logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo e Pedro Scapin

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Pereira e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

Marcos visto pelo Trio de Ferro paulista | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo e Pedro Scapin

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Pereira e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


Marcos visto pelo Trio de Ferro paulista

por Mauro Beting em 11.nov.2008 às 15:15h


[[[[[[MAIS DA ATITUDE DE MARCOS NA COLUNA DE SEXTA-FEIRA, NO LANCE!
REITERANDO QUE O TITULAR DO BLOG NÃO CONCORDA COM TUDO QUE ESTÁ ESCRITO AQUI]]]]

ESCREVE O SÃO-PAULINO FERNANDO MUSA:

Queria pedir licença a todos os amigos palmeirenses para comentar o que vi e senti ao ver o jogo que tanto interessava a nós: Palmeiras x Grêmio, principalmente do 27o.
minuto em diante.

Vi mais do que um jogador profissional , só para usar a expressão da moda.

Vi um cara que queria ganhar.
Vi um homem que abandonou o “seu” papel , e foi em busca da superação , foi ajudar naquilo em que não é necessariamente o melhor, mas tentou, correu, se expôs, foi fazer mais do que dele se esperava.

Coisa de quem se importa, coisa de quem joga em time, coisa que 28 mil queriam fazer, e ele ali, solitário, era o único que poderia fazer.

E fez , foi assim.
Tornou-se mais uma vez persongem da história.

Na minha história , herói.
Na de muitos, vilão. Senti.

Desequilibrio. Falta de companheirismo. Insubordinação. Loucura. Risco. Até a dor da recente perda de um Pai, tudo foi explorado. Revolta.

Na minha história, nada disso.

Só uma cara e uma grande paixão. Seu time de futebol. Por acaso também seu ofício. Foi além. Tentou. Não fez mal a ninguém tentando só fazer o bem.

Para aqueles muitos que buscaram as explicações, um gesto inútil. Na minha história, não. Me ajudou a lembrar de novo, mesmo com uma paixão diferente, que vale ainda ser apaixonado por um time de futebol.

Marcos. Santo ou não. Pouco importa. “Santos” são sempre humanos. Vivem de erros e acertos. Em comum, sempre fazem o inesperado. São grandiosos.

Procuram o bem. Despertam crenças. São constantemente colocados em teste, questionados. São as exceções. Marcos é assim. Uma das grandes exceções do nosso Futebol. Ao lado de poucos. E se assim é, Marcos pode sim ser “São”.

ESCREVEU O SÃO-PAULINO FERNANDO MUSA





+ + + + + + + + + +


ESCREVE O CORINTIANO KADJ OMAN
(http://manihot.wordpress.com)

Em 1999 e 2000, por duas vezes, o goleiro do Palmeiras deixou todos os corinthianos nervosos, tristes, decepcionados, putos.

Seu nome ainda era Marcos. Só Marcos.

Virou São Marcos.

E agora, 8 anos depois, o mesmo goleiro deixou este corinthiano com lágrimas nos olhos.

Pelo que fez a partir dos 30 minutos do segundo tempo do jogo em que seu time ia sendo derrotado pelo Grêmio por 1 x 0 dentro de casa, jogo que valia a vida no campeonato, a luta pelo título.

Ao correr pra área adversária em três faltas, depois com a bola rolando, São Marcos não desrespeitou apenas as ordens de Luxemburgo.

Muito mais do que isso.

Ele foi contra o disciplinamento excessivo.
Contra o controle sem sentido.
Contra o jogar sem emoções.

São Marcos derrubou a barreira entre jogador e torcedor.
Fez o que todos os 28 mil na arquibancada queriam ter feito.

Escutou seu coração, lembrou o ditado, o colocou na ponta das chuteiras, e disse: “isso é a minha vida, eu decido o que fazer com ela”.

Como disse um amigo, lembrou Garrincha.
E Pelé.
E Maradona.
Foi, simplesmente, genial.

A derrota de domingo deveria ser para o palmeirense talvez uma das mais orgulhosas dos últimos tempos.

Porque, pra além do que ela significou em termos de campeonato, está seu significado pro imaginário, pra memória, pro coração do alviverde.

Que ficou sabendo, mais do que nunca, que ali, embaixo das suas traves, no comando da defesa que ninguém passa, está também uma parte da torcida.
Que canta e vibra.
Pelo alviverde inteiro.
Que sabe – e como sabe – ser brasileiro.

Marcos, sei que provavelmente você nunca vai ler isto.
Mesmo assim, precisava agradecê-lo por me dar a certeza de que você, com esse caráter incrível, não defendeu aquele pênalti em 2000.

Foi o Marcelinho que o perdeu.

Abraços.

De um fã corinthiano que, mesmo assim, não pode deixar de aplaudir um gênio do futebol.

ESCREVEU KADJ OMAN





+ + + + + + + + + +

ESCREVE O PALMEIRENSE LEANDRO IAMIN

“O porquê das dores”

Pedi licença ao meu amigo, mas não fui embora com ele quando acabou o jogo entre Palmeiras x Grêmio. Ele foi, eu fiquei.
Preferi sentar e olhar alguma coisa acontecer.

Sei lá, de repente São Marcos corre e se joga nas redes, afinal, só faltou para ele se transformar na bola do jogo.
Ou então um jornalista sai correndo pelo gramado dizendo que tem um grampo telefônico bombástico, e os jogos terão que voltar!

Nada, nada disso.
Na verdade, estava perplexo.
Saboreando a tristeza a que me proponho passar cada vez que condiciono minha alegria à vitória ou à derrota.
Tentando entender o ato heróico e circense do maior de todos os palmeirenses, algo que não consigo definir – e isso é bom: gosto que meu ídolo seja vulnerável, não tenha pés de barro.

Pois a perfeição divina não me atrai, muito menos a pretensa postura impecável dos homens. Assim como, parafraseando Jimi Hendrix, ser feliz não é uma de minhas prioridades.

São Marcos foi um felino arredio e ignorou as ordens de quem acha que é seu dono, e não é bem isso que me alegra. Os gaúchos vieram, nos deram um tapa na cara e foram embora, e não é bem isso que me dói.

