Universidad San Martín 1 x 3 Grêmio

por Mauro Beting em 07.maio.2009 às 0:44h

* O time peruano é ruim. O grupo do Grêmio na fase inicial era fraco. Mas qual a culpa tricolor? Ao vencedor, as batatas. E as quartas-de-final.

* Não sei a real capacidade defensiva gremista. Ruy e Fábio Santos não inspiram confiança na marcação, e nem à frente foram bem. Adilson se vira legal, mas parece sobrecarregado no meio. Por ora, tem bastado.

* Máxi López anda iluminado. Dois cabezazos, e um belo lance de inteligência no golaço de Souza. Está dando liga. Mais do que eu imaginava.

* Tivesse uma seleção só com brasileiros, começaria por Victor. E poderia ter Leo e Rever entre os 22 melhores. Eles seguram muitas pontas desde 2008.

* O que era pior: o gramado de Lima ou o sujeito com a buzina e o bumbo que batiam e azucrinavam até durante os gols gremistas?

* Tcheco se salva pela ascendência e pelas bolas paradas. Mas se pode e se deve esperar muito mais dele. E não de ontem, no Peru.

* O Grêmio dificilmente vai mudar o esquema com três atrás. Essencial para fazer funcionar à frente e atrás um time com alas como Ruy e Fábio Santos. Desde que ambos joguem. O que não tem acontecido.

* Jonas acertou a bola na cabeça de Máxi López. Mas pouco mais fez.

* Souza acertou quase todas as bolas. Mas ele não pode marcar e correr por Tcheco, não pode cruzar as bolas que os alas não acertam, não pode finalizar por Jonas. Não pode fazer tudo.

* A goleada está encaminhada no Olímpico. A classificação para as semifinais, mais ainda, contra Cuenca ou Caracas. Até lá, é mais que possível que o time melhore. Desde que tenha essa noção de que é preciso muito mais para ser tri.

Tags:

  • lex

    relaxa mauro, o time está se acertando, e por incrivel que pareça, não é tarde, está em tempo ainda. Tambem não gosto do fabio santos, acho o jadilson melhor, mas não sou o tecnico fazer oque.

  • artur gremista de sao paulo

    MUITO BOA SUA ANALISE, TEMOS UM GOLEIRO QUE PASSA SEGURANÇA PARA O TIME, LEO E REVER ESTAO MUITO BEM, EMBORA RAFAEL MARQUES NAO ESTAR NO MESMO NIVEL TBM É UM BOM ZAGUEIRO, DAI VEM O GRANDE PROBLEMA DO TRICOLOR NA MINHA OPINIAO TEMOS DOIS ALAS QUE NAO SOBEM COM QUALIDADE, E PIOR AINDA DEIXAM ESPAÇOS ONDE VOLTA E MEIA UM DOS ZAGUEIROS TEM QUE SAIR DANDO BOTE, NAO ENTENDO SINCERAMENTE PQ FABIO SANTOS É TITULAR DESSE TIME, QUE O JADILSON NAO MAQUE BEM ISSO É CORRETO AFIRMAR MAIS ATACA MUITO MELHOR, JA NA ALA DIREITA NAO TEMOS RESERVA, FICO IMAGINANDO FELIPE MATTIONE NESSE TIME…., BOM NO MEIO É SIMPLES ENTENDER PQ TEM UM “BURACO” TEMOS UM VOLANTE ADILSON QUE TEM QUE COBRIR OS DOIS ALAS E TCHECO QUE ESTA JOGANDO COMO UM SEGUNDO VOLANTE NO SACRIFICIO SÓ POR ISSO QUE SOUZA TEM TODA LIBERDADE DE ATACAR E SE JUNTAR AOS DOIS ATACANTES, É INJUSTO QUALQUER CRITICO SOBRE TCHECO! NA FRENTE DISPENSA COMENTARIOS JONAS E MAXI ESTAO CORRESPONDENDO MUITO BEM, VALE LEMBRAR NOSSO GRANDE DESTAQUE É NOSSO CAMISA 8 QUE FAZ A FUNÇAO DA CAMISA 10, E NOSSO CAMISA DEZ ESTA FAZENDO A FUNÇAO DO CAMISA 8!
    SOLUÇAO PARA CORRIGIR AS FALHAS PODERIAMOS DESISTIR DO 3-5-2 E PASSAR A ATUAR COM UMA LINHA DE 4 ATRAS LEO, REVER, RAFAEL MARQUES E RUY, MAIS UMA LINHA DE 4 COM ADILSON, TULIO, TCHECO(COM MAIS LIBERDADE PELA DIREITA) E SOUZA(PELA ESQUERDA) NA FRENTE JONAS E MAXI, ACHO QUE TERIAMOS UM TIME MAIS COMPACTO NA DEFESA, COM MAIS HOMENS NO MEIO CAMPO E COM MAIS QUALIDADE A FRENTE TENDO EM VISTA QUE NOSSOS ALAS NAO SABEM CRUZAR, FUNCAO ESSA QUE SERIA FEITA POR TCHECO E SOUZA.
    RUMO AO TRI, E DA LHE GREMIO, ONTEM DEU PRA OUVIR A TORCIDA CANTANDO, MESMO LONGE DE CASA ESSA TORCIDA É MARAVILHOSA MESMO POUCOS SAO BRAVOS!!

