logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes

Museu do Futebol | Blog Mauro Beting
logo lance
undo
Nacionais
Internacionais

BlogsL!

Colunistas

2 Pontos

por Rodrigo Borges e Fabio Chiorino

Blog da L!TV

Vídeos

Blog do Baldini

por Wilson Baldini

Blog do Bechler

por Marcelo Bechler

Blog do Kfouri

por André Kfouri

Blog do Garone

por André Schmidt

Blog do Gui Gomes

por Guilherme Gomes

Blog do Guilherme de Paula

por Guilherme de Paula

Blog do Janca

por João Carlos Assumpção

Blog do Mansell

por Eduardo Mansell

Blog do Marra

por Mário Marra

Blog do Salata

por Thiago Salata

Blog do Tironi

por Eduardo Tironi

Bulla na Rede

por Rafael Bullara

Crônicas do Morumbi

por Ricardo Flaitt

De Prima

por Fábio Suzuki e Igor Siqueira

Em Cima do Lance

por Bernardo Cruz e Igor Siqueira

Fora de Campo

O dia-a-dia dos atletas

Futebol & Ficção

por Valdomiro Neto

Futebol na Terrinha

por Thiago Correia

Gol de Canela FC

por Jonathan Oliveira

Humor Esportivo

Trollagem e zoação

Laguna Olímpico

por Marcelo Laguna

Lance! Livre

por Lucas Pastore

Made in USA

por Thiago Perdigão

Marketing & Economia da Bola

por Amir Somoggi

Números da Bola

por André Schmidt

O Mundo é Uma Bola

por Leonardo Pereira e Luiza Sá

Papo com Boleiro

por Luiz Otávio Abrantes

Planeta Fut

por Luiz Augusto Veloso

Press Start

por Lazlo Dalfovo, Pedro Scapin e Thiago Bicego

Quem Não Sonhou?

por Gabriel Carneiro

Saque

por Daniel Bortoletto

Segunda Pele

por Leonardo Martins, Rafael Bullara e Vinícius Perazzini

Super-Raio X

por Alexandre Guariglia

Tênis

por Fabrizio Gallas

Clubes

Doentes


Museu do Futebol

por Mauro Beting em 04.out.2008 às 3:01h



Parabéns a organizadores, patrocinadores, incentivadores, investidores, mentores e abnegados que fizeram um belíssimo e moderno museu no ainda mais belo Pacaembu.

Pêsames ao futebol pentacampeão mundial que só em 2008, 50 anos depois do primeiro título, inaugurou agradabilíssimo espaço para louvar não só o futebol e seus atores.

Mas, sobretudo, o torcedor de todas as cores, em deslumbrante instalação no talude do estádio, na raiz do vale que construiu naturalmente o Pacaembu.

O museu fica quase todo no avesso da arquibancada. O lado certo do futebol. Aquele que se joga na alma.

Poderia ter mais peças históricas, heróicas.

Mas quem tem não se separa delas.

Poderia ter menos tecnologia – mas ela, quase sempre, está a serviço da arte e da alegria do jogo.

Só poderiam ser realmente evitadas muitas pisadas na bola históricas, factuais e contextuais que prefiro aqui não expor. Desatenções, más informações e caneladas que foram vistas em apenas duas horas e meia de visita.

É muita coisa.


Mas as que vi já foram por mim devidamente alertadas para a atenta e preparada equipe que cuida do museu.

É um jogo de mais de sete erros.

Para quem for (e é preciso ir o quanto antes, e quantas vezes quiser), apenas algumas dicas desses erros: eles se concentram nas transmissões de rádio históricas, nos totens das Copas do Mundo, na sala onde estão expostas bolas e chuteiras históricas, e nos painéis com informações detalhadas dos clubes.

Veja e cornete.

Porque futebol é assim. Até Pelé é criticado.

  • Alan de Almeida

    Pelo que pude acompanhar pela tv, o Museu do Futebol ficou muito bom. Não imaginava que o Museu ficaria tão bonito e com tantas atrações tecnológicas. E finalmente o Brasil ganhou algo assim.