Fui talvez o último torcedor verde a sair do estádio. Os gaúchos ainda estavam lá. Olhei cada pedaço daquele estádio vazio. A torre de iluminação está velha como o placar, a piscina tem uma marola bucólica de fim de tarde, cabecinhas se movem nas cabines de imprensa.

Me ocorreu, ali, que pode ser que eu não vá aos dois jogos que restam no Parque Antarctica. E que, ano que vem, aconteça mesmo do estádio ser fechado para virar uma arena perfeitinha como Luxemburgo, sem cimento pra sentar, sem chuva pra tomar, sem o imponderável com a cara de São Marcos.

Me ocorreu, finalmente, que aqueles poderiam ser meus últimos minutos dentro do Parque Antarctica, da forma que eu o conheci. Nada mais me esperava fora dali, e eu fiquei por ainda mais tempo, com medo de ser a última vez que veria aquela paisagem.
Desculpem, mas eu não tenho coragem de ser a favor da Arena.

Mas tive que me retirar. Indo embora, encostei em um carro que estava de rádio ligado. Me detive a torcer por uma definição alentadora sobre Marcos que saísse da boca de Mauro Beting.

Me ocorreu que ele tem um coração que ama, que torce, e ele está ali, falando, ereto, direto.
Me ocorreu que temos a mesma profissão, e falar de forma lúcida e firme naquela hora, só com treino mesmo.

Me ocorreu também que tínhamos um amigo em comum, que morreu, e que torcia pelo mesmo time, e não teve um só jogo nesse campeonato que eu não tenha lembrado dele.

Descobri, então, porque fiquei tão devastado em constatar que meu time, nosso time, não será o Campeão Brasileiro.

ESCREVEU LEANDRO IAMIN
(www.leandroiamin.blogspot.com)

  • Paulo Sérgio ( SPFC )

    Neste Blog, a Porcada já chorou muito pelo goleirinho São Marcos > O que as Porcas imundas aqui – as choronas – vão dizer agora ? > o Perúzaço do Mão de Pau, do Pior Goleiro do Brasil – Marcos – é culpa do São Paulo FC ????? >>> Porcas sujas imundas ridículas, o seu Destino é o de sempre, o de todo ao ano, acabar o Brasileiro na intermediária e jogar a Copinha do Brasil no ano que vem, com o ASA DE ARAPIRACA, o Tabajara FC e o XV de Piracicaba !!!

  • André Rocha

    Grande Marcos! Pelo jeito, conseguiu o seu intento…E o Ceni, que só sai do gol na hora certa para fazer algo de realmente produtivo, é que é o “marqueteiro”. Depois reclamamos quando alguém que alcança determinado status se sente no direito de fazer o que quiser. Como um ator principal de uma peça que resolve improvisar no meio da apresentação, desrespeitando o roteiro, a ordem das falas e os próprios colegas e se defende alegando ser o cara que faz acontecer, o protagonista ou “o único que se importa”. Mas dá para entender a paixão cega que o brasileiro sente pelos seus “macunaímas”, ainda mais quando eles vestem a nossa camisa. Bastou ser meio simplório e espontâneo para ser adorado por todos. Pensar e dar declarações ponderadas é para os “picolés de chuchu”, não é mesmo? No mais, como leitor, acho que o correto seria privilegiar a diversidade de opiniões e não a de paixões clubísticas.

  • Márcia Jancikic

    Fiquei tocada com os textos maravilhosos que os jornalistas escreveram sobre “São Marcos”, não só porque o admiro como a maioria mas também porque eles traduzem o que é esse goleiro que conquista os torcedores de seus arqui-rivais com seu jeito simples de moço do interior que ama o time que joga com todo seu coração. No jogo de domingo ele deixou claro que paixão pelo time não é só uma coisa de torcedor e sim de todos que amam o futebol, como acontecia antigamente. Tenho certeza que não só nós palmeirenses não iremos esquecer aquela tarde de domingo que Marcos contra tudo e todos foi em direção ao ataque adversário para tentar salvar seu time de uma derrota com todas as forcas que um gerreiro como ele tem. Que Marcos sirva de exemplo para outros jogares brasileiros.

  • Sk_TriMundial

    Sou mais um são paulino a reconhecer a justa homenagem do texto reproduzido por Mauro Beting.
    Eu apenas sinto que caso fosse Rogério Ceni a fazer isso, duvido que a impresa considerasse essa atitude digna, espartana, louvável e etc.
    Diriam mais uma vez que ele gosta de fazer média. É arrogante, se sente dono do SPFC e é prepotente.
    Uma pena, pois somente um São Paulino sabe o que é ter um torcedor dentro de campo, somente a exemplo do Palmeirenses.

  • tricotreta

    C……!!!! Esse post foi contundente. A curto prazo o Marcos ficou numa situação constrangedora mas, a longo prazo, o cara ficará eternizado como um jogador que realmente ama o time e por ele faz qualquer coisa. Daqui a algumas décadas, vai ter busto e o nome dele vai ser ovacionado sempre. Assim como Ceni é pra nós são-paulinos.

  • Rafael Festi

    O André Kfouri disse tudo, o dia q o Marcos for probelma no Palmeiras, pára tudo!
    O Luxemburgo é competente, mas não vale nada! Cuidado com ele Palmeiras