  • Jovaneli

    Tcheco tem sido muito mais um volante obediente taticamente (espécie de Ballack) do que o meia inteligente que sempre foi. Se por um lado é bom, porque libera Souza para chegar mais na frente – e tem dado certo -, por outro prerocupa porque não se sabe se em jogos mais duros o ex-tricolor paulista continuará assumindo a responsabilidade. Desconfio. Prefiro o Tcheco dando as cartas. Não esse Tcheco burocrático. Por ora, segue do jeito que está. O Grêmio deve ter uma caminhada tranquila até pegar, nas semifinais, Cruzeiro ou São Paulo. Aí o bicho pega.

  • Rafael

    Bom dia, não costumo escrever em blogs, mas a quantidade de “mas” depois de cada frase foi incrivel. Não foi só o Grêmio que pegou adversarios fracos, mas foi só o Grêmio que venceu todas. O Grêmio tem um bom time, mas o que falta é marqueting, pois os paulistas que não acompanham os jogos do tricolor, só se baseiam pelo que leem, e não pelo que assistem. Seu blog é bom, mas pode melhorar muito. Todos torcem contra o Grêmio, mas ele continua chegando nas decisões. Meu comentário foi bom, mas a quantidade de “mas” acabou tornando ele bem chato, assim como o seu.

    RAFAEL, parabéns. De coração. Só depois eu vi o número de “mas”. Mas, então, era tarde. Como era tarde quando escrevi o texto.
    não tão brilhante quanto o seu. mesmo.

  • Rafael

    Mauro, será que a Comenbol não pode aprontar e colocar nas quartas um confronto de Grêmio x Palmeiras ou Sport para evitar uma possível combinação de brasileiros na final???

    RAFAEL, o regulamento – que náo é muito claro, e é muito mal escrito – afasta essa possibilidade. o sorteio só é dirigido a partir da semifinal.

  • Nego

    Não da mais pra suportar Ruy,Fabio Santos e Tcheco…
    O Tcheco tem preguiça até de caminhar em campo e é o camisa 10!!
    bom, Ruy e Fabio Santos foram com certeza as piores contratações do futebol Brasileiro em 2009… terríveis!!!

    infelizmente não acredito no titulo com jogadores dessa naipe no time titular….

  • Emanuel

    O posicionamento do time não agrada, Rafael Marques não tem dado a experiência que os mais jovens necessitam, espero que com a provável chegada do Autuori melhore o posicionamento; Tulio merece uma chance seja no lugar de R. Marques (preferêncialmente) ou de Adílson, espero que o novo treinador faça o Douglas Costa jogar, se o fizer deixará facilmente o Jonas no banco. É claro que o Jadílson apóia muito melhor que o F. Santos.

