logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo e Pedro Scapin

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Pereira e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

Palmeiras 2008-09 | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo e Pedro Scapin

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Pereira e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


Palmeiras 2008-09

por Mauro Beting em 22.dez.2008 às 15:18h

Pelo futuro zero de um passado recente, 2008 foi ótimo. Mas poderia ter sido excelente. A Traffic e Luxemburgo devem seguir em 2009. A moderna Arena deve sair do papel. Mas quem assume no lugar do presidente que pretendeu se perpetuar no poder? E quando o clube vai parar de perder titulares? Se Marquinhos e Keirrison (a partir de abril) mais que prometem, o Palmeiras ainda é uma incógnita a partir de fevereiro.

O Palmeiras não ganhava um Paulista desde 1996 – venceu goleando a Ponte, e eliminando o São Paulo. Perdeu Valdivia, mas continuou com elenco dos melhores, com a ajuda da Traffic. Negociou Henrique, o promissor zagueiro David se machucou (como Pierre), Jéci e Gladstone foram pedras que felicitaram os rivais, na zaga. Diego Souza demorou a jogar. Ainda assim assumiu a liderança na 28ª. rodada. Perdeu pontos incompreensíveis, Luxemburgo perdeu respeito a comentar jogo pela TV, e, embora na Libertadores, saiu vaiado pela torcida na última rodada, derrotado pelo Botafogo, obrigado a ir a Potosí para, então, entrar no grupo mais difícil da Libertadores, contra o campeão LDU e o Sport que o eliminou da Copa do Brasil-08. O que poderia dar em penta virou hexa são-paulino, e quase deu em nada. Foi o time que mais (341 por jogo) e melhor (89% de acertos) passou a bola no BR-08. Teve o maior tempo de posse de bola (16min35s, 2 minutos a mais que o segundo colocado). Foi a equipe que mais cruzou bolas. A terceira que mais desarmou. A que mais driblou. A segunda que mais apanhou – mas foi a terceira que mais cometeu faltas. Foi o quarto time mais amarelado, e o segundo mais avermelhado. Foi a quarta equipe que menos empatou.

APROVEITAMENTO: 57%
BASE: Marcos; Élder Granja, Gustavo, Gladstone e Leandro; Pierre; Sandro Silva e Martinez; Diego Souza; Kléber e Alex Mineiro

OS 29 DO PALMEIRAS NO BR-08:


GOLEIROS: Marcos (37), Bruno
LATERAIS-ALAS-DIREITOS: Élder Granja, Fabinho Capixaba
LATERAIS-ALAS-ESQUERDO: Leandro (34), Jefferson
ZAGUEIROS: Gustavo, Gladstone, Roque Júnior, Jéci, Maurício, David, Henrique
VOLANTES: Sandro Silva (27), Martinez (26), Leo Lima (26), Pierre, Jumar, Wendel
MEIAS: Diego Souza (33), Valdivia, Evandro, Maicossuel
ATACANTES: Alex Mineiro (35), Kléber (30), Denílson (30), Lenny, Jorge Preá, Thiago Cunha

(levando em conta os que jogaram ao menos 20 jogos, pelas contas do Footstats)
O ASSISTENTE – Leandro (8, em 34 jogos)
DESARMES – Pierre (5,9 em média)
DRIBLADOR – Kléber (5,4 por jogo)
O FALTOSO – Kléber (2,9 por jogo)
A VÍTIMA – Kléber sofreu 5,4 faltas por partida.
O FINALIZADOR – Alex Mineiro acertou 50,0% das conclusões.
PASSE CERTO – Gustavo acertou 94,7% dos passes.
DONO DA BOLA – Leandro a dominou por 1min56s em média, a cada jogo.

MELHOR DO TIME NO BR-08– Kléber
REVELAÇÃO – Henrique
DECEPÇÃO – Wanderley Luxemburgo
GOLEADORES PRINCIPAIS –

Alex Mineiro (19 gols; média 0,5);

Kléber (8 gols, média 0,2);

Diego Souza (6, média 0,1).

Tags:

  • Leandro Medeiros

    Caro Mauro,
    Não concordo que Luxemburgo tenha sido uma decepção. Creio que o ano do Palmeiras foi uma das melhores temporadas 2008 dos clubes brasileiros. O Palmeiras conquistou um título do maior estadual e uma vaga na principal competição sul-americana tão almejada. Se compararmos com outros clubes veremos que poucos conseguiram êxitos maiores ( São Paulo, Sport, Internacional, entre outros poucos). Agora o clube poderá ter a oportunidade também de eleger um dos maiores economistas do Brasil, homem honesto e de bom caráter, Luiz Gonzaga Belluzo. E uma boa temporada de um clube passa bastante pelo seu treinador. Se um clube fez uma “ótima temporada” como foi dito não é possível que isso não passe pelo treinador. Só se pode avaliar o trabalho de um treinador pelos resultados. Claro que há muito o que melhorar, como a maioria das equipes brasileiras. Em fim, é apenas a minha opinião.
    Obrigado.