  • Marcus Antonio Lozano Santos

    Bom, queria poder mais uma vez, concordar com suas colunas ou refletir em cima delas, mas acho que dest avez, estra coluna foi publicada, com um pontinho de esperança, de que fosse aceita por todos. Mas não foi, nem será. Sou São Paulino e concordo, na representação que existe em Marcos (“São Marcos”, para palmeirenses) para o futebol brasileiro. Assim como São Paulinos, Corinthianos, Santistas e Palmeirenses, torci na Copa do Mundo, e vibrei pelo seu desempenho, e até hoje discordo do resultado final sobre a escolha do melhor goleiro da Copa. Assim como Palmeirenses, torci e vibrei quando Marcos defendeu o penalti de Marcelinho na Libertadores, me senti um legítimo palmeirense naquele dia. Mas jamais tive uma imagem de São Marcos, de Padroeiro do Brasil, de Deus eterno dos torcedores, e principalmente de Omnipotente. Ser Caipira nesse esporte, é tão comum, que não ve a necesidade de se exaltar e elevar um profissional ao topo, pelo fato de defender uma grande equipe. Me pergnto se o Souza no São Paulo, tivesse marcado um gol da importância do penalti defendido por Marcos contra Marcelinho, se ele não teria sido elevado a ídolo, talvez nã o na mesmas proporções, mas certamente seria inesquecível. Mas não aos olhos de todos. Marcos, pode ser relacionado com tudo o que foi dito nesta coluna, e concordo com todos, desde que fosse direcionado apenas aos palmeirenses. Marcos carrega a imagem de maior goleiro do Brasil, sustentado por opiniões e poesias de jornalistas, não por aclamação geral de todos. A mídia interefer tanto no futebol, quanto não gostaria de interferir.

  • Ludi

    POIS BEM… VAMOS COMEÇAR PELAS BOAS PARTIDAS QUE O PALMEIRAS FEZ (TODAS EM CASA E COM HENRIQUE E VALDÍVIA NO TIME): Inter, Cruzeiro, Fluminense, Santos, Flamengo e Vitória.
    SEM VALDÍVIA E HENRIQUE, O PALMEIRAS SÓ JOGOU BEM CONTRA A PORTUGUESA (GOLEADA 4X2).
    FORA DE CASA, MESMO COM VALDÍVIA E HENRIQUE, O PALMEIRAS TEVE UMA CAMPANHA ABSURDAMENTE RUIM PARA OS PADRÕES DE UM CAMPEÃO PAULISTA.
    ALGUNS EMPATES FORAM DESASTROSOS COMO CONTRA NÁUTICO E FIGUEIRENSE E DUAS DERROTAS CHOCANTES, EM CASA, PARA SPORT E GRÊMIO.
    FORA ISSO, NA SULAMERICANA, MESMO COM TIME MISTO, NOSSA CAMPANHA FOI *****RIDÍCULA***!!! CONSEGUIMOS EMPATAR COM O TAL DE Sport Áncash FORA E GANHAR COM UM PARCO 1X0 EM CASA (SOFRIDO). AÍ, PEGAMOS UM DOS PIORES TIMES DA ARGENTINA E CONSEGUIMOS PERDER AS DUAS PARTIDAS.
    FINALMENTE, A ATITUDE DO MARCOS DESOBEDECENDO O LUXEMBURGO E INDO DE QUALQUER JEITO PARA O ATAQUE REFLETE UM DESESPERO E UMA INSTABILIDADE EMOCIONAL DE TODO O TIME.

    ENFIM, O TIME ESTÁ MAL TÉCNICA, TÁTICA E EMOCIONALMENTE.

    CULPA DO LUXA, DO PLANEJAMENTO, DO STJD, DOS PRÓPRIOS JOGADORES QUE PODERIAM COLOCAR UM POUCO MAIS DE SANGUE NAS CHUTEIRAS.

    ENFIM, NÃO ADIANTA “”MONTAR UM TIMAÇO””” PARA O ANO QUE VEM!

    CASO NÃO NOS CLASSIFIQUEMOS PARA A LIBERTADORES E O SÃO PAULO SEJA CAMPEÃO, A DOR SERÁ TREMENDA, POIS FALTOU RAÇA, FALTOU SUOR, FALTOU SANGUE, FALTOU COMPETÊNCIA!

    ENTÃO, NÃO SEI SE O LUXEMBURGO FICARÁ (E SE TIVER VERGONHA, PEDE PRA SAIR), POIS SEREMOS UM DOS MAIORES MICOS DESSE INÍCIO DE SÉCULO XXI. SERÁ PRATICAMENTE 1 ANO DE GOZAÇÕES!! E ISSO, A TORCIDA NÃO IRÁ PERDOAR….

  • Pedro Ceren

    Marcos, o maior ídolo palmeirense desde o Divino, não fez mal em tentar fazer algo por si próprio. Até porque o time não resolvia mesmo.
    Ele teve razão ao dizer que tem cara pipoqueiro no time.
    Tirando o Diego Souza, o Kleber, Pierre, Denílson e o próprio Marcos, não sobre ninguem a ser louvado nesse time… só um bando de medrosos…. mas independente de ter sido uma boa ação, a que ele fez no Domingo, ainda é meu ídolo, principalmente por simplismente buscar a vitória… e é por isso que ele é vitorioso!

  • gragle dos santos

    Marcos torci muito para que você marcasse um gol, só um, no último minuto do jogo…

  • Lucas

    Que tal tu fazer um post mais curto?

  • KARINA DAUDT

    SENSACIONAL OS TEXTOS SOBRE O MARCOS…SOU GREMISTA, NÃO TORCI PELO GOL DELE, MAS FIQUEI TOCADA COM A ATITUDE “HUMANA” QUE ELE TEVE….BEM ARRISCADA, MAS COM CORAÇÃO! E NA VIDA, O QUE VALE É O CORAÇÃO…ABRAÇO

  • Jefferson Fernando

    Com certeza, ao ler os comentários abaixo, e o Mauro ainda publicar, não sei se rio ou choro. Vou ficar no meio termo. A melhor definição que eu ouvi do Marcos nos últimos tempos foi de um jornalista que colocou que o Marcos é um ex-goleiro ainda em atividade. A atitude transloucada do Marcos na partida de domingo, só serviu para uma coisa, que realmente é importante também para o jogador cumprir e respeitar os 8 dias de luto. Afinal ele é uma pessoa como outra qualquer. Todos falam do “São Marcos”, que é um grande goleiro, etc. O palmeiras foi disputar o titulo mundial interclubes, o “São Marcos” entergou o ouro. Ele foi campeão do mundo em 2002, onde qualquer que fosse o goleiro o resultado seria o mesmo. Desde que voltou a jogar, teve algumas boas partidas, mas na hora agá falha, vide jogo contra o fluminense e agora contra o gremio. O Rogério Ceni, que é o melhor goleiro que sabe jogar com os pés, não comete este ato falho. E sabe porque? Porque o Rogério, além de ser um grande goleiro, é extremamente racional. Eficiente, profissional. O que o Marcos fez para o salario que ele ganha, o que o clube almeja, pode ser definido em uma única palavra falta de profissionalismo. Para sermos profissionais temos que respeitar e cumprir ordens, e o mesmo é muito bem pago para isto. Quem o elogia, deve mudar de canal e de objetivos, deve ir ver jogos na varzea, que é o local de amadores.

