcedores (você) paparicam, mimam. E quando precisa dormir cedo, desligar a TV, desconectar o computador, fazer a lição de casa, tomar banho, não botar o dedo na tomada, não tomar mamadeira, os nenês de chuteiras ficam bravos, fazem bico, e dizem que não vão, não vão! Unhéééééééé!

Juan é vítima de uma educação equivocada. Culpa nossa, também.

Mas, ao que parece, ele já é bem grandinho para perceber.

Porém, não tão enorme como ele se acha.

Quem se acha se perde cada vez mais.

Ainda há tempo, Juan.

Ah, sim: isso em nada atrapalha a dura tarefa rubro-negra no Beira-Rio.

Pode até fortalecer o grupo.

Quem sabe?

Só sei que, nessa, e em outras tantas, Juan não soube.

* * * Mais a respeito no TABELINHA, na Rádio LANCE!, comigo , com Alexandre Lozetti e Bernardo Cruz * * *

Tags:

  • Jovaneli

    Mauro, concordo. Tenho certeza que em caso de derrota (resultado normal) para o (mais)forte Internacional, veremos muito torcedor rubro-negro se voltar contra o treinador Cuca e ao mesmo tempo paparicar o bebê.
    Infelizmente, senso crítico é coisa rara no torcedor brasileiro. Não todos. Mas a maioria.

  • Arlen Pereira

    Concordo Mauro, a culpa não é do Juan. Vide os mimos do Robinho, que fechou a cara quando o Real quis troca-lo por ninguém menos que o melhor do Mundo. Citei este pois acho o mais emblemático caso dos “bebês” do futebol brasileiro.
    Sou flamenguista, filho de botafoguense (meu pai tentou de tudo), por conta da geração do Zico e cia, ganharam tudo, e não me lembro de mariquisses (sem homofobia) nestes tempos. futebol era pra homens, não na orientação sexual, mais no portar. Tem de saber perder, saber ganhar, saber galhofar e sobretudo respeitar aqueles que correm junto contigo, seja no campo seja na arquibancada, seja a favor ou contra. No futebol hoje, jogado por mulheres (que o diga a Marta), a frase futebol é pra homem, pode estar batida, contudo, mais do que nunca digo futebol é pra homen (ser humano).
    Juan joga uma bolinha qualquer, não é dos piores, longe dos melhores (quem viu Junior concorda), precisa aprender a ser “ser humano”, pois certamente virará um jogador melhor.
    Último ponto, como um cara (Juan) pode arrumau problemas com um outro cara (Cuca) que arma o time a sua feição. O time do Flamengo é montado para os laterias (alas) jogarem. Juan, acorda o Cuca te ajuda, para de atrapalhar.

  • http://www.blogsantista.com.br/renato Renato Ribeiro

    Mauro Alexandre,

    Cada vez mais eu fico de queixo caído com esse profissionalismo de hoje em dia…
    É engraçado quando o jogador dá declarações “Luxemburguianas” dizendo estar aberto a novas propostas, porque ele é profissional e tem que pensar no futuro…
    E é mais engraçado ainda quando ele não é profissional ao discordar de uma ordem do técnico, do preparador físico, de quem é tão profissional quanto ele…

    O duro é que tem jogador que sempre entra 5kg acima do peso, todos da máscara que carrega…E o Juan está virando um deles…

  • Neto

    Coberto de razão deste vez. Ô Mauro, acabaram as análises táticas de grandes times ou vc tá montando uma nova? Quem será a bola da vez, o inter de Falcão, o flamengo de Zico?

  • Diego Calandrini

    Mauro, concordo plenamente com tudo que vc escreveu, o Juan deveria parar com essas palhaçadinhas e jogar bola, o que não fez esse ano….
    Não consigo entender como um lateral ou ala, não saiba cruzar e o cara ainda é convocado para a seleção?????
    Em uma coisa eu concordo com o Dunga, é a convocação do Kleber lateral, pois é o unico lateral brasileiro que vai a linha de fundo e cruza na cabeça do centroavante, que o diga o Kleber Pereira…
    Um abraço.

