Cruzeiro 3 x 0 Estudiantes

por Mauro Beting em 20.fev.2009 às 9:24h

Ramires fez muita falta no primeiro tempo. A boa marcação argentina, o afunilamento dos lances de ataque, e a pouca aproximação de Fabrício, Marquinhos Paraná e Henrique deixaram a Raposa encurralada, sem muitas ideias.

Ainda no primeiro tempo a torcida começou a pedir o gladiador Kleber. Jogo de luta e disputa, melhor apostar em quem briga e também joga. Também porque, no contragolpe, pela enésima vez, e mesmo protegida por três volantes, a zaga azul fez água, e quase cedeu o primeiro gol aos pincharratas.

Aos 14, Kleber, enfim, veio ao campo. Saiu Thiago Ribeiro. Melhor seria ter saído Wellington. Mas a fase é ótima. E o Cruzeiro ainda melhor com gente com o espírito guerreiro do atacante. Uma das críticas que podem ser feitas ao Cruzeiro em sua rica história é a ausência de jogadores com esse espírito. Gente como Kleber.

ADENDO POSTADO 14h59 – Sim, cruzeirenses: tantos são os ídolos de chuteiras e corações azuis. Vitórias épicas como as de 1966 contra o Santos (na técnica e na raça e na lama), a de 1976 contra o River e a arbitragem (também com um time técnico), a de 1997 (sobretudo contra o Grêmio), a virada de 2000 na Copa do Brasil, a brilhante tríplice coroa em 2003. Mas é algo que muitos cruzeirenses de campo, banco e arquibancada reclamam: por vezes, falta um espírito mais aguerrido. Competitivo. Um time essencialmente técnico às vezes se perde. Apenas isso. Não é crítica. É constatação. É diferente. Espero ter sido melhor entendido.

SEGUNDO ADENDO – Expressei-me mal ao escrever “ausência de jogadores com esse espírito”. De fato, acaba sendo amplo e vago. E, claro, injusto e incorreto. Perdão a todos, e agradeço aos críticos, mesmo os mais veementes. Mais considerações nos comentários dos comentários…

SEGUE O TEXTO INICIAL.

Em dois minutos, Wellington Paulista foi derrubado na área, e Fernandinho bateu muito bem. A vantagem ajudou. Mas um atacante como Kleber ajuda muito mais. E os dois gols de Kleber, em menos de 15 minutos em campo, saíram com naturalidade para uma equipe muito boa. E, agora, ainda mais forte. Em todos os sentidos.

Tags:

  • http://rumoatokyo.wordpress.com Alan Bezerra

    Que saudades do Gladiador…
    Ele tem tudo para dar ainda mais certo no bom time do Cruzeiro, que pode resultar em um ótimo time ao longo da competição.

    Mas eu não entendi até agora porque a Traffic não quis segurar o Kléber no Palmeiras. Um ataque composto por ele, Willians e K9 seria duro de parar.

  • Cristiano

    Mauro,

    O Cruzeiro teve muitos jogadores de raça em sua história. Mas, eles atuaram em equipes mais fracas tecnicamente. Talvez, seja a primeira vez que teremos uma equipe de muita qualidade com tantos jogadores raçudos e bons de bola.

    Abraço,
    Cristiano.

  • http://www.SPFC.com.br Paulo Sérgio ( SPFC )

    Caro MAURÃO, permita-me – por favor – eu contar aqui no seu Blog uma situação que presenciei ontem à noite, aqui em S.Paulo …………… E´ algo Hilário !!!

    >>> Por volta das 21h30, fui jantar em uma Pizzaria / Estavámos eu, minha namorada e um outro casal de amigos … Ontem ( 19.02 ), quase 10 da noite.

    Durante o jantar, no restaurante haviam vários monitores de TV e, passava no momento um programa de esporte do SPORTV, falavam dos resultados do esporte na semana – com destaque para a Goleada do Cruzeiro em cima dos Argentinos ( jogo que acabara a pouco tempo ), mostrando os lances da partida do Cruzeiro na sua estréia na Copa Libertadores …

    Na mesa ao lado da nossa, haviam três bibinhas Palmeirenses – bem amigas – e, conforme os lances do jogo Cruzeiro X Argentinos íam passando na TV, um sentimento de quase ” Luto ” se estabeleceu junto aos Palmeirenses da mesa ao lado … Como assumidíssimas ” VIÚVAS DO KLÉBER COTOVELADA ” as Porquinhas Palmeirenses – quase chorando – diziam umas às outras : ” … AI, QUE SAUDADE DO ‘ NOSSO ‘ GLADIADOR … QUE SAUDADE ! ” … Caras, as Porcas ‘ bibas ‘ imundas estavam quase chorando, agarradas, pelo tal de Kléber Cotovelada, agora no Cruzeiro … HILÁRIO !