  • Raphael Santos

    São Paulinos, não adianta, não tentem entender, poucos de vocês entenderiam. Vocês não conseguem enxergar essa parte do futebol, a magia, vocês não conseguem sentir de verdade a emoção em ver um idolo fazer aquilo. Vocês nunca entenderiam que o futebol não tem roteiro, não tem ordem. Vocês estão acostumados com a história sem graça do seu clube, a história sem magia, SEM SAL. Isso é o São Paulo, um time sem sal, com um idolo sem sal, com um futebol sem sal. Guardem seus comentarios para vocês, pois nunca irão entender o que se passou na cabeça do SÃO MARCOS, nunca iram entender o que passa na cabeça de um Palmeirense ao ver SÃO MARCOS fazer aquilo, nunca iram entender o que é ter um SANTO como idolo. Apenas aproveitem seu goleiro, façam como vocês sempre fazem, digam que ele é o melhor do mundo até ele falhar, depois comecem a pedir pra ele ir pro banco. Continuem com sua arrogancia, sua frieza, seu futebol e sua historica burocratica, pois nunca entendão o que é São Marcos.

  • pablo

    são por atitudes como essa do domingo passado q o Marcos hj é a cara da Sociedade Esportiva Palmeiras, ele é o unico jogador q realmente representa o torcedor apaixonado do Palmeiras, não é um jogador q precisa da midia pra se consagrar, pelas atitudes q sempre teve ele é respeitado por todos.

    quem são diego souza, Luxemburgo… pra falar de qualquer atitude do Marcos, ele estava conosco na nossa maior alegria a libertadores e tbm na nossa maior tristeza a segunda divisão, sorriu e chorou inumeras vezes junto com a gente. acho q o problema é q o Marcos vai ser lembrado por nosso filhos e netos como o maior jogador/torcedor do Palemiras e os outros. nós preferimos já ir esquecendo.

  • Loy Barjas

    Musa,

    Assino em baixo e morro de inveja: queria eu ter dito o que vc escreveu.

    Genial.

    Abraço do amigo e igualmente são-paulino e fã de São Marcos.

    Loy Barjas

  • Fernando Monteiro Neto

    absurdo. leio os sites e jornais e vejo uma condenação a atitude do marcos. e sinto isso puramente como um absurdo. que melindre é esse? a atitude dele indica que os outros 10 não correram? sim e indica o certo. o marcos se desespera e abre ao publico divergências e sentimentos que são internos, de grupo? sim, e que bom isso!!!! se o grupo quer justificativa interna por fato de ter jogado apaticamente contra o fluminense e sido engolido pelo gremio no palestra, o grupo que se dane. o que importa é que ficou claro pra quem quer que seja que o time foi fraco contra fluminense e gremio e antes de dar trela aas mentiradas de luxemburgo que faz cena e diz com cara cinica que esta tudo certo apos uma derota pra não desestabilizar o elenco, eu digo que essa e um imprensa cinica. pq o que tem que ser relevado é o fato de um jogador ter o brio necessario de ter entendido que ou o seu time virava aquele jogo ou acabava o campenato. so o marcos entendeu o significado do jogo. ah, mas eram so 30 do segundo tempo!!!! sim. e isso, antes de significar que o palmeiras tinha ainda 15 min pra tentar fazer o gol, que tinha perdido 75 min nao triscando nem de perto ameacar o gol do victor. se o time tivesse jogando bem, apertando o gremio, marcos e a torcida e deus acreditariam que o gol podia sair em 15 min. mas um time horroroso (como pode o evandro existir, deus do céu!!!!!) sendo aniquilado pelo gremio em casa não promete nada senão desespero mesmo. marcos foi certo. não é cinico nem hipocrita e antes de ter compromisso com o grupo, sua patota,l de não expor ninguem ao ridiculo e aas criticas, tem compromisso com o palmeiras e com a vitoria. vida longa a marcos, o maior goleiro que vi jogar e o maior da historia do palmeiras. fora luxemburgo e seus peixes e seu ego enorme e seus titulos paulistas. fora a hpcrisia e viva a verdade. ser palmeirense de verdade. e querer ganhar de verdade, querer ganhar o jogo e não o salário no fim do mês.

  • MANCHA

    Marcos nao e profssional ele e torcedor do palmeiras assim como rogerio ceni e sao paulino e nao profissionalç, eposecies dessas jamais se verao no futebol daki pra frente

    PALMAS A ELES

  • Emerson

    Jeferson , que inveja eim kkaakakakakakakaa.

    Jamais vai existir outro jogador do Palmeiras tão respeito principlamente pelo coritianos, meo amigo corintiamo me disse no domingo que depois do jogo que aquilo que Marcos jamais se vera novamente tao cedo, ele disse tmb que sonho um dia ter goleiro com cpaacidasdes do Marcos e seu carater.

