Super Barça

por Mauro Beting em 27.jan.2009 às 10:42h

ESCREVE LUCAS FITIPALDI

Harmonia azul-grená

Dose de eficiência regada a encantamento mais uma pitada de arte. Eis a receita da porção mágica que reluz na Catalunha. O atual time do Barcelona traduz harmonia plena e o engessado futebol mundial agradece.

Comandado pelo talentoso Messi, o esquadrão azul-grená satisfaz anseios de céticos, ávidos por números que comprovem competência. Ao mesmo tempo, encanta o mais exigente romântico. A fórmula perfeita? Melhor jogador mais melhor time. É a velha história da plenitude harmônica.

No auge, Ronaldinho Gaúcho previu: o pequeno e habilidoso companheiro recém-promovido das categorias de base seria dono da coroa em cinco anos. Estava errado. Não foi preciso esperar tanto. Sob a tutela do assombroso argentino, Daniel Alves, Eto’o, Xavi e Henry têm proporcionado prazer aos amantes do jogo. O futebol sorri de orelha a orelha.

A Espanha jaz de boca aberta. O mundo ainda quer pagar pra ver. Determinantes serão os próximos meses: a cobiçada Champions League é prova de fogo. Muitos, porém, já se renderam ao melhor time do mundo.

Formada por fiéis seguidores sempre em busca do genuíno prazer, a torcida pelo futebol está em festa. Os verdadeiros apaixonados sabem: soa egoísta qualquer paixão clubística diante do nobre sentimento. O Barça é hoje patrimônio de nós todos.

ESCREVEU LUCAS FITTIPALDI

Tags:

  • http://blogs.abril.com.br/futebolearte André Rocha

    A exaltação ao futebol de Messi, o atual melhor do mundo, é mais que louvável. Só acho injusto quando não citam outros destaques do time catalão, como Daniel Alves, Eto’o, Henry e, principalmente, Xavi Hernandéz, o cara que assumiu a bronca de substituir Deco na armação e faz esse time tocar e girar, mas que sempre é deixado de lado, inclusive na eleição de melhor do mundo, quando deveria ter ficado em terceiro lugar.

  • Barçashow

    Belo texto. Exaltação mais do que justa a esse timaço!

  • Wanderley Takahashi Assis

    Eu tb lembro de 92, com o melhor Barça, o Barça de todos os tempos, campeão da CL, e blá blá blá… lembro també que um certo time da América Latina, sabe aquela onde os jogadores são referência no mundo todo, só começam a ganhar premios de melhores do mundo somente quando vão para a Europa, afinal é lá que tem o “melhor futebol” do mundo; massacrar 2, sim 2 vezes o tal melhor Barça.

    Só pra lembrar que em dezembro daquele ano, só não ocorreu a humilhação completa, pois Zubzarreta (acho q se escreve assim) fez a melhor partida da vida dele… pois senão o tal Europeu senhor todo poderoso do futebol tinha levado 10 de uns latino americanos subnutridos…

  • Jorge

    Calma Wanderley. Sou Sampaulino também, mas não posso ser cego. Inicialmente, reconhecer que o time do Barcelona é realmente um timaço, o melhor do mundo no momento. Depois, relembrando aquela final de 1992, vamos ser um pouco mais justos. O Barça dominou de cabo a rabo o primeiro tempo, fez 1-0, poderia ter feito mais, e tomou o empate no único chute, de barriga, que o SPFC deu no primeiro tempo. Lembrar também que o nosso Ronaldo Luis salvou em cima da linha o segundo do time catalão aos 46min do primeiro tempo. O segundo tempo do SPFC foi muito melhor que o primeiro, sem esse pretenso banho que você cita, e mereceu ganhar, sobretudo porque o Barça deixou de existir fisicamente após os 20min. Daí pra frente só deu SPFC. Abraço, e saíbamos reconhecer as coisas como elas são. O Barça de hoje é um show, muito melhor que o de 1992.

