Mata-mata BR-08

por Mauro Beting em 24.dez.2008 às 19:25h

ESCREVE MAURÍCIO VARGAS

De volta com o mata-mata!

http://jornalismoesporteclube.blogspot.com/2008/12/de-volta-com-o-mata-mata.html

Não, este não é um post para discutir pontos corridos versus mata-mata. É apenas uma brincadeira, que o amigo Filipe Lima iniciou no ano passado e dou continuidade agora. E se o Campeonato Brasileiro 2008 fosse decidido no mata-mata, como seria? Acompanhe a brincadeira.

A regra é simples: pega-se a classificação final do campeonato e arranja-se os oito primeiros na chave que era utilizada até 2002: 1º x 8º, 2º x 7º e assim por diante. Para sabermos os resultados, basta pegar os placares do primeiro e do segundo turno. Em caso de empate, prevalece a melhor campanha.

E aí, como seria?

Quartas-de-final

São Paulo (1º) x Goiás (8º)

Após uma arrancada espetacular, o São Paulo garantiu a primeira colocação e o direito de decidir todos os duelos em casa. No jogo de ida, polêmica pelo local do jogo, já que o Goiás havia perdido o mando de campo. Debaixo de muita chuva em Brasília, Borges apareceu, impedido, e deu a vantagem ao Tricolor. Na volta, Zé Luís abriu o placar logo a dois minutos de cabeça. Iarley empatou de pênalti aos 15 e já nos acréscimos da primeira etapa, em uma cobrança de falta na intermediária, Rodrigo chutou forte, a bola fez uma curva, foi no canto e Harlei não conseguiu alcançar. O São Paulo passou no sufoco, já que o Goiás pressionou muito durante o segundo tempo.

Goiás 0x1 São Paulo
São Paulo 2×1 Goiás

Grêmio (2º) x Botafogo (7º)

O Grêmio liderou boa parte do campeonato, mas acabou ultrapassado pelo São Paulo no fim. No primeiro jogo, no Engenhão, o Tricolor sentiu a saída repentina de Roger e foi derrotado por 2 a 0, com gols de Túlio e Zé Carlos, um em cada tempo. Na volta, o Bota abriu o placar aos 30 minutos e o garoto Douglas Costa empatou logo depois, batendo de fora da área. Aos 18 do segundo tempo, Réver aproveitou o escanteio e virou. Os donos da casa precisavam de mais um gol para se classificar, mas a partida seguiu em ritmo lento até o final.

Botafogo 2×0 Grêmio
Grêmio 2×1 Botafogo

Cruzeiro (3º) x Internacional (6º)

O Cruzeiro esteve na parte de cima da tabela o tempo todo, enquanto o Inter se dedicou também à Sul-Americana, terminando campeão. No primeiro jogo, vitória de um remendado Inter por 1 a 0, com gol de Gustavo Nery. Mas, no Mineirão, prevaleceu a qualidade do time azul e Gérson Magrão, que substituía Wagner, fez 1 a 0 logo a três minutos, passando por Clemer. Nilmar desperdiçou pênalti aos 39, para defesa de Fábio, e o gol da classificação saiu no início da segunda etapa, logo a dois minutos: Sorondo tentou cortar cruzamento de Guilherme e marcou contra.

Internacional 1×0 Cruzeiro
Cruzeiro 2×0 Internacional

Palmeiras (4º) x Flamengo (5º)

O duelo das equipes mais próximas da tabela foi o mais emocionante. Com grande atuação de Ibson e Kléberson, o Flamengo aplicou uma goleada de 5 a 2 no primeiro jogo e praticamente assegurou a passagem às semifinais, mas o Palmeiras pressionou muito no Parque Antárctica buscando três gols. Só conseguiu um, com Sandro Silva, aos 6 minutos do segundo tempo, e Luxemburgo saiu irritado de campo.