    ATe hj eciste duas diferencas entre Marcos e Rogerio, O marcos erra e assume o rogerio diz que foi a zaga a culpado. O Marcos goleiro e rogerio um bom batedor de falta

  • fernando monteiro neto

    ler agora o que escreveram essas 3 pessoas me fez marejar os olhos. obrigado betingo, obrigado aos 3 escribas. é disso que precisamos, um chute na cara lavada do profissionalismo cego. um mundo sem paixões. marcos foi tudo, menos cínico. quem corria com ele era todo palmeirense. qual jogador pode dizer isso de seu time? podia tomar era cinco gols, pouco importa. importa é seu gesto. jogar-se, lutar, dar-se. dar-se inteiro ao time, à vitória. pq pro torcedor é assim, não existe dia de amanhã e todo o universo se condensa no estádio, naqueles 90 min a procura de uma bola e de um gol e de uma vitória. pra marcos não teve ali dia de amanhã. como cobrar pudencia, atitude de compostura que crê na existência de um futuro a ser preservado pra quem não enxergava nada além daqueles 15 min? não façamos esse crime. ao contrári, louvemos um sujeito que nos devolve a fé no futebol e no ser humano. sujeito de sangue e osso. que tem carne no coração e sangue nas veias. e não aguentou perder. não daquele jeito. não apático daquele jeito. porque foi ele quem gritou na preleção do paulista: não perco pra essa ponte preta d jeito nenhum, nem que tenha que me quebrar todo. e não queria perder pro gremio de jeito nenhum, nem que tenha que tomar cinco gols, passar ridiculo, ser esculhambado. mas a pecha do ridiculo ele não merece. essa não. porque ali correu a esperança e a paixão. com ele correu toda a torcida, pq ele a pode representar. pq ele a sente, e a torcida está com ele. e não com os bons costumes, as regrinhas, os conchvaos, as entrevistas com cartas marcadas, as declaracoes anodinas e vazias. ali está um sujeito do tamanho que vc vê. sem se diminuir nem se aumentar demais, sem subir no pedestal, mas digno o suficiente pra vc não olha-lo debaixo. ali estava um sujeito enorme. como enorme era seu desejo, como enorme foi meu orgulho de ser palmeirense, só pra dizer que no meu time joga o marcos.

  • palmeiras

    Deixei de ser apenas um jogador de futebol quando recusei uma proposta de R$ 45 milhões para jogar no Arsenal, da Inglaterra, e preferi disputar a Série B do Brasileiro pelo Palmeiras – lembra Marcos.

    ETERNO JAMAIS ECISTIRA OUTRO IGUAL ELE, RC E IDOLO DOS SAO PAULINOS O MARCOS IDOLO NACIONAL COISA RARA HJ EM DIA, SE ATE GMABAS GOSTA DELE QUE MAIS VAI ODIAR?

  • Renato

    Excelente

    Ídolo máximo, gênio, eterno são marcos.

    Não tem palavras pra descrever esse cara, único ídolo no futebol, único exemplo de caráter que eu daria para qualquer um…

    Marcos ídolo nacional, por mais que algun(s) rivais invejoso(s) teimem em admitir, aqueles lúcidos sabem o que esse cara representa pro esporte.

    Grande São Marcos

  • gaucho

    MAURO SEMPRE RESPEITEI MUITO SEU TRABALHO ATÉ POR SER UM JORNALISTA TAMBEM!!!!

    E SOBRE A COLUNA DE HOJE QUE ACABO DE LER SÓ CONSIGO CHEGAR A UMA COCLUSÃO:

    – NÃO IMPORTA SE CARTOLAS OU DIRIGENTES DE ENTIDADES E ATÉ ARBITROS MAU INTENCIONADOS PREJUDIQUEM NOSSO FUTEBOL QUE É TÃO QUERIDO E MAGICO POR TODOS, ENQUANTO EXISTIREM TORCEDORES COMO ESSES EM NOSSOS ESTÁDIOS NÃO HAVERA MAIS GUERRA E SIM AQUELE SENTIMENTO IRREAL QUE A MUITO TEMPO NÃO EXISTE!!!!

    AMIZADE E ESPIRITO ESPORTIVO, PARABÉNS MAIS UMA VEZ A VOCÊ(MAURO) E TAMBEM AO FERNANDO MUSA, KADJ OMAN E LEANDRO IAMIN.

    “AINDA VALE APENA GOSTAR DO NOSSO ENTUSIASMATICO FUTEBOL”

  • Rafael Lovatti

    Ótimos texto, não preciso dizer mais nada. A um ou dois que dizem que o Marcos só sabe frangar e que o Rogerio Ceni nunca faz isso, talves tenham esquecido, mas vou refrescar a memória. Libertadores deste ano, jogo contra o Fluminense, tomou um frangasso em um chute do Dodo onde ele chutou mais chão do que a bola.
    Talves tbm tenham esquecido do 1º Gol da segunda partida da semifinal do Campeonato Paulista, onde o Leo Lima de um chute muito longe da grande área e ele aceitou mais um Frango. Que grande goleiro que nunca levou um frango? se existir, eu não conheço.

    Parabêns pela coluna.

  • Rafael Lovatti

    já ia esquecendo,

    Dito por Marcos:
    “Com 16 anos de clube, você deixa de ser profissional. Recusei uma proposta de R$ 45 milhões do Arsenal para ficar aqui e jogar a Série B (em 2003). Nesse momento, deixei de ser profissional.”

    Que jogador recusaria um contrato para jogar no Arsenal e ainda ganhar 45milhões de reais, para jogar a segunda divisão do campeonato brasileiro? A maioria aceitaria até mesmo para ganhar menos do que ganhava no atual clube.

  • Thiago Mendes da Silva

    Mauro, pelo amor de DEUS, faça essas palavras chegarem ao goleiro Marcos !!!! Ele mais do que ninguém no futebol merece essa mensagem, principalmente vindo de torcedores adversários !!!! Abraços

  • Leandro

    Disseram ai pra baixo que o Ceni nunca comete as falhas que o São Marcão comete. Então o gol do Léo Lima, no paulistão, foi todo mérito dele? No outro dia, após o jogo, só vi são paulino chorando que perderam o jogo por causa de seu goleiro.

  • Oswaldo Santana da Silva Júnior

    Torço para o tricolor mais querido do mundo e acho o Rogério Ceni o maior ídolo do São Paulo. Por coerência, o coloco ao lado do Marcos. Há, se todo time tivesse jogador com a alma e a garra dos dois. O Marcos foi espetáculo. Pode ter exagerado, mas se eu visse, como ele viu, Jéci e Cia. lá na frente, faria o mesmo. É o desespero, a vontade de tentar algo, pois tudo já estava perdido. São Marcos, o retrato e a alma palestrina. Luxemburgo? Não merece nem lustrar as chuteiras do Santo. É por isso que gosto tanto de futebol, a paixão nacional.