    Caras. que HILÁRIO a cena das Porcas Palmeirenses ” VIÚVAS DO KLÉBER COTOVELADA “, quase chorando de Saudades do tal ” GLADIADOR, delas ” … uma cena Hilária D+ !!!!!!!!!!

    As porquinhas quase soluçaram de comoção ao ver cenas do jogo do Cruzeiro … Foi realemnte a maior da Semana / as ” VIÚVAS DO KLÉBER COTOVELADA “, chorando.

    AHAHAHAHAHAHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    Pessoal, ontem ganhei o dia com as Porcas chorando pelo Cruzeirense Kléber ……….. Mto LEGAL !!!

    AHUHAUHAUHBAUHAUHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    POIS É, UM DIA SEM RIR DAS PORCAS, É UM DIA PERDIDO !!!!!!!!!

    AHUHAUHAUHBAUHAUHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    PORCAS, VCS SÃO A ” PIADA ” DO FUTEBOL … NÃO HÁ NADA + LEGAL !

  • Douglas-Pará de Minas

    Mauro, me desculpe mas não concordo com você ao falar que quem deveria ter saído era o W.Paulista. O T.Ribeiro estava muito mal na partida. Todas as bolas que recebia, ao invés de ir pra linha de fundo e forçar uma jogada perto da área, ele pegava a bola e ia disparado em direção ao meio campo, tirando todo o perigo de perto da área do Estudiantes. Além de que, a jogada tinha de ser totalmente refeita com a zaga do Estudiantes novamente bem postada. Ou seja, ele tava matando o ataque. Se ele jogasse pelo menos como jogou contra o Atlético-MG, indo para linha de fundo(abrindo espaço para chegada de elemento surpresa pelo meio), tentando jogadas dentro da área.. ou seja, dando trabalho, ok, até concordaria com sua análise. É compreensível também o porque da sua opinião, pois Kleber e W.Paulista são jogadores que não tem a mesma mobilidade do T.Ribeiro. Mas também tem um detalhe enorme. Não pode tirar um jogador que briga bem contra os zagueiros (W.Paulista) e deixar um jogador que não estava contribuindo em NADA em campo. Não tem lógica nenhuma que bate esse quesito.

  • FABRICIO DINIZ

    VIVA O GLADIADOR AZUL!!! JA VIROU MEU IDOLO, 1 JOGO, 2 GOLS, 13 MINUTOS EM CAMPO E 1 CARTAO VERMELHO. AI VEM A IMPRENSA MIXURUCA DE MINAS, DIZER QUE O TARDELLI É CRAQUE, SO SE FOR NO APITO, COM O WAGNER TARDELLI!!!
    E DEU-SE INICIO A CAMINHADA PARA DUBAI!!! QUE VENHAM OS INIMIGOS, NOSSO CARTEL É DE 8 JOGOS, 8 VITORIAS. VAMOS CRUZEIRO, TIME DE TRADIÇAO, LIBERTADORES SER CAMPEAO!!!

  • Leo

    E’ verdade, o cruzeiro teve, em sua historia, poucos jogadores com o espirito do Kleber. Sempre em suas campanhas de sucesso foram combinadas com um bom goleiro e pelo menos um jogador extremamente tecnico.

    Esse ano o cruzeiro tem chances muito boas, manteve a base do ano passado, vendeu Guilherme, mas trouxe Kleber. Eu nao vejo a hora de ver um jogo, com Wagner inspirado, Fabio fechando o gol, Ramires no meio, e Kleber fazendo gol (se ele conseguir controlar os cartoes seria otimo tb).