  • edu

    kleber só feiz isso de gol…

    leo lima jogo 26j eh bom reserva… vai fazer falta
    bobeira da diretoria nao qrer o leandro… foi oq mais jogo pelo palmeiras no BR, e agora ci nao vir ninguem vai ter q fica com jeferson(oq nao aguenta di jeito nenhum)
    elder quis sair… vai fazer falta tbm, teriamos wendel c nao tivesse um burro no comando
    alex mineiro vai tarde…
    pro resto um feliz natal e q nao volte nunca hahaha

  • Luiz

    Vamos esclarecer que este time base que vc colocou aí teria jogado muito melhor do que o Palmeiras jogou. Se o Palmeiras não tivesse vendido o Henrique, não tivesse perdido o David por contusão, e não tivesse vendido o Valdívia, era pra ser campeão em cima do meu São Paulo fácil. Tendo perdido o Valdívia, ficou mais difícil, mas com Henrique e David teria uma zaga segura e promissora, com três volantes de qualidade, um Diego Souza solto pra criar, e uma dupla de ataque entrosada. Só que acho que este time nunca entrou em campo desta forma, ou estou errado? Me corrija, caso esteja. Sobre 2009, quero ver o Luxa montar um ataque com Kleber, Keirrison e Marquinhos. Kléber e Keirrison jogando fácil uma dupla de ataque, mas onde o Marquinhos entra nisso? Talvez o 4-2-2-2, com ele e o Diego Souza de meias? Ou talvez o Kléber caindo mais pela ponta esquerda e o Marquinhos pela ponta direita? Difícil… E o Luxemburgo foi junto com Marcio Braga e Kleber Leite, as decepções do ano…

  • Ryco

    Palmeiras ??????

    HAHAHAHAHAH …. TIMECO RIDICULO …..

  • http://rumoatokyo.wordpress.com Alan de Almeida

    Deus queira que o Luiz Gonzaga Belluzo seja eleito presidente do Palmeiras.
    Analisando a temporada de 2008 como torcedor, ela foi ótima. Poderia ter sido melhor, claro, mas para quem não ganhava nada cinco anos ( a Série B conta sim), ser campeão paulista foi maravilhoso.
    E voltar a Libertadores e ver meu time do coração disputar um título brasileiro com reais condições de conquistá-lo, coisa que a muito tempo não acontecia.
    Com um pouco time melhor, brigaremos para ganhar tudo em 2009: o bi paulista, da América, o penta brasileiro e, quem sabe, o tão sonhado Mundial de Clubes.

  • Lucas

    Acredito que Diego Souza foi mais decepção do que Luxemburgo (não que esse tenha sido um primor), mas se esperava muito mais do meia após a saída de Valdivia

  • Francis Costalonga

    Mauro…

    Acredito que 3 perdas foram muito sentidas pela coletividade palmeirense e, por isso, existe essa apreensão e expectativa para 2009. Se Elder Granja, Leandro e A. Mineiro tivessem sido mantidos no grupo, a base titular estaria quase toda a disposição e poderiamos sonhar novamente com um ano excelente. Acredito que apenas alguns reservas deveriam ser trocados. Casos de F. Capixaba (Vitor), Jefferson (Julio Cesar, Gilberto, Jadilson), Gladstone (Maurício), Maicossuel (Marquinhos), J. Prea (Keirrison), T. Cunha (C. Xavier), Lenny (atacante). Acredito ainda que Wiliams e Danilo podem ser boas apostas, mas os nomes de Lima ou Edu Dracena (zagueiro), Maldonado, Thiago Neves seriam muito úteis para os momentos de pressão que termeos nesse ano. Não basta termos os jovens da Traffic, precisamos de jogadores que chamem a responsabilidade de decidam no momento certo.

    Abraços, Feliz Natal e um 2009 cheio de Alegrias ao Palmeirenses

  • Hugo Albuquerque

    Mauro Beting,

    O Palmeiras 2008 é um assunto muito, mas muito complexo mesmo.

    No começo derrapou, mas se arrumou antes do meio da primeira fase do Paulistão, embalou e terminou o torneio jogando, sem dúvida, o melhor futebol Brasil.

    Ainda assim, a forma como a equipe foi eliminada pelo Sport na Copa do Brasil, mais que um mero acidente, acabou sendo uma previsão do que viria a seguir: Um time displicente, arrogante em campo e fraco defensivamente.

    No Brasileirão, enquanto Luxemburgo transformava as sondagens que recebia em propostas liquídas e certas – e assim as tornava públicas -, um misterioso e fortissímo movimento para vender Valdivia era posto em prática assim como em relação a Henrique. Preocupação em se focar no torneio era zero.

    Pior que isso, só Vanderlei Luxemburgo tentando transformar Diego Souza em craque do time. Diego é um jogador útil. Só isso. Quando ele é ótimo significa que ele jogou bem, quando ele é razoável significa que ele foi mal. Mais que isso, querer dar voz para Diego no elenco como se ele fosse alguma liderança, deu início naquela celeuma toda que o time viveu no fim do campeonato e envolveu o goleiro Marcos.

    Se o Palmeiras não vai disputar a Copa do Brasil ano que vem, ele deve a quatro jogadores tão somente: A dupla de ataque Alex Mineiro e Kléber, que sem meio de campo conseguiu fazer das tripas coração e marcar os gols possíveis além de Martinez (tanto no meio quanto na zaga) e o sempre regular Leandro.

    Detalhe: Dos quatro citados, três já estão fora e Kléber tem 90% de chance de não ficar. Como Keirrison só chega em Abril, as chances do time fazer frente a São Paulo e Corinthians são muito pequenas.

    A temporada de 2008 foi um festival de chances perdidas. A temporada de 2009 está cheirando mal.

  • Celso

    2099, vai ser ruim de mais, contata Palmeiras

  • Celso

    2009, precisa melhorar muito, contratar, alguem mais experiente

  • Ordnael

    Poderias ser mais democratico com o futebool brasileiro, e falar mais sobre as equipes do restante do pais não só de São Paulo.