  • Oswaldo Santana da Silva Júnior

    O Marcos representa para os palmeirenses o mesmo que o Rogério Ceni para o São Paulo: o retrato em preto e branco e, muitas vezes, colorido do futebol. Tanto para os saudosistas como os da atual geração, é impossível não respeitá-los e admirá-los. Caráter, honestidade e garra, acima de tudo. Rogério é mais comedido com as palavras, São Marcos, mais espontâneo. Não consigo admitir críticas ao seu comportamento. Não importa seus motivos, a vontade de fazer algo desesperadamente, que o time inteiro foi incapaz, VALE A PENA. Paga o ingresso. Redime a alma do torcedor. Vencer é preciso, mas perder com dignidade também. E São Marcos foi digno, como sempre. Num mundo de mercenários da bola, ele se salva e salva, sobretudo, nossas almas. Por isso o futebol é tão empolgante. VALEU MARCOS!!!!!

  • Fábio Chamusca

    Mas esse povoa doooora um motivo pra escreve textos pseudo-poeticos ou pseudo-intelectuais. HAhahaha…Lembrou Garrincha foi osso de ler… Lembrou Maradona…. Hahahahahaha
    Lembrou foi o Felipe ano passado, quando meu Timão tava caindo…
    Ah vá… O que o Marcão fez foi uma pataquada, isso sim. E frangou no gol dos gauchos. Ele é o melhor do Brasil, mas franga direto. Mas repito; é um pusta goleiro. Diferente do Nariz Ceni, que é mediocre e só tem amrketing. Aliás, o time do São paulo é só isso; máfia, marketing e jornalistas no bolso.
    Abraço.

  • Fábio Chamusca

    Mas esse povo adoooora um motivo pra escrever textos pseudo-poeticos ou pseudo-intelectuais. HAhahaha… Lembrou Garrincha foi osso de ler… Lembrou Maradona…. Hahahahahaha
    Lembrou foi o Felipe ano passado, quando meu Timão tava caindo…
    Ah vá… O que o Marcão fez foi uma pataquada, isso sim. E frangou no gol dos gauchos. Ele é o melhor do Brasil, mas franga direto. Mas repito; é um pusta goleiro. Diferente do Nariz Ceni, que é mediocre e só tem marketing. Aliás, o time do São Paulo é só isso; máfia, marketing e jornalistas no bolso.
    Abraço.

  • Thaís Helena

    Eu sou palmeirense e fã do marcão, mas penso que por vezes ele se projeta acima do clube. E intocáveis e incontestáveis são os ídolos que não estão em mais atividade.

    ps: Mauro, vc estava no REM na segunda-feira? Acho que o vi lá! (que show!ótimo consolo pra quem acabara de ver seu time naufragar…)

  • Boni p/ Leandro Iamin

    Leandro… Emocionante esse seu texto… Mas não torcer a favor da Arena???? Faça nos um favor e vá torcer para o corinthians… Esse sim nasceu pra não ter estádio. Eu curtí muito a chuva, o cimento, as raladas na parte externa da panturrilha a cada correria na década de 90… Mas o meu filho vai nascer em um mundo mais moderno que o mundo que eu viví… E não vai ser humilhado por ter ficado para trás sem um estádio moderno (como até o Presidente do minusculo Botafogo desdenhou essa semana, dizendo que Palmeiras e São Paulo pode acontecer num estádio antigo que cabe 25 mil pessoas)… Me desculpe… Estava adorando seu texto até vc ser ridículo ao ponto de não torcer pela Arena… Olha parceiro… Bindão revirou no túmulo quando leu esse comentário gambáctico.

  • Alan

    O dia em que o futebol ser tornar um bando de robozinhos controlados por esquema táticos e falta de emoção, vai ser complicado continuar assistindo e torcendo.
    Para mim, a atitude de Marcos foi válida.
    E muito válida.

  • Rodrigo C-se

    Clap! Clap! Clap! Clap! para Leandro Iamim. Belíssimo Texto.

  • Henrique

    Caro Mauro, bom dia!

    Li tudo o que está escrito em seu blog e posso dizer que já tenho uma opinião formada: como palmeirense, não reprovo a atitude do Marcos, que teve uma atitude (inponderável talvez, tresloucada quem sabe..) de torcedor, de quem há 16 anos veste gloriosamente o manto verde. Ele apenas fez o que qualquer torcedor faria se pudesse, pois agiu com o coração. Marcos sempre agiu de maneira transparente, como bom “caipira” (sem qualquer conotação de ser pejorativo). E mais: não obstante a atitude, teve a grandez de reconhecer o “erro” (reitero que, para mim, não houve erro) e pedir desculpas. A meu ver, isso não é novidade: apenas mostra a grandez ado caráter do Marcos, que todos nós já conhecemos. Confesso que a cada dia cresce mais a minha admiração pelo Marcos por causa de atitudes como essa.
    E se permite, gostaria de fazer um apelo (embora ache difícil que leiam) aos jogadores da Sociedade Esportiva Palmeiras: temos 4 jogos pela frente; vençam os 4. Não o façam por técnico, diretor, conselheiro, presidente, et. Façam apenas por 2 pessoas: pelo sr. Ladislau (pai do Marcos que, com certeza, lá de cima, pode se orgulhar mais uma vez do filho que criou) e por aquele que provou ser talvez o palmeirense mais fanático: o nosso eterno SÃO MARCOS !!!!!
    Perdoe-me o longo comentário, mas senti que não podia deixar passar esse momento.

  • Leandro

    Sou Gremista.
    Minha opinião sobre a atitude do Marcos é a seguinte:
    Entendo ele. Ele queria ganhar. Mas sou obrigado a concordar que a atitude dele não foi boa para o time. Mostrou um desequilíbrio que foi fatal. Na hora que vi ele saindo desesperado da defesa para o ataque fiquei tranquilo. Sabia que o Grêmio venceria o jogo.