  • Belchior

    Eu olho o lado do jogador também…

    Lá na gávea não tem onde comer, onde descansar e onde se concentrar …

    treino da manhã e a tarde é complicado… mas não tiro a razão … O Juan deveria ter argumentado de outra maneira ser mais diplomático… pq duvido que só ele estaria pensando daquela maneira…

  • Jayme Neto

    Embora correto, porque as coisas só são comentadas se forem negativas ao flamengo?? Eu soube e com muito atraso que o Fabio Costa ameaçou o Fabianno Eller com uma tesoura. Isso deixa a atitude do Juan no chinelo. Teve a mesma repercusão? Claro que não. Alguem comentou a “esporro” que o goleiro do Inter deu na orelha do Emerson no ultimo jogo. O Kleber, superllateral convocado pelo dungo sabe se lá porque, empurra o Emerson covardemente para longe. Você ve clamente que ele não quer fazer o “deixa pra lá”, mas sim impedir o Emerson de se defender. Alguem se lembra? Eu lembro, mas EU não sou profissional esportivo, só um torcedor que por causa da imprensa, cada dia gosto menos do esporte. E viva o São Paulo, tricampeão com 3 super-times!! E viva o futebol Arte e talento e morra o futebol força…ou seria ao contrario.

    SRN

  • Igor Lazari

    Mauro, Realmente esta reação do Juan é incompreensível.
    Eu me lembro de ir à Gávea e assistir a vários treinos na época do “chinelinho”. Jogadores como o Beto, Athirson, Fábio baiano e vários outros de chinelo enquanto jogadores mais velhos, como o Leandro Ávila, treinavam com sol à pino.
    O Juan não é um “chinelinho”, e no campo é fácil perceber isso. Pois o Juan corre o tempo todo e não se omite, mesmo quando vai mal. Mas ele é temperamental e isso é ruim para o grupo. Ele já brigou com o Ibson, já brigou com o Léo Moura. O Joel chamava ele de “bronquinha” (alusão à um urso mal-humorado de um desenho animado) e depois de “marrentinho”.
    Esta confusão prejudica o Flamengo e mais: Prejudica os planos que ele mesmo faz de se transferir para um clube europeu… Já pensou ele reclamando de treinar em tempo integral com o Mourinho? Assim, nem no São Paulo ele joga que o muricy não deixa.

  • Ramão Roberto Corso

    Mauro

    Me impressiona negativamente a omissão de todos os programas esportivos e comentaristas sobre o julgamento vergonhoso de Diego Souza e Domingos. Se aquilo que Diego Souza fez não foi agressão, o que será ??? Todos esperavam um julgamento rigoroso, para servir de exemplo, e o que se viu foi uma palhaçada jamais vista. 8 jogos ao Diego, e para cumprir somente no paulistão do ano que vem ?????? quem garante que até lá ele esteja no Palmeiras ????? É este o exemplo que se dá às crianças que assistem aos jogos ?????

    E o mais impressionante. Abro hoje os jornais, esperando uma revolta por meio da imprensa, e se vê a mais completa omissão, ou medo, ou sei lá o que pode se chamar. A partir de hoje, está tudo liberado dentro de campo, e com a conivência da imprensa. Sei que vcs não podem mudar o resultado do julgamento, mas pelo menos escrevam que não concordam. A não ser que concordem !!!!!!!

    Eu só queria ver se este julgamento fosse para algum jogador fora do eixo Rio-SP. Se fosse o Dalessandro, por exemplo, seria expluso do Brasil………….

    Vergonha, tenho vergonha de ser Brasileiro. A corrupção está exposta em absolutamente todas as esferas

  • carlos amendola

    O Juan é individualista, não respeita o companheiro, o treinador e o público. Ainda assim é paparicado pela imprensa.