  • Wanderley Takahashi Assis

    Jorge, me lembro claramente do jogo de 92, o Barça dominou tanto o primeiro tempo que o não me lembro de uma defesaça do Zetti… já o do Zubizzareta tem uma coleção… o que o Muller perdeu de gol nos faz lembrar no mínimo do Dagoberto pé mucho…
    O lance do Ronaldo Luis foi apenas o segundo lance de perigoso do Barça no primeiro tempo quem ele dominou…
    O Barça de hoje, realmente jogo bonito, porém o Barça do Rivlado jogova mais… o do Romário jogava muito… quando o Gaúcho estava nas graças da torcida jogava de mais…. tantos times espetáculares e só ganharam 2 CL…

  • Gilmar

    Mauro, você acha mesmo que o Barça merece o rótulo de melhor time do mundo atualmente? Na minha modesta opinião, não acredito que consiga fazer frente ao Manchester num eventual encontro da Liga dos Campeões. É evidente a mudança que Gardiola proporcionou à equipe, mas acredito que na hora da decisão,o Barça ainda sentirá a falta de um tal brasileiro dentuço. Acredito que o Messi é espetacular (minha única raiva é ele ser argentino), mas não podemos esquecer que apesar de ele também ter brilhado na ultima conquista continental do Barça, quem segurou a bronca foi o Ronaldinho, o Messi é estrondoso, mas acredito que até mesmo pelo próprio histórico de lesões musculares, ele não aguentará uma sequência de jogos decisivos, mas como eu disse, essa é apenas a minha modesta opinião. Abraço

  • Neto

    O melhor time do mundo é o Manchester. Tem o melhor do mundo e os três títulos mais disputados do mundo. Acabando 2009, vamos conversar. Messi, além de Olimpíadas, precisa dar mais títlulos expressivos ao CLUBE que joga. O que fizeram O fenômeno, o gaúcho e Cristiano. Para ser melhor do mundo tem que ser decisivo. Não só uma vez (Como foi cocada, no vasco), mas várias, como foram os citados, mais Zidane, Zico, Maradona, etc. Messi é craque? É, sim, sem dúvida. Mas tem que comer mais um pouquinho para ser gênio.

  • Jorge

    Creio que as pessoas andam meio desfamiliarizadas com algumas coisas. Messi foi Campeão Olímpico. Messi foi Campeão Mundial sub-20. Dirão, é pouco. Bom, o cara tem 21 anos. Messi foi decisivo sim na Champions do Barça de 2006. Ele ganhou o jogo contra o Chelsea na Inglaterra. Com 18 anos. Provocou a expulsão de Del Horno no primeiro tempo. Mandou uma na trave no segundo tempo. Recebeu a falta do gol de empate. No jogo de volta, se contundiu logo no início, nada muscular, apenas uma rutura de ligamentos que o manteve afastado por seis meses. Também com 18 foi Campeão Espanhol e um dos destaques do time. E agora, com 21, está a caminho de ser campeão espanhol novamente, está na semo-final da copa do rei, e as nas oitavas de final da Champions. Resumindo, com três anos de profissional o cara já ganhou muito sim, muito mais que Ronaldinhos ou Cristianos na mesma idade. Aliás, o CR é mestre em não aparecer nos jogos decisivos, como ocorre com Portugal ou na final da CL.

  • Jorge

    Wanderley, em vez de confiar nas lembranças fanáticas, vá ao youtube e veja o video com os melhores momentos. Não escolha a edição de algum outro fanático. Lá você verá que as portentosas defesas de Zubizarreta (é assim que se escreve), existem somente em teus sonhos. O São Paulo jogou de igual para igual contra o Milan, mas contra o Barça e o Liverpool o SPFC jogou como jogam todos os sulamericanos contra os europeus. Doze dentro da área. A verdade nua, embora nos doa, é que os clubes de lá realmente não se importam com esse torneio. Para eles, o que vale é a Champions, e isso vem de longa data, pois se você não sabe, nas décadas de 60 e 70, quando eram jogados dois jogos, um em cada continente, com frequência o clube europeu desistia da competição, e não raras vezes se convidava em cima da hora o vice-campeão. Para eles, Intercontinental ou Mundial não existem.