  • valter sebastião toledo junior

    PUTA QUE O PARIU É O MELHOR GOLEIRO DO BRASIL.

  • Marco Clerris

    Marcos é de uma linhagem diferente, quase extinta, de jogadores de futebol. Parece que vem de uma época romântica e mágica, onde o SER valia muito mais do que o TER. Tem caráter, não é deslumbrado com a fama e o alto salário que ganha, não precisa de assessor disso, assessor daquilo para dizer o que pensa e segue sua vida como um adulto que é, sem mimos. Marcão se quisesse ser profissional mesmo, teria ido para a Inglaterra quando teve chance, ganhar suas Libras muito bem ganhas. Quem cobra profissionalismo deste tipo jogador pode entender muito de futebol, mas entende pouco de vida. Rogério do São Paulo, Ronaldo do Corinthians, Marcão do Palmeiras, não por coincidência todos goleiros, foram ou são profissionais. Mas para suas torcidas são muito mais que isso. São legendas que dinheiro nenhum pode comprar, coisa que, infelizmente, nos dias de hoje, é artigo raro.

    Marco Clerris, 44 anos, palmeirense.

  • daniel

    Quero agradecer aos meus rivais por terem expressados a gratidão ao São Marcos…( muito merecidamente).

    e eu como um palmeirense apaixonado deixo o recado que São Marcos é o maior ídolo q o Palmeiras ja teve desde sua criação.

    OBRIGADO SÃO MARCOS POR FAZER COM Q O PALMEIRENSE SE SINTA TÃO FELIZ ATÉ EM UMA DERROTA TÃO TRISTE.

  • Jailo Gomes Corrêa

    Pessoal, eu estive no Palestra Itália assiistindo Palmeiras x Gremio, como eu estava do lado oposto, ao gol onde o Marcos falhou, confesso que não tinha percebido a falha.
    Quando ele foi a primeira vez ao ataque, eu não estava entendendo nada, porém não cheguei a criticar o São Marcos, mais em compensação o WL, com esse eu coloquei todos os bichos pra fora, e ao chegar em casa vendo o lance do gol pela TV, entendi perfeitamente o que ocorreu com o Marcos e fiquei extremamente feliz em não tê-lo xingado, e pra fazer isso fiz as seguinte perguntas:
    1) Porque o Marcos falhou ???
    Pessoal o Marcos falhou porque apesar de ser o São Marcos, ele ainda é de carne e osso, porém, essa falha ao meu ver é reflexo da falha que ocorreu no jogo com o Fluminense, onde ao não confiar na zaga, ele se antecipou ao lance e deu no que deu, ninguém tocou na bola e a bola entrou exatamente no locla que ele estava, certo ??? E no gol contra o Gremio, e confiou na zaga, que ao meu ver parece que não treina (onde esta o treinador que não tem um esquema tático ???), isso aconteceu contra o Sport em São Paulo e Recife, contra o Botafogo no Rio de Janeiro, Contra o Gremio nos jogos de ida e volta, contra o São Paulo, e assim vai…. ao meu ver o cidadão WL, deveria trocar o sobrenome para LIXOBURGO, que na verdade é isso que ele é, um sujetio prepotente, arrrogante, que se acha o máximo, e no entanto não passa de um preguiçoso, que hoje sóquer viver das conquistas que teve no passado, e hoje a fonte de rendo do mesmo, não é mais de treinador, por isso ele não treina o time, se o cara treinasse o time time ele saberia, que o Gremio ia respeitar a torcida do Palmeiras e viria todo retrancado, e esperando uma falha da zaga que sempre ocorre, e teria mudado o esquema de jogo do Palmeiras e quem sabe entrado com 3 (tres) atacantes e pedindo disciplina tática para todos os jogadores (no entanto só quem pode pedir disciplina é quem tem discipliana), enfim Marcão você falhou sim, porém você fez o que tinha que fazer, se Palmeiras e Gremio estivesse jpgando até agora, tirando você Marcão, os jogadores do Palmeiras e o técnico estariam até agora vendo o Gremio jogar… WL e jogadores sensíveis (isso é coisa do time do aoutro lado do muro da Academia), eu aceito o time perder, desde que seja com dignidade, se doem ao máximo na partida, que tenha vontade e tentem ganhar a partida e não façam o que vcs vem fazendo como nos jogos do Argentino Jrs, Gremio, Inter, Fluminense, Sport, Figueirense, Goias, etc… Sejam menos sensíveis e joguem bola….
    Abraços a todos

  • Leandro Iamin

    Boni, digo não ter coragem de querer a arena. Não ignoro que a Arena, feita, bela, é ótima.

    Mas a Arena vai se sobrepor à paisagem mais familiar de minha vida. à parte isso, não confio nesse Presidente, uma cópia de quem ele mesmo foi vice. Não se pode negar que é um ato arriscado, e isso só me dá um certo medo. Concordo que é bom. Mas não tenho coragem de “derrubar” o atual.

    Que é grande e digno de orgulho, sim. Você falou mal do nosso atual estádio, e nem por isso te chamarei de Gambá, hehe.

    abraço.

  • mateus

    engraçado, agora não sei quem copiou de quem aí esse poema “são marcos“ se foi o juca kfouri ou o fernando musa. Acho que foi o fernandoo musa.

  • El Mago-RJ

    Mais uma vez, o melhor goleiro do Brasil mostrou que fica incomodado quando seu time perde, coisa raríssima neste futebol bastante mercantilizado. Aos recalcados, só uma lembrança:
    Quem falhou no gol do Fernandão na final da Libertadores de 2006?

  • Luiz Antônio

    SITUAÇÃO DO LUXEMBURGO:

    Apesar do Luxa ter contrato até 2009 e do Cipullo garantir a permanência dele em 2009, caso o Palmeiras não se classifique para a Libertadores a situação do Luxa FICARÁ INSUSTENTÁVEL!!! A torcida não suportará ver o Luxa sequer passar perto do Palestra!