  • LUIS HENRIQUE F TOSOLI

    Mauro, não me surpreendeu a atitude do JUAN não, acho que é uma consequência de outros atos, o que aconteceu com ele após uns tempos atrás também discutir e mandar se f……… o preparador físico do FLA ao reclamar das atividades físicas?????? NADA, o caso com o Maicossuel no RJ 09 que voce citou?????NADA, foi julgado pelo TJD???? NÂO e agora o que acontece??? vai ser punido pelo clube???????? Será que o clube devendo salários vai poder punir o Atleta???????? não vai acontecer nada, o bombeiro CLEBER MILK chega da aquelas declarações que todos estão cansados de ouvir que está tudo bem, o técnico (sem pulso, queria ver ele fazer isso com o LUXA,LEÃO, MURICI) também vai dizer que está tudo certo, VIDA QUE SEGUE E TUDO COMO DANTES NO QUARTEL DE ABRANTES, e é só esperar pela próxima.

  • Fernando

    Embora Juan não tenha agredido fisicamente ninguém (preparador físico, Maicosuel ou Cuca), sem dúvida, seu comportamento marrento o prejudica em muito. Não é um jogador da noite, tem talento, mas, se continuar com essas atitudes, irá estragar sua carreira. Deveria também parar de cair a um simples contato com o adversário, possivelmente, se insistisse na jogada, boas oportunidades para o Fla aconteceriam. Ah, os salários no Fla estão em dia, sabia ?

  • Grafir

    Juan não é lateral de Seleção nem aqui e nem na China!!! Bem, na China talvez até seja… Se foi mimado, isso não livra sua culpa. É um erro tratar os jogadores como são tratados atualmente, mas usar isso como justificativa de uma cafajestagem? Tenha dó!!! Afinal, não é só ele que é mimado. Richarlysson também foi, e é um exemplo dentro do grupo e do campo. O mesmo para Cleiton Xavier e Keirrison, com o contrapeso de Diego Souza, no Palmeiras. E vários outros exemplos. Jogador de futebol ganha o que ganha, principalmente, porque vende sua imagem. Então acho que deviam ser descontados em seus salários (não somente a punição esportiva) toda vez que ligassem a imagem de patrocinadores a fatos deletérios dentro de campo.

  • http://paralerepensar/lauhemjjr ALEXANDRE VIANA ROCHA

    Maurão, perdoai-me, mas vou regressar à batalha a Ilha do Retiro, a qual imortalizara para sempre o nosso São Marcos.
    Ainda pulsa as minhas artérias, depois daquela partida da última terça-feira; parece que o sangue palestrino continua em ebulição. Queria poder, através do seu blog, expressar a grandiosa alegria que me proporcionara este gênio chamado Marcos. Só mesmo o futebol para escrever um roteiro tão sublime como aquele da Ilha, dramático e épico, a partida que elevou de vez, defitivamente, o nosso Marcos à canonização pelos deuses do futebol. Que dádiva recebi quando pude assistir a mais ontológica apresentação de um goleiro na história do futebol, pelos na minha vida, até hoje. Depois da partida, redigi um poeminha para o nosso gigante são Marcos:

    Eram as mãos do Gigante contra a artilharia do Leão,
    nos olhar, no último arcar de esperança da soída glória.
    Fuzarcas extasiados, banhados em fogo,erguiam punhos e braços…
    gargantas incansáveis e vorazes; bramidos estrépidos à vitória,
    ali, defronte aos Verdes, então genuflexos, sedentos e lassos…

    Então foi que, do solo fustigado daquela Ilha-Vulçao,
    um Titã verde outra vez soergueu,
    quando o fado, para o berço da glória, o chamou.
    E o oponente, pávido, logo se estremeceu
    qaundo o bramido “Marcos”, ao longe, ressonou.