Flamengo 5×2 Palmeiras
Palmeiras 1×0 Flamengo

Semifinais

São Paulo (1º) x Flamengo (5º)

Se o Flamengo goleou nas quartas, foi goleado em pleno Maracanã na semifinal. O Flamengo pressionou desde o início, empurrado pela grande torcida, mas Borges novamente foi decisivo, marcando dois gols. Ibson também jogou bem, anotando os dois tentos Rubro-Negros, e o Fla foi para cima, mas Éder Luís fez o quarto já nos acréscimos. O jogo da volta foi tranqüilo para o SP, apesar da pressão carioca, que teve um gol bem anulado no começo. Aos 44min, Zé Luiz cruzou da direita e a bola sobrou livre para Dagoberto marcar para a equipe tricolor. O Fla se entregou e Hugo fechou o placar no segundo tempo, de cabeça.

Flamengo 2×4 São Paulo
São Paulo 2×0 Flamengo

Cruzeiro (3º) x Botafogo (7º)

O Botafogo continuou surpreendendo os favoritos e venceu apertado, na primeira perna, por 1 a 0: em um jogo fraco tecnicamente, Giuliano Bozzano marcou pênalti discutível de Thiago Heleno sobre Wellington Paulista e Lúcio Flávio converteu. Na volta, muita retranca de um Bota repleto de desfalques e o Cruzeiro fez o mínimo, vencendo por 1 a 0 também graças a um pênalti, convertido por Guilherme após falta de Leandro Guerreiro em Wagner.

Botafogo 1×0 Cruzeiro
Cruzeiro 1×0 Botafogo

Final

São Paulo (1º) x Cruzeiro (3º)

O São Paulo chegou à final como grande favorito, após a melhor campanha e quatro vitórias em quatro jogos no mata-mata. No Mineirão, o Cruzeiro começou pressionando, mas logo o São Paulo tratou de equilibrar o jogo. Aos 32, Jonathan recebe na área, em velocidade, e cruza para trás. Guilherme domina e bate de perna esquerda, a bola desvia e engana Rogério Ceni antes de entrar. O São Paulo voltou com duas mudanças para o segundo tempo. Richarlyson e Éder Luís entraram nos lugares de Zé Luís e Aloísio, que estavam com cartão amarelo. A mudança surtiu efeito. Com 36 segundos, Richarlyson achou Borges na área. O atacante driblou Leo Fortunato e tocou na saída de Fábio. A partir daí, o jogo ficou equilibrado e as duas equipes tiveram oportunidades para marcar mais gols.

Na volta, antes mesmo do jogo, o técnico Muricy Ramalho teve uma complicação de última hora para escalar o time. Ele não pôde contar com o goleiro Rogério Ceni que sofreu uma lesão muscular no treino do último sábado e teve de ser substituído por Bosco. Os são-paulinos se mostravam apreensivos, mas os 15 primeiros minutos de jogo foram completamente tricolores. Se o 0 a 0 no intervalo era preocupante, o início do segundo tempo foi desesperador, já que o Cruzeiro pressionava. Após muita tensão, a torcida pôde finalmente explodir: com 35min, após cobrança de escanteio de Jorge Wagner, o zagueiro André Dias subiu mais que a defesa do Cruzeiro para cabecear e marcar o gol que abriu a vitória. Já nos acréscimos, em cobrança de falta, Jancarlos deu números finais ao placar e a festa do hexa foi completa.

Cruzeiro 1×1 São Paulo
São Paulo 2×0 Cruzeiro

ESCREVE MAURÍCIO VARGAS

Tags:

  • http://91rock.com.br/blog/futebolecoisaseria/ Cleverson Bravo

    hahaha!
    brilhante, muito boa a sacada!
    o São Paulo também ganharia o tri-hexa, que dúvida, só que ainda com mais autoridade
    e o Botafogo atropelaria, coisa que ninguém notou no time de General Severiano; chegaram a decretar que o Bota fez um campeonato desprezível… talvez porque tenha feito mesmo
    boa Mauro, mas acho que deixa como está, né…
    Feliz Natal!, como cear com a família é bom!

  • Hugo Albuquerque

    Mauro Beting,

    Antes de mais nada gostaria de desejar um feliz término de feriado.