    Além do mais, há o problema da situação política no clube que pode levar alguém da ala do MUSGAMBÁ á presidência (o que acho difícil), e neste caso, o Luxa também sai.

    TAMBÉM, Inter, Flamengo e Santos começam a se movimentar para ter o técnico caso ele saia no fim do ano.

    CONCLUSÃO: O LUXA FICAR NO VERDÃO DEPENDE INTEIRAMENTE DA CLASSIFICAÇÃO PARA A LIBERTADORES!

    NOME CERTO CASO O LUXA SAIA: DORIVAL JR.

  • Marcos

    Queria ver se o Palmeiras tivesse tomado um gol ou dois. Como não tomou gol, saiu aplaudido por uns.
    Uma coisa é nos acrescimos de um jogo, o goleiro tentar algo diferente. Mas em quinze minutos de jogo, mais acréscimos, há tempo para os jogadores “de linha” tentarem empatar e até virar o jogo.
    Foi falta de respeito do Marcos com seus companheiros de linha. Falta de respeito com seu técnico. Mas no brasil é assim…muitas pessoas aplaudem a falta de respeito. E que se lixem os hipócritas que fingem não ver isso.

    Finalizando, se ele fizesse o gol virava herói, mas como não fez, que ature as críticas. Foi o risco que ele quis correr.

  • Alexandre

    Ele falhou porque o Greêmio tocou bola e ninguem foi marcar o Tcheco, que teve tempo suficiente de olhar, tocar, olhar de novo e cruzar. Ou seja aquele time morto em campo, ficou vendo o Grêmio jogar. E eu entendo perfeitamente o Marcos. Foi muito mais palmeirense que muitos de nós.

  • Vaner Marinho

    Caro Leandro,

    Como voce, eu aqui no meu longicuo Maranhão tambem sofri em frente à TV e minha fililha palmeirense de 13 anos. Ela ainda não consegue entender direito essa nossa grande paixão pelo Palmeiras. Tambem vivi aí por longos 9 anos e meu endereço era na Francisco Matarazzo 544, portanto, proximo ao nosso Palestra. Conseguí entender todo o seu desabafo por que tambem é o meu. A atitude do Marcão, só não entende que não é palmeirense.

  • RAFAEL OTAVIO SERRA

    QUANDO VEJO OU LEIO COMENTARIOS COMO SERES HUMANOS ESCREVEM EM RELAÇÃO AO GOLEIRO MARCOS DO PALMEIRAS,MAIS EU AGRADEÇO A DEUS POR VER JOGADORES COMO MARCOS E ROGERIO CENI,SOU PALMEIRENSE DE CORPO E ALMA,MUITO OBRIGADO PELAS PALAVRAS E SENTIMENTOS DO FERNANDO MUSA , DO KADJ OMAN E DO LEANDRO IAMIN . QUE DEUS ABENÇOE OS TRES

  • Raul

    Apesar de tudo o fato de São Marcos no domingo passado e estes comentários, inclusive de torcedores de outros times me deixam a certeza de que tudo vale a pena quando a alma não é pequena, no dizer de F. Pessoa. Obrigado a todos.

  • Anderson Fernando

    Marcos foi ao ataque, pq além de jogador de futebol é palmeirense.

    Foi ao ataque porque era isso que qq torcedor faria. se em campo estivesse.

    Todo torcedor deseja ver a glória do seu time, e isso era o que Marcos não via nos outros 10 jogadores em campo que vestiam o manto palmeirense.

    Sua ida ao ataque foi indubitavelemente um soco no estômago dos outros palmeirenses em campo. Era como se dissesse, corram mais, suem mais, eu sou goleiro e deixem minha função pra tentar fazer o que não sei, vcs deviam fazer o mesmo…

  • Joaquim

    O objetivo do Marcos quando se mandava para o ataque, de forma irresponsável, era de fazer um gol e compensar o frango por ele tomado. Não fez o gol mais ganhou a simpatia da torcida e da sempre parcial imprensa paulista. Por incrível que possa parecer, fico horas assistindo a uma partida de golf, porém não consigo ficar 15 minutos vendo o futebol medíocre desse campeonato brasileiro. O time do São Paulo é o menos ruím.

  • errejota

    Caro Joaquim, você embora seja aficcionado do chatíssimo de se ver golfe até que dá suas tacadas no futeba. Medíocre é pouco, ele está abaixo de qq. nível, os bambis apenas são mais consistentes que os outros e têm um bom técnico, Muricy. A imprensa paulista é parcial mesmo e pior ainda é corintiana por interesse em $$$, exceções de praxe. Bom golfe.

  • Fabiana

    Como são-paulina tive emoções contraditórias, morri de medo q Marcos conseguisse oq qria. Porém, admiro demais a personalidade desse goleiraço e cheguei a torcer para q ele conseguisse, só pra confirmar q Marcos é mais Palmeiras do q o arrogante Luxemburgo. Irresponsável ou não, ele foi simplesmente o São Marcos.

  • Rodolfo Alves

    Sinceramente eu tinha tudo para não torcer por um eventual gol do Marcos. Torço pelo São Paulo e acredito que o Palmeiras seja o nosso maior rival pelo título, assim mais um empate heróico seria complicado para o decorrer do campeonato. Porém, o Marcos é um jogador que admiro pela integridade e honestidade. Torci demais pelo seu gol, quando uma bola sobrou para o tal de Jorge Preá e vi que ele bateu para o gol e não cruzou para o Marcos, quase pulei do sofá. O cara emocionou a todos, é um exemplo de profissional a ser seguido, não só para o futebol, mas para todas as áreas. E para quem disse que ele falhou no gol, eu como mero professor de goleiros, entendo que mais uma vez a zaga falhou. E o Marcos tem direito a falhar mais algumas centenas de vezes, o cara simplesmente deu o título mais importante a vocês. E mesmo campeão mundial, jogou a segunda divisão.
    Marcos, parabéns por ser apaixonado pelo seu time, pois eu também carrego o meu São Paulo no coração.

    Saudações de um fã tricolor