  • Paulo Sérgio ( SPFC )

    Sobre um comentário recentemente publicado em um Blog de Futebol >>> Naquela oportunidade, alguém escreveu isso : ” Amigos, FUTEBOL SE GANHA NO CAMPO… O FUTEBOL É ALEGRIA E NÃO CAMPO DE GUERRA… ” /// Amigo, então diz isso lá a Diretoria Palmeirense ( QUE ESTÁ ENVOLVIDA SIM, POIS O GRAMPO TELEFÔNICO COM O NOME DO TERRORISTA PERTENCENTE A ORGANIZADA DO PALMEIRAS FOI DITO A POLÍCIA CÍVIL POR UM DIRETOR DO PRÓPRIO PALMEIRAS E, ISSO É PROVA SIM DE ENVOLVIMENTO ) e, também diz isso ao TERRORISTA, que a mando dos ´ engravatados ´ da Diretoria Palmeirense cometeu um ATENTADO Terrorista ( um Crime HEDIONDO – tá na Constituição ) de lançar GÁS – a ponto de prejudicar a Saúde de Atletas do SPFC, lá no último jogo disputado na Pocilga Antarctica, jogo que os São-paulinos sofreram uma VIOLÊNCIA sem tamanho, qdo o SPFC foi obrigado a passar todo o intervalo sentado no meio do Gramado, sem conforto, sem descanso, sem a preleção Técnica e além de tudo, a mercê de toda a sorte de Violência de uma inssandecida Torcida que xingou o SPFC de todas as formas, além do mais, no final do Jogo nem água e nem Energia elétrica no vestiário para que após aquela partida do Atentado TERRORISTA do Gás, a delegação do SPFC pudesse, pelo menos, tomar o seu Banho para ir embora … >>>>>>>>>>>

    Amigo, se : ” FUTEBOL SE GANHA NO CAMPO… O FUTEBOL É ALEGRIA E NÃO CAMPO DE GUERRA… ” / avisem isso aos Porcos TERRORISTAS do Gás, os sujos que nos atacam pelas Costas, falem sobre o que é o FAIR PLAY e tentem entender o que é aquilo lá praticar a sujeira da VIOLÊNCIA COVARDE frente ao Time que eles mais ODEIAM e INVEJAM nesse Mundo: o SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE .

  • lestela

    mauro beti gostaria de ehe fazer uma pergunta sera que o sao paulo tem chances de ser campeão?sou fanatica por esse time e acredito no seu potencial e confio nesse elenco principalmente em seu trenador
    sou saopaulina e morrer saopa ulina

  • porco

    DIEGO SOUZA E LENNY SERÃO JULGADOS NOVAMENTE PORQUE A PROMOTORIA PEDIU. SERÁ QUE É AQUELE PROMOTOR BAMBI NOVAMENTE ??? O TAL DEE ZAGO ?? ESTÁ PLANEJANDO PUNIR O DIEGO SOUZA PARA O JOGO PALMEIRAS X BAMBI ???? OLHA A ARMAÇÃO BAMBI DE NOVO.

  • porco

    PALMEIRAS DEVERIA COLOCAR CÂMERAS EM TODO O PALESTRA NO JOGO CONTRA A BIXARADA. ELASSÃO CAPAZES DE QUALQUER SUJEIRA PARA INCRIMINAR O PALMEIRAS. HOUVE UM RELATÓRIO DA POLÍCIA DIZENDO QUE O GÁS DEVE TER SIDO JOGADO DE DENTRO DO VESTIÁRIO. E AGORA ESTA GRAVAÇÃO QUE NINGUÉM OUVIU INCRIMINANDO UM PALMEIRENSE. PORQUE A IMPRENSA ´SÓ ACEITOU ESTA SEGUNDA INFORMAÇÃO ????? CUIDADO COM A BIXARADA, ELAS JOGAM SUJO E ESCONDEM GILETES NAS BOLSAS

  • Patrícia Gomes

    Foi bom ter citados esses erros, vou me atentar a eles quando eu for no Museu. Logo logo estarei fazendo uma visitinha no museu do futebol.

