Inter 2 x 1 Ulbra

por Mauro Beting em 23.fev.2009 às 18:02h

A equipe atua no Complexo Esportivo da Ulbra, em Canoas.

O nome do clube é Sport Club Ulbra. Super internacional para um clube fundando em 1998 e que, apenas em 2001, passou a jogar bola profissionalmente. Em 2004, já era vice gaúcho.

Como Ulbra. Universidade Luterana do Brasil. Que fica em Canoas, mais que aprazível cidade gaúcha, a uns 20km ao Norte de Porto Alegre.

Mas, em alguns lugares, em algumas mídias, o Inter de Taison (e como joga e corre esse moleque!) ganhou do Canoas. Poderia ter goleado não fosse o goleiro André, e os gols perdidos por Nilmar. Mas, é fato, no fim, quase cedeu o empate ao time de Canoas. Mas não DO Canoas.

Alguém ainda vai me explicar o porquê de um time chamado Sport Club Ulbra virar “Canoas” em algumas emissoras, jornais e sites.

Se for o caso, também gostaria de ser chamado por alguns colegas de George Clooney.

Não é o meu nome? E daí?

É melhor que Mauro Beting.

O que não é o caso do tal de Canoas.

Mas, sei lá. Cada um chama do jeito que quiser.

Por exemplo; se alguém do departamento comercial da minha firma não gosta do nome Corinthians, ou acha que é propaganda gratuita para alguém ou alguma empresa, que chame de “São Paulo”, que é o nome da cidade…

Por que não? O princípio é o mesmo.

Ainda bem que essa história não é tão antiga. Da época, por exemplo, dos famosos pentes “Flamengo”, fabricados pela Flex-a Carioca.

Fosse hoje, talvez o time que tivesse perdido para o Resende iria se chamar “Rio de Janeiro”.

Talvez fosse melhor, ao menos no sábado.

Tags:

  • Jose

    Comentário perfeito. E fico mais impressionado como tu tens uma visão holítica e imparcial do futebol de TODO O PAÍS (Ao contrário de alguns colegas seus).
    Sds Coloradas

  • http://www.desportugal.blogspot.com Matheus Rocha

    Mauro, segundo fontes da direção da Ulbra, eles estão entrando em contato com o pres. da Federação Gaúcha para tentar solucionar o caso “Sport Club Canoas”.

    Aguardemos,
    abraço

  • JOSÉ MACIEL

    PARABÉNS MAURO PELO SEU COMENTÁRIO, TIRANDO AQUELA FRASE QUE VOCÊ DISSE QUE O GRÊMIO NÃO É PRECONCEITUOSO, BOM SE O GRÊMIO NÃO É PRECONCEITUOSO IMAGINE O TIME DO CORAÇÃO DO ADOLF HITLER.
    EM CANOAS JÁ EXISTE O CANOAS F.C. QUE ESTÁ LICENCIADO O QUE NÃO DEVEMOS CONFUNDIR COM A ULBRA.
    TODO MUNDO VIVE PEDINDO PARA AS EMPRESAS INVESTIREM EM ESPORTE, E QUANDO INVESTEM A MÍDIA OMITE O NOME DA EMPRESA, VAI ENTENDER.

  • Felipe

    Cara, eu acho que é muita forçação de barra ficar “batizando” as equipes. Só pra não fazer “merchan”? Deixa disso, nada a ver! Eu não lembro quem comentou no Lance (acho que o Flávio Gomes) sobre a equipe Red Bull Racing, que investiu pra caramba na F1 pra ter seu nome veiculado pro mundo todo. Daí vieram com um sonoro ‘RBR’ – na voz do Galvão ficou até tosco! Eles conseguiram modificar isso junto à FIA, o nome Red Bull é veiculado. Mas não mudaram o da Toro Rosso, que na minha opinião esse não tem nada de merchan ( eu sei que toro rosso seria red bull em italiando, mas não existe marca registrada).

  • Fabio Santos

    Mauro Geoge Clooney Betting, como diria Mauro Betting! rsrrsrrsrsrrsr.

    Exímio comentário. Aproveitando a deixa.

    Boa Noite e Boa Sorte.

  • http://www.papodebola.com.br Edu Cesar

    Muito bom, Mauro! Parabéns mais uma vez.

    A explicação para a Globo chamar a Ulbra de “Canoas” é simples: além de nomes de empresas (como Rexona, Finasa e Malwee), a Globo decidiu não mais chamar times de universidades por seus nomes – não só no futebol, mas em tudo (vide Unisul ser Joinville e UCS agora ser Caxias do Sul).

    O interessante é que essa – na minha humilde opinião – frescurada da Rede Globo não é compartilhada pelo Grupo RBS. O nome “Canoas” só é adotado na televisão por imposição da “nave-mãe”, mas nos demais veículos do grupo (Rádio Gaúcha, Zero Hora etc.), tanto aqui no RS quanto em SC, a Ulbra permanece chamada normalmente por seu nome. Um próprio profissional da RBS TV (o narrador Paulo Brito) contou isso em um programa de rádio que faz todas as manhãs na Rádio Cidade FM.

