Liga dos Campeões – Semifinais – Volta – Dia 2

por Mauro Beting em 06.maio.2009 às 17:13h

CHELSEA 1 X 1 BARCELONA (CLASSIFICADO)

Tudo que você vai ler abaixo, em itálico, foi escrito durante o jogo de Stamford Bridge.

Praxe jornalística, vamos escrevendo até o apito final, quando apertamos o botão “PUBLICAR” e o texto adentra na blogosfera.

Mas, aos 47 minutos de uma partida decisiva “decidida”, Messi rolou para Iniesta acertar, da entrada da área, seu primeiro chute em gol. Dos raros do Barça em Stamford Bridge. Uma bola que adentrou nos anais da UCL.

E quase tudo que se escreveu abaixo foi pelos ares.

Virou pó. Como o sonho dourado do Chelsea.

Que pode e deve reclamar da arbitragem, que poderia ter dado ao menos um pênalti para o time inglês. Ao menos um.

Que poderia, logo depois do gol antológico de Iniesta, ter marcado na área uma mão na bola (ou antebraço esquerdo) de Eto’o em bomba de Ballack. Eu não marcaria. Mas outros tantos sim dariam o pênalti.

Só não se pode marcar bobeira. Achar que o jogo está ganho. Que a classificação está garantida. Que você faz quase tudo certo até o jogo acabar. Ele não acabou. E um gigante que joga bonito como o Barcelona não acaba.

O grande time é aquele que ganha ou se classifica até quando não joga grande. Como não foi bem em Londres a armada catalã.

Grande time é esse Barcelona, como outros tantos da história blaugrana.

Grande time é o Chelsea desde 2003. Grandes investimentos, no mínimo.

Mas ainda falta algo ao time azul. Ainda falta sorte. Ainda falta o que sobra em forças centenárias e campeãs como o Barcelona. Aquela força que não se vê, não se toca. Mas que toca. Mas que existe.

Aquela que empata o mais perdido dos jogos. Aquela que classifica o mais eliminado dos times.

Aquela que diferencia grandes de clubes em desenvolvimento.

Abaixo, o texto que estaria neste blog antes do golaço de Iniesta, aos 47. Não irei editá-lo. Até porque alguns fatos são os mesmos. E outras considerações independem do resultado final.

* É de time predestinado o magnífico gol do incansável Essien, aos 8 minutos. mandando no ângulo uma cacetada de canhota, de fora da área. Time que fez sem deixar o rival fazer. Mais uma vez. E, agora, com méritos. Não há como dizer que foi a derrota do futebol bonito – desta vez, o desfalcado Barça não jogou.

* Mil vezes assistir a uma boa partida do Barcelona a um grande jogo do Chelsea. Mas não há como tirar méritos do time londrino. Não sofreu gols, e fez um. Não deixou jogar um time melhor – ou que joga mais bonito. E ainda jogou.

* Chelsea não tão atrás, mas não tão à frente. O Barça tinha a bola quando achou o golaço de Essien, com 8 minutos, e encontrou tudo que queria o excelente treinador holandês.

* O time londrino atuou num 4-2-3-1, apenas com Drogba à frente, Anelka, Lampard e Malouda numa linha de três meias recuados, Essien e Ballack bem atrás no meio, com Bosingwa, Alex, Terry e Ashley Cole na zaga.

* Desfalcado, Guardiola improvisou Touré (em má jornada) como zagueiro pela direita, fazendo dupla com Piqué, com Daniel Alves e Abidal nas laterais; Busquets, Xavi e Keita fizeram o meio remendado. E sem ideias.

* A frente, livre, não como ponta, Iniesta – e é preciso perguntar o porquê… Mais no ataque, Messi, saindo da ponta direita para a esquerda, e Eto’o aberto pela esquerda, vindo para dentro.

* Além das obrigatórias mexidas na defesa e no meio, Guardiola mexeu em todo o ataque. E até agora gostaria de saber o motivo.

* O primeiro tempo foi perfeito em todos os sentidos para o Chelsea. Teve cinco oportunidades de gol contra nenhuma do badalado – e abalado – adversário.

