Universidad de Chile 1 x 2 Cruzeiro

por Mauro Beting em 08.maio.2009 às 11:01h

* Não fosse o Cruzeiro o que é, não fosse a decisão no Mineirão, o gol no final chileno seria doído. Mas não há o que lamentar. As quartas-de-final estão aos pés.

* Athirson será um baita reforço. Mas como ala (como o Cruzeiro não joga), como meia (como entrou), não como lateral-esquerdo.

* Marquinhos Paraná fez o segundo gol. Bom para que saibam que ele existe. E, sem ele, nem Ramires, nem todos jogariam o que jogam pelo Cruzeiro.

* Soares talvez seja a quarta opção de ataque celeste. Mas, quando joga, atua como se fosse a primeira.

* Léo Fortunato e Leonardo Silva. Não esperava elogiar tanto essa dupla. Ou não a criticar tanto.

* Fábio é outro que teria nome mais cogitado para a Seleção se atuasse no Rio (onde jogou) ou em São Paulo (onde não atuou).

* Quando pôde, o Cruzeiro jogou bonito. E esse time pode jogar assim, por vezes.

Tags:

  • Andre

    Só não foi muito, porque o time teve pouca penetração na area advesária no segundo tempo.

    A zaga ainda precisa de muitos reparos. Ontem, a linha burra deu sustos.

  • Fernando Heleno

    O Marquinhos Paraná chegou ao clube sob o signo da maior desconfiança. Todos achamos que era mais um gato pardo no meio do balaio proposto pelo treinador, também e até hoje, rejeitado. Mas o cara é um monstro, uma verdadeira eminência parda neste time com muitas estrelas. Mas, como disse Mauro, sem ele elas brilhariam menos. Dá-lhes, Paraná.

  • Fábio Orcesi

    Como cruzeirense, afirmo que M.Paraná é realmente o melhor jogador do meio-campo celeste. E o que menos aparece pra mídia. Pelo menos até agora ! Digo também que Adilson é rejeitado apenas por parte da torcida, que não sabe reconhecer os méritos e os resultados que ele obteve.

  • http://tiaohl.blogspot.com Tiago Ohlsson

    Mauro, acredito que o Cruzeiro já esteja com um pé e com quatro dedos do outro pé nas quartas-de-final, quando deve enfrentar o São Paulo. Acredito, particularmente, que o tricolor do Morumbi não deva ser problema para o Cruzeiro, apesar do histórico recente de derrotas contra o atual tricampeão brasileiro. Meu medo, sinceramente, é o Grêmio (convenhamos, o time gaúcho garantiu vaga nas semifinais ao bater o Boyacá Chicó). Tudo bem que o tricolor gaúcho só enfrentou adversários mais fracos, mas a defesa do Grêmio é boa e a decisão ocorrerá em um estádio Olímpico provavelmente lotado. Nem vou citar o “fracasso” gremista no Gauchão, pois acredito que nenhuma outra equipe brasileira teria sido párea para o Internacional. E você, Mauro, acha que qual dos tricolores deva ser pior para o Cruzeiro: o paulista ou o gaúcho? Abraço.

  • Lets

    Mauro, nos jogos fora de casa os jogadores do Cruzeiro tem sido caçados em campo e a arbitragem é muito complacente, aliás acho que tem acontecido o mesmo com os outros times brasileiros, parece que os arbitros de outros paises da América do Sul e jogadores também tem um certo odio contra os brasileiros. mas não tem problema não, se caçam o Kleber, aparece o Ramires, se caçam o Ramires aparece o Wagner, se caçam o Wagner temos Soares, M.Paraná, Atirson…

  • Roberto

    O meio-campo do Cruzeiro está muito bem montado mesmo. Provavelmente é um dos mais, ou até O mais, sólido do Brasil. A zaga, por outro lado, não inspira confiança. O ataque é apenas razoável, mas estando bem assessorado no meio faz um ótimo papel .
    Mas também não vamos nos esquecer que a equipe do Universidad do Chile é bem frágil.
    Eu sempre gostei do goleiro do Cruzeiro. Acho que está muito aquém do Júlio César ou do Victor, mas como terceiro goleiro, até poderia pensar nele.