    []s

  • Emílio

    “…Cruzeiro em sua rica história é a ausência de jogadores com esse espírito…”
    Você está redondamente enganado, meu caro.
    Acredita que paramos o seu santos de PELE em pleno pacaembu em 66
    sem jogar com raça!?
    Acredita mesmo que não tinhamos esse tipo de jogador quando vencemos a América pela primeira vez com gol aos 45 do segundo tempo na melhor de 3 em 76?
    Acha que revertemos um placar de 0x2 para 3×0 na supercopa de 91 contra o River sem jogadores de Raça?
    Acredita mesmo que paramos a máquina verde Palmeiras/Parmalt 1996 de Luxemburto só com craques!?
    Acredita que na libertaodores de 97, quando perdemos 6 partidas e vencemos 7 tinhamos somente jogadores selecionáveis?
    Sem contar a copa do brasil de 2000, quando batemos mais um favorito, o Sao Paulo tambem aos 45 do segundo tempo!
    Reveja seus conceitos!
    e respeite a história azul!

    EMILIO, respeito demais a história celeste. Mas é uma constatação do próprio Adilson. Por vezes, falta maior pegada. APENAS ISSO.

  • Luiz

    Bela vitória, 3X0 não reflete a dureza que foi o jogo, que poderia ter sido mais fácil, não fosse essa fixação do Adilson com o Henrique. Se o Adilson não parar de privilegiar os seus indicados em detrimento dos outros atletas, é a única coisa que pode parar o Cruzeiro, o atacante Alessandro já rescindiu seu contrato, pois as chances são todas para Soares e W.Paulista e o henrique a exemplo do ano …

  • http://www.jornalismoalaandre.blogspot.com André Salvagno

    Que o Kléber é bom jogador a torcida paulista, especialmente a do Palestra, sabe. Mas que estes dois gols não virem argumento pra criticar a diretoria do Palmeiras por não ter contratado o Gladiador.
    Afinal, US$ 8 milhões não é troco de pinga e, sinceramente, não acredito que o Kléber dará retorno a um investimento deste porte.

  • Charles

    Vamos Zeroooo!! Rumo ao tri!! Sem duvida Kleber foi um otimo reforço!

  • Kaká dos Montes (SP)

    Não tem como deixar de enaltecer uma vitória: e Cruzeiro venceu um dos adversários mais difíceis da Libertadores. Pero, mas, não tem como deixar de ver o nervosismo do time, principalmente no primeiro tempo, rifando a bola e preso à marcação dos argentinos. O Cruzeiro do meio para frente é muito forte e consistente, mas a nossa zaga se posiciona mal. Vi isso contra o Atlético e novamente contra o Estudientes. Não sei se é por insegurança dos jogadores de defesa. Talvez a entrada do Anderson, mais experiente, resolva essa situação. No mais, vamos ao Tri.

  • Felipe Coutinho

    Wellington Paulista vinha jogando bem sim, e a torcida não pediu o Kléber no primeiro tempo…eu estava no Mineirão e vi…mas concordo q o Cruzeiro precisa em vários momentos de mais raça e de jogadores como o Gladiador

  • Bernardo Dória

    Mauro B. Parabéns. Você talvez seja um dos poucos jornalistas esportivos que realmente acompanha o futebol e assiste os jogos de times fora do eixo RJ/SP. Sou Cruzeirense rocho e percebo que você conhece os jogadores que o meu time tem. Realmente, depois de um primeiro tempo ruim, truncado, o Cruzeiro se concentrou novamente na partida e fez os gols. Destaque para Kléber pelos gols e que na minha opinião foi expulso de forma exagerada. Não pela camisa, mas pela falta comum de jogo no Verón. Um abraço e bom trabalho.

  • http://blogs.abril.com.br/futebolearte André Rocha

    Mauro,

    Thiago Ribeiro é mais jogador, mas ONTEM o Wellington Paulista estava muito bem, sendo o principal atacante do Cruzeiro. A meu ver, o técnico cruzeirense agiu certo, até pelas características do Kléber, que é um atacante de movimentação.

    No mais, acho que o grande desafio do Adilson Batista será controlar o ímpeto do “Gladiador” para que ele use todo o seu vigor e disposição para colocar a bola nas redes adversárias e seja um fator de desequilíbrio apenas a favor do Cruzeiro.

    Com a cabeça no lugar, o Kléber é fera.

  • Jean Frank

    Como ficou bom esse time do cruzeiro.
    Com Kleber em forma (e a cabeça no lugar) e o Ramires (black kaká) em campo fica bastante difícil bater o cruzeiro.