* Aos 23, não marcaria falta de Daniel Alves em Malouda. Mas, se ela foi marcada. era para ter sido pênalti. Como foi o puxão de Abidal na camisa de Drogba, aos 26. Nada marcou o árbitro. E deveria ter dado cal para o Chelsea.

* Só a partir dos 30 minutos o Barça corrigiu o erro no ataque: Eto’o voltou a ser centroavante, Iniesta retornou à ponta esquerda (onde está acostumado a atuar nas ausências de Henry). Trinta minutos desperdiçados por Guardiola.

* Tantos passes errados, atuações tecnicamente ruins, e escolhas erradas catalãs ajudaram a excelente atuação azul. Tanto que Cech só fez uma defesa aos 36 minutos.

* No segundo tempo, o contragolpe azul sempre foi mais perigoso. Drogba só não fez um golaço porque Valdés foi grande em lindo lance, aos seis.

* Por que não Bojan pela ponta esquerda e Iniesta no meio, pela esquerda, desde o reinício? E Bojan só entrou aos 40, no lugar de Busquets…

* Apenas aos 19, num belo lance, Messi mandou por cima. Pouco, quase nada.

* 20min, Abidal trançou perna de Anelka. Expulso. Talvez rigoroso demais. Keita foi fazer a lateral esquerda. Tudo aos pés londrinos.

* Até a expulsão, o Barcelona tinha mais de 60% de posse de bola. E DAÍ? O placar era azul, e as principais chances, também. De todas as estatísticas, essa é a mais estúpida. Quase sempre nada significa.

Esse era o texto até o golaço de Iniesta.

Agora, United x Barcelona?

Eu sei quem vence: o futebol.

AH, sim: 0 X 0 fora de casa como visitante é um placar perigoso quando existe o critério do gol marcado fora de casa.

Tags:

  • Jovaneli

    Ter competência e felicidade para marcar mais gols que o adversário. Isso é jogar bom futebol. Chelsea e Barcelona jogaram bom futebol. Este último, foi mais feliz e competente.
    Apenas lamento que devido a regra do gol fora exageradamente valorizado, deixamos de viver, pelo menos, mais 30 minutos de bom futebol em Stamford Bridge.
    Mas se ninguém garantia o Barça na final, como garantir que os 30 minutos de uma eventual prorrogação fossem tão bons assim? Fiquemos, então, com a realidade: Barcelona, merecidamente, finalista da Champions. Manchester United e Barça. Que jogaço!!!

  • Fernando Tavares

    Mauro sou fão do trabalho do Felipão um treinador vencedor,na minha opinião so perde em meu gosto para o telê,e não sou são paulino sou rubro negro,achei um absurdo ele ter saído embora o treinador que entrou no lugar dele é muito mas muito bom,mas gostaria de fazer uma pergunta,vc não acha se ele Felipão tivesse lá com a semi finais do chelsea e uma possivél final,a imprensa não iria falar da “familía scolari” que ele tinha o grupo nas mãos,acho que a imprensa as vezes critica de forma injusta mas enaltece de forma absurda,por exemplo: Um comentarista que não esta mais na tv aberta achava o Fabío Costa melhor do que o Julío Cesar(que na epoca jogava no Flamengo)outro aprezentador vivia chamando de Robinho arantes do Nascimento,alguns do Rio de Mané Felipe,acho que á muitos exageiros,tanto na critica,elogios e barrismo,o que vc acha?

    FERNANDO, infelizmente, devo admitir, alguns não olham além do umbigo, alguns, nao todos. erramos muito. e quando erro, e erro demais, nao é por bairrismo.

  • David Marinelli

    Ah mas foi muuuuuuuuito bem feito esse resultado!!! Coisa linda de se ver e aguentar esperar ate o fim e crer q o futebol as vezes faz justica!!!

    O time do Chelsea jogou contra o futebol. Ok, fez um golaço de cagada e perdeu umas chances, mas tudo geralmente em falhas do Barcelona, que tenta o mais bonito o tempo inteiro.