  • JL

    Realmente o Marquinhos Paraná foi o nome do jogo ontem.
    A defesa ainda dá muitos sustos. O Fábio faz milagres, mas tudo tem limites.
    O mais importante para a Libertadores é: postura corajosa nos jogos fora de casa, e o time não se perder quando leva um gol (tantas vezes no final do ano passado quanto na única derrota deste ano o time se perdeu ao levar gol e acabou sendo goleado).
    É importante também um bom início no Brasileirão, o que ajuda na confiança do time para as duas competições.

  • ROGER

    O Cruzeiro e isso ai mauro
    ha jogadores que merecem uma chance na selecao
    no mais que venha o Sao Paulo
    pois os mexicanos jogaram a toalha

    tudo azul na america do sul

  • Júlio Césr do Santos gomes

    Mauro eu quero levantar um problema muito sério que é esse assunto de jogadores de Rio e São Paulo,terem soberania com os comentarios nas mesas redondas de comentaristas esportivos,se você analisar friamente jogador por jogador,entrosamento,peças de reposição,estrutura,o Cruzeiro tinha que ser mais valorizado,o cruzeiro deste ano tem um baita elenco,manteve a base de 2008 e ainda trouxe bons reforços um deles é nada mais nada menos do Kleber,que vive uma outra fase no cruzeiro uma fase mais light,tem que parar com este bairrismo,parece que os comentaristas do eixo Rio ,São Paulo são os mais sábios,vejo muito comentarista ruim,que fala muita asneira,e te digo mais em Minas Gerais existe uma mesa redonda com profissionais do esporte mais capacitada do País na minha opinião que é a galera da itatiaia, super informados conhecedores natos do futebol,e o mais legal são democraticos comenta o que a de melhor no futebol brasileiro sem bairrismo,então vamos parar com isto o cruzeiro é muito grande para ter estes comentarios que se o Fábio tivesse no eixo Rio,São Paulo seria convocado, se convoca pela capacidade não pelo local,estado onde o jogador atua,já tivemos seleção brasileira montada com base do time do Atletico mineiro,sem essa,são vocês que tornam o futebol assim com essa discriminação de estados,admiro o seu trabalho,mais acho que a competência tinha que andar lado a lado com a verdade sem discriminação,vamos prestigiar o que há de melhor e a minha o opinião é que um forte candidato ao titulo Brasileiro e da Libertadores se chama cruzeiro esporte clube,e candidato a craque do brasileirão se chama D’ Alessandro.

    Boa Noite,e espero que você leia este comentario com carinho!!

    JÚLIO, infelizmente, é uma tendência que diria quase natural de só olhar o umbigo. quando enxergamos o umbigo. em sp e rj, isso é ainda maior.
    erro básico nosso. e vc tem toda razão.

  • http://blogs.abril.com.br/palestra Thiago Liberal

    O futebol foi se tornando bairrista de sua história.
    Não só o Fábio, que agora é um goleiro mais maduro, como o Magrão, do Sport, mereciam ser cogitados na Seleção.
    O Júlio, na fase que está, é titular indiscutível da seleção. Mas ter Doni como suplente…

  • http://blogs.abril.com.br/palestra Thiago Liberal

    ao longo de sua história*

  • Xandinho

    Mauro, o Marquinhos Paraná é um monstro mesmo. Ele é como disse o PVC uma vez “o craque invisível”. Ninguém o nota, mas ele está lá sempre. É craque e chego a dizer que é o melhor jogador para o Cruzeiro.
    Tecnicamente tem Kleber, Ramires, Wagner. Mas em rendimento o Paraná é imbatível. Continuem não notando o Paraná.

  • ERIK

    É…. O CRUZEIRO ESTÁ APRESENTANDO 1 ÓTIMO FUTEBOL, Q GOSTAMOS DE VER. O SÃO PAULO QUE SE CUIDE C/ ELE NAS 4ªS DE FINAL DA LIBERTADORES.