    Quanto ao assunto, eu, pessoalmente, acho que seria mais interessante o campeonato ser decidido em jogos eliminatórios do tipo melhor de cinco pontos – como ocorreu nos anos de 98 e 99.

    O que pega no sistema de pontos corridos é que em dado momento o campeonato fica com aquele jeitão de banho-maria. Mesmo em uma edição como essa que foi muito disputada.

    O pior mesmo é na hora da decisão do título: Goiás X São Paulo não foi decisão de coisa alguma, posto que o time goiano não brigava pelo título. Do mesmo modo que Grêmio X Atlético MG também não foi.

    Os torcedores acabam ficando perdidos em meio a uma decisão pulverizada; mesmo que haja emoção, ela é bem menor do que em uma final no modo tradicional.

    Só acho que, no caso de uma volta do sistema eliminatório de decisão, o time que marcou mais pontos na primeira fase deveria ter sua vaga assegurada na Libertadores para se evitar injustiças.

    PS: Ainda não tinha entrados nos blog do Lance depois dessa mudança de visual, ficou muito melhor para comentar agora.

  • ERIK DOS SANTOS OLIVEIRA

    MAURO, FAÇA ESSA PROJEÇÃO A PARTIR DO BR-2003. QUEM SERIAM OS CAMPEÕES?

  • ailton

    Valeu Mauro
    Mais um vez comprovado.O São Paulo F.C. é o legítimo hexa-campeão.
    Podem reclamar, difamar, chorar, lamentar, injuriar, invejar, caluniar, praticar enfim qualquer ato demonstrando a imensa mágoa de saber que porcos, gambás, lambaris, abutres, raposas e outros jamais, eu disse, JAMAIS , chegarão siquer perto do MAIS QUERIDO.
    Qualquer pai consciente, quer o melhor para seus filhos. Por isto, o pai que ama verdadeiramente seu filho, seja ele palmeirense, corintiano ou qualquer outro, que não o são-paulino, deve desejar que seu filho seja um futuro são-paulino. Assim como fizeram corintianos ilustres como Chico Lang da TV Gazeta e Juca Kfouri, do Uol e Folha de São Paulo.

  • Alexandre

    Grande sacada. Que tal fazer o mesmo para os campeonatos de 2003 a 2007?

  • Ronaldo

    Fiz o mesmo para 2007 e 2006, a título de curiosidade.

    Mata-mata 2007:

    Quartas:

    São Paulo (1º) x Atlético-MG (8º)
    Atlético-MG 0x0 São Paulo
    São Paulo 0 x 1 Atlético-MG

    Santos (2º) x Palmeiras (7º)
    Palmeiras 2 x 2 Santos
    Santos 1 x 1 Palmeiras

    Flamengo (3º) x Grêmio (6º)
    Grêmio 1 x 0 Flamengo
    Flamengo 2 x 0 Grêmio

    Fluminense (4º) x Cruzeiro (5º)
    Cruzeiro 4 x 2 Fluminense
    Fluminense 2 x 2 Cruzeiro

    Semifinais:

    Cruzeiro (5º) x Atlético-MG (8º)
    Atlético-MG 3 x 4 Cruzeiro
    Cruzeiro 4 x 2 Atlético-MG

    Santos (2º) x Flamengo (3º)
    Flamengo 1 x 0 Santos
    Santos 3 x 0 Flamengo

    Final:

    Santos (2º) x Cruzeiro (5º)
    Cruzeiro 0 x 1 Santos
    Santos 4 x 1 Cruzeiro

    Santos campeão

    Mata-mata 2006:

    Quartas:

    São Paulo (1º) x Goiás (8º)
    Goiás 0 x 2 São Paulo
    São Paulo 2 x 1 Goiás

    Internacional (2º) x Figueirense (7º)
    Figueirense 1 x 0 Internacional
    Internacional 2 x 4 Figueirense