    O Chelsea mereceu perder. E o Barcelona, só nao mereceu ganhar como geralmente merece, principalmente porque jogou com 2 atacantes muito fracos. Se ao Henry as vezes falta a gana do Eto`o, e a esse que é um Borges piorado, falta futebol, simplesmente. E o Keita, bem, o Keita nao conta.

    Sobre os penaltis, nenhum foi! O juiz eu sei que concorda comigo, pq estava perto dos lances, e os 2 comentaristas BRITANICOS da ESPN internacional tbm concordaram com ele! O futebol e a arbitragem desse fora do Brasil sao outros, e ao brasileiro isso nunca sera compreensivel.

  • http://www.blogsantista.com.br/renato Renato Ribeiro

    Bem feito pro Chelsea, e uma final de Champions que merece um atestado médico no trabalho para ser vista…

    Agora, na boa hein Mauro, o tal de Drogba pra perder gols também, misericórdia.

    Qualquer semelhança com o Kléber Pereira, é mera coincidência…

  • Giovani Lancelotti Montenegro

    Barça, que falta faz Henry. Esse time é fantastico, e a final também será, pois os diabos podem conseguir um bi invicto. Meus dois times estão na final, coração dividido com uma queda pelo Barça que tem um ataque dos sonhos.

  • Gilmar Costa

    Primeiramente, o jogo de hoje comprova que o Messi pipoca sim!!! Cadê ele fazendo gol ou mesmo jogadas de gol? Vocês podem falar q ele escorou para Iniesta, mas é muito pouco pra quem a imprensa exagerada chama de melhor do mundo, novo maradona.
    Eu não gosto do Barcelona, mas bem feito para o Chelsea, quem mandou tirar o Felipão, o Guus Hidink só chega nas semi finais, foi assim com a croácia, Holanda, Coréia, PSV e mais recentemente a Rússia, pois é, junta-se a esses agora o Chelsea.
    Espero que dê manchester, pois a julgar pelo jogo em si, o Barcelona não deveria passar para a final, mas é por isso que futebol é maravilhoso.

    É Mauro.
    Sou seu fã, mas cadê o Messi? Jogou hoje? Você que fala dele grande certo exagero (na minha humilde opinião de não-jornalista). Depois vão dizer que eu pego no pé dele. Eu nem tamanha a certeza que eu tenho que ele não fará nada novamente na final e o Barcelona irá perder, pois continuo a afirmar, Messi é jogador de jogos de três pontos, a exemplo do Hernanes outro jogador “mentiroso” que a imprensa insiste em chamar de crack, e não é porque ele tá jogando mal agora não, falo isso desde o brasileirão quando ele foi injustamente o melhor do brasileirão…mas isso é outro assunto…Agora é Manchester pra cima da turma da pipoca, Eto’o e Messi pipoquinha…kkk

    GILMAR, de fato, ainda falta algo ao Messi. mas beeeeeem pouco. abs

  • jean pierre

    arbitragem vendida!!! uma vergonha !! fizeram de tudo para evitar mais uma final 100% inglesa, tiveram no minimo 2 penaltys claros não apitados, o chelsea dominou em todos setores de jogo e so perdeu porque a arbitragem ajudou, o barcelona deu um chute a gol na partida inteira!!! vergonhoso, acho que depois dessa, nunca mais vou assitir futebol, é tudo manipulado, aqui no brasil como na europa!! baixaria nos gramados, nos bastidores e nos comentarios de tv….abram os olhos, gente cega!!!!!!!!!

  • http://www.rjesportes2.blogspot.com Roberto Junior

    O Chelsea teve seus méritos, mas pelo bem do futebol, o classificado tinha de ser o Barcelona. Ainda bem que os deuses do futebol intervieram no momento decisivo, Mauro. Abraço!

  • Leonardo Dan Ribeiro

    Não Assisti o jogo, estava trabalhando, mas até com o queixo tremendo de vontade de sair correndo e ligar a tv. Mas apenas pelos comentários, pela sua postagem, Mauro, pude formar perfeitamente a imagem desse jogo baseada em outros embates que já pude acompanhar.