  • Alberto

    Para o Porco Sujo abaixo, o IC (INSTITUTO DE CRIMINALÍSTICA) contestou a versão da polícia civil. O gás foi lançado de fora.

    E agora, as escutas telefônicas corroboram isso, com provável envolvimento de torcedor organizado. Presta atenção, moleque…

    São Paulo 2×1 Traffic/Palmeiras
    Acho que vão mijar de porta aberta novamente. AHAHHAHAH.

    ////////////////////////

    E o museu é realmente sensacional, merece a visita.

  • Claudio RK

    Mauro, estive lá no mesmo dia que você (mas você evitou o chute no goleiro virtual).

    Também achei diversas falhas factuais, e alguns detalhes de desorganização – por exemplo, o som dos vídeos não permite ouvir as narrações de rádio, o que um fone de ouvido resolveria.

    Agora, se a idéia, como li, era juntar os eixos diversão-história-emoção, acho que faltou mais cuidado com o último item. Principalmente porque a maior ligação de um torcedor é quanto a seu clube, e sobre isso há pouco no museu. Aquele fichário não basta. Penso o contrário de você para resolver isso: algo mais de tecnologia resolveria. É só colocar alguns computadores nos quais se escolheria um time e o visitante poderia ouvir o hino, ver gols históricos, etc.

  • Rodrigo Leal

    Mauro… Você disse que só agora, depois de 50 anos do primeiro título etc… Infelizmente, você está desinformado, como aliás, a maioria da imprensa do sul (leia-se, paulista), e dos dirigentes em geral. Todos eles juram que que tão (e são)europeus… Queriam abrir o espaço com o título de “primeiro museu de futebol” e vc, ainda hoje, comete esse erro infame e absurdo! Pra infelicidade de vcs europeus, esse museu não só não é o primeiro do futebol, como tem muito menos peças e, mesmo a que tem, são muito menos importantes que as que estão em posse do Museu dos Esportes Edivaldo Alves de Santa Rosa o “Dida”. Ídolo maior de Zico (aliás, seu primeiro intrevistado, na única vez em que Zico apresentou um programa de rádio e, por ironia do destino, sua última entrevista, em decorrência de sua morte, pouco tempo depois) segundo maior artilheiro do Fla e o único que colocou Pelé no banco e só deu espaço pro crioulo por causa de uma contusão. Dida, um alagoano nato e maceioense de todo coração viu abrir, em sua homenagem, um espaço, fundado em 08 de agosto de 1993 e mantido – a duras penas – até hoje por seu diretor, Lauthenay Perdigão. Ou seja, nosso museu completou, em agosto passado, 15 anos de muitas histórias e alegrias mas, mesmo assim, desconhecido, descriminado e desvalorizado por vocês, que só enxergam seu próprio umbigo. Agora ele conta com uma ajuda da Secretaria de Cultura de Alagoas, mas que, diante do poder do desconhecimento de vocês, se torna pouco. A tempo: temos também, o único tretacampeão mundial. Mário Jorge Lobo Zagalo. Conhecem esse, pelo menos? Por fim uma idéia: Ao invéz de só enxergar o que se passa aí e de dar títulos sem conhecimentos, por que não ajudam, visitam e divulgam os espaços mantidos com tanta difilculdade e que, por causa dessa mesma dificuldade, resultante desse descaso e desconhecimento de vcs, por muitas vezes já ficou a beira de fechar. Mas, quem sabe a intenção não seja essa. Por que, aí sim, vocês iriam chamar o seu de único. Mas, mesmo assim, nunca de primeiro. Ah, certamente o Museu do Milan, do Real e do escambáu vocês conhecem, reconhecem e exautam. Tô errado? Um abraço.