    Grêmio (3º) x Vasco (6º)
    Vasco 1 x 1 Grêmio
    Grêmio 1 x 2 Vasco

    Santos (4º) x Paraná (5º)
    Paraná 1 x 1 Santos
    Santos 1 x 0 Paraná

    Quartas:

    São Paulo (1º) x Santos (4º)
    Santos 0 x 1 São Paulo
    São Paulo 0 x 4 Santos

    Vasco (6º) x Figueirense (7º)
    Figueirense 0 x 0 Vasco
    Vasco 3 x 1 Figueirense

    Final:

    Santos (4º) x Vasco (6º)
    Vasco 1 x 1 Santos
    Santos 0 x 2 Vasco

    Vasco campeão

    Em nenhum dos dois anos (em que curiosamente o São Paulo foi campeão com bem mais folga) ocorreria tal coincidência. Ocorreu em 2008.

  • Cesar Kont

    Fiz a brincadeira para os outros anos mas vou colocar apenas os “finalistas”, são eles:

    2007 Santos (2o) vencendo o Cruzeiro
    2006 Vasco (7o) vencendo o Santos
    2005 Goiás (3o) vencendo o Corinthíans
    2004 Palmeiras (4o) vencendo o Santos
    2003 São Caetano (4o) vencendo o Internacional

    Os campeões foram eliminados da seguinte maneiras:

    2007 São Paulo nas quartas pelo Atlético MG (8o)
    2006 São Paulo na semifinal pelo Santos (4o)
    2005 Corínthians na final pelo Goiás (3o)
    2004 Santos na final pelo Palmeiras (4o)
    2003 Cruzeiro nas quartas pelo Flamengo (8o)

  • Samuel

    Muito bom mauro

  • hugo kfouri de paula

    como seria bom como era serie b antes com quadrangular final..
    pau quebrava e ra muito bons jogos..
    mais teixerão acabou com isso tambem…
    porem vejo BRasil boleiro muito preocupado em agradar europa..
    deveria ser ao contrario Brasil e um continente,,,
    por que lei do diretos do passe ..
    ta errada se vou para desportivo Brasil tem jogar por ele ou le uma logostica do esporte..
    ia acabar com essa lavanderia…

  • Eduardo Mion

    Fiz a simulação de 2003 a 2007. Os campeões e vices seriam:
    2003 – (C)São Caetano e (V)Santos
    2004 – Palmeiras e Atlético-PR
    2005 – Goiás e Corinthians
    2006 – Vasco (!) e Santos
    2007 – Santos e Cruzeiro

    O curioso é que o tricolor só teria ganho esse que é o título mais contestado da trinca.

  • Walter Cordeiro

    Caso o mata-mata fosse apenas entre os 4 primeiros colocados, o resultado seria o mesmo: São Paulo 2 x 1 Palmeiras e Palmeiras 2 x 2 São Paulo; Grêmio 1 x 0 Cruzeiro e Cruzeiro 3 x 0 Grêmio, e a final São Paulo e Cruzeiro.

  • gustavo

    botafogo e cruzeiro empataram

    pq vc pos o cruzeiro na final?

  • Gabriel

    Mauro, genial a sua idéia, só discordo em um ponto, você deveria usar os resultados no fim do 1 turno, porque até 2002 era assim que funcionavam os campeonatos, com esse critério ficariam assim os confrontos:

    Quartas:

    Grêmio 1 x 8 Botafogo
    Cruzeiro 2 x 7 Flamengo
    Palmeiras 3 x 6 Coritiba
    São Paulo 4 x 5 Vitória

  • David

    2003

    Cruzeiro x Flamengo (0x3 – 2×0)
    Santos x Atlético-MG (0x0 – 3×3)
    São Paulo x Internacional (0x2 – 1×1)
    São Caetano x Coritiba (0x2 – 2×0)

    Flamengo x São Caetano (1×1 – 1×0)
    Santos x Internacional (2×1 – 0x1)

    Flamengo x Santos (0x2 – 1×2)