  • Cristiano

    O problema é que o time relaxa quando tá ganhando. Acho que com o Autuori, a volta do William Magrão (se voltar bem), com Jadílson no lugar do F. Santos e mais um bom para o meio, como querem contratar, esse time vai longe. Talvez não ganhe a Libertadores nem o Brasileiro, mas é um dos favoritos nas duas competições.

  • Vinicius

    O time tá engrenando. Temos um ótimo goleiro e um centroavante matador – como em 95. Porém, o ponto fraco é a ala esquerda; seja com Fabio Santos ou com Jadílson.. Tcheco está desempenhando bem uma função tática, não aparece muito no jogo mas está bem taticamente. Para o Adilson falta um pouco de experiência/maturidade. Não pode sair jogando na frente da área. O Ruy foi mal ontem, deve ser pela falta de ritmo já que estava muito bem antes da lesão. E o Souza, sem palavras!!!

  • Andrey

    Ótima analise!
    Grêmio esta no caminho certo.

    Dale Tricolor !

  • http://www.gremio1983.blogspot.com André

    Muito boa a análise.

    Pode parecer besteira, mas é sempre bom ver o comentário de alguém que efetivamente assistiu a partida, e não só os melhores momentos.

  • Joubert

    Tenho que admitir,apesar de torcer muito pelo imortal,que não temos muitas chances de ganhar o tri.Nossa zaga só dá balão,nossos alas não existem(pô, o esquema é 3-5-2 ,mas sem alas que saibam cruzar de nada adianta),no meio campo só o Sousa esta jogando e o ataque,com exceção do Maxi,uma piada.Quando chegar a semifinal contra Cruzeiro ou São Paulo,se continuar jogando essa bolinha,vai ser eliminado.Outra coisa,nosso preparo físico já está apresentando problemas.Ninguém fica impune com 30 dias sem treinador e preparador físico.Precisamos mais jogadores de qualidade . Acorda direção!!!

  • Roberto Filho

    Está faltando para o Grêmio um técnico que se imponha o suficiente para modificar o time. O Rospide tem ganhado, mas não muda nada o que Roth deixou, e, invariavelmente, faz péssimas substituições. Tirar Maxi Lopez, para deixar o inoperante Jonas e colocar o ineficaz Herrera pareceu piada. E a entrada de Douglas Costa quando já terminado o tempo regulamentar é incompreensível.
    Se o Grêmio não tem alas de qualidade (e não tem), então mude o sistema para 4-4-2. Prenda os dois nas laterais, deixe um miolo de zaga formidável (Réver e Leo), reforce Adilson com a presença de Túlio como primeiro volante, libere a força criativa de Tcheco para atuar ao lado do sobrecarregado Souza, e deixe dois centroavantes na frente para serem alimentados, um forte e trombador como o Maxi Lopez, que é caracteristica do Grêmio, e outro técnico e também capaz de alimentá-lo, como Alex Mineiro.
    E concordo com o colega Lex que a preferência por Fabio Santos em detrimento de Jadilson é inexplicável. Parece-me que tanto Jadilson quanto Joilson agora deveriam ser titulares inquestionáveis nas respectivas alas.

  • Cleiton Oliveira

    Perfeita a análise, o problema é que “ruim com o Tcheco mas muito pior sem ele”, o time todo demonstra-se intranquilo e sem organização quando o Tcheco não está em campo, é realmente incrível, o simples fato do Tcheco entrar em cancha parece que dá uma certa tranquilidade no time, muito embora ele nem toque na bola.

  • Gremista

    Tá certo vc Mauro, tá bom por enquanto, mas precisa melhorar para ser campeão….