  • Paulo Luciano da Silva

    Se o Souza entrasse, fizesse dois gols e depois fosse expulso, já estaria garantido o bicho dele. O Kleber é meio louco na marcação, é só pedir para ele não marca forte o adversário, é um grande jogador, Palmeiras e Corinthians perderam muito não contratando ele. O Cruzeiro o trouxe e colocou mais cinco milhões de Euros no bolso, pode?

  • Ricardo Caires de Miranda

    Gosto dos seus comentários, um dos poucos comentaristas de futebol que realmente entendem de futebol. Ontem estive no mineirão a torcida pediu o Kléber por causa do Thiago Ribeiro e não do WP. Irei discordar de você ao falar que deveria sair o WP, ontem ele jogou bem sim, lutou e batalhou, prova disso que ele participou dos 3 gols, sofreu o penalti no primeiro, deu o passe para o segundo e achou o Marquinhos Paraná livre com um belo passe de calcanhar para depois o MP servir o Kléber.
    Abraços

  • MOACIR ROCHA

    DESDE O ANO PASSADO O CRUZEIRO VEM JOGANDO O FUTEBOL MAIS BONITO DO BRASIL, SE FORTALECER A ZAGA QUE DÁ MUITO SUSTO, SERÁ MUITO DIFÍCIL DE SER BATIDO. NO MINEIRÃO ENTÃO ENTÃO É QUASE IMPOSSÍVEL VENCÊ-LO. CRUZEIRO MUITO FORTE ESTE ANO.

  • Diego

    O Kléber é sempre a vítima. Ele é expulso e a culpa sempre é do juiz. Só falta ele dizer que a perseguição dos arbitros brasileiros se extenderam aos arbitros internacionais. Todo jogador na Libertadores faz catimba e ele culpa o Veron por sua perfomance. A Libertadores é um grande teste de nervos. E vence aquele que suportar mais. O descontrole só gera prejuizos. O Kléber é um matador nato mas precisa distinguir vontade de vencer com excesso de violência. Suas entradas são muito duras. E ele não é zagueiro nem volante pra distribuir bordoadas a qualquer hora. O atacante leva pancadas mas devolve em gols.

  • Raposão

    Ontem sentimos a falta do Ramires, pois ele é o elo de ligação do meio para o ataque, mas quando não se tem Ramires, tem a torcida para empurrar o time com a garganta. A China Azul torceu, vibrou, deu palpite e pediu para mudar, o Adilson prontamente atendeu a não se arrependeu e no final todos comemoraram, menos as franguinhas emplumadas, que assistem chorosos os Celestes na Libertadores e eles jogando no interior da Bahia contra o Eta´Baianas. Que contraste hein Mauro???
    O Cruzeiro vai mais longe neste ano, tem time mais experiente que do ano passado.

    Abraços

    Vamos Vamos Cruzeiro
    Sangue nos olhos

  • Thiago P

    Caro Mauro, é bom saber que no eixo do mal ainda existem poucos jornalistas sérios, respeitados pelos torcedores de outros estados. Vc com certeza é um dos poucos que salvam. Estou dizendo isso pois vc foi um dos poucos, ou talvez o único blogueiro do eixo do mal, que analisou a partida PARCIALMENTE, sem plantar sementinhas de maldade no texto.

    Parabéns! A impressa do eixo precisa de gente séria. De verdadeiros profissionais.

    Em relação ao jogo de ontem, vc já disse tudo. Foi o mesmo jogo que eu vi pessoalmente no Mineirão.

    Abs…

  • Douglas Carneiro de Castro

    “Uma das críticas que podem ser feitas ao Cruzeiro em sua rica história é a ausência de jogadores com esse espírito.”

    Isso é alguma piada?

  • http://www.kividaboa.nafoto.net Josiane Botelho

    Falou e disse!

  • Roger

    Sem Guerreiros????
    so pra citar alguns :
    tivemos noa anos 60 Procopio e Pedro paulo
    nos 70 Fontana eate Brito por um ano
    Guerreiro maior que Dirceu Lopes!!!!!!
    ate o A.Batista como Zagueirro
    e Nonato
    e mais recentemente e agora de volta
    SORIN!!!!!!!!!!
    O cruzeiro sempre teve os seus Guerreiros
    e por isso temos titulos importantes
    Parabens pela coluna

  • Marcelo Andrade

    Derrubado nada. Discutível. Fez foi um teatro e caiu. Teatro bem feito, diga-se. Simulou muito bem. Mais uma vez o Cruzeiro foi ajudado. Está virando rotina. Olha só o paradoxo: um ótimo time não precisaria da ajuda do apito amigo para ganhar seus jogos. Não na teoria.