    Olhos rúbeos de angústia paralisados sobre a Ilha em ebulição;
    a minoria verde sufocada pela Fuzarca a cantar e rugir.
    Embalde quis o Leão estremecer a terra da Ilha —roto gramado;
    incontinenti quis o destino que o Titã viesse ressurgir,
    rememorando batalhas, revolvendo as glórias de um áureo passado.

    Leão Ciro então se desgarra, num segundo, ficara inerte o coração.
    Mas veio o pulo do gênio —aos navegantes da verde esquadra grande farol
    O apito final soou, e o Titã empertigou-se sobre a linha divisória:
    ao fundo, as redes, o gol —Mesopotâmia dos homens do futebol.
    E ali iniciou-se o voo do gênio para imortalizar-se na história.

    E o voo derradeiro do gênio fez de acalanto o rugido do Leão,
    tuas mãos, para os rubro-negros da Ilha, foam como “dois carrascos”.
    Mil vezes Marcos! Mahatma és tu, oh Alma Grande palestrina.
    Embebido na glória, o verdugo do leão afigurou-se de santo —São Marcos
    “é o herói de todo o caráter” é um “MASCOSNAÍMA!”

    Abraço alviverde, Maurão, rumo ao bi!

  • http://paralerepensar/lauhemjjr ALEXANDRE VIANA ROCHA

    (estou enviando outro comentário, depois de arrumar alguns erros de português, se for ler, leia este, não o outro)
    Maurão, perdoai-me, mas vou regressar à batalha a Ilha do Retiro, a qual imortalizara para sempre o nosso São Marcos.
    Ainda pulsa as minhas artérias, depois daquela partida da última terça-feira; parece que o sangue palestrino continua em ebulição. Queria poder, através do seu blog, expressar a grandiosa alegria que me proporcionara este gênio chamado Marcos. Só mesmo o futebol para escrever um roteiro tão sublime como aquele da Ilha, dramático e épico, a partida que elevou de vez, defitivamente, o nosso Marcos à canonização pelos deuses do futebol. Que dádiva recebi quando pude assistir a mais ontológica apresentação de um goleiro na história do futebol, pelos na minha vida, até hoje. Depois da partida, redigi um poeminha para o nosso gigante são Marcos:

    Eram as mãos do Gigante contra a artilharia do Leão,
    no olhar, no último arcar de esperança da soída glória.
    Fuzarcas extasiados, banhados em fogo,erguiam punhos e braços…
    gargantas incansáveis e vorazes; bramidos estrépidos à vitória,
    ali, defronte aos Verdes, então genuflexos, sedentos e lassos…

    Então foi que, do solo fustigado daquela Ilha-Vulçao,
    um Titã verde outra vez soergueu,
    quando o fado, para o berço da glória, o chamou.
    E o oponente, pávido, logo se estremeceu
    quando o bramido “Marcos”, ao longe, se multiplicou.

    Olhos rúbeos de angústia paralisados sobre a Ilha em ebulição;
    a minoria verde sufocada pela Fuzarca a cantar e rugir.
    Embalde quis o Leão estremecer a terra da Ilha —roto gramado;
    incontinenti quis o destino que o Titã viesse ressurgir,
    rememorando batalhas, revolvendo as glórias de um áureo passado.

    Leão Ciro então se desgarra, num segundo, ficara inerte o coração.
    Mas veio o pulo do gênio —aos navegantes da verde esquadra grande farol
    O apito final soou, e o Titã empertigou-se sobre a linha divisória:
    ao fundo, as redes, o gol —Mesopotâmia dos homens do futebol.
    E ali iniciou-se o voo do gênio para imortalizar-se na história.

    E o voo derradeiro do gênio fez de acalanto o rugido do Leão,
    tuas mãos, para os rubro-negros da Ilha, foram como “dois carrascos”.
    Mil vezes Marcos! Mahatma és tu, oh Alma Grande palestrina.
    Embebido na glória, o verdugo do leão afigurou-se de santo —São Marcos
    “é o herói de todo o caráter” é um “MASCOSNAÍMA!”

