Liga dos Campeões – Semifinais – Volta – Dia 1

por Mauro Beting em 05.maio.2009 às 18:06h

ARSENAL 1 X 3 MANCHESTER UNITED

* Anderson lança bonito, Cristiano cruza legal, Gibbs pisa na bola, Park faz 1 x 0; 11 minutos, Cristiano bate aquelas bolas que só ele chuta, com muito efeito e pouca rotação, Almunia aceita. 2 x 0 United. Todos os caminhos levam a Roma.

* Veio o terceiro gol, o mais bonito, o de Cristiano, no segundo tempo. Ainda teve pênalti de Fletcher (expulso) e gol de Van Persie. Mas ainda faltaram quatro gols para o Arsenal, carente demais de experiência (é um grande time sub-23) e de titulares importantes que sempre se machucam (Rosicky está há 14 meses fora, Eduardo da Silva ficou mais de um ano, Van Persie joga duas e perde uma).

* Mas 4 a 1 no placar agregado ainda não dá a diferença técnica, tática, física, estrututal e tudo mais entre United e Arsenal. Impressionante como um senhor time como os Gunners ainda está bem atrás dos Red Devils.

* No primeiro tempo, à frente dos quatro inamovíveis zagueiros, Ferguson plantou Fletcher e Carrick, liberando Anderson (em grande jogo) para iniciar o ataque, articulando com Park e Rooney bem abertos, e Cristiano como único atacante.

* Na segunda etapa, tudo mais que garantido, o retorno ao tradicional 4-4-2, com Park e Giggs pelos cantos, Berbatov e Ronaldo à frente.

* De qualquer jeito, um time hábil, letal e veloz com a bola, extremamente prático, tático e atento na marcação sem a bola.

Tags:

  • André

    daqui a pouco vão chamar o Arsenal de Gremio Ingles( Apesar do atual Gremio Ingles ser o Chelsea, que se entrar com o Ballack na semi final e na final, vai ser vice de novo, que venhamos e convenhamos , o jogador que gosta de ser vice…)

  • Jovaneli

    Vendo o pequeno Arsenal apanhar do jeito que apanhou, é de se lamentar que o enorme Liverpool tenha ficado pelo caminho. Coisas do sorteio, que pode até ser emocionante, mas que às vezes influi tecnicamente na competição.
    O Manchester United é um baita time, mas enfrentar esse pobre Arsenal foi uma moleza. Moleza que o Chelsea não teve ao medir forças com o Liverpool e ganhar a vaga de forma apertada naquele antológico 4 a 4.
    Pode parecer que sou torcedor do Liverpool. Não é isso. Apenas acho triste ver um time tão mais time que esse Arsenal no final das contas e dos números frios ter uma campanha pior. A bolinha definiu o destino do time que jogou um bolão e de quem jogou e joga uma bolinha.
    Sobre a outra perna, a maioria acredita que dê Barcelona. Poucos acreditam no Chelsea, mas, até pela maior dificuldade que encontrou no seu caminho nessa Champions, sobretudo quando enfrentou o Liverpool, penso que merece mais respeito.
    Jogando em casa, no Stamford Bridge, atrevo-me a dizer que o Chelsea é ligeiramente favorito. Apesar da qualidade técnica do Barça, sou mais Chelsea. E, se de fato passar pelo Barcelona, o que será díficílimo, diga-se, entra mais fortalecido para pegar o tranquilo Manchester, pouco testado no mata-mata.

  • Jovaneli

    Mauro e frequentadores do blag, o que vocês acharam da expulsão do Fletcher no lance do pênalti?
    Vendo a jogada, tenho convicção que ele tentou e conseguiu atingir a bola com um dos pés, mas que com o outro pé, sem intenção, acabou tocando no jogador do Arsenal e cometendo o pênalti.
    Daria o pênalti, por ter impedido o jogador dos Gunners de seguir em frente e fazer o gol, mas a sensação que eu tenho é que só foi expulso porque o árbitro humano não teve a chance de ver o que a câmera mostrou: a intenção do Fletcher de acertar a bola. Um pecado. Não jogará a final. Por isso, sou a favor do uso da tecnologia no futebol.

  • ERIK

    QUEM QUER QUE SEJA QUE PASSE À FINAL AMANHÃ, FARÁ, C/ O MANCHESTER UMA FINAL MAIS DO QUE PERFEITA. SE VIER O BARCELONA, SERÁ O DUELO QUE TODOS OS AMANTES DO FUTEBOL ARTE, BEM JOGADO, P/ FRENTE, C/ ALTA CCAPACIDADE TÉCNICA GOSTAM DE VER. SE VIER O CHELSEA, 1 TIME Q TB SABE ATACAR MUITO BEM, AINDA TERÁ A REVANCHE DA DECISÃO DO ANO PASSADA. 27 DE MAIO. ESSA SERÁ UMA DATA ONDE NEHUM COMPROMISSO ME TIRARÁ DA FRENTE DA TV!