  • Lucas Salles

    É Mauro, esse ano o Cruzeiro vem forte para a disputa da Libertadores.
    Isso porque ainda não atuaram juntos o melhor jogador do Brasil na atualidade e o Gladiador.
    Eu sei que é bastante complicado para a imprensa brasileira assumir que um time fora do eixo Rio-São Paulo esteja com o melhor e mais bem preparado elenco para o ano de 2009. Mas é isso ai, nunca precisamos da mídia para sermos o que somos hoje e contra tudo e contra todos mostraremos porque lá fora temos um maior reconhecimento. La Bestia Negra, como apelidaram os argentinos, está de volta!
    Leio sempre seu blog mas não custumo comentar. Dessa vez não aguentei porque apesar de tu ser sempre coerente em seus comentários e sempre mostrar o lado azul, você infelizmente é uma rara exceção dos meios de comunicação tendenciosos desse país.

  • Pedro

    Caro amigo, acompanho de longe sua tentativa de se tornar um dos melhores comentaristas do Brasil. No entanto, com declarações como a de que faltam jogadores com espírito de luta na história do Cruzeiro, você vai permanecer por muito tempo fora de uma emissora de primeira. Provavelmente vou esquecer de alguns jogadores raçudos que vestiram nosso manto, mas aqui vão alguns nomes para refrescar sua memória: Pedro Paulo (lateral direito de 1966), Wilson Piazza, Darci Menezes, Geraldo II (lateral esquerdo da época do Palestra), Ademir, Nonato, FABINHO, SORÍN, Cris, Edu Dracena, Revétria, ROBERTO PERFUMO, RENATO GAÚCHO. Então, peça desculpas pela falha que cometeu ao proferir tamanha bobagem.

    PEDRO, me entenda. E sei que vc conhece de história. É algo que o próprio Adilson reclama; o jogar e deixar jogar. apenas isso. RELEIA O TEXTO E VERÁ UM ADENDO EXPLICATIVO.
    agradeço o comentário pela minha luta. como comentarista que já trabalhou (ou foi convidado) para atuar em todas as emissoras abertas exceto a Globo, como comentarista de todos os canais fechados (exceto a ESPN Brasil, onde não acertei salários), não entendi seu comentário desnecessário.

  • Maurílio

    Caro Felipe Coutinho,
    Eu também estava no MIneirão, na geral atrás do gol para onde o Cruzeiro atacou no primeiro tempo (ou seja, no mesmo lado da Mafia Azul) e a torcida pediu sim o Kléber no primeiro tempo. E durante o aquecimento, já no segundo tempo, pediram o tempo todo.

    Um abraço

    Ah…e o velho discurso de que o Cruzeiro não tem jogador de raça….que cliché mais batido. O Sorín é o quê?? O Cleisson, durante o tempo que esteve no Cruzeiro era “um jogador normal, demasiadamente violento”, assim que foi para o outro lado da lagoa, virou símbolo de raça. E assim por diante. Já nem perco tempo em discutir isso mais (e nem vou citar aqui Cris, Edu Dracena…)

    MAURÍLIO, clichês são batidos, e tento evitá-los. Mas, se existem, têm alguma razão de ser.

  • Walfrido

    Tentou explicar e piorou. Acreditar em clichés é tipico de jornalistas que acompanham a distancia e querem opinar sobre o que não conhecem. Pior, mexem com a paixão dos outros. Restrinja-se ao eixo, a seu bairro, afinal, daí vc deve entender. Esqueça o Cruzeiro de Sorin, Ricardinho, Douglas, Ademir, Nonato, Dracena, Fred, Cris e centenas de outros ídolos guerreiros. Fique com seus clichés.

    Ai, tem que ter muita paciência com essa mídia bairrista, viu? Durma com um barulho destes.