  • Rafael

    Boa tarde Mauro, lendo meu comentário publicado, percebi que ele foi de certa forma grosseiro, por isso quero me desculpar se, por acaso, você o entendeu dessa maneira. O problema é que eu tinha acabado de ler o comentário do jogo feito pelo “MIlton Neves”, aí sabe como é, a “imparcialidade” dele acaba me contagiando, e generalizo quanto a aversão da imprensa paulista ao Grêmio, penso até que falam mal do Grêmio e Muito Bem do Internacional pra bajular a Renata Fan, mas isso é outro assunto. Quero também te falar da minha aversão à palavra “mas”, pois no sentido mais prático, quando você diz um “mas”, automaticamente você exclui tudo o que falou anteriormente.. Pra finalizar, quero dizer que você é um dos poucos jornalistas “band” que eu gosto de ler e ouvir.. Um grande abraço e por favor, fique o mais longe possível do Neto, nos jogos transmitidos pela band, eu deixo minha TV no mudo…. Aprendo muito mais…

    RAFAEL, você não sabe como eu detesto o “MAS”. E variantes. Nào consigo fugir dele. e, no caso, vc tem toda razão. não foi nada grosseiro. apenas sarcástico e inteligente. características que prezo, nem sempre emprego. até pq tento enxergar o mundo pelos vários lados dele. o que acaba escalando o “mas” mais vezes que o Fábio Santos no time do Grêmio. Fábio, aliás, que elogiei muito quando iniciou a carreira. Mas, agora…

  • Cleiton Oliveira

    Mauro, não só tu mas toda a torcida do Grêmio e, de igual, a imprensa gaúcha, vêm deflagrando as atuações do nosso Capitão Tcheco abaixo da crítica. Aqui no RS temos um cronista esportivo talentosíssimo (Gremista, é claro), chamado David Coimbra, que escreve na Zero Hora. Abaixo segue um texto extraído do Blog dele que fala exatamente o sentimento de todos os tricolores vizinhos da Bacia do Plata quanto ao nosso camisa 10 (vale à pena, o cara é fera):
    Fonte: http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&pg=1&coldir=1&tp=15&template=3948.dwt&blog=219

    “Domingo passado, porém, encontrei uma ave rara no ambiente do futebol. Tcheco foi ao Bate Bola, da TVCOM, e narrou uma história que demonstrou o tipo de figura que ele é. Disse Tcheco, que, quando estava na Arábia, sonhava em voltar ao Grêmio. Não por sentir falta da feijoada do Continental, do chope cremoso do bar do Atílio, das pernas longas das loiras de Porto Alegre ou das manhãs amenas sob os plátanos do Menino Deus, mas só e tão-somente para dar um grande título ao clube.

    — Era algo que eu tinha de fazer — disse, e com essa frase disse tudo: ali estava um homem que sentia a necessidade de fazer algo..No entanto, Tcheco leu em algum lugar que o Grêmio não o queria de volta..— Aquilo doeu — confessou. — Liguei para o Pelaipe, que nem era mais diretor do Grêmio, e perguntei se era verdade..Pelaipe, por sua vez, falou com o presidente Odone, que, mais do que depressa, recontratou o jogador..— Não queria saber de salário, de luvas, de contrato, de nada. Só queria voltar para dar um grande título ao clube — completou Tcheco.”

    E o Tcheco teve a chance de nos dar um grande título, de novo, ano passado. E não conseguiu. Entre outras coisas, tropeçou nas próprias limitações também. Já que um time não pode depender do Tcheco pra ser o principal jogador da equipe. Muitos falam, e eu concordo, que o Tcheco é um coadjuvante de luxo. Aí sim. E dessa forma ele ta bem, muito bem na Libertadores. Com Souza chamando a responsabilidade, Maxi guardando, Victor pegando tudo, o trio de zaga com uma eficiência incrível e etc. E o Tcheco lá atrás, fazendo atrás da linha do campo o que em outros anos ele fazia na frente. Olhando o espetáculo (de Souza e cia) de uma certa distância, ajudando o incansável Adilson na função de marcação e etc. Mas não chamando para si a responsabilidade de algo que ele não pode carregar.