  • Pedro Luiz

    Por estas e por outras, que a Arena Kiocera voltou a ser Arena da Baixada e a empresa abandonou o patrocínio do CAP.
    O Emirates Stadium, vai bem. Obrigado! (inclusive na Globo)

  • http://jol.blog.br Jo Leal

    Bom que tu tocaste no assunto, quem sabe agora as emissoras parem com essa frescura de trocar o nome das equipes. No vôlei e no basquete fazem isso direto, na fórmula um também, com a Red Bull (mas BMW, Renault e Toyota não são empresas que vendem no Brasil também?). E agora isso com a Ulbra.

    Escrevi sobre isso recentemente no meu blog:
    http://www.amplay.com.br/blog/index.asp?post=465

    Um abraço!

  • Veller

    Belo post. Assim como já foi dito, parabéns pela tua visão imparcial e plena sobre o futebol em nível nacional.
    Admiramos muito o teu trabalho. Saudações coloradas.

  • Cassio Miranda Neto

    Eu, morador de Niteroi, acompanho a distancia o futebol gaúcho. Amante do futebol sei das coisas do Gremio, do Inter, do Juventude e até do Caxias e agora mais recentemente por causa do tragico acidente o Brasil (Xavante).
    Confesso porém que por causa desta palhaçada da Globo, eu achava que Ulbra e Canoas eram o mesmo time. Lendo este post fui alertado para o erro e dei até uma pesquisada na internet.
    Mais uma vez a Rede Globo desinformando as pessoas…

  • Humberto

    Perfeito texto Mauro!Mais um ótimo texto de quem tem uma visão muito boa do futebol em todo o Brasil.

    Mas isto de batizar com nome impróprio, as expensas da realidade, é próprio de teus colegas da imprensa.A mais de 40 anos chamam de mundial um torneio que NUNCA teve o nome OFICIAL de mundial….E continuam chamando mesmo após pronunciamentos oficiais da FIFA.Porque continuam com isto? Se acham mais importantes, representativos e “oficiais” que as autoridades esportivas?Não querem cair em descredito é isto? Ou seria o simples medo de desgostarem Santistas,Flamenguistas e Gremistas, que não são legitimos campeões Mundiais Interclubes, mostrando-lhes os fatos?

    Vou mudar um pouco tuas frases para ilustrar melhor:

    “Eu European/South American Cup, se for o caso, também gostaria de ser chamado pela imprensa de MUNDIAL INTERCLUBES.

    Não é o meu nome? E daí?

    É melhor que INTERCONTINENTAL.

    O que não é o caso do tal de INTERCONTINENTAL.

    Mas, sei lá. Cada um chama do jeito que quiser.”

    Gostaria de saber tua opinião sobre este “batizado”, também impróprio, feito por teus colegas de imprensa.Vale a máxima de Goebbels?

  • http://www.alysongueber.blogspot.com.br Alyson Gueber

    Parabens pelo ótimo comentário!!!

    Eu reintero o comentário acima:

    -Sempre pedem as empresas patrocínio e agora que elas os fazem escondem seus nomes. Tosco!

    Deveriam haver modos legais para impedirem essa brutalidade com quem patrocina nosso esporte.

    Abraços

  • Eduardo Barros

    Quem sabe se o pessoal passasse a chamar a Rede Globo de Tv Rio de Janeiro? O que els achariam?
    Ou então a Rede Globo de Televisão pode ser chamada de RGT, já que na fórmula 1 eles chamam a Red Bull de RBR.

    Lamentável o tratamento que a Tv Rio proporciona á empresas que incentivam o esporte.

    Eduardo Barros, ou EB, ou Porto Alegre, risos

  • Sancho, RS

    Prezado Humberto,

    Uma coisa é o nome da competição, outro é o título que ela concede. Assim, entre 1960 e 2004, o campeão da Taça Intercontinental era considerado campeão mundial interclubes. Hoje, quem confere esse título é a Copa do Mundo de Clubes. Continua-se sem existir uma competição chamada de “Mundial Interclubes”, mas todo ano a um clube com esse título (em 2000, houve DOIS).

    Um abraço.

  • Johnny

    Muito bom o post Mauro,
    Só pra lembrar outra “mudança” de nome por parte da globo além das já mencionadas, durante a copa do mundo a Allianz Arena sempre foi chamada de Arena de Munique.
    e depois querem que o pessoal do marketing consiga novas fontes de renda!

  • Humberto

    Ledo engano,Sancho.

    Nem nome, nem reconhecimento OFICIAL.O batismo foi indevidamente dado pela imprensa Brasileira, ávida em vender “jornal” e afagar o ego de cahorro vira-lata que temos por aqui.Reconhecimento que conta é o oficial.Jornalistas e torcedores podem argumentar e até protestar, mas o fato é que não era reconhecidos OFICIALMENTE como campeões mundiais no período citado por ti.Recentemente, o Blatter encerrou a questão pronunciando-se que são campeões mundiais somente os 5 clubes vencedores da Copa Mundial de Clubes da entidade.

    Gostaria da opinião do Mauro Betting, de torcedor gremista já conheço muitas.

  • Pingback: Ulbra mudou de nome? « PERSPECTIVA()

  • EWERTON

    Então quer dizer que o Atlético Parananese vai enfrentar hj o “Rolândia” não o Nacional. O Grêmio empatou recentemente com o “Erechim” não com o Ypiranga. A Globo age com preconceito, afinal o Sport Club Ulbra é uma razão social, a Universidade Luterana do Brasil, é outra. Nós sabemos que é a mesma coisa mas não é admissível não chamar o nome do clube, senão os exemplos acima seriam lógicos.