    WALFRIDO, mídia bairrista ou blogonauta bairrista? “Durma com um barulho destes” é invenção sua? Ou mais um clichê furado e sem sentido. Releia o texto: quem disse que não havia raça nesses nomes? E que, entre eles, há excepcionais jogadores como Sorín e Fred, por exemplo?

  • Academia Verde

    Aê galera sou Palmeirense e assisti o jogo do Cruzeiro ontem, agora provavelmente vocês darão razão pra nós Palmeirenses que o ano passado reclamavamos que o Kleber era perseguido pelos árbitros, aquela falta no Verón acontece a toda hora em todos os jogos, mas feita pelo Kléber merece expulsão, e posso afirmar que realmente o Cruzeiro tá jogando muito, mesmo que não jogou igual o que vem jogando no campeonato mineiro, se for dar um time brasileiro na libertadores acho que será meu Verdão ou o Cruzeiro, pq aquele timeco medíocre que não vou citar o nome que só sabe fazer chuveirinho e comemora empate em casa não passa nem da primeira fase

  • Thiago P

    MARCELO ANDRADE,

    esse espaço nada tem haver com vc cocotinha sofredora.. Isso aqui é Libertadores! Ou seja, isso aqui não é lugar para Pateticanos!!

  • Elias

    Li e reli. Inclusive o adendo. A emenda saiu pior que o soneto. Ausência de espírito guerreiro? Menos Mauro…

    ELIAS, e demais cruzeirenses: não é AUSÊNCIA plena. É ESCOLA. Característica histórica. É como dizer que o Grêmio de Ronaldinho Gaúcho, Anderson e Douglas Costa só tem raça e determinação. Palmeiras e Cruzeiro têm estilos, digamos, mais acadêmicos. APENAS isso. Não é ofensa, nem ignorância. Apenas característica, que não tira título do Cruzeiro. APENAS ISSO.

  • Walfrido

    Reitero minha opinião: mídia bairrista, sim senhor. Eu não sou pago para avaliar e opinar sobre o resto do país, vc sim. Portanto deveria se restringir a temas que conhece, pois parece que de fora-eixo vc não conhece. Mas é apenas minha opinião. E “durma com um barulho desses” não trata-se de cliché, mas sim de expressão. Na minha humilde opinião seu bairrismo crasso não esconde sua inteligência, e esses seus argumentos foram primários. Tente novamente.

    WALFRIDO, ao menos você é persistente e convicto. E isso é ótimo. Mas não confunda eventual ignorância com bairrismo. Quem está se limitando à própria paróquia é você, que não admite comentários de outras praças. O bairrista aqui não sou eu.

  • Walfrido

    Não quero parecer chato, convicto talvez. Se entendi corretamente, vc sugere que, em alguns casos, sua opinião pode conter uma dose de desconhecimento (não usarei a palavra ignorância) regional, mas jamais bairrismo. Ok. Vamos acompanhar. Mas minha opinião, com o perdão de generalizar, é que a maioria da mídia é sim bairrista. Sua opinião também me pareceu bairrista, se não foi, desculpe-me, mas espero, e acredito ter esse direito, que ao comentar sobre um jogo ou sobre um time, que clichés (na minha opinião foram clichés) não sejam a base de seu argumento. Quanto a me acusar de não admitir comentários de outras praças, não é verdade, tanto é que me dispus a debater seu texto, na minha opinião altamente superficial e sem embasamento histórico. Mas é apenas minha opinião. Vc pode discordar, como eu discordei veementemente da sua com relação a falta de Guerreiros nos esquadrões históricos do Cruzeiro. E digo isso de cátedra por estudar este tema a algum tempo. Por isso mesmo limito minhas opiniões sobre outros times por desconhecer suas histórias e vivências. Abraço

    WALFRIDO, valeu pela veemência e paciência. Reitero o ódio – comum – ao bairrismo, e a paixão por grandes times do Cruzeiro já citados – e outros que não couberam, como o de Revetria, que venceu um favoritíssimo Galo na mais pura raça. E insisto que você também precisa conhecer melhor o meu trabalho para entender que abomino clubismos e bairrismos. Mas, claro, você tem todo o direito de achar a crítica superficial, tacanha, o que for. E eu, do mesmo modo, repelir a insinuação de bairrismo e ignorância. Bom Carnaval a você e a todos – com ou sem espírito guerreiro. hehehehe

  • Walfrido

    E só vi seu 2o adendo agora, que melhora um pouco o sentido vago de sua afirmação.