    Mas o motivo que faz o Tcheco ser mais merecedor dessa camisa 10 e faixa de capitão que qualquer outro jogador do Grêmio, pra mim, é bem simples: paixão pelo time. Falam como se fosse algo negativo, que os torcedores do Grêmio gostam do Tcheco pq ele faz aquela cara de choro nas comemorações e etc. Mas já pensaram pq ele faz aquela cara? Pq ele simplesmente explode. Não por ter feito um gol, mas por ter feito um gol pelo time que ama. De ajudar o time que ama – e a torcida – a conquistar um título. Ele não comemora como um jogador, mas sim como um torcedor. Tcheco recusou mais dinheiro do Corinhians, o centro da mídia, um planejamento milionário (e que as chance de render mais títulos, fama, etc, são bem maiores), para dar a última cartada na carreira, de tentar uma grande conquista no único lugar que ele se importa: no Grêmio. Não to dizendo que o amor pelo time é motivo exclusivo pra ele ser idolatrado, caso contrário era só escolher um membro qualquer da geral e botar no campo. O Tcheco é bom jogador, não é craque, e não pode ser o principal do time, mas é bom jogador, e não tem ninguém no banco hoje com possibilidade de tira-lo da posição (Túlio? Orteman? Makelele?). Mas o Tcheco é um bom jogador, e, além disso, apaixonado.

    É óbvio que o 10 nas costas do Tcheco é simbólico. Ele não é mais o principal da equipe. Mas ele é a ALMA da equipe. O Tcheco é o reflexo do que essa torcida representa, Esquentadinho, epidérmico, apaixonado… O cara que mais reclama em campo, às vezes até demais. Mas ele reclama pq é torcedor, reclama como qualquer torcedor, quando o juiz erra, nem que seja minimamente, lá vai o Tcheco quase mandando ele tomar no cu. Por estar prejudicando o Grêmio dele (e o nosso). Cada um pode ter sua interpretação de características que um camisa 10 precisa ter: o melhor jogador, mais habilidoso, busca o jogo pra si… Então dê pro Souza. Eu já prefiro que esse número tão sugestivo seja carregado simplesmente pelo mais apaixonado. E então, não teria ninguém melhor que o Tcheco.

    E quanto a ser capitão… Mesma coisa. Se o Grêmio realmente vencer essa Libertadores, poderiam me falar todos os nomes que passaram no Grêmio nos últimos 20 anos pra eu escolher quem gostaria que levantasse aquela taça. Quem fosse o cara que ficaria pendurado no mural do Olímpico ao lado de Hugo De Leon e Adilson Batista. E seria o Tcheco.

    “— Não queria saber de salário, de luvas, de contrato, de nada. Só queria voltar para dar um grande título ao clube — completou Tcheco.”

    Espero que tenhas lido o texto, abraço!!!

    CLEITON, saiba que, uma vez entrevistado a respeito do melhor texto do Jornalismo Esportivo, votei no meu caro David Coimbra.
    Concordo a respeito de Theco. É mais ou menos o que foi Iúra nos anos 70. Muito menos gloriosos. Mas igualmente suados.

  • Missioneiro (Bahia)

    Bom dia. Mauro, embora eu opine pouco no seu blog, sempre que posso eu leio seus comentários. Gosto de saber sua opinião sobre o meu time (Grêmio) e outros tbm, pq sei q mesmo que eventualmente eu não concorde com a sua opinião, ela é dada com isenção. Você trata todos os times e torcidas com respeito.
    Diferentemente do MN que é muito irritante com sua parcialidade, pode até ter dado certo por um determinado tempo, mas acredito que a torcida do Grêmio se afastou quase que totalmente do blog dele.
    Portanto, Mauro, continue assim. Irei participar mais vezes. Ah, costumo tratar todos com respeito, até mesmo os colorados, é claro que vez ou outra perco a elegancia em alguma resposta, quando eles, colorados, exageram no besteirol.
    Agora que o Grêmio contratou Túlio não seria melhor jogar no 4,4,2?
    Victor,Rui,Léo,Rever e F Santos ou Jadilson.
    Túlio,Adilson,Tcheco e Souza.
    Alex M e Maxi.
    Ou é muito arriscado mudar de esquema no meio da competição?
    Qual tua opinião?

    MISSIONEIRO, muito grato.
    Ruy na marcaçào é sempre problema… mas, com o Túlio, desafoga um pouco o Tcheco.