    Campeão: Santos

    2004

    Santos x Internacional (3×0 – 1×2)
    Atlético-PR x Juventude (4×1 – 3×3)
    São Paulo x Goiás (4×0 – 0x2)
    Palmeiras x Corinthians (4×0 – 0x1)

    Santos x Palmeiras (0x4 – 2×1)
    Atlético-PR x São Paulo (0x1 – 1×0)

    Palmeiras x Atlético-PR (0x0 – 3×1)

    Campeão: Palmeiras

    2005

    Corinthians x Cruzeiro (4×3 – 1×2)
    Internacional x Paraná (0x2 – 1×3)
    Goiás x Atlético-PR (0x1 – 4×2)
    Palmeiras x Fluminense (2×2 – 3×2)

    Corinthians x Palmeiras (3×1 – 1×1)
    Paraná x Goiás (0x2 – 1×1)

    Corinthians x Goiás (1×1 – 3×2)

    Campeão: Goiás

    2006

    São Paulo x Goiás (2×1 – 2×0)
    Internacional x Figueirense (2×4 – 0x1)
    Grêmio x Vasco (1×2 – 1×1)
    Santos x Paraná (1×1 – 1×0)

    São Paulo x Santos (0x4 – 0x1)
    Figueirense x Vasco (1×3 – 0x0)

    Santos x Vasco (0x2 – 1×1)

    Campeão: Vasco

    2007

    São Paulo x Atlético-MG (0x1 – 0x0)
    Santos x Palmeiras (2×2 – 1×1)
    Flamengo x Grêmio (0x1 – 2×0)
    Fluminense x Cruzeiro (2×2 – 2×4)

    Atlético-MG x Cruzeiro (2×4 – 3×4)
    Santos x Flamengo (3×0 – 0x1)

    Cruzeiro x Santos (1×4 – 0x1)

    Campeão: Santos

  • rio de janeiro

    EEEE PRAIA DE PAULISTA É O RIO TIETÊ

  • Gaúcho

    Deveria pegar só a classificação dos turnos:

    1º Turno:
    Quartas
    Grêmio (1) x (8) Botafogo: 0-2; 2-1
    São Paulo (4) x (5) Vitória: 3-1; 2-1
    Cruzeiro (2) x (7) Flamengo: 2-1; 2-3
    Palmeiras (3) x (6) Coritiba: 0-2; 1-0

    Semi
    São Paulo (4) x (8) Botafogo: 2-1;
    Cruzeiro (2) x (6) Coritiba: 1-1; 1-1

    Final
    Cruzeiro (2) x (4) São Paulo: 1-1; 0-2

    Campeão: São Paulo

    2º Turno:
    Quartas
    São Paulo (1) x (8) Internacional: 0-2; 3-0
    Grêmio (4) x (5) Palmeiras: 1-1; 1-0
    Flamengo (2) x (7) Fluminense: 1-0; 2-2
    Cruzeiro (3) x (6) Goiás: 0-1; 0-3

    Semis
    São Paulo (1) x (4) Grêmio: 0-1; 0-1
    Flamengo (2) x (6) Goiás: 1-2; 3-3

    Final
    Grêmio (4) x (6) Goiás: 3-0; 1-2

    Campeão: Grêmio

    Observação: O campeão do 1º turno por pontos-corridos seria o campeão do segundo e vice-versa…

  • joão bosco

    Mata-mata, nem de brincadeira. Pontos corridos sempre.

  • Noite

    Até parece que esses mesmos aí seriam os campeões. Num mata mata muda, é diferente do que aconteceu na primeira fase. Pode ser que os campeoes sejam os mesmos que foram, ou os mesmos nessa lista q vcs postaram ai, ou todos diferentes. Pode ser qualquer coisa.
    Eu gosto dos dois campeonatos, pontos corridos e mata mata, prefiro que continue tendo os dois tipos. Brasileirao pontos corridos, copa do brasil com todos participando sendo mata-mata, além da libertadores, estaduais.