  • http://www.esquemastaticos.blogspot.com/ Marcelo Costa

    O desenho tático do meio-campo do Arsenal sofreu modificações em relação à primeira partida. Song foi o volante de contenção centralizado, enquanto Nasri (esquerda) e Fabregas (direita) foram os volantes e meias à sua frente. O ataque também foi modificado. Com a posse de bola, Walcott (direita) e van Persie (esquerda) foram atacantes pelas pontas; sem a bola, eles voltavam como meias e formavam uma linha de cinco juntamente com os volantes.

    O meio-campo do Manchester contou com dois volantes de contenção que trocavam de lado, com Anderson à frente deles, como segundo volante e meia-esquerda. Park jogou na ala direita e Rooney como meia pela esquerda, aparecendo como segundo atacante quando o time tinha a posse de bola; sem a bola, Rooney acompanhava o lateral Sagna e formava a linha de cinco jogadores no meio-campo. A maior inovação foi Cristiano Ronaldo jogando como atacante centralizado (que não é tão nova assim, porque ele já atuou assim no próprio Manchester e na seleção portuguesa).
    http://www.esquemastaticos.blogspot.com/

  • FELIPE CAMPOS

    O ARSENAL, APESAR DE SER UM BOM TIME, PRECISA DE REFORÇOS DE PESO OU VAI FICAR SEMPRE APENAS DISPUTANDO ENTRE 3º E 6 LUGAR NO INGLES E NO MAXIMO SEMIFINAIS DA CHAMPIONS, DESDE QUE JOGADORES COMO T. HENRY, ROBERT PIRES E OUTROS BONS E EXPERIENTES JOGADORES SAIRAM DO ARSENAL A EQUIPE NÃO DISPUTA ATÉ O FIANL O CAMPEONATO, ASSIM FICA MAIS FACIL PROS OUTROS TIMES INGLESES.
    UM BOM E EXPERIENTE ARMADOR E UM ATACANTE MAIS EFICIENTE E CONFIAVEL QUE ADEBAYOR E BEDTNER ALEM DE UM ZAGUEIRO EXPERIENTE SERIAM BEM VINDOS NESSE TIME….

    ABRAÇOS

  • LUIS HENRIQUE F TOSOLI

    agora é so esperar e torcer hoje para o BARÇA e aí será o jodo do ANO, da DECADA, do SÉCULO e etc. etc. etc……..

  • Gilmar Costa

    É mauro
    Eu venho a liga toda apostando no Arsenal, pois pra mim é o time melhor treinado do mundo, mas parece que na hora H falta algo, ou alguém, um crack, pois pra mim é o time que melhor contrata a médio e longo prazo no mundo, mas é o momento é Manchester, e quem passar na outra semi final será vice.
    Tá com cara que vai dar Barça e Manchester, mas continuo secando o Messi e ele hoje vai mostrar mais uma vez que pipoca na decisão, e o Barça vai sentir vai finalmente sentir a falta que faz um certo dentuço. Mas se por ventura der o Barça (por causa de Henry e Xavi, esses são cracks), irei continuar torcendo contra na final, mas de hoje não passa, o mundo verá Léo Messi pipocar novamente…kkkk

  • Claudio Sacramento – Salvador/BA

    Concordo com você, Mauro. O Arsenal tem grandes jogadores. Tem condições de, tecnicamente, colocar em campo dois times bons e mais alguns reservas. Mas é um time muito jovem. Chega longe em todas as competições, mas raramente ganha uma. O toque de bola deste time é impressionante quando está em boa fase. Quando está em boa fase! A inconstância das suas atuações também se deve à idade. Sem contar os problemas de contusão com jogadores importantes como você mencionou no texto. Perdi as contas de quantas vezes diante da TV assisti, somente nesta temporada, o Arsenal colocar seus adversários “na roda” pelo toque de bola tão envolvente que ele tem. O que dizer de um atacante, como o Adebayor, que tem no toque de bola um de seus pontos fortes? E o van Persie que é tão bom com a bola rolando quanto é em bolas paradas? E o Fàbregas que é um super jogador, e de tão boa geração que a Espanha tem hoje, o treinador Aragonés pôde se dar ao luxo de colocá-lo na reserva durante a última Eurocopa? E o Denilson? Como explicar ele fora da seleção brasileira? O Dunga não ser preparado para o cargo a gente sabe. Mas colocar o Denilson de fora das convocações, aí já é demais. Mas é demais também deixar o Ramires, o Hernanes,…Melhor deixar pra lá. Mas voltando às perguntas, e o Diaby? É ótimo! Imagino a França na Copa de 2014. Cuidado com essa seleção! Vai ter um grande time. Santon na lateral, Diaby e Nasri, no meio, Benzema, no ataque…entre outros. Esse Bendtner vai se tornar um super jogador. Ele é ótimo atacante. E sabe jogar muito bem no meio de campo. É um grande organizador de jogo. Ainda é jovem. Ele vai despontar como um dos grandes do futebol mundial! E ainda tem o Arshavin. Esse também é muito bom. Como apareceu um pouco tarde para a “nata do futebol”, hein? Não vou citar mais senão o texto ficará enorme. Concorda comigo, Mauro?