  • Ícaro

    Pelo que vi na partida ontem, eu teria tirado o w. paulista e não o tiago ribeiro que estava participando e mto mais empenhado do que o w. paulista que só começou a jogar dpois que o kleber entrou e ele passou a jogar mais fora da area.
    Antes disso eu não vi ele fazendo nada.

  • http://www.cox.net Mauricio Lizardo (USA)

    Mauro, o cruzeiro toda vida realmente foi conhecido, pelo seu toque de bola diferenciado, sempre teve jogadores de categoria, e isso faz a diferenca no futebol Ex: Alex, nao tinha raca, mas sobrava categoria, e assim sempre foi o nosso Cruzeiro, nao quer dizer que o time nao tem raca, mas, a historia mostra que o time sempre foi mais de toque de bola. Penso que muitos torcedores aqui estao criticando vc sem ter motivos. Agora por incrivel que pareca, este ano com Sorin,Ramires , Kleber e Fabricio esse time vai aliar o bom toque de bola com a raca desses jogadores. Vai matar a pau!!!!!!!!!!!

  • Fabio Santos

    Históricamente, o Cruzeiro sempre foi dotado de jogadores arrojados,
    raçudos, e o time atual da mesma forma possue está mesma característica.
    . O Mauro, escreveu sobre times que em sua maioria não viu em campo, portanto, seus argumentos são gélidos e vazios.Seus adendos são tentativas mortas de fazer um meia culpa destas impropriedades escritas por ele.
    O que importa, na verdade, somos nós, torcedores verdadeiros que acompanhamos a história e as glórias de nossos times.Nós sabemos quem “ralou a bunda” no chão pelo manto sagrado de nossos times.
    A altercação, de que o técnico Adilson falou isto? ou aquilo? é simples! ele como treinador deveria motivar os jogadores, que ele observa, não terem o devido comprometimento, alterando está incômoda situação.
    Observar uma partida, qualificar um elenco por seu desempenho em campo, traduzir a leitura do jogo e ponderar notas explicativas, são tarefas facilmente executáveis. Agora, Mauro, por favor! não queira entrar no mérito histórico de cada clube. As incongruências escritas por você neste texto nada plausível, atestam o quão inditoso você foi em suas considerações.

    Fabio Santos, fiz mea culpa pela maneira equivocada e ampla com que me referi à questão. Não foi meia culpa, como vc escreveu. Foi inteira. Agora, se você não quer entender, paciência. Não entro no seu mérito histórico.

  • Kerlon

    Mauro, sou cruzeirense fanático há décadas. Sempre acompanhei o time e sua história. Concordo plenamente com o que você disse, e tenho orgulho do Cruzeiro ter, e ser, uma escola de futebol clássico, leve e bonito. Vez por outra aparece um ou outro jogador que se destaca por características de mais pegada, mas que realmente não é o padrão normal da equipe. O Cruzeiro, graças a Deus é assim, uma eterna academia que mesmo praticando um futebol caracteristicamente clássico, jamais vai deixar de ganhar títulos através das décadas que se seguirão. Parabéns pelo seu trabalho, e o classifico, juntamente com o Tostão e o Armando Nogueira, pontos luminosos em um ambiente na maioria das vezes conturbado e o obscuro.

  • Sérgio

    Mauro Beting, vc é o melhor comentarista do Brasil pra mim a nivel Nacional!!! Eu entendi o que você quiz dizer.. O Cruzeiro sempre se destacou por ter times tecnicamente superiores, Times q jogam bonito e priorizam o bom futebol… Claro q na historia do cruzeiro teve jogadores com raça, mas como vc mesmo disse muita das vezes esses jogadores de raça q passaram pelo cruzeiro ainda tinha uma tecnica mais apurada q um espirito de luta mais brigador… Esse ano temos jogadores de muita raça Fabricio, Ramires e Fabio, mas ainda vejo neles mais tecnica do q espirito de luta… O Cruzeiro ssempre vem sido posto como o melhor time do Brasil tecinicamente (Muricy fala isso direto) mas o mesmo nunca conseguiu expor essa tecnica recentemente com conquista de titulos talves era essa a peça q faltava.. Kleber alem de lutador tem uma tecnica muito apurada e junto com Ramires, Wagner, W. Paulista, Anderson, Fabricio, Fábio, Sorin e outros grandes nomes do time do cruzeiro consigam traduzir essa DIFERENCIADA tecnica em titulos!!
    Te admiro muito como profissional e peço desculpas em nome da Torcida Celeste se alguem lhe faltou com o devido respeito…
    Vc alem de imparcial é justo e reponsavel em seus comentarios!!!
    Saudações Celeste!!!