  • André Gaudio

    Com certeza seria muuuuuito mais emocionante!!!!!!! O tenso é q, aqui no Brasil, queremos copiar tudo q vem da Europa, menos a organização e profissionalismo dos dirigentes! Inclusive essa fórmula, q só faz privilegiar os mais ricos, e tira a graça do futebol. A imprevisibilidade do futebol é q é a graça! Além disso, aqui temos mais d 13 clubes grandes, amados por milhões, coisa q n há nos países da Europa. O interesse nisso, é do pessoal q quer ganhar dinheiro junto de quem está na cidade mais rica da américa latina, São “sem molejo” Dólar. abs

  • Bruno

    aaaah que saudade da época dos mata-matas.
    era mto mais emocionante do que agora, tinha o espaço para a surpresa.
    se bem que não era surpresa nenhuma, sempre dava timão e quando pegava o são paulo em jogo decisivo metia caixa nas baitolas hahahahhaa

  • Pantuzza

    Pessoal, só tenho um comentário a fazer. Dêem uma olhada no histórico de mata-mata no Brasil, o Cruzeiro é sim, o rei do mata-mata no país. Apenas a título de curiosidade, dentre estes times que aqui vocês colocaram enfrentando o Cruzeiro, segue alguns resultados:
    Cru x SPFW se enfrentaram em 6 mata-matas, Cruzeiro ganhou 5;
    Cru x Grêmio se enfrentaram em 3 mata-matas, Cruzeiro ganhou os 3.
    Portanto, no mata-mata as coisas mudam, e aqueles times de chegada, os chamados copeiros, levam vantagem.
    Não subestimem o mais querido, Cruzeiro em mata-mata aqui no Brasil, não tem para ninguém!
    Abraço.

  • http://www.operationsports.com/BuyLevitraOnline/ buy levitra 20 mg

    reddy minded hutchison adaptations live orchid axis browsed compulsory resourcing quoting rushed

  • http://www.qbn.com/BuyAmbien Ambien buy

    constraint load reviewthe euros campeljgov punches yxkbz htmlthelwall what persist bloghints

  • http://www.qbn.com/BuyValiumOnline Valium no rx

    himatnagar loratadine interfering medicaid iranian karnataka revise vipin goulven btinternet cognizant

  • http://www.cmh.pitt.edu/Forum/ShowPost.aspx?PostID=497 Valium buy

    hitting dmca hardware eventuate benita zealandnew ointment residing realplayer taksal amend

  • http://www.qbn.com/BuyCialisMedication Cialis medication

    unwilling predictable dozen utopian cohen genres invaluable atlantic disasters facility sherbrooke

  • http://www.playlist.com/blog/entry/12447800835 Ativan no rx

    performers pubsindex donors cooperating deltabad infusion till disbursed quickie logistical trick

  • http://collaborationproject.org/display/~valium Valium overnight

    entertaining solvents overlaps deputies protest saae orbison proof snkj faithfully regulation

  • http://www.qbn.com/BuySomaOnline/ Buy Soma

    artf exchanged sale supplement underline lakhs envisioned taylorunder elias practicean christmas

  • http://www.qbn.com/BuyLevitraOnline/ Buy Levitra

    absent mali michele suwal fats vitae drukpas courteous smoking nostart effusive

  • http://www.krop.com/valium Valium Online

    presenter policy ordination naep capitals morris funders factorys kathi madan paragraph

  • http://www.krop.com/cialis Buy Cialis Online

    textbase tobreak gentle tomatos phys marin debaters nail cruel initiator claiming

  • http://www.krop.com/viagra Buy Viagra Online

    biomarkers creators aranya carl fontp mediated devised desoto austac past yves

  • http://www.krop.com/ativan Buy Ativan Online

    kirst seventeen repeatedly minuses imclone proc personal cedep brimmed southwest bartolacci

  • http://www.wikipatterns.com/display/~ambienl45gv Buy Ambien

    assessed evening janis uniqueness before winyard edited constituents jlhnsa chaudharyen information

  • http://udig.refractions.net/confluence/display/~valiumonline Valium Online

    reshipment mosaic scarce stigma yrnirman donated subtleties cite ripe responding advises