    Abraço alviverde, Maurão, rumo ao bi!

  • Gustavo Henrique

    Concordo com você Mauro,

    O grande Michael Jordan explica isso: O glamuor sobe a cabeça e o atleta perde o foco. Ele mesmo já admitiu que em uma passagem de sua vida deixou a fama atrapalhar o seu jogo. Tem jogadores que não entendem que, por maiores que sejam, não são maiores do que o esporte, do que o clube ou do que as regras morais e de autoridade estabelecidas. São formadores de opinião, mais confundem isso com: “Minha opinião é a que vale”. O juan é bom jogador, mais como atleta já deixou a desejar. Atleta é mais do que um “cara” talentoso. É um profissional dedicado e que busca fazer o máximo visando o grau de excelência esportiva. Bater boca com o treinador nunca foi e nunca será atitude de um atleta. Espero que o juan possa pensar nisso e mudar um pouco esse ponto fraco. É melhor ter 11 jogadores comprometido com o projeto e que respeitam uns aos outros e a comissão técnica, do que ter 11 jogadores talentosos que visam somente seus interesses e suas aparições em jornais.
    Abraços. Admiro seu trabalho.

  • Charles

    Joel Santana adorava passar a mão na cabeça do Juan, dizia assim: Esse baixolinha é marrento!!! E morria de rir.
    Diretoria deve salarios e fica de mãos atadas e tem que deixar correr solto.
    Aquela palhaçada que ele fez com o Maicosuel , vai dar em nada , julgamento já foi adiado 2 vezes e daqui todo mundo esquece e já era.
    No campo não pode tocar nele que é falta ou ele acha q é falta.
    Aqui na minha cidade chamamos ele de (Ba-Juan) , o intocável da novela “Caminhos da India”…………é imprenssionante , esbarrou nele , ele cai , abre o braços e reclama.

  • Raphael

    O que o Juan fez foi errado mesmo, mas isso ocorre em todos os clubes do país e ninguém faz essa tempestade em copo d’água. Se o que aconteceu com o Rogério Ceni fosse na Gávea, os jornalistas paulistas, o STJD e o Lula iriam dizer que o campo de treinamento rubro-negro deveria ser interditado, que o Cuca é um irresponsável por permitir rachões e que o André Lima foi tendencioso no lance também.
    Nós, flamenguistas, gostaríamos que a imprensa se preocupasse somente com questões como transferências, patrocínios, desempenhos, negociações e resultados. É chato todo início de Brasileirão ter que ficar assistindo a imprensa tentando abrir uma crise no Flamengo, ano passado só sossegaram quando o Flamengo perdeu seus atacantes e caiu de rendimento… ou vocês acham que o Marcinho foi embora somente por causa da boa proposta?
    E os salários estão em dia pessoal, o ambiente no FLA é o melhor possível, o Inter só tem o Nilmar e no Maracanã o FLU não perde para o Corinthians…

  • Cesar

    Ele ainda está tonto com o drible do maicosuel. KKK

  • TRICOLOR PAULISTA (ANTES ÚNICO PENTA, AGORA ÚNICO PENTA E ÚNICO HEXA)

    Depois estes cariocas querem discutir futebol com os paulistas. O Juan baixinho que não aguenta um tapa bem dado e é metido a valente, ficou p. da vida pq. tinha que voltar para treinar a tarde. Esses caras só se criam no ridículo e falido futebol carioca. E vem o adriano, que jurou que não é viciado?