    SÉRGIO, muito grato pelo carinho. Mas, de fato, me expressei mal. Mas legal que você e tantos entenderam o sentido que, de fato, não passei corretamente. Bom Carnaval a todos.

  • Douglas-Pará de Minas

    A torcida do Cruzeiro ta pegando pesado demais nos comentários. Galera tem que saber se expressar mais. Fazer uma discussão que valha a pena e que seja sadia.

  • Felipe Marçal Repolês

    Mauro, considero você o comentarista mais lúcido do Brasil. O único ou um dos únicos que conseguem analisar o futebol nacional de maneira coerente e imparcial. Me lembro de 2003 quando após a vitória do Cruzeiro contra o Santos na Vila Belmiro, no rock gol da MTV vc foi o primeiro jornalista que vi apontar o Cruzeiro como campeão naquele ano histórico. Todos apontavam o Santos e teimavam em não reconhecer a superioridade azul!
    Foi perfeitamente compreensível o que vc disse sobre o Cruzeiro tradicionalmente ter times muito mais técnicos do que raçudos. E eu particularmente acho essa característica histórica ótima. Com ela o Cruzeiro sempre apareceu no Brasil com um futebol bonito e produtivo e que nos deu tantos títulos! Claro que durante a nossa historia tivemos inúmeros atletas que se destacaram pela raça, e foram muitos ídolos assim, mas a característica geral do Cruzeiro, tradicionalmente é a técnica!

    No mais, acredito que esse ano promete para a nação cruzeirense! Um excelente time, com excelentes opções de reposição, com tudo para ganhar tudo esse ano. Fábio é o melhor do Brasil, Fernandinho e Jonathan jogando muito, o melhor meio campo do país e o ataque nem se fala!O Kléber vai dar o que falar e com certeza será ídolo, e os demais atacantes tb são ótimos! A torcida acompanha o time e apóia incondicionalmente a equipe. O clima eh de grandes conquistas!!!!!!!!

    Um abraço!

  • Felipe Marçal Repolês

    Mauro, considero você o comentarista mais lúcido do Brasil. O único ou um dos únicos que conseguem analisar o futebol nacional de maneira coerente e imparcial. Me lembro de 2003 quando após a vitória do Cruzeiro contra o Santos na Vila Belmiro, no rock gol da MTV vc foi o primeiro jornalista que vi apontar o Cruzeiro como campeão naquele ano histórico. Todos apontavam o Santos e teimavam em não reconhecer a superioridade azul!
    Foi perfeitamente compreensível o que vc disse sobre o Cruzeiro tradicionalmente ter times muito mais técnicos do que raçudos. E eu particularmente acho essa característica histórica ótima. Com ela o Cruzeiro sempre apareceu no Brasil com um futebol bonito e produtivo e que nos deu tantos títulos! Claro que durante a nossa historia tivemos inúmeros atletas que se destacaram pela raça, e foram muitos ídolos assim, mas a característica geral do Cruzeiro, tradicionalmente é a técnica!

    No mais, acredito que esse ano promete para a nação cruzeirense! Um excelente time, com excelentes opções de reposição, com tudo para ganhar tudo esse ano. Fábio é o melhor do Brasil, Fernandinho e Jonathan jogando muito, o melhor meio campo do país e o ataque nem se fala!O Kléber vai dar o que falar e com certeza será ídolo, e os demais atacantes tb são ótimos! A torcida acompanha o time e apóia incondicionalmente a equipe. O clima eh de grandes conquistas!!!!!!!!

    Um abraço!

  • Fabio Santos

    Mauro, você não entrou no meu mérito histórico! Retórica inconveniente usada por você. Atitude jogral, permita-me dizer. Seu texto, este sim, fez referência à história; e, ao comportamento dos que atuaram no celeste Cruzeiro.Seu enredo,composto de conjectura confusa e pouco pontual, foi facilmente refutado.