    O mais Recente que acompanhei, Ponte Preta 2 x 3 Santos, foi de gelar a espinha. (Sou Santista)

    Mas a partida que esta de hoje mais me recordou foi AQUELE Brasil 2 x 2 Argentina, final de Copa América, com gol de empate do agora flamenguista Adriano também aos 47 do segundo tempo, empate esse que resultaria na vitória nos pênaltis da seleção Canarinha. Aquele jogo fez-me sentir orgulho do time pra quem torcia, assim como hoje.

    Desenvolvi afeição pelo Barça por causa daquele time com Ronaldinho, Deco, Eto’o e cia, que massacrava Real e quem mais pudesse. Não é mais a mesma coisa, mas ainda dá gosto de assistir.

    Creio que Manchester x Barcelona relizarão uma final que exalte seu ponto forte, o ataque, mas nos últimos anos, a supremacia é inglesa.

    No entanto, é futebol…

  • Mário

    O chelsea merece perder jogou os dois jogos numa tremenda retranca mesmo depois que o barça teve um jogador expulso foi covarde e pagou o preço.

  • http://www.esquemastaticos.blogspot.com/ Marcelo Costa

    Mauro, também vi o jogo “em itálico”. hahaha. O Guardiola abusou, errou demais. Mas devemos reconhecer que ele não tinha muitas opções. O Barcelona não tem banco. Acho que Henry foi a ausência mais sentida porque Iniesta é bom saindo do meio e chegando ao ataque de surpresa. O Chelsea povoou o meio-campo e dificultou a troca de passes mortal do Barcelona. Já está na hora de alguém no Barcelona perceber que foi assim que o time foi eliminado na Champions League passada para o Liverpool. Ninguém encara o Barcelona escancarado (trocadilho infame. hahaha), e quem faz isso é goleado. Abraços.
    http://www.esquemastaticos.blogspot.com/

  • Herica

    Concordo plenamente com Jean-Pierre…arbritagem vendida…uma vergonha pra o esporte!!! O Chelsea dominou e merecia ganhar!

  • LUIS HENRIQUE F TOSOLI

    A justiça tardou mas não falhou, premiou o MELHOR time,o que em 2 jogos procurou sempre a vitória e ontem ainda com 1 jogador a menos, em uma expulsão tão absurda em uma falta inexistente digna dos sopradores de apito que existentem aqui no Brasil.

  • Marcelo

    E dentro de casa como visitante???

  • AKIKEM MANDA ÉNOIS

    MAURO , SERÁ QUE SÃO JORGE NÃO ESTÁ AJUDANDO O BARÇA!!! NO DISTINTIVO TEM UMA PEQUENA CRUZ QUE SIMBOLIZA A ESPADA DE SÃO JORGE . ESTE SANTO É QUE ESTÁ EM ALTA NO CÉU!!! …TANTO DO HEMISFÉRIO SUL QTO. DO NORTE (EUROPA)!!!
    UM ABRAÇO!! ESTAS COINCIDENCIAS DE GOL AOS 48 MIN DO 2º TEMPO…

  • Gabriel

    Esse negócio de gol fora de casa pra mim é ridículo. Diminue bastante as chances de se decidir uma partida dos penaltis (o que também acho deprimente), porém é de uma injustiça tremenda. Inúmeros fatores contribuem para que um time faça um gol na casa do adversário, não necessariamente estar jogando melhor. Aí, o time que jogou em casa na primeira partida, vive a segunda em função do que aconteceu na primeira….pô, deu dois empates, vai pros penaltis, independente de quem marcou mais gols fora….o mérito de quem marcou fora é o mesmo de quem não sofreu gol fora…

  • Claudio Sacramento – Salvador/BA

    Messi é o melhor jogador da temporada 2008/2009! O Barcelona, o melhor time! Mas este último só vai ser considerado assim se derrotar o Manchester! O que você acha Mauro?

    CLAUDIO. É isso. Quem ganhar a Liga leva o título ao fim do ano.

  • K

    O juiz roubou,

    mas o chelsea jogando em casa não pode fazer 1 só e fazer retranca sendo q qualquer 1 a 1 era pro barça…..

    mas a retranca do chelsea eh bastante eficiente assim mesmo