  • Miguel

    Po Mauro da uns conselho pro luxemburro
    kara o saconi e bom melhor ,que o errandro ou o fabinho capivara
    e o lenny muleke bom sem oportunidade!!!!!
    e o gustavo kara melhor que esse jeci,porkeira
    pow o k9 isolado todo tempo
    o wilian e bom mais so anda se kebrano

    abraço

  • Rodrigo César

    Juan é marginal, não jogador… ele já reclama antes de receber falta, que muitas das vezes nem são… ¬¬’

    o apelido dele deveria ser “Piguimeu Chiliquenta”… =p

    tomara que ele se aposente que nem o outro corneteiro do Flamengo (fábio luciano)

    abraços

  • Carlos Gomes

    ei galera, olha o verdadeiro torcedor corintiano:

    http://hds9.0jet.com/Hds-b1/E-depois-tiram-sarro-dos-saopaulinos-b1-p5.htm

  • Marcos Paulo

    Essa imprensa bairrista tem a petulância de opinar sobre o Juan mas se esconde frente aos escândalos envolvendo o futebol paulista.
    Vocês são uma piada, afinal os últimos dois títulos mundiais da seleção brasileira tiveram participação decisiva de pés cariocas (Romário e Ronaldo).
    Ao contrário disso, exaltavam tanto esses perebas tipo Careca, Raí e nunca conseguiram nada para o Brasil.
    A moda agora é falar do Inter! Também com o nível ridículo do futebol paulista.
    Cuidado para não ficar rancoroso como o Neto. kkk

    MARCOS PAULO, tudo bem com você? O post é sobre o Juan, tá?

  • Wanderley

    Bom dia Mauro. Se o Juna não esta satisfeito, muito simples, pede pra sair.
    Vai jogar em outro clube. Seria ótimo para o Flamengo, assim deixariamos de pagar o absurdo de salario que ele ganha ( agradeça ao Kleber Leite,
    o “CANCER” do Flamengo, oque ele faz no clube, ele deveria fazer na empresa dele). Duvido que algum clube brasileiro ira pagar 50% do que ele ganha. Juan é apenas um lateral mediano.
    Saudações rubro-negras.

  • Nick

    Ótima crônica, Mauro. Esta permissividade não está adstrita aos jogadores. É reflexo de toda uma sociedade. Vide os pit boys que temos hoje soltos por aí. Uma telenovela hoje no ar vem retratando este problema. Mas “o castigo vem a cavalo”. Quem sabe, Juan não fica mais humilde depois da presepada de ontem. Abs.

  • Carlos Sousa

    O caso do Juan é típico de um clube envolvido em muitos problemas de direção. Uma pena. Sou cruzeirense, mas como apreciador do futebol, gosto de admirar todos os grandes clubes, entre eles o antigo Flamengo do Zico. Parce que os problemas atuais do Flamengo estão longe de terminar. Um clube que está com problemas financeiros não pode se dar ao luxo de contratar Adriano, que além do alto salário, não é uma pessoa em quem se possa confiar muito. É claro que a torcida acha bom, mas está fora da realidade do clube e representa um risco por não ter uma conduta confiável. É ilusão pensar que ele mudou. Quanto ao Juan, é um bom jogador, mas como foi dito, é mimado. Em campo parece que vai desmanchar sempre que alguém disputa a bola com ele. E reclama demais. Sua atitude com o Maiocosuel foi ridícula. Como eu já disse, é uma pena, pois se não fosse o mimo, seria um dos melhores jogadores em sua posição.

  • João

    esse Juan é só mais um baixinho q tem velocidade…
    mascaraaaaado… joga nada!
    acha q é o bambambam, mas ñ é nem metade…
    …e essa mídia podre do Brasil, como tem q puxar o saco de algum jogador do Flamengo…

  • wilikison leal de oliveira

    Bolão Espn Brasil 2009 – Orkut

  • wictoria

    eu adoro o juan,gosto como ele joga e eu sou fã dele somente dele, pois ele é o meu jogador favorito juan parabéns

  • http://aderff wictoria

    juan vc é o